Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

AJUDA: LESTE EUROPEU - NOVEMBRO DE 2016


Posts Recomendados

  • Membros

Amigos, montei um roteiro e fiz muitas pesquisas para chegar numa programação possível, entretanto, lendo alguns aconselhamentos aqui soube de fatos que inviabilizariam o roteiro conforme planejado, por isso peço a ajuda de todos.

 

1 - O ROTEIRO

 

Vou começar o roteiro por Varsóvia e pretendo chegar até Dubrovnick em, mais ou menos, 22 dias.

Então planejei:

2 dias em Varsóvia (deslocamento de trem :arrow: ),

2 dias na Cracóvia (deslocamento de trem :arrow: ),

3 dias em Praga (deslocamento de Ônibus :arrow: ),

3 dias em Viena (deslocamento de trem :arrow: ),

2 dias em Bratislava (deslocamento de trem :arrow: ),

3 dias em Budapeste (deslocamento de ônibus :arrow: ),

2 dias em Liublliana (deslocamento de Ônibus :arrow: ),

2 dias em Zagreb (deslocamento de Ônibus :arrow: ),

3 dias em Dubrovnick (retorno pro Brasil).

 

2 - PERGUNTAS

 

a) Estão achando o roteiro muito corrido? ::putz::

b) Novembro faz muito frio mesmo? ::Cold::

c) Li que talvez os deslocamentos de um país para outro no inverno seja mais complicados visto que linhas de trem e rotas de ônibus são desativadas pela baixa procura. Procede isso? ::ahhhh::

d) Novembro é uma época ruim para vistar o Leste europeu? ::grr::

 

Se o roteiro tiver apertado, vou deixar uma enquete para que me indiquem o que suprimir. ::sos::

 

Quem puder fornecer informações adicionais, estarei bastante agradecido. ::love::

 

FORTE ABRAÇO!!!

Link para o post

  • Colaboradores

a) Estão achando o roteiro muito corrido? Sim, muito!

 

b) Novembro faz muito frio mesmo? Faz bastante, principalmente em locais como Polônia, Budapeste, Praga.

 

c) Li que talvez os deslocamentos de um país para outro no inverno são mais complicados visto que linhas de trem e rotas de ônibus são desativadas pela baixa procura. Procede isso? Procede, a procura é bem mais baixa e há menos opções.

 

d) Novembro é uma época ruim para vistar o Leste europeu? Ruim não é, mas é pior do que no verão porque as atrações fecham mais cedo, a logística se torna mais complicada, e em alguns casos o frio pode ser realmente pesado. Acredito que em novembro você já pegue abaixo de zero em alguns locais.

 

Completementado: o roteiro tá muito corrido, muito mesmo. Você sequer separa dias para o deslocamento, simplesmente soma o tempo em cada cidade e fecha o tempo de viagem. Há deslocamento longos, que te fazem perder muitas horas. Se você tem dois dias em Varsóvia, separe o terceiro dia apenas para deslocamento, e comece a contagem em Cracóvia apenas no quarto dia.

 

No mais, Brastislava não precisa de dois dias. Quando fui, saí de Budapeste 6 da manhã, cheguei em Brastislava às 9, aproveitei o dia lá, dormi e às 10 da manhã do dia seguinte peguei o ônibus rumo à Viena.

 

Por fim, locais como Dubrovnik são roubada no frio, são totalmente voltados para o calor. Praias, festas e o clima ensolarado são o que atraem pessoas para lá, no inverno são pacatos e com poucos turistas.

 

Enfim, sugiro repensar bem esse roteiro, diminuir a quantidade de cidades, e planejar melhor os deslocamentos.

Link para o post
  • Membros

Completementado: o roteiro tá muito corrido, muito mesmo. Você sequer separa dias para o deslocamento, simplesmente soma o tempo em cada cidade e fecha o tempo de viagem. Há deslocamento longos, que te fazem perder muitas horas. Se você tem dois dias em Varsóvia, separe o terceiro dia apenas para deslocamento, e comece a contagem em Cracóvia apenas no quarto dia.

 

No mais, Brastislava não precisa de dois dias. Quando fui, saí de Budapeste 6 da manhã, cheguei em Brastislava às 9, aproveitei o dia lá, dormi e às 10 da manhã do dia seguinte peguei o ônibus rumo à Viena.

 

Por fim, locais como Dubrovnik são roubada no frio, são totalmente voltados para o calor. Praias, festas e o clima ensolarado são o que atraem pessoas para lá, no inverno são pacatos e com poucos turistas.

 

Enfim, sugiro repensar bem esse roteiro, diminuir a quantidade de cidades, e planejar melhor os deslocamentos.

 

 

Você acha que se eu cortar a Croácia e redividir os dias com os deslocamentos talvez seja possível melhorar este roteiro?

Link para o post
  • Colaboradores
Você acha que se eu cortar a Croácia e redividir os dias com os deslocamentos talvez seja possível melhorar este roteiro?

 

Com certeza, vai ajudar bastante sim! Se vc cortar os dias na Croácia e realocá-los como dias de deslocamento, sem acrescentar nenhuma outra cidade, já se torna um roteiro bem melhor.

 

Também consideraria repensar a Eslovênia, é um país incrível, mas ir apenas para conhecer Ljubliana não sei se vale a pena. É uma cidade relativamente comum, o bom do país é o interior.

Link para o post
  • Membros

Concordo com tudo o que o João falou... eu também começaria cortando Dubrovnik, por alem de ficar muito fora de mão em relação ao restante, no final de novembro já vai estar bem frio, nenhum turista, praticamente uma cidade fantasma...

 

Saindo Dubrovnik, por tabela sairia também Zagreb, que não é uma cidade com tanto potencial turístico assim, eu cheguei lá as 10 da noite, e fui embora as 16:00 do dia seguinte, e sinceramente achei que foi suficiente, Zagreb costuma entrar nos roteiros mais como ponto de ligação entre o restante da Europa e as praias no litoral croata...

 

Ljubljana em si não tem nada de muito especial como o João já falou, é só o castelo e o centrinho, que você visita em uma manhã ou uma tarde. Mas a Eslovênia tem lugares espetaculares no interior, por exemplo Bled, que demanda um dia, Predjama, o parque Triglav, as cavernas de Škocjan, etc... Mas não sei se os tours nestes locais estarão funcionando normalmente em novembro...

 

Eu pensaria na possibilidade de também tirar Ljubljana e colocar algo na Alemanha ou Áustria no lugar... E deixar Eslovênia e Croácia para uma outra oportunidade, quando você puder viajar no verão, ou na primavera/outono..

Link para o post
  • Membros

tô com o pessoal nessa: o roteiro está bem corrido, ainda mais porque novembro pode ser um mês um pouco ingrato.

Se quiser fazer Bratislava, outra opção seria como uma parada entre Viena e Budapeste - você não precisa pernoitar lá.

Link para o post
  • Membros

Muitas trocas de hoteis são cansativas - se você conseguir reduzi-las, vai conseguir aproveitar mais o tempo, sem dúvidas. Lembre-se que em novembro anoitece cedo, tem maior indice de chuvas e pode nevar também. Chegar num lugar depois de uma viagem de trem, cansado e procurando o hostel é bem, bem cansativo...

Link para o post
  • 10 meses depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...