Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Alan Souza

Salinópolis

Posts Recomendados

Erick, a única forma de chegar a Salinas é a partir de Belém. De Belém até lá são 210 km de estrada, em condoções bem razoáveis. Hospedagem no local tem muita, se você quiser posso pesquisar e te mandar dicas.

 

Mas, se você quer conhecer praia bonita, vá para O Marajó, conhecer a praia de Araruna, a mais bela da Região Norte...

 

Saudações da Amazônia,

 

Alan

Compartilhar este post


Link para o post

Em Salina, procure ir nas praias mais afastadas. Estive la em Agosto/2004.

 

Na praia tava muito bagunçado, com carros, motos, barraqueiros, muita sujeira. Uma loucura realmente.

 

Mas é uma regiao muito bonita, uma pena que o pessoal de lá é um pouco descuidado com relação a limpeza.

 

Se for na praia durante a semana provavelmente será bem mais tranquilo.

 

Vinipontocom.

Compartilhar este post


Link para o post

Obrigado vinipontocom rsrsr

 

Voce saberia me falar o custo diarios de lazer em salinas a ultima vez que fui foi em 2002.

e se tem outra sprais fora atalaia e farol velho?

 

Obrigado

 

ERICK MATTOS

Compartilhar este post


Link para o post

Rapaz a questao dos custos to um pouco por fora.

 

Quando eu fui, visitamos somente aquela praia proxima da cidade, onde enche de farofeiro (rs) e outra um pouco afastada, acha que Atalaia, um pouco mais limpa e menos movimentada. (Posso estar equivocado quanto aos nomes).

 

Almocei em um restaurante na varanda de uma residencia, proximo a esta praia mais movimentada, se nao me engano, pagamos R$ 40,00 em uma refeicao para 06 pessoas, incluindo refrigerante.

Nao tenho certeza, nao achei muito caro.

 

Vinipontocom.

Compartilhar este post


Link para o post

Ola Arafa! Tudo bem?

Voce quer sair de Manaus até Salinopolis ou Salinas?

Se for Salinopolis, de Manaus até Belem leva-se 5 dias e depois eh só pegar outro barco...não sei informar se tem barco direto...acredito que não.

De qualquer forma, de Manaus até Belem de barco vai custar por volta de R$ 150,00 a R$ 200,00...

 

Links de Salinopolis

http://www.brasilviagem.com/pontur/?CodAtr=3097

http://www.citybrazil.com.br/pa/salinopolis/

 

Qualquer duvida com relação a Salinopolis, coloque uma msg no forum do Pará.

 

Obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post

Ola pessoal, gostaria de saber qual é a epoca de alta temporada e baixa temporada?

 

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post

Olá, sou nova por aqui e resolvi contribuir com este tópico. Estive Em Belém e em Salinópolis (apelidada carinhosamente de Salinas pelos paraenses) de 04 a 10/09/2011. Como o tópico é sobre Salinópolis, vou relatar minhas impressões sobre a minha estadia lá, que foi de três dias ( 7 a 10/09/2011):

 

- O local é ótimo. A cidade é pequena, mas muito bonita, arrumadinha. O povo de lá é hospitaleiro e dão informações direitinho pra gente;

- Saindo de Belém, fomos de taxi, eu, meu marido e meus 2 filhos (o menor tem 2 anos) e foi bem tranquilo. Contratei um taxista que o Hotel me indicou, o "Seu Fiel" - 91 8234 1597. Ele cobra 35,00 por pessoa, preço que aliás está muto em conta até mesmo pela comodidade. ele nos apanhou no Hotel Grão-Pará, no Centro de Belém e nos levou até a Praia do Atalaia em Salinópolis;

 

- Ficamos hospedados no Hotel Guará (pagamos 130,00 a diária para apto triplo). O local é limpo, arrumado, porém não tem TV a cabo nem Internet. O que me salvou foi o modem da Claro que eu levei e conectei sem problemas;

 

- O Hotel não possui serviço de quarto então fazíamos nossas refeições fora. Quase em frente ao Hotel (que fica a 100 metros da praia) tem umas barracas onde vendem café da manhã a preços bons. Para vocês terem uma idéia, gastávamos em média 15,00 reais de café para nós quatro;

 

- Almoçávamos na praia. Tem pratos para todos os gostos e bolsos. As barracas aceitam cartões Visa e Master (somente no débito). Não notei a presença de muitos vendedores. No geral, eles não são insistentes. Jantávamos no restaurante Nordestino que fica ao lado do Hotel (este não aceita cartão, só dinheiro);

 

- Como não fiquei lá no fim de semana, não sei dizer como é a vida noturna. Mas parece que é bem agitada nos fins de semana com shows de bandas locais. Um lugar muito bacana para ir a noite é a Orla do Maçarico. São 2 km calçadão, com muitos bares, restaurantes, pizzarias, sorveterias e parquinhos para as crianças. Achei que tinha pouca gente lá na sexta à noite. Mas em Julho que é alta temporada, o local deve bombar. Tem um restaurante lá, o Goaino que é onde se contratam excursões para as ilhas e praias próximas. Infelizmente não deu tempo pra gente conhecer, snif... ::mmm: ;

 

- Quanto às praias, as principais são Salinas, Farol Velho e Atalaia, todas próximas umas das outras. A praia do Farol Velho é a mais calma, com poucas barracas e mais família também. Um fato curioso: o povo de lá e das cidades vizinhas entram de carro na praia e de vez em quando tem um carro que atola e é engolido pelo mar. Lá ocorre o fenômeno das marés e é impressionante como ela sobe rapidamente (sinistro);

- Também visitamos as Dunas e o "Lago da Coca-Cola", que é um lago de águas escuras que parecem mesmo coca-cola. O lago é raso, excelente para as crianças. São lindíssimas as paisagens de lá. Enche os olhos e deixa muita saudade quando partimos;

 

- Lá só tem Banco do Brasil e Banpará. Na praia do Atalaia, em frente o Hotel Privê, tem um quiosque do BB que está sempre abastecido. Também tem Banco 24 Horas, mas eu não sei informar ond estão localidados;

 

- No sábado, 7 da manhã, lá estava o "Seu Fiel" em frente ao Hotel pronto para nos levar ao Aeroporto em Belém onde tomamos o vôo de volta pra casa. Tomamos café na estrada, no Município de Santa Maria (delicioso!).

 

Beijos e até a próxima viagem!

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

Verídicas as colocações da Jacirene. Acredito que a tua estadia foi o tempo ideal para a Cidade.

Na verdade a Cidade fica meio abandonada pelos turistas em períodos sem feriados prolongados ou férias escolares (quando as famílias "podem" viajar juntas!).

Durante os meses de Julho e Dezembro é quase impossível trafegar de carro nos locais que a Jacirene citou. Em frente ao hotel em que ela estava hospedada fica uma coisa de louco. Tudo isso ocorre por causa da maré. A galera fica descansando nas suas casas até que a maré comece a baixar p/ que os carros possam entrar na praia. Porém, na praia do Atalaia, onde ela estava hospedada, existem 2 pontos de concentração: o 1º é a entrada da praia, onde ficam as pessoas que vão a pé ou de Jardineira (nome dado ao ônibus circular grátis que leva as pessoas da Cidade à praia e vice-versa) e o 2º ponto é no final da praia (mais conhecido como lado direito ou atalho) onde concentra-se a galera que vai de carro próprio com alto índice de poluição sonora e regada a todos os tipo de bebidas álcoolicas que, juntos, divertem a galera.

O que separa estes 2 pontos é uma infinidade de barracas na praia que atendem ao pessoal que não quer ficar na farofa do começo mas também evita a cagada do final.

 

Mas vamos voltar a diversão local. Ao final da praia, com já disse, concentra-se a diversão pesada. Carro, som alto, bebida e barracas que integram bandas locais com nacionais de todos os tipos: pagode, rock, reggae... Estas barracas tem boas estruturas e algumas até com sistema de refrigeração. Os ingressos custam cerca de R$ 40 e, como a lei de mercado também funciona por lá, eles aumentam conforme a atração da noite e procura do público. è melhor que a bolsa de valores porque ali só sobe, nunca desce! rs

Neste horário só entra ou sai de lá que tem veículo. Por isso a concetração desde cedo. tu precisas achar uma "vaga" segura p/ estacionar. Enteda por vaga segura um carro meio atolado (chamanda areia fofa. Ela é fofa pq a maré não a alcança!) p/ que a maré não o engula em um local movimentado para que não o arrombem...

Em média, a latinha de cerveja, na praia e nas barracas de fetas, custa R$ 5, o churrasquinho R$ 8, o hot dog R$ 5, o Yakissoba varia entre R$ 5 e R$ 10, o sushi é a partir de R$ 10 e mais 1 milhão de coisas que giram em torno destes valores.

 

A outra praia, vizinha a do Atalaia, é a do farol velho. Mais uma vez, como disse a Jacirene, uma coisa mais familiar, mais relax. Possui estrutura parecida com a do Atalaia mas em proporção bem menor. Barracas, comidas, atoleiros... Este lado fica entupido de gente quando não se pode entrar na praia do Atalaia pq a maré está alta. Como tu saiu de um engarrafamento insupórtável, melhor do que pegá-lo de volta p/ casa é passar o tempo na praia vizinha.

 

A Cidade de Salinopolis em sim não possui muitas atrações. A praia do Maçarico é bem menos movimentada pq fica dentro da Cidade e inversamente proporcional a do Atalaia. Durante a noite, é um ponto de concentração para quem já voltou da praia do Atalaia, ou não gosta de muita bagunça, ou vai se divertir com a família, conhecer parte do artesanato e coisas mais leves. Tu podes sentar em uma das barraquinhas (como são conhecidas) e comer uma diversidade de coisas.

 

As ilhas do entorno também são fascinantes. Não sei como anda estrutura delas hoje em dia. O ideal é passar o dia e voltar. Experiência própria: importante não perder o barco de volta p/ não ficar abandonado. Na ilha da Marieta, tivemos que dormir na casa de um pescador que, caridosamente, nos acolheu. Eramos 5 pessoas dormindo em uma casa do tamanho de um Fiat Uno (e em formato de triângulo fica menor, hein!?) Pareciamos filhotes de cachorro. Todo mundo torto por cima do outro. Quando um respirava fundo, o outro acordava! Ainda tivemos que carregar a casa p/ trocá-la de lugar pq a maré estava muito perto...

 

Enfim, é um ótimo lugar tanto p/ descansar quanto p/ curtir a intensidade da coisa.

 

Acho que 3 dias(de julho ou dezembro) são ideais p/ conhecer e sentir saudade. Chegando na quinta p/ conhecer a Cidade e o Maçarico e deixando a sexta e o sábado p/ a praia do Atalaia.

 

bjs e abs

 

Gabriel Souza

Compartilhar este post


Link para o post

Ai pessoal parabens pels iniciativas de vcs em colocarem informações aqui, valeu mesmo ajudou bastante.

Compartilhar este post


Link para o post

Fui em Salinas esse fim de semana e finalmente conheci a Praia da Corvina (sempre fui pro Atalaia desde criança). Fica no finalzinho da orla do maçarico, o acesso é por meio de uma ponte/rampa de pedestres que atravessa um manguezal lindo! Tem estacionamento em frente ao acesso da praia e um banheiro que, pelo menos agora, não estava funcionando. É uma praia bem pouco frequentada, mesmo em alta temporada. Ótimo pra quem vai com criança e quer que eles brinquem em segurança. O único problema que vi foi a falta de restaurantes, tem apenas algumas poucas barraquinhas (umas 5 ou 6) com preços bem parecidos aos das demais praias. Nessa praia pude perceber como a maré seca e enche muito rápido!!!

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×
×
  • Criar Novo...