Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

De Limeira-SP à Foz do Iguaçu-PR de carro.


Posts Recomendados

  • Membros

Olá pessoal! Espero sinceramente contribuir muito com esse relato, pois darei dicas de rotas e também passeios na cidade!

 

Quem está pensando em ir para a cidade fronteiriça de Foz de Iguaçu com Ciudad Del Leste no Paraguai e Puerto Iguassú na Argentina, digo algo muito certeiro, Vá e não hesite! Sim, é possível ir de carro e isso te dará mais oportunidades para flexibilizar seus horários e hospedagens ao longo do caminho.

Minha hospedagem se deu em 24/12/15 a 28/12/15, fomos eu e minha namorada – saímos de nossa cidade no dia anterior 23/12 bem cedo, por volta das 05:00, minha intenção no mesmo dia era chegar em Cascavel-PR pernoitar e continuar o restante da viagem no dia seguinte.

Nota: Se vc tem mais preguiça de dirigir e quiser curtir mais o caminho sem longas horas de direção aconselho que saia dessa região que estamos com 2 dias de antecedência. Mas, vale saber que é possível sim fazer com 1 dia de antecedência.

 

IDA / ROTEIRO

1) Quando você faz a pesquisa pelo Google.maps ele provavelmente traçará uma rota muito mais longa passando por Rio Claro, tal rota passará pelas cidades de Itirapina, Brotas, Jaú e Espirito Santo do Rio Turvo mais adiante, só que tal rota possui muitos pedágios e isso acaba encarecendo mais o roteiro!

2) Escolhi então a rota de Piracicaba, tal rota a SP-191 te levará às cidades de Águas de São Pedro, São Pedro, Santa Maria da Serra, São Manoel, Pratânia já na SP-251 e SP-255, vc entrará mais adiante na BR-374, a famosa rodovia Castelo Branco.

Nota: Acredite em mim, esse trecho que indiquei é muito bom e isento de pedágios, a estrada apresenta acostamentos e bom asfaltos com alguns radares de 60 a 80 km/h em alguns trechos.

 

3) Já na entrada da BR 374 vc observará as placas rumo a Sta Cruz do Rio Pardo e Ourinhos, tais cidades servem de referencial de que vc está indo bem rsrsr – Dica: já na altura de Sta Cruz do Rio Pardo não deixe de parar no posto de combustível do Graal, estação-Kafé! Vale muito ser visto, ele é um museu em plena rodovia, isso fará com que vc gaste uns 30 a 40 minutos no local!

4) Avistando a cidade de Ourinhos não entre! Continue dirigindo rumo até Assis, pois chegando lá vc avistará placas para o sentido Mato Grosso do Sul e Londrina-PR, na dúvida sempre siga as placas rumo a Londrina, pegue sentido à Londrina pela SP-333, ao longo do caminho ainda no estado de São Paulo vc verá placas de Tarumã e Florínia – passou a última cidade mencionada, vc cruzará uma enorme ponte entrando assim no Paraná.

Nota: Infelizmente, esse estado tem muitos pedágios e a estrutura das estradas não são tão boas como poderiam ser pelo preço que cobram! Aliás, os pedágios de lá são mais caros do que os de São Paulo, pasmem!!!

 

5) Já no Paraná, seguimos paro o sentido de Londrina, Cambé, Rolândia e acabamos almoçando em Arapongas isso já era 12:30, ficamos uns 30 minutos num restaurante beira de estrada. Aliás no Paraná vc verá muitos, com preços muito acessíveis. Continuamos nossa rota rumo a Maringá, passando por dentro de Sarandi.

Nota: Não entre em Maringá, haverá placas te indicando Campo Mourão, é por essa rota que vc deve seguir! Até Campo Mourão. Para quem dirige isso é um ‘esticadão’ de estrada com alguns pedágios para variar rsrsrs

 

6) Não entre em Campo Mourão, sua meta assim como a foi a minha é observar as placas com sentido a Cascavel – dirigi tanto naquele dia que fiz várias paradas em postos ao longo do caminho para esticarmos as pernas, tomarmos um café e irmos ao banheiro – tudo as vezes dá a impressão de um longa e cansativa reta.

7) Minha meta era dormir em Cascavel, procurar uma pousada por lá, mas minha mente já não conseguia assimilar informações, meu corpo estava exaurido de dirigir por horas a fio (15 horas). Por isso, paramos numa cidadezinha charmosa e hospitaleira chamada Corbélia! Vale a pena conhecer esse lugar! Achamos de imediato um hotel bem barato, nos hospedamos no centro da cidade. Chegamos lá às 17:30.

8)** Na manhã seguinte, saímos do hotel às 09:00 e rumamos a Cascavel e de lá sentido: Foz do Iguaçu. A estrada é bem sinalizada, fique despreocupado e conta com postos de combustível ao longo do caminho, aliás por todo o trajeto mencionado anteriormente vc contará com postos, acostamentos, boa malha asfáltica, e em alguns trechos a terceira facha para ultrapassagem.

Nota: Só não faça loucuras no transito! Deixe sempre os caminhões te ultrapassarem, além de serem em grandes quantidades por todo os percursos fazem ultrapassagens muitas vezes perigosas! Ahhh, muitos trechos estavam em obras para duplicação depois de Cascavel, então redobre o cuidado!

 

9) Chegamos em Foz 12:30, o interessante que logo na entrada da cidade para a área central, vc verá inúmeros panfleteiros distribuindo cartões de hotéis! Vale a dica para quem quiser encontrar algo lá na hora sem agendamento de hotel pela internet! Fica tranquilo, dá certo!

 

Já em Foz do Iguaçu!

A)Estando na cidade, vc se locomoverá facilmente, pois há placas para todos os lugares turísticos.

B)Vá para Argentina de carro é super tranquilo, lá além do Dutty-Free, há cassinos e o centrinho de Puerto com suas feirinhas de azeitonas, alfajores e vinhos.

C) Não tente ir para o Paraguai de carro, vá de ônibus! O transporte coletivo naquela região é ótimo! Se quiser ir para a Argentina também há ônibus circular! Dirigir em Ciudad é um caos!

D) O passeio às cataratas do lado brasileiro é incrível, lindo – um show a parte! Infelizmente não fiz o passeio das cataratas do lado argentino, mas muitos me disseram que é lindo!

 

Retorno / Rotas

1) Essa vc vai rir, tudo o que vc fez para ir, será seu caminho de volta, por isso preste atenção ao longo da ida, pois o mesmo trajeto será sua volta! Com certeza, vc dirigirá até Maringá ou Londrina e pousará em uma daquelas cidades, depois um abraço vc estará no estado de São Paulo novamente!

 

KM RODADOS

IDA = 1054 KM / VOLTA = 1054

TOTAL GASTO COM COMBUSTÍVEL = R$ 503,00

PEDÁGIOS

EM SÃO PAULO – IDA E VOLTA = R$ 49,20

NO PARANÁ – IDA E VOLTA = R$ 179.50

TOTAL: 228,50 só em pedágios

* O total do combustível e pedágios foi dividido entre mim e minha namorada, creio que valeu a pena, pois na mesma época uma passagem de avião estava custando cerca de R$ 900,00 cada.

 

ÚLTIMA NOTA: A viagem foi bem cansativa, mas faria tudo novamente de carro. Isto porque vc tem a oportunidade de observar as diferentes paisagens que vão sendo desenhadas durante o trajeto, a cortesia e gentileza da maioria do povo paranaense! O avião é confortável, amo viajar de avião, mas ele te priva de vivenciar as experiências mencionadas nesse relato!

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 5 meses depois...

  • 1 ano depois...
  • 9 meses depois...
  • Membros

Legal teu roteiro. Vamos agora em dezembro. Dois adultos e três crianças. Vamos sair de carro de São Paulo capital e dormir uns dias em Ourinhos na casa de parentes. Depois Ourinhos até Foz. A volta a mesma coisa.

Para entrar de carro na Argentina é tranquilo? Cobram a carta verde? Fechou os passeios com antecedência?  Gastos com alimentação e hospedagem foram altos?

 

Abração

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 6 meses depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...