Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

CURITIBANOS/SC À MENDOZA - 11 DIAS (julho 2016)


Posts Recomendados

  • Membros

Oi Jackson! Vamos la:

 

1- Como está o preço da gasolina em Mendoza e Córdoba?

Média de 19 pesos/litro

2- Seu noivo comentou algo se a gasolina argentina rende mais que a brasileira (digo, pois não tem álcool).

Rende sim! Cerca de 20% mais (carro 1.6), carro 1.0 vai render mais. Quando misturamos a gasolina brasileira com a argentina, também nao rendeu tanto.. depois que esvaziou e abastecemos de novo..rendeu que é uma maravilha!

3- Em Mendoza, ficarei no Hotel Íbis. Acho o preço do Íbis bem compatível e próximo a dos Hostels. É perto de um Carrefour também, mas não é a mesma região que vocês ficaram.

Teu Hotel fica a 8 km do hostel.. e tinha um carrefour bem em frente ao hostel.. Pode ser esse.. mas tem outro carrefour também na cidade.

4- Realmente, no verão escurece bem tarde! Vai estar claro ainda quando chegares em Córdoba(18h). Chegamos as 18:30 no inverno e ainda estava claro:

598dda0f3be39_IMG_20160731_181929886(Copy).jpg.e5f11547db4ae3a8d04ecfce8c2c43cb.jpg

5- Sempre botávamos 1 hora a mais também por causa das paradas de almoço e abastecer.. No geral a conta pelo maps deu certo mesmo.

6- De Mendoza à Córdoba foram 5 pedágios mesmo.. (20+15+15+15+45)

7- Sobre o roteiro:

Sábado 17/12: Parque General San Martín.. Em um dia dá pra fazer esse roteiro sim, bem tranquilo!

Quinta: 22/12: Fizemos uma visita básica ao parque também. Se tu vens de Santiago, primeiro chegas ao Parque.. Em menos de 1 hora tu consegue bater fotos nessas placas com o nome do Parque, foto de longe do Aconcágua.. é tudo bem próximo à estrada. Continuando na estrada tem a Puente del Inca e depois o cemitério dos Andinistas..tudo na estrada mesmo,não precisa nem pegar outro caminho. Já consegues visitar 3 lugares.

8- Não pode entrar com frutas entre uma província e outra..eles sempre dão uma olhadinha no carro e as vezes pedem pra abrir o porta mala. Nosso carro sempre tava cheio de comida industrializada, mas essa não tem problema. Levamos bastante vinho também (tem cota.. mas é alta.. nao lembro valor, 12 litros se não me engano).

A gente comprou água no caminho mesmo, nas paradas nos postos.. Nessa viagem levamos uma térmica e chimarrão, então íamos enchendo a garrafa nos postos também (moedinha de $5).

9- Estrada entre Mendoza e Córdoba: ainda bem que tu fez bastante pergunta..são detalhes que esqueci de descrever. Estrada tava bem boa:

598dda0f4df10_IMG_20160731_162708267(Copy).jpg.fafdaa62f1e617dd05ff2625dd5a4256.jpg

A partir de Santa fé é que pegamos uma estradinha ruim, fomos pela RN 127.. O melhor é ir pela RN 18.. Uma policial que nos parou também aconselhou a ir pela 18, mas fomos teimosos e quisemos ir pelo caminho mais curto (127), mas tava ruim mesmo.. quando chegamos em casa levamos o carro pra revisão e tivemos que fazer geometria.

 

Também esqueci de falar sobre GPS (obrigada.salvando meu tópico.. haha) ::otemo::

compramos o GPS Aquarius Discovery Channel.. mas não curtimos muito muito.. achamos os mapas meio desatualizados. Tinha estrada que estava em linha reta na nossa frente e ele dava como única rota uma cidade pra trás que aumentava em 2 horas a viagem... Claro, o gps foi útil em várias vezes também.. Usamos 2 gps.. Esse que falei e um aplicativo no celular chamado HERE MAPAS (https://play.google.com/store/apps/details?id=com.here.app.maps&hl=pt_BR), esse funciona offline e foi o mais usado. tinha quase todas as ruas de hoteis que procurávamos.. o GPS 'bonzão' ali não tinha a maioria das ruas. Esse aplicativo é muito bom!

 

Pode perguntar a vontade!! E não precisa apavorar nao.. a nossa viagem planejamos com 1 mês e meio de antecedência :lol: A estrada é bem tranquila.. e todos os policiais foram muito legais.. Também tínhamos receio de corruptos.. mas essa foi a segunda viagem nossa de carro (total de 18,5mil km de carro) sem problemas com eles.. Até pedi pra usar o banheiro deles, tava torcendo pra nos pararem :P

 

bom planejamento e boa viagem!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Membros

Show de bola!!! Muito obrigado.

Então, eu estou naquele "apavoro" legal sabe, de tentar fazer e arrumar tudo certinho.

Sobre o GPS comprei um em maio da Garmin 2580nuvi. Fui para São Paulo em julho agora, e andei na marginal pinheiros, tietê... centrão e tudo mais, sendo que nunca tinha dirigido na capital paulista. Achei ótimo. Acho que ele vai dar conta. To salvando muitas imagens dos trevos e tal e organizando em uma pastinha para levar no notebook, minha mulher vai de co-piloto ::lol3:: e fotografa. ::lol4::

Fiz 800km de Aparecida até Astorga em um dia, apenas parando em SP para deixar uma tia. Então, acho que aguentarei bem as estradas argentinas, que pelo que vi algumas são parecidas com a Castelo Branco, retas intermináveis que aumentam a sensação de cansaço. Mas ta ótimo.

Sobre a gasolina lá na Argentina é uns 20% a mai$ que aqui no Paraná então, mas ela rende uns 20% a mais, ou seja, da quase na mesma.

Eu esqueci de perguntar uma coisa fundamental, aliás, duas.

1º - Dinheiro!!! Como levar? Cartão de crédito é mais seguro com certeza, mas acredito que vai aumentar em uns 10% o total. 6% do IOF que é certeza e uns 4% pela facilidade de passar o cartão em qualquer coisa. Quando o dinheiro sai da mão, a gente sente mais. ::putz::

Mas, e o medo de levar tudo em mãos? Andar com mais de 10 mil reais em um carro em outros países é tenso.

Em abril comprei 300 dólares, saiu R$3,70 cada. Acho que essa semana vou comprar mais uns 300, vai sair uns R$3,30 se continuar assim. Meu raciocínio é o seguinte: se o dólar subir (na realidade o real desvalorizar), já vou ter um pouco em mãos e não perderei tanto. Se cair, não vai cair menos que R$2,80 de jeito nenhum. Logo, ainda saio na vantagem, pois mesmo tendo comprado dólares "altos", o resto da viagem (70% ou mais) vai sair com o dólar mais baixo. Como estarei em Foz no início da viagem, e por lá, vive entrando e saindo argentinos de Puerto Iguazu, acredito que deva conseguir uma contação do peso muito boa. Li também que em Mendoza e em Santiago a cotação do dólar para o peso acaba sendo melhor que o real. Não sei se procede.

Sobre o cartão ainda, como foi a aceitação nos postos nas estradas?

 

Aqui, minha tabelinha de mais ou menos quanto espero gastar:

 

2l8i0qa.jpg

Coloquei a gasolina em média de R$4,10 nos 4 países. Como disse, nos outros países mesmo mais cara, rende mais. Meu carro faz mais ou menos 17km/L na velocidade de 90/100km/h. Aproveitando, a média de velocidade permitida na Argentina é?

 

2º Reservas de hospedagem. Nunca sai do país ( a não ser ir para o Paraguai buscar muamba) ::tchann:: No Brasil, sempre foi sossegado. Nunca tive problemas com o Booking, Decolar...

Enfim. Minhas reservas já estão todas feitas. Mas, eu penso em mudar algumas e tipo conforme for acontecendo a viagem, sempre deixar pago o hotel dos próximos 3 dias. Carregaria menos dinheiro e pela internet ficaria isento do IOF do hotel.

Muito, muito obrigado mesmo por toda a sua ajuda. Hoje falta exatamente 4 meses o início da viagem. Caso dia 10/12, e sairei dia 12/12.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

oi Jackson!

 

1- Dinheiro.. Na tua tabela ali seria interessante separar os gastos em reais e pesos.. pra teres estimativa de quantos pesos precisas na viagem..Deves ter feito isso já.. Então, nós levamos sempre em dinheiro. Levávamos dólar e trocávamos na viagem mesmo. Compramos duas pochetes porta dinheiro (https://www.google.com.br/webhp?sourceid=chrome-instant&ion=1&espv=2&ie=UTF-8#q=pochete+porta+dinheiro&safe=strict&tbm=shop), e ficava metade com o namorado e metade comigo.. Assim se um fosse roubado teria a pochete do outro... mas nunca tivemos problemas! E claro, alguns pesos na carteira.. pra não ficar mexendo na pochete por aí..

Algumas gasolinas pagamos no cartão pra economizar peso pras besteiras.. nem todo posto funciona o cartão.. Alguns ficam eternamente processando e nada.. Acabou que a cotação do dólar que veio no cartão de crédito foi de 2,80..mais barato do que pagar em dinheiro.

Trocamos dólar em Mendoza (casa de câmbio oficial) ao valor de 1:15 (outro lembrete!). Na rua tem vários cambistas, mas preferimos ir no oficial.. Os hoteis aceitam em dólar, mas era mais válido trocar pra peso e pagar o hotel..apesar da diferença ser pouca.

 

2- Reservas de hospedagem. Fizemos tudo pelo booking. Não havíamos reservado a volta pois iríamos decidir se iríamos aumentar a viagem ainda... Então fomos reservando pelo caminho. Tem hoteis/hostel que cobram o cancelamento.. tens que olhar quantos dias de antecedência pode ser cancelado sem custos (caso queiras fazer isso). Até passamos um perrengue com isso.. um hotel brasileiro dizia que poderia ser cancelado em até 2 dias sem custos.. e quando fui cancelar estava cobrando 100% do valor da diária.. Mandei mensagem pro hotel e não me responderam.. Liguei no dia seguinte ainda na Argentina (viva a ligação pelo whatsapp) e falaram que poderia cancelar (1 dia de antecedência).. que não cobrariam.. enfim, veio cobrado no cartão de crédito e falaram que é culpa do booking. Como to sem tempo pra me estressar com isso, deixei por isso..mas ficou a lição de hoteis brasileiros reservar por telefone, sem o booking.. além de ser mais barato, podemos cancelar sem custos. Alguns hostels (funcionários) também nos falaram para na próxima vez reservar via e-mail, pois fica mais barato. ::mmm:

 

Qualquer outra dúvida, só perguntar! ::hãã::

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 mês depois...
  • Membros

Olá. Achei muito rico em detalhes o seu relato, o que é ótimo. Já faz algum tempo que não vou a Argentina, então os preços que passou vão me ajudar na viagem que farei neste fim de ano. Surpresa pra mim foi saber que a ruta 127 está ruim, talvez tenha que refazer o meu trajeto. :?: Mas isso não chega a ser um problema. O que eu gostaria de questionar é sobre o carro: se comportou direitinho? (rs) Quer dizer, eu tenho um Uno 2011-2012 basicão e estou com receio de realizar a viagem, embora esteja tudo perfeito com ele. Fora a geometria (que mencionou em um tópico), tiveram outro tipo de problema mecânico durante a viagem?

Mais uma vez, agradeço pelas informações.

Abraço

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Oi Cleber!

O nosso carro é novo, temos há 1 ano.. e fizemos revisão antes de ir.. não deu nenhum problema ..foi beeem tranquilo.

Só a geometria mesmo.

A estrada é bem boa.. se tiver tudo em dia com teu carro..ele aguenta! ::otemo::

Caso dê algum problema.. o que mais tinha na estrada era borracharia :P

 

Boa viagem!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 mês depois...
  • Membros

Oi Fabi, olha eu aqui novamente....

Onde vocês compraram o cambão para levar nas estradas da Argentina?

E sobre os horários do comércio fechar a tarde? A tal "siesta"?

 

* Eu mudei meu roteiro... Tirei Córdoba e coloquei Rosário no lugar, pois ia passar dois dias dirigindo de Foz a Reconquista e Reconquista a Córdoba, não aproveitando tanto. Aí, farei Reconquista a Rosário (que é relativamente perto) e vou ter a tarde toda em Rosário. Consequentemente, no dia seguinte passarei o dia todo dirigindo bastante rumo a Mendoza.

 

mapa.png

 

Onde vocês trocaram os primeiros pesos? Ainda no Brasil? O cambio que vocês fizeram sempre foi Dólar para peso? Em caso de sim, vocês compraram dólar no Brasil mesmo? Qual casa de cambio? Eu comprei 500 dólares na confidence cambio. Tem em várias cidades do Brasil e aqui no Paraná também.

 

Felizmente o dólar está baixando, poderia cair para menos de R$3,00 aí sim ficaria melhor ainda.

Obrigado desde já, novamente.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

oi Jackson!

 

1- Pegamos cambão emprestado do meu sogro.

2- Todas as cidades que passamos tinha siesta. Geralmente o comércio era até meio dia e reabria a partir das 16h. As vezes isso era um saco, principalmente nas cidades que estávamos só de passagem ¬¬

3- Trocamos dólar por peso no hotel em Uruguaiana.. Vais cruzar a fronteira por Foz né? Acredito que deva ter algumas casas de câmbio também.. Achamos sempre garantido ter dólar pra ir fazendo câmbio.. se sobrar, vamos guardando.. sempre usamos na próxima viagem.

 

Qualquer outra dúvida, só chamar!

Boa viagem! :P

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

oi Jackson, o PID não é obrigatório... NENHUM guarda, nas 2 viagens que fizemos,perguntou sobre. Pedem pra ver só a nossa carteira de motorista mesmo.. As vezes o documento do carro também.. como o carro está no meu nome, mas meu namorado que dirigia, eles perguntavam cadê o dono.. mas como eu estava junto era tranquilo. Para carros alugados ou que não estejam no seu nome tem algum procedimento diferente.

 

Só a carta verde e seguro saúde mesmo. A carta verde sempre é pedida pelos guardas.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • Membros

Olá pessoal

 

Alguém pode atualizar o câmbio paralelo em Mendoza? Dólar e Real. Estou chegando em Mendoza na quarta-feira, passando antes em Santiago e vi a cotação do câmbio lá em Santiago 1 Real = 4,54 ARS, enquanto o câmbio oficial em Mendoza vi que está 1 Real = 4,00 ARS, gostaria de ver se no paralelo está melhor que o oficial de Santiago. Agradeço a colaboração.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...