Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

rodrigopaulo

Peru, Bolívia e Chile - 28 Dias, 15 Cidades, 7.600 kms percorridos e muitas histórias para contar

Posts Recomendados

Rodrigo, como vai, cara? Acabei de voltar da minha viagem e não vejo a hora de viajar de novo.

Seu relato chegando em La Paz é sensacional, morri de ri. kkkkk. Que apuros, mas é como eu digo, se não tem emoção não é mochilão.

E as fotos do Dowhill são sensacionais. Não passei por La Paz mas sempre fico um gostinho, uma vontade de enfrentar o medo e fazer essa aventura. A vibe deve ser muito muito foda!

 

Cara, nem me fala. Eu já voltei de viagem querendo planejar a próxima. Queria fazer um Mochilão - Parte II, começando de Lima e subindo até a Colômbia dessa vez.

 

Oi Rodrigo!!

O hostel q vc ficou em La Paz, o York BeB, é bom?? Estou pensando em reservar este.

Outra coisa, qual empresa vc fez o downhill??

Obrigada!!

 

Eu achei bacana o hotel. Não sei como são os quartos coletivos de lá, mas era tudo muito bem organizado e super bem localizado, próximo dos pontos mais importantes da cidade que é a Calle Sagarnaga.

 

A empresa que eu fiz o Downhill foi a Barro Biking. Não é nem das mais baratas, nem das mais caras, mas eu achei o preço bem justo pelo serviço que ofereceram. Ainda mais que foi um grupo de apenas 6 pessoas, ao contrário de outras empresas que vão com umas 15 pessoas aí fica aquela multidão de bikes descendo juntas. Curti mais ir com um grupo menor.

 

Abraços!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Capítulo 12: Deadpool à la Bolívia! - 18/02/2016

 

Peço desculpas por esse capítulo porque não tem absolutamente NADA de interessante nele, por isso vai ser bem curtinho. Mas prometo que o próximo vai compensar e MUITO este!

 

Esse dia estávamos programados para fazer o tour do Valle de La Luna + Chacaltaya, que era um passeio que estávamos ansiosos pra ir, já que tínhamos visto várias fotos e parecia ser muito bacana. Esse, inclusive seria o único passeio que minha namorada iria fazer, já que no dia anterior ela ficou o dia todo dentro do hostel.

 

Não sei se foi algo que comemos na noite anterior ou no café da manhã mas ela começou a se sentir muito mal e acabou que decidimos abrir mão do passeio e descansar. Era o último dia em La Paz e à noite viajaríamos para Uyuni, então, tínhamos que fazer o check out até as 11h da manhã. Arrumamos nossas malas, fui na agência para tentar conseguir algum reembolso e eles foram compreensivos com a situação, mas apesar disso devolveram apenas Bs 25 (20% do que foi pago) para cada um de nós. Melhor que nada, né? :|

 

Como não tínhamos mais nada pra fazer, decidimos fazer um programa mais light. Fomos até o shopping de La Paz (Mega Center) e resolvemos assistir Dead Pool, que tinha acabado de estrear. Aproveitamos e almoçamos por lá mesmo. O shopping é bem pequeno (não tem nada de mega ::lol4:: ) e muito vazio. Na sala de cinema estavam apenas nós dois e mais umas 3 pessoas assistindo o filme. Também não dá pra esperar muito, né...

 

Voltamos ao hostel, onde tínhamos deixado nossas malas guardadas e fomos tomar um banho para pegar o ônibus para Uyuni. Aqui um ponto negativo para o hostel: eles nos cobraram Bs 20 pelo banho, coisa que muitos hostels deixa você fazer de graça. Achei um pouco de falta de sensibilidade da parte deles.

 

Nosso ônibus, da Todoturismo, saía às 21h de uma rua próxima ao terminal de buses de La Paz. A empresa tem um terminal próprio, com uma salinha de embarque com wifi para você aguardar até a chegada do ônibus. Vale muito a pena o preço. O serviço que eles prestam realmente é fora dos padrões bolivianos. O ônibus era super limpo, com manta, travesseiro. Foi servido um jantar que estava bem bom, por sinal. E, finalmente, dávamos adeus a La Paz para (creio eu) não mais voltar. Digo isso não com antipatia à cidade, mas é que realmente não me imagino mais, nessa vida, voltando aquela cidade por qualquer motivo. Bye bye!

 

Gastos do dia:

Hotel York - Bs 254 + Bs 20 (banho)

Táxi para o shopping: Bs 30

Almoço: Bs 46

Cinema: Bs 45

Reembolso do Chacaltaya - Bs 25 (+)

Táxi até a rodoviária: Bs 15

Total - Bs 385 = R$ 237

 

Próximo capítulo: Is this the real life? Is this just fantasy? - A magia do Salar alagado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Deixa eu te perguntar Rodrigo.... Os ônibus da Todoturismo tem banheiro? No meu planejamento já está certo que vou fazer esse trajeto com eles, já li super recomendações deles. Mas li em algum lugar que nesse trajeto a maioria dos ônibus não tem banheiro e ai surgiu a duvida... Eu necessito de banheiro!! rsrsrs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ansiosa para o próximo capítulo!! ::hahaha::::hahaha::::hahaha::

 

Prometo que amanhã eu postarei!

 

Deixa eu te perguntar Rodrigo.... Os ônibus da Todoturismo tem banheiro? No meu planejamento já está certo que vou fazer esse trajeto com eles, já li super recomendações deles. Mas li em algum lugar que nesse trajeto a maioria dos ônibus não tem banheiro e ai surgiu a duvida... Eu necessito de banheiro!! rsrsrs

 

Tem sim, Débora. pode ficar tranquila. O ônibus da Todoturismo foi um dos melhores que peguei durante todo o mochilão, é bem completo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Capítulo 13 - Is this the real life? Is this just fantasy? - A magia do Salar alagado - 19/02/2016

 

Chegamos em Uyuni pouco antes das 7h da manhã. Dizem que a estrada que vai de Oruro até Uyuni é horrível, que o ônibus balança muito e que é bem desconfortável. Inclusive no ônibus tinha avisos pra você amarrar bem a mala no bagageiro pra evitar cair sobre os outros passageiros. Mas pra ser bem sinceros a vocês, essa foi minha viagem mais sossegada do mochilão. Acho que por o ônibus da Todoturismo ser muito confortável, eu dormi e apaguei pra valer.

 

Inicialmente nós havíamos planejado ficar 1 dia em Uyuni e só começar o passeio do Salar no dia 20. Acontece que assim que descemos do ônibus vários guias de agências de turismo já começaram a nos oferecer pacotes. Conversamos com alguns, eles deram o preço, mas como só iríamos começar o tour no dia seguinte, dissemos que depois passaríamos na agência se quiséssemos fechar o pacote.

 

Aí o guia começou a dizer que era muito arriscado começar o passeio do Salar no dia 20 pois no dia 21 (domingo) iria haver o plebiscito nacional para saber se Evo Morales poderia ou não se reeleger para mais um mandato. E que muito provavelmente os postos de controle do Salar e do Deserto de Siloli estariam vazios pois os funcionários se deslocariam para Uyuni para poder votar, além de muitos motoristas também, pois se eles não votarem, não podem exercer a profissão. E com isso corria o risco da gente ficar preso na Bolívia até que as coisas normalizassem depois da eleição. ::ahhhh::

 

Na hora achamos aquela história muuuuuito estranha, muito "conversa de vendedor pra fechar pacote" pro nosso gosto. Decidimos não tomarmos nenhuma decisão ali naquela hora. Em vez disso fomos buscar o hotel que já havíamos reservado no Booking. Chegando lá começamos a conversar com os funcionários da recepção pra averiguar se o que o cara falou estava certo. Aí conversa vai, conversa vem a mulher de uma agência vinculada ao hotel também nos confirmou que existia essa possibilidade.

 

Somado a tudo isso, minha namorada (que já não tava lá morrendo de amores pela Bolívia) ficou com receio de ficar presa, que Evo Morales perdesse a eleição, desse um golpe de Estado e mandasse fechar as fronteiras ::lol4::::lol4::::lol4::::lol4::::lol4::::lol4::::lol4::::lol4::::lol4::

 

Brincadeiras à parte, mas o receio dela era de atrasar porque ela já tinha um voo comprado para dia 22 (segunda-feira) saindo de Calama para Santiago. E já ia ser bem corrido porque seria o último dia do passeio do Salar. Ou seja, sairia do Salar para San Pedro de Atacama e de lá correndo pra Calama. Então a gente não podia correr o risco.

 

Decidimos que iríamos começar o passeio do Salar naquele mesmo dia. Conversamos com o pessoal do hotel e eles entenderam a situação e cancelaram a reserva sem termos que pagar nada, mesmo sendo pelo Booking. Pagamos só Bs 20 para usarmos um quarto e tomarmos um banho e nos organizarmos.

 

Daí fomos trocar moeda na cidade e a cotação estava péssima (R$ 1,00 = Bs 1,50) e fomos buscar uma agência pra fazer o passeio. Como já tínhamos lido alguns relatos sobre muitas agências, já tínhamos em mente mais ou menos quais eram as mais confiáveis. Acabamos fechando na Esmeralda Tour por Bs 750 pelo tour clássico de 3 dias. No preço não estava incluso a taxa que se paga para entrar na Reserva Eduardo Avaroa.

 

Rodamos um pouquinho a cidade, compramos alguns lanches e umas folhas de coca e esperamos nosso carro chegar.

 

O passeio tava marcado pra sair às 10h, mas infelizmente nosso carro só chegou de 11h. O que acontece nesses casos é que quando você chega nos locais eles já estão completamente lotados com a galera que conseguiu sair mais cedo. E isso é um completo saco! ::grr::

 

O nosso grupo era ótimo; tinha Karina, uma americana que estava viajando sozinha há 6 meses pelo mundo, Lutz, um alemão meio fechado, mas gente boa também e um casal de austríacos já mais velhos (na faixa dos 50) que eram super esportistas e já tinham feito de tudo, até escalar alguns vulcões na Bolívia. E o nosso guia era meio tímido (como a maioria dos guias de Uyuni) mas era super gente boa também, interagia, contava alguns detalhes locais e que deixava a gente ficar nos locais pelo tempo que a gente queria, sem apresar ninguém.

 

A primeira parada do passeio é no Cemitério de Trens que fica dentro da cidade mesmo. O local é legal, mas eu fiquei logo sem paciência pra tirar muitas fotos porque estava completamente lotado de gente ::vapapu::

 

29279593924_a2300e9271_k.jpgCementerio de Trenes by rodrigopaulo, no Flickr

 

29871981636_a56fd21834_k.jpgCementerio de Trenes by rodrigopaulo, no Flickr

 

29870829146_635f727cef_k.jpgCementerio de Trenes by rodrigopaulo, no Flickr

 

Em seguida nós damos uma passada no Mercado do povoado de Colchani, onde tem vários artesanatos legais. Comprei um ímã e um gorrinho típico por Bs 20. Depois de alguns minutos partimos para o Salar de fato.

 

Nós estávamos com uma expectativa MUITO grande pelo Salar de Uyuni, pois na época que estávamos viajando era muito comum o Salar estar completamente alagado e já havíamos visto fotos de tirar o fôlego dele assim. Tanto que durante o mochilão sempre que encontrávamos com alguém que já tinha passado por lá, perguntávamos se estava alagado ou não, e geralmente a resposta era negativa. Mas aí quando perguntamos ao Rodrigo, ele nos disse que estava completamente alagado. Então nossa expectativa só aumentou ::hahaha::::hahaha::

 

Eu juro a vocês que eu nunca achei que o lugar era tão magnífico. As fotos são lindas e tal, mas você só tem noção do que realmente é o Salar de Uyuni quando você está lá, vivendo a experiência. É uma imensidão de sal, pra onde você olha é tudo branco. Logo quando começamos a entrar, ainda estava meio seco, mas a beleza do lugar já ia saltando nos olhos.

 

29872907446_cdb923d736_k.jpgSalar de Uyuni by rodrigopaulo, no Flickr

 

Nós já estávamos achando aquilo ali tudo lindo, sem saber que mais na frente presenciaríamos um espetáculo da natureza.

 

Já era quase 13h quando paramos pra almoçar no restaurante de sal. Restaurante é só o nome, porque na verdade o lugar é mais como um salão, com várias mesas e bancos de sal onde cada guia cozinha a comida do seu grupo e serve ali mesmo. Mas é bem legal o ambiente. Gente de todo lugar ali misturada partilhando suas experiências. Sem contar que o almoço estava bem bacana também. Rodrigo era fera na cozinha ::otemo::

 

29280386604_fe76ac1e0e_k.jpgRestaurante de Sal by rodrigopaulo, no Flickr

 

Aproveitamos pra tirar as clássicas fotos no monumento do Rally Dakar e nas bandeiras dos países.

 

29824253211_cf3be7aa7d_k.jpgRally Dakar by rodrigopaulo, no Flickr

 

29280244184_5744b70611_k.jpgBandeiras by rodrigopaulo, no Flickr

 

A partir de aqui o passeio começa a ficar melhor. Isso porque tem muita gente que faz apenas o passeio de 1 dia, que é ir até o restaurante, ver mais umas besteirinhas por perto e depois voltar pra Uyuni. Enquanto nós, que estávamos fazendo o de 3 dias, iríamos cruzar todo o Salar. E o Salar de Uyuni é como se fosse um imenso bowl, então quanto mais você adentra no Salar, mais alagado ele vai ficando. E foi pra lá que o Rodrigo nos levou. E eu só tenho a agradecer por ter tido a oportunidade de viver esse momento. Foi espetacular. Não vou mais falar mais nada. As fotos falam por mim:

 

29280090514_22b7fcbcfb_k.jpgSalar de Uyuni by rodrigopaulo, no Flickr

 

29824603061_272a11bc80_k.jpgSalar de Uyuni by rodrigopaulo, no Flickr

 

29613888870_73d218b26a_k.jpgSalar de Uyuni by rodrigopaulo, no Flickr

 

29908332965_962c6715d2_k.jpgSalar de Uyuni by rodrigopaulo, no Flickr

 

29612620190_3635d81287_k.jpgSalar de Uyuni by rodrigopaulo, no Flickr

 

29907503195_68ca46e1d5_k.jpgSalar de Uyuni by rodrigopaulo, no Flickr

 

29280883724_f945bd4a10_k.jpgSalar de Uyuni by rodrigopaulo, no Flickr

 

29792544552_a58d7a79c2_k.jpgSalar de Uyuni by rodrigopaulo, no Flickr

 

29792335852_89730e0ba9_k.jpgSalar de Uyuni by rodrigopaulo, no Flickr

 

 

29278786883_5a56f8d185_k.jpgSalar de Uyuni by rodrigopaulo, no Flickr

 

 

E a foto mais linda dessa viagem ::love::

 

29793281942_6db99c6e23_k.jpgSalar de Uyuni by rodrigopaulo, no Flickr

 

Brincando com o reflexo :P

 

 

Quando já estávamos saindo da parte alagada aí vimos um grupo de turistas fazendo fotos brincando com o reflexo da água. A primeira coisa que pensamos foi: VAMOS FAZER TAMBÉM!!! O Rodrigo com toda boa vontade parrou o carro para nós tirarmos nossas fotos de turistas ::lol4::

 

29870895956_b8ce75de4a_k.jpgSalar de Uyuni by rodrigopaulo, no Flickr

 

Infelizmente não iríamos ficar no Salar para ver o por-do-sol (não lembro o porquê) e também não iríamos até a Isla Incahuasi (a dos cactos) porque era arriscado tentar chegar até lá porque ela fica bem no meio do Salar (a parte mais alagada do bowl). Então quando foi caindo a tarde, fomos deixando o Salar alagado pra trás e indo em direção a uma parte mais desértica, com cada vez mais areia, até que aquela imensidão branca foi ficando cada vez menor no retrovisor do nosso carro.

 

29278847974_f288aec442_k.jpgSalar de Uyuni by rodrigopaulo, no Flickr

 

29906083745_db64dd24a3_k.jpgSalar de Uyuni by rodrigopaulo, no Flickr

 

No meio do caminho paramos numa região com alguns cactos gigantes e aproveitamos para tirar algumas fotos. Afinal, em qual outra ocasião você vai poder tirar fotos de cactos tranquilamente sem parecer um retardado? ::lol4::

 

29822067661_32b924baa9_k.jpgSalar de Uyuni by rodrigopaulo, no Flickr

 

O sol começou a se por e partimos rumo em direção ao nosso primeiro alojamento. No meio do caminho começou a surgir uma mega tempestade de raios no horizonte e, ao mesmo tempo que o espetáculo era lindo de se ver, era de dar medo. E pra piorar, nós estávamos indo na direção dela ::mmm: Mas foi de boa, acabamos nem passando por ela.

 

 

Chegamos no nosso alojamento, que era um hotel feito de sal, mesas, bancos, cama, piso. Era bem aconchegante.

 

29870114056_a19c43b61e_k.jpgHotel de Sal by rodrigopaulo, no Flickr

 

Tomamos um banho quentinho, comemos nosso jantar, muito farto e delicioso, por sinal, e caímos na cama. No dia seguinte tinha muito mais coisas pra ver.

 

Gastos do dia

Banho: Bs 20

Transfer pra San Pedro de Atacama: Bs 50

Tour de 3 dias: Bs 750

Mercado: Bs 23

Artesanatos: Bs 20

Total: Bs 863 = R$ 575

 

Próximo capítulo: Vulcões, lagunas, flamingos e... neve! O espetacular Deserto de Siloli.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...