Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

markcnbrj

Toronto, Quebec, Montreal, Niagara Falls e Ottawa - Viagem on-line

Posts Recomendados

Estou iniciando hoje mais uma viagem de férias e como de costume vou postar on line dentro do possível,

Iniciei ontem num voô da TAM saindo do Rio, escala em Nova York no JFK e depois mais 1:30 até Toronto. Ele chega as 7:30 da manha no JFK, tem aquela enorme burocracia americana que te consome umas 2 hrs, e cheguei em Toronto as 12:40 de domingo. A imigração canadense é super tranquila. Apenas as perguntas básicas e pronto.

 

DSCN4746.JPG.c410bda90cc5437dca62648953a88eb0.JPG

 

Reservei pelo booking.com o hotel Isabella Suites, afastado do centro mas bem próximo a estação Sherbourne do Metro. Ja neste primeiro dia percebo que Toronto é uma cidade cara. Este hotel 2 estrelas afastado do centro custou 489 CAD para 5 noites. É bonzinho, mas é 2 estrelas.

 

DSCN4756.JPG.73558f59f455fb598f43239a90be1315.JPG

 

O Aeroporto não tem metrô. Então as opções são o trem da UP que custa CAD 27 ou comprar o Token, que são umas moedinhas de transporte que valem para 1 viagem, com uma extensão de trem, metro ou Streetcar, que é o tram deles aqui. Tipo bilhete único custa 2,95CAD. No Aeroporto não achei agencia da TTC, que é o orgão de transporte local, mas comprei 5 moedinhas na casa de câmbio Trevellers que as vende por ali. Saia do terminal e procure o Õnibus 192 Airport Rocket para estação de Metrô Kippling. Leva 10 minutos.

 

DSCN4751.JPG.f0d087de9f9697937f8a499a2eba689e.JPG

Chegando em Kippling temos acesso ao Metrô de Toronto e me perguntei? Estou no Canadá mesmo? Eta metrozinho safado. Sujo, com gente pedindo dentro da plataforma, sem indicação de nada...um lixo. Dos piores que já conheci. E pra comlpletar uma obra neste fim de semana interrompeu um trecho que passou a ser de ônibus. Aí eu chorei....com minhas 2 malas pesadas....subindo estação sem escada rolante....não consegui sentar e fiz todo o trecho em pé, Se soubesse pagava os 27 do trem....E o trecho do ônibus passava por cada gueto de assustar...mas depois de 1 hora cheguei no hotel...detalhe -4 graus celsius,,,Andar os 100 metros até a estação foi um suplício.

 

 

Depois pra completar o dia peguei o metro até a Union Station e fui andar aleatoriamente....pelo undergraund que é uma serie de passarelas por baixo da cidade, que eles chamanPATH. Como era domingo, tava tudo fechado então resolvi meter a cara na rua e pagar um bondinho para ir a Chinatown cumprir a etapa das quinquilharias.

Para ir lá pegue na estação Union Station o Street car SPADINA STREET, salte em um dos vários pontos na Chinatown e boas compras. Mas já adianto que para Chinatown é caro em relação a outras similares. Mesmo assim é ponto obrigatório na visita. Se pesquisar acha buginganga legal a preço bom.

 

DSCN4798.JPG.0ce7b6b200cea0bac3101ebd7da8488d.JPG

 

Depois começou a nevar então cheguei ao fim do dia...Não foi um começo dos melhores...mas estou esperançoso,,,amanhã comento mais....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Segundo dia - Casa Loma, Royal Ontario Museum e Dundas Square

 

Eu já havia comprado pela Internet o Citypass de Toronto. Em Chicago tinha usado e funcionou bem, pois os descontos são bem interessantes. Tempo frio e nevando hoje de manhã, portanto preparei um roteiro indoor. Primeira parada foi a Casa Loma, um castelinho que parece a casa do Drácula, foi construido em 1911 por um milionário local, que morou ali por 10 anos e depois teve que passar adiante porque faliu. A atração vale muito a pena. O acervo é bem conservado e não vi necessidade de Audiguide para entender a história. De metro, salte na estação Du Pont da linha amarela, suba a pé a Spadina St até uma escadaria. Suba a escadaria e já chegou. É muito interessante o local. O passeio com bastante calma leva hora e meia.

 

DSCN4810.JPG.55d38eaf93de3a589bfeec4fcc598f56.JPG

 

DSCN4855.JPG.70c71753def24d59c59dc062db8da6af.JPG

 

A próxima parada é o ROM (Royal Ontario Museum). Pegue o metro na estação Du Pont e siga no sentido Sul e salte na estação St George (apenas 2 estações dali). O Museu é logo adiante na Yonge ST. É um Mega Museu nos Padrões do Metropolitan de NY e do Field Museun de Chicago, só um pouco menor. Mas gostei muito. Cada vez que visito um destes museus fica mais vidrado neles. A ala chinesa deste é um show. Tem a ala canadense, claro, egipcia,grega,romana e por aí vai. Superou minhas expectativas....Reserve umas 3 horas para ver com calma

 

DSCN4884.JPG.47f40e7d47d8dc60c8911b72c24da9e6.JPG

 

DSCN4901.JPG.4251a07d149befba7025a0d6ca36138b.JPG

 

Saindo dali lá pelas 4 da tarde, fui terminar o dia na Dunda Square, que é o Times Squa.re deles, mas não chega nem perto. Ali tem o Eaton Centre, o maior shopping da cidade, mas é daqueles que se olha, olha e não compra nada. Os preços são proibitivos por ali. No máximo um Cappucino e um pedaço de pizza na praça de alimentação, que alias como toda Toronto é uma babel da melhor qualidade. Comida do mundo todo num só lugar.

 

20160411_182103.jpg.13d262d0ee6fd3c38d9865b40aa9af22.jpg

 

DSCN4971.JPG.65e51b0a2cd882bc004d378931f705f1.JPG

 

Por hoje foi isso aí. Amanhã o tempo vai dizer a minha direção.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Terceiro dia - Ripley's Aquarium, Roger Centre, St Lawrence Marketing.

 

Minha intenção hoje era fazer toda a área da CN Tower, mas o tempo ainda não está cem por cento portanto a Cn Tower vai ficar para o último dia, que a previsão é boa. Comecei pelo Ripley's Aquarium, que é imperdível para quem tem crianças. O Aquario tem toda uma intertividade para o público infantil, mas nem por isso deixa de ser legal. Salta-se na estação de Metrô Union Station e vai andando pelo underground até lá. Levei mais ou menos 2 horas lá dentro. Muitos tubarões e vc passeia por um tubo, debaixo do tanque. Basicamente são centenas de fotos dos peixes. Ele faz parte do Citypass.

 

DSCN5081.JPG.38116c32a563c84cb19719be34fb8544.JPG

 

DSCN4999.JPG.7e938919848db3169c81eddce29a25b6.JPG

 

Em frente ao Aquario tem a cervejaria Steam Whistle Brewery. Não cheguei a fazer o tour, apenas tirei algumas fotos do lado de fora, com muito custo pois o vento hoje resolveu aparecer.

 

DSCN5074.JPG.6a621aa4916a04d4ef2e4017afa00ad2.JPG

 

Por volta de 1 da tarde comprei o tour pelo Roger Centre, que é a casa do Blue Jays, time de Baisebol local.

O tour leva 1 hora e custa 16CAD. Valeu a pena. É uma super arena multi uso para cerca de 50.000 pessoas, super moderno com teto retrátil e uma serie de camarotes. O tour consiste numa explicação sobre a arena, visita ao local de mídia, os camarotes que são vendidos a 20.000CAD por temporada para cerca de 20 pessoas e pausa para fotos diversas.

 

20160412_142016.jpg.50a27aa0b7e09d0e07039e2869ff6e41.jpg

 

Terminei o dia no St Lawrence Market, que é um "mercado de peixe" mas com muito glamour. Quem é amante de seafood e queijo, ali é o lugar. Como não é minha praia, tirei as tradicionais fotinhas e fui adiante. Para se chegar lá a melhor opção é o streetcar que corta a King ST. salte próximo a Javri ST.

 

DSCN5142.JPG.f68e89407e6ed6d10d7f0f8d77d5ac86.JPG

 

Logo ao lado do St Lawrence tem o Flatiron Building, que é um predio com uma arquitetura bem diferente. Vale uma fotos. No final do dia passei na Union Station para comprar as passagens de trem para Niagara Falls.

 

DSCN5135.JPG.0bb084b71a0cce9dc977c28c13b87b15.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quarto dia - Niagara Falls

 

Este quarto dia foi dedicado a um bate e volta a Niagara Falls. Optei por ir de trem. Comprei na véspera no guiche da Via Rail Canadá na Union Station por 72CAD ida e volta. A ida sai as 8:20 da manhã e chega em Niagara as 10:15 e volta as 17:45 chegando na Union Station as 19:30. Trem da Antrak excelente, porém sem Wi-Fi. O painel da Union Street indica o destino final dele que é Nova York.

 

DSCN5172.JPG.0ba9cd41e8911643c735b818bc7ea833.JPG

 

A estação de Niagara é um pouco distante. Muita gente pega taxi. Mas tem a opção do ônibus WeGo que faz um circuito turístico por Niagara Falls e custa 7CAD. Eu preferi ir a pé mesmo. São 25 minutos de uma caminhada super tranquila até o centro.

DSCN5301.JPG.b10ba62d900dab6fa4b2ab6ef728dbb6.JPG

 

O grande lance de Niagara Falls é que as Cataratas ficam literalmente na beira da rua. Não há taxa, basta ir andando e tirando as fotinhas.

Existem 2 quedas basicamente. As americanas que é uma queda direta no rio e a queda Canadense que forma um "U" e é a mais bonita.

 

DSCN5216.JPG.fa15477857233b6002132c7dd898fb7b.JPG

 

Aconselho primeiramente a fazer todo circuito a pé. Deve-se seguir até uns 500 metros adiante do Welcome Center.

Vai levar cerca de 1 hora e meia ou mais, sempre parando para tirar as fotinhas, com bastante calma, o passeio consiste exatamente nisso. Existem 2 passeios que são os mais procurados por quem vai lá. Ambos bem molhados.

Um é o Behind the Falls que é um passeio por trás das quedas em um caminho que fica atrás das quedas d'agua.

O outro, que foi o que eu fiz é o barquinho que vai até a "boca" das quedas, uma espécie de Macuco Safari, para quem já foi a Foz do Iguaçu.

 

DSCN5283.JPG.a2071bfb5805adf12321b14009ad3d6e.JPG

 

Este passeio é o mais indicado para quem tem tempo limitado. Leva 30 minutos e custa 24CAD. Um detalhe importante: Tudo aqui no Canadá tem o preço marcado e mais 13,5% de impostos. O passeio é bem menos radical que o de Foz, mas dá ótimos ponto para fotografia, que você não tem lá de cima. Vale a pena.

 

 

De resto é aproveitar o resto do tempo para passear na cidadezinha, que parece uma mini Las Vegas, só que menos, beeeeem menos.

 

20160413_171754.jpg.1fcfce7cae782288af8d89952d18f3d9.jpg

Aí vem a pergunta, qual é a mais bonita Niagara ou Foz. Eu acho que as propostas são diferentes. Em Niagara transformaram a natureza num business como muito bem sabem fazer os americanos. Em Foz o foco é realmente a natureza, o parque, a floresta. Particularmente acho as 2 um espetáculo da natureza, que quem tiver oportunidade deve visitar. Não conheço que não tenha gostado.

 

DSCN5342.JPG.450bb844c0a19b78a09469a6e1aeffdd.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quinto e último dia em Toronto - CN Tower, Harbour, Toronto Island e Destilary District

 

Hoje neste último dia em Toronto, aproveitei o céu totalmente azul pela primeira vez desde que cheguei aqui no Domingo começando pela subida na CN Tower. Ótima opção ir logo de manhã, já que a visitação começa as 9hs. Pouco movimento e fácil de chegar no vidro e escolher as melhores posições para as fotos. O observatório tem 2 andares 1 com 360 graus e todo envidraçado e outro com possibilidade de chegar na "varanda", mas o vento frio é simplesmente insuportável. Pode-se também optar pelo restaurante com menu apartir de 55CAD. Tem também um observatório mais acima, só que paga um upgrade de 12CAD. Pra mim o do Citypass já foi suficiente.

 

DSCN5365.JPG.867bbf3dc7e327ff7c7f1eab47eaa7f7.JPG

 

Dali fui a pé mesmo para visitar as marinas, é bem pertinho. Só atravessar o parque em frente a CN Tower passar por baixo de uma autopista e pronto. o Harbour Square estava vazio. Pouca gente e os principais passeios que saem dali, só funcionam apartir de maio. De maneira que aproveitei apenas para as fotos mesmo, mas tem muitos barzinhos que no verão devem "bombar".

 

DSCN5390.JPG.2503a08ca101afd7caee6fb90bbe26ea.JPG

 

Aproveitei o tempo favorável para conhecer as ilhas de Toronto que ficam logo a frente do Harbour Square. É sem dúvida o melhor Skyline de Toronto. Com tempo bom não deixe de ir, com chuva o neblina, esqueça.

O Ferry boat, bem caído por sinal sai do Terminal que tem uma parada de streetcar próxima (Queem Ferry). O passeio custa CAD7,25 ida e volta e leva 15 minutos até a Wards Island (fora da temporada só para esta ilha. Na alta temporada tem ferry para 3 pontos distintos das ilhas. Fiquei por lá 1:30 hora, com um vento cortante, maltratando meus ouvidos, mas valeu a pena. As fotos ficaram sensacionais. A ilha é muito bonita também. Mesmo no inverno tem bastante opção de horário.

 

20160414_145537.jpg.6b57509daf709d485b5bf4323355d283.jpg

 

DSCN5452.JPG.bc4e87ceae3b434d78adba2c21ccbbc0.JPG

 

Retornando ao Harbour, pequei o Streetcar até a Union Station, o metro até a King Station e depois outro StreetCar (504, acho) até a Parliament Street para conhecer o Distilary District. Da Parliament St é só descer uns 3 quarteirões.

O Distalary District é um daqueles locais revitalizados tipo Puerto Madero em Buenos Aires e espero que no Rio façam algo parecido...onde uma velha destilaria foi transformada em Galerias de Arte, misturadas com barzinhos e butiques da moda, em suma um "bairro Boutique" e logicamente caro. Se Toronto já não é barato, ali menos ainda.

Mas não deixe de tomar um Cappucino no Balzaq Bar por 4,80CAD que vale a pena.

 

20160414_164731.jpg.8f8a211599ed433bf7944ac96e6e26f2.jpg

 

Minhas impressões finais de Toronto: Mega cidade, com metrô antigo e sujo, mas de uma maneira geral todo sistema de transporte é eficiente. Cidade segura, com casas sem grade e varias vezes andando pelas transversais vi casas com a porta aberta. Mas está longe de ser aquela maravilha de cidade perfeita que todo mundo imagina que são as cidades canadenses, possui vários "guetos" e os subúrbios tem um aspecto desagradável. Transito muito civilizado e um clima impiedoso. A cidade tem 4 meses de uma temperatura agradável e 8 meses de frio. O povo muito simpático, sempre pronto a ajudar as pessoas, a dar informação, etc...Para nós brasileiros é uma cidade cara.

Custos principais da minha passada por aqui

Hotel Isabella Suites (5 noites) CAD 490

Passe de transporte para 1 dia inteiro: 12CAD

Cappucino: em média 4CAD

Lanche no Mcdonald (Angus Meal) 13CAD

Refeição em Restaurante Médio: 30 a 40CAD, dependendo do prato.

Garrafa de água mineral no mercado (500ml) 2,50CAD

Citypass Toronto: CAD 76

Bem amanhã vou para Quebec de trem. Espero poder continuar postando

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sexto dia - Viagem Toronto-Quebec

Hoje o dia foi todo dentro do trem. O ideal é fazer este trajeto de avião, mas as passagens domésticas por aqui são bem caras. Na época não encontrei nada por menos de 350CAD. Então fui de trem mesmo por 179CAD comprado pela internet no site da Via Rail. O trem sai as 6:40 da Union Station e chega em Montreal as 12:00, troca-se para outro trem e este sai de Montreal as 13:00 e chega em Quebec as 16:30. O problema foi o horário em Toronto porque o metrô so começa as 6:00 da manhã, de maneira que chega-se em cima da hora e qualquer erro, perde o trem. Não foi cansativo porque o trem tem wi-fi durante todo o itinerário de modo que fui botando as coisas em dia.

Outro ponto que tem de prestar atenção é o peso das malas. Na Europa isso não tem importância, mas aqui é feita uma pesagem na entrada e se tiver fora da tarifa que vc pagou paga mais 20CAD.

 

20160415_084915.jpg.23c96b3b4924cf7b5e7783240fc12a0c.jpg

 

DSCN5518.JPG.4d8a5ea55a915c237a1faf8611df3f5c.JPG

 

Em Quebec reservei o hotel Au Le Petit hotel por 240CAD (3 noites) no Booking.com, O hotel é meio estilo albergue, com portaria fechando as 22hs, sem elevador,etc. mas o quarto é bonzinho, 2 estrelas como o outro. A internet até agora está excelente. O ruim é que é todo de madeira, então se ouve tudo do quarto ao lado. Mas nada é perfeito né...A grande vantagem é que ele é na cara do gol. Bem dentro da Haute Cité, dá pra andar tudo a pé. O ruim foi carregar uma mala 18kg citeé acima. A distancia da Estação era mais ou menos 1km, mas parece que foram 30.

Bem amanhã continuamos.

 

DSCN5529.JPG.810c7c0dcae226a5715f37a1b35e95e1.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sétimo dia - Quebec Old Town - O sétimo dia foi totalmente dedicado a uma "andança" , mas andança mesmo, pelo centro antigo de Quebec ou Old Town. Basicamente o centro histórico se divide entre Cidade Alta e Cidade Baixa.

Como meu hotel fica na parte alta, comecei por ela indo direto ao Cartão Postal de Quebec. O Chateau foi construído pela Companhia de trens do Canadá, Pacific Railway para alavancar o turismo. Hoje ainda é um hotel de milionários, com extensa lista de hospedes famosos.

 

DSCN5602.JPG.d6d351e622e9c22c3ad8f70d3148b19b.JPG

 

Em frente ao Chateau, temos o Terrasse Dufferin uma enoprme passarela de uns 500metros onde se tem uma vista privilegiada do Rio São Lourenço ele liga o Chateau de Frontenac a uma escadaria chamada Promenade des Governeurs, que é um caminho que leva a planície de Abrahan.

 

DSCN5587.JPG.8cb2b13a99275b8969590a2f1dd36b15.JPG

 

A Planície de Abrahan é um imenso parque, muito bem cuidado, perfeito para levar cachorro passear. Hoje ele estava praticamente com todos os caminhos cobertos de gelo, mesmo assim encarei um circuito de uns 2km e vários tombos. Andar no gelo requer técnica e iniciantes fatalmente vão cair, como eu.

 

DSCN5631.JPG.8f66ac0af224edf1e2d63f9a3737ef3e.JPG

 

Já pela hora do almoço parei em uma cantina italiana, comi alguma coisa por 26CAD, que é o preço médio de almoço em restaurante para 1 pessoa, sem extravagancia. e parti para a cidade baixa. Em frente ao Chateau tem um

Funiculaire que leva a cidade baixa por 2,25CAD em 1 minuto. Ao lado tem a escadaria para quem quiser encarar.

 

DSCN5715.JPG.fedb6eca6a09336ebc13fb8618c48983.JPG

 

A cidade baixa é um conjunto enorme de ruelas com lojinhas diversas e bistrôs de todos os tipos, É andar, entrar nas lojinhas fuçar os produtos até achar alguma coisa interersssante pra se levar. Os artigos se repetem, custam praticamente a mesma coisa em todas as lojinhas, mas sempre aparece uma novidade. No final do Petit Champlain tem um mural muito interessante que vale a foto.

 

DSCN5709.JPG.d54e1f020002a02c13ea544d7d4e8b49.JPG

 

Para encerar o dia fui fazer a travessia do São Lourenço para a cidade de Lévis. O Ferry sai de meia em meia hora, custa 3,55CAD cada "pernada" e leva 10 minutos. Em Lévis vale subir no Terrase de Levis (é uma outra escadaria infernal além de várias ruas "morro acima") para tirar as melhores fotos da Cidade de Quebec. Ali só vi isso, fiquei cerca de 1 hora tirei fotos de vários ângulos e retornei.

 

DSCN5754.JPG.8580accbcef270c6a2fffcff7b1ee155.JPG

 

Após isso fiquei andando aleatoriamente pelas ruelas, entrando em lojinhas, etc...o passeio em Old Town é isso, andar, entrar em lojas, tomar um cafe, andar mais um pouco e o dia passa

 

20160416_161914.jpg.b705ea492e399f2cd5a3f60bfd75bb6a.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oitavo Dia - Parque de Montmorency e Cittadelle

Hoje praticamente a maior parte do Domingo foi no Parc Montmorency, que fica nos limites do município de Quebec, inclusive uma parte do parque fica no outro município. O parque é um lugar de lazer para os Quebecois, com muita natureza, trilhas, e cuja principal atração é a Queda d'agua de Montmrency (Chute de Montmorency) . Para chegar lá deve-se pegar o õnibus 800 no sentido Beauport e saltar no ponto final que fica na entrada do parque. São 40 minutos de ônibus e a passagem custa 3,23CAD pago direto no "cofrinho" que tem ao lado do motorista. Não há troco, portanto ande com a conta certa em moedas para ir e voltar. Ele passa de 15 em 15 minutos, mesmo nos fins-de-semana.

 

DSCN5806.JPG.8d742a2929757020c5da53855818c76e.JPG

 

O Parque é fantástico. Impressiona pela beleza natural do lugar. É um dos top de Quebec no Tripadvisor com toda razão. Como o ônibus deixa na parte alta comecei pela ponte pensil que passa em cima da Queda e liga os 2 lados do parque. Assim atravessei para o lado do parque que fica no município de Boischatel.

 

DSCN5812.JPG.f9dbd54450a47e1d32e0b132dc4e6d3b.JPG

 

Deste lado do parque há uma imensa escadaria que permite chegar quase ao lado da queda d'agua, mas a descida estava bloqueada pelo gelo. Mesmo assim muita gente estava encarando, menos eu que não tenho intimidade com gelo e neve. tirei as fotos lá de cima mesmo. Ali tem uma tirolesa que funciona apenas na alta estação. Hoje estava fechada.

 

DSCN5842.JPG.e284f318c3c4cbc4cc966df6a227b1ed.JPG

 

Retornando para o outro lado do parque, tem também um mirante, mas muito próximo da queda, do modo que não rende grandes fotos. Decidi descer pelo Teleférico, que estava funcionando ao preço de 13,75CAD ida e volta. O melhor ponto de fotografia é realmente a parte de baixo, portanto de escada ou teleférico a parte de baixo é fundamental.

 

20160417_131005.jpg.90c90a73f9f03ac1fe3faee7fed9e9e5.jpg

 

Dali observei uma galera seguindo pelo gelo até bem próximo da queda. Resolvi acompanhar , indo bem na parte reta, mas quando começou a subir o morro de gelo, foram vários escorregões e tombos e depois de um pé torcido, foi o aviso que eu deveria me dar por satisfeito de ter chegado até ali....me dei por satisfeito para iniciar o caminho de volta para a cidade.

 

20160417_135534.jpg.c11d1bb067357ccb4f348bd0b914c590.jpg

 

Antes de pegar o ônibus, parei num barzinho que tem logo na entrada do parque no lado de Boischatel para finalmente encarar a gororoba Quebecois mais famosa,o Poutine. É uma bomba de colesterol que compreende batata-frita, queijo, bacon e outros ingredientes a gosto do freguês. Este da foto é o Poutine Italiano e quer saber...É bem gostoso. Vou repetir outra hora. Custa em média 6CAD dependendo do tamanho e ingredientes.

 

DSCN5944.JPG.9dc32f713abb97d8733eeca7025d6477.JPG

 

Retornando a cidade acabei o dia visitando a Cittadele, que é o conjunto de fortificações da cidade que ainda permanece em pé, alias Quebec se não me engano é a unica cidade onde ainda existem os muros medievais, que são até de uma época mais recente...

 

DSCN5960.JPG.93334a4a6e516bb676d9fe123d94de92.JPG

 

Para acabar o dia é legal ver o por do sol em um plateau atrás da Citadelle que dá de frente para o Chateau de Frontemac, nada mais relaxante.

Impressões de Quebec: Aqui sim apareceu o Canadá que todos imaginamos, com super qualidade de vida, emprego razoavelmente fácil de conseguir, onde tudo funciona e as pessoas são educadas(recebi diversos Bonjour pelo meio da rua), além de fazerem questão de manter sua cultura e não se deixar influenciar pela massificação cosmopolita. Fora o frio é uma das top do mundo pra mim . Amanhã Montreal.

 

DSCN5970.JPG.7220073b9f5cc12021840885f57d8371.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Peguei o trem de 7:45 ds manhã de Quebec City para Montreal. Viagem super tranquila, navegando na internet, quando vi já tinha chegado, por volta de 11:30 da manhã. Dei uma enrolada básica na estação da Gare de Montreal, que alias ao contrário da Union Station de Toronto, que está em obras e não tem nada, a de Montreal, é praticamente um shopping com várias lojinhas e boas opções para comer.

 

DSCN5505.JPG.2b60bf5c1a6650e96855cd96a1e8c3d7.JPG

 

A Gare em si não tem estação de metro, mas é ligada através do Undergraound, aquele conjunto de passagens subterrâneas que tem em Montreal e Toronto, as estações Square Victoria e Bonaventure. A mais perto é a Bonaventure e ali já comprei o passe de transporte para 3 dias com direito a metrô e ônibus (aqui não tem tram) por 18CAD, valor bem razoável dentro do que eu tenho visto por aqui. O metro aqui é bom, bem melhor que Toronto, mas não chega a impressionar como Singapura e Dubai, mesmo assim é bem abrangente e razoavelmente limpo.

 

DSCN6068.JPG.924196535cb7726170bd94c5c11e708b.JPG

 

Reservei um B&B chamdo Le Chasseur no Booking.com por CAD 210 3 noites. Naquele estilo, que você toca a campainha pra vir alguem te atender, a portaria fecha as 20 hs e vc além da chave do quarto, fica também com a chave da porta da frente. Particularmente é a primeira vez que fico em Bed & Brackfast, mas até que estou achando razoável pois são bem mais em conta que os hoteis tradicionais e estão sendo uma boa opção para cidades muito caras como aqui no Canadá. Ele fica a 100 metros de uma das portas da estação Berry-UQAM, que é uma espécie de Hub do metro daqui com 3 linhas se cruzando nesta estação. Ela tem várias saídas e ainda não acertei a que fica perto do hotel, sempre saio pro outro lado, mas até quinta eu acerto...

 

DSCN5974.JPG.dce1df82daa1f06c638ab4c7476233f8.JPG

Feito isso fui conhecer o cartão postal numero 1 daqui, a Igreja Notre-Dame de Montreal. Salte na estação Place d'Armes, passe por dentro do Palais du Congress de Montreal e ela fica logo adiante numa pequena colina. Ela é bem parecida com a original de Paris, mas por dentro eu achei até mais bonita. Paga-se 5CAD para entrar e tem um tour em Ingles e Frances a cada 1 hora. A igreja fecha as 4:30 PM

 

DSCN5989.JPG.a7d43167dac5f0f92a7e47e1d096017f.JPG

 

DSCN6031.JPG.692b56892ebcf091ac2de7d79c749df3.JPG

 

Na saída dei uma passadinha pela Chinatown de Montreal, que fica do lado oposto do Palais du Congress de Montreal, na continuação da rua St Laurent, particularmente achei a de Toronto bem mais interessante.

 

DSCN6036.JPG.f05d40264d8d5348d96a906f942ab9dd.JPG

 

Pra terminar um dia chuvoso nada como um passeio aleatório pelo Underground que aqui se chama RESO. Fui parar na Arena daqui que se chama Bell Centre e é casa dos Canadiens, time de Hockey no gelo, o esporte principal da cidade. Existe até uma estátua de alguns ídolos do esporte, na porta do Bell Centre. Não pude fazer o tour porque vai haver um show amanhã.

 

DSCN6058.JPG.01b2bb906cae2bfd9121761dfc16c849.JPG

 

A janta ficou no restaurante Da Giovani, experimentei a cerveja deles a Molson, mas achei muito forte pro meu gosto

um Raviole Alfredo, com 1 copo de grande de cerveja 21CAD. O Ravioli estava muito bom. Amanhã a previsão é de tempo melhor, espero que estejam certos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Decimo dia - Mont Royal, Parque Olimpico e Vieux Montreal

 

Começamos o dia indo para o Mont Royal que é um enorme parque, mas enorme mesmo, onde se tem uma vista privilegiada da cidade além de trilhas, circuito de bike e no inverno pistas para esquiar.

Existem duas maneiras mais ou menos lógicas para se ir lá. A primeira é saltar na estação de metrô Peel e subir a escadaria da Rue Peel. A segunda que foi a que eu utilizei, é pegar o ônibus 11 na estação de metrô Mont Royal, mas cuidado porque ele passa nas duas direções. O ponto correto é o atrás da estação. Se pegar ele na frente da estação, vai pra outro lado. São 10 minutinhos até lá, mas atenção aos horários porque ele passa de meia em meia hora.

 

DSCN6078.JPG.f29b6f7b00ec14ba294eb1b1bf81ee1c.JPG

 

Salte no ponto do Cemitério e siga as placas para o Chateau du Mont Royal ele fica a uns 600m do ponto do cemitério. No Chateau tem um Mirante e estrutura de restaurante, banheiros etc....O parque em geral é muito bem estruturado, bem sinalizado e seguro.

 

20160419_111208.jpg.44f13da9dd3b6a72e2d33a1a0efd0a18.jpg

 

Depois pegue as trilhas e vá conhecendo os outros pontos a serem visitados: Lago dos Castores, Croix du Mont Royal e Mirante Camilien-Houde, foram estes pontos que visitei em aproximadamente 3 horas e meia no parque.

 

DSCN6121.JPG.d51c1a9229ca24e1b1fefe0933f3cb81.JPG

 

Depois optei por descer as escadarias da Rua Peel até o Moetrô. Tenho certeza da opção correta pelo ônibus para subir, Foram 30 minutos para descer, logo para subir, faz as contas.....Peguei a linha verde na direção Honoré-Beaugrand para ir ao parque Olímpico(salte na estação Viau), o grande elefante branco da cidade pós olímpiada de 1976. O parque é simplesmente fantástico, só não tem demanda. O estádio olímpico recebe um concerto de rock ali, um jogo mais importante acolá, mas fica nisso. Não há tour no momento, só apartir de Julho. Contente-se com fotos externas e subir na torre do estádio por 23CAD (achei muito caro, mas fui). Ali ainda tem o Biodome (mais voltado para crianças), o Jardim Botânico e o Planetário. Se tiver crianças (e dinheiro) pois todos estão na faixa de 23CAD, pode reservar 1 dia inteiro só ali.

 

20160419_133851.jpg.0692f6e0523850312e86782896be890d.jpg

 

Levei aproximadamente 1:30 no parque, depois peguei o Metrô no sentido contrário, parei na estação Berry UQAM para almoçar, e segui na linha laranja para a estação Champ de Mars e encerrar o dia no Vieux Montreal, que é a parte mais antiga da cidade. Ali é andar pelas ruelas, entrar em lojinhas de Souvenir, e conhecer o porto e o Mercado Bonsecour. Amanhã vamos tentar um bate e volta até Ottawa.

 

DSCN6198.JPG.32b4093923e3dac7d34d2d54ac25845c.JPG

 

DSCN6191.JPG.319f440be92ec2f3ed744ad1670e3a98.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por CAIQUE LIMA
      Quero ir pra Los Angeles,porém quanto preciso levar? 20 mil reais da pra eu curti por quanto tempo? 
    • Por Denise Ramos De Oliveira
      Oi Pessoal. Preciso de informações para  fazer uma viagem de VANCOUVER para TORONTO de preferência parando nos lugares . Estou sozinha e com duas malas o que me preocupa o translado . Ah , claro estou sozinha .
      Pensei em iniciar com Kelowna, Jasper, Banff e Calgary. e seguir passando por Montreal, Quebec , Otawa até chegar em Toronto .   Dicas e experiencias são muito bem vindas .
       
       
    • Por thiagom16
      Qual o melhor lugar para ver a aurora boreal, levando em conta custo, facilidade e outras atrações do lugar - Canadá ou Noruega?
      Alguém já foi algum dos dois tem ideia de valores e roteiros?
      Obrigado.
    • Por Luciana Torezan
      Quando decidi fazer essa viagem de motorhome juntamente com meu esposo, já conhecia Miami e Orlando mas queriamos uma viagem diferente. Primeiramente pensamos em viajar de carro para explorar as praias da região e ir até Key West. Mas a logística seria ruim visto que teríamos muito check-in e check-out em Hotéis ou seria preciso fazer bate e voltas. 
      Optamos pelo motorhome e foi a decisão mais acertada que fizemos. Foi uma viagem incrível, divertida, com flexibilidade de mudar a programação conforme nosso gosto, enfim, valeu muito a pena.
      Fizemos um post para nosso blog detalhando tudo: como alugamos, por onde passamos, como escolhemos lugares para dormir de graça, como foi ficar no camping da Disney (um sonhooooooo). Quem quiser conferir nosso relato mais detalhado é so clicar em https://casalabordo.com.br/motorhome-na-florida/.
      Se tiverem dúvidas, será um prazer imenso ajudar. Abraços viajantes.


    • Por lowpower
      Salve galera!
       
      Fiz a John Muir Trail em agosto desse ano e recomendo para todo mundo. Foram 389 km em 17 dias, com uma subida acumulada de mais de 16.400 metros.
      Fiz esse pequeno vídeo para mostrar um pouco de trilha e assim animar mais brasileiros a fazerem ela. Pelo que eu pesquisei, fui o segundo a fazer ela completa.
       
       

       
      Em breve irei postar um relato por escrito com todas as informações.
       
      Valeu!


×
×
  • Criar Novo...