Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

Fábio, o que me fez comprar uma Salomon foram os relatos de que com a troca do "dono" a Salomon voltou a ter qualidade.

Isso eu atestei aqui pelo fórum, pelos relatos dos colegas.

Comprei uma Explorer e estou satisfeito com ela. Como você pode notar o Getúlio comprou a mesma bota e não está tão satisfeito assim...

Pelos relatos a Quest 4D deve ser uma boa bota, veja nos posts anteriores quem comprou uma e mande uma pergunta direta por MP. Eu fiz isso antes de comprar a minha.

Boa sorte!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vlw maninho pela dica..essa semana tenho e preciso que comprar alguma rsrsrs.

 

Fábio, o que me fez comprar uma Salomon foram os relatos de que com a troca do "dono" a Salomon voltou a ter qualidade.

Isso eu atestei aqui pelo fórum, pelos relatos dos colegas.

Comprei uma Explorer e estou satisfeito com ela. Como você pode notar o Getúlio comprou a mesma bota e não está tão satisfeito assim...

Pelos relatos a Quest 4D deve ser uma boa bota, veja nos posts anteriores quem comprou uma e mande uma pergunta direta por MP. Eu fiz isso antes de comprar a minha.

Boa sorte!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom , com tanta raiva que passei com "dita cujas" da bota que eu estava, resolvi e comprei a Quest 4D , pra ja , muito confortavel, segura, esse fim de semana ja vai pro mato, vamos ver esse test drive como fica rsrrs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma atualização.

 

Fiz a Lapinha-Tabuleiro em fins de abril. Decidi que iria com a Salomon Fastpacker e não com a Finisterre.

Subi os picos do Breu e da Lapinha, andei longos trechos sem trilha nenhuma, em meio ao capim e pedras, escalando morrotes e atravessando pequenos riachos. Fui às partes alta e baixa da cachoeira do Tabuleiro. Percorri um total de 76 Km em 5 dias.

 

Concluí que ela não é tão boa quanto a Finisterre.

Apesar de considerá-la leve e até confortável, ela apresentou alguns pontos que não foram tão bons.

A aderência nas pedras e lugares molhados, ou com limo, é bem pior que a Finisterre.

Os cadarços, apesar da dupla laçada, se desamarraram muitas vezes.

É bem menos impermeável, tendo encharcado minhas meias em lugares que eu passaria tranquilamente com a Nômade.

Nos trechos de descida ela judiou mais dos dedos, tendo me causado a perda de 4 unhas, devido a bolhas de sangue. Nesse quesito não sei se culpo somente as botas, ou as meias que usei nos primeiros dias, que eram meias grossas. Também andei trechos com essa meias encharcadas.

Elas pegam "cheiro" bem mais rapidamente. Minhas nômade até hoje nunca apresentaram chulé e a Salomon começou a cheirar um pouco.

 

Como vantagem, acho que elas secam mais rapidamente.

 

Concluindo. Apesar da fama da marca, acho que vale mais a pena a Finisterre.

Não é tão "invocada", mas é bem mais bota.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
[...]

Me indicaram tambem a Snake Tronador, o que conhecem sobre ela tambem ?

Agradeço a todos desde ja .

 

 

Olá Fábio!

 

 

As Snake eram ótimas botas, robustas e confortáveis, apesar de geralmente serem mais pesadas do que a média. Ocorre que as gerações mais novas andaram apresentando alguns problemas e já não sei se andam tão confiáveis... Isso sei de ouvir falar e de conversar com pessoas que compraram dessas botas há algum tempo atrás, mas não tenho detalhes. Pode até ser que tenham corrigido isso.

 

Saudações,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Uma atualização.

 

Fiz a Lapinha-Tabuleiro em fins de abril. Decidi que iria com a Salomon Fastpacker e não com a Finisterre.

Subi os picos do Breu e da Lapinha, andei longos trechos sem trilha nenhuma, em meio ao capim e pedras, escalando morrotes e atravessando pequenos riachos. Fui às partes alta e baixa da cachoeira do Tabuleiro. Percorri um total de 76 Km em 5 dias.

 

Concluí que ela não é tão boa quanto a Finisterre.

Apesar de considerá-la leve e até confortável, ela apresentou alguns pontos que não foram tão bons.

A aderência nas pedras e lugares molhados, ou com limo, é bem pior que a Finisterre.

Os cadarços, apesar da dupla laçada, se desamarraram muitas vezes.

É bem menos impermeável, tendo encharcado minhas meias em lugares que eu passaria tranquilamente com a Nômade.

Nos trechos de descida ela judiou mais dos dedos, tendo me causado a perda de 4 unhas, devido a bolhas de sangue. Nesse quesito não sei se culpo somente as botas, ou as meias que usei nos primeiros dias, que eram meias grossas. Também andei trechos com essa meias encharcadas.

Elas pegam "cheiro" bem mais rapidamente. Minhas nômade até hoje nunca apresentaram chulé e a Salomon começou a cheirar um pouco.

 

Como vantagem, acho que elas secam mais rapidamente.

 

Concluindo. Apesar da fama da marca, acho que vale mais a pena a Finisterre.

Não é tão "invocada", mas é bem mais bota.

 

 

Outro usuário que chegou às mesmas conclusões que eu... Sem falar que também no conforto a minha Salomon Explorer GTX não tem sido plenamente satisfatória. Ela insiste em alterar minha pisada e me deixa com as plantas dos dedos doloridas, mesmo com a troca da palmilha original (horrível por sinal).

 

Saudações,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Uma atualização.

 

Fiz a Lapinha-Tabuleiro em fins de abril. Decidi que iria com a Salomon Fastpacker e não com a Finisterre.

Subi os picos do Breu e da Lapinha, andei longos trechos sem trilha nenhuma, em meio ao capim e pedras, escalando morrotes e atravessando pequenos riachos. Fui às partes alta e baixa da cachoeira do Tabuleiro. Percorri um total de 76 Km em 5 dias.

 

Concluí que ela não é tão boa quanto a Finisterre.

Apesar de considerá-la leve e até confortável, ela apresentou alguns pontos que não foram tão bons.

A aderência nas pedras e lugares molhados, ou com limo, é bem pior que a Finisterre.

Os cadarços, apesar da dupla laçada, se desamarraram muitas vezes.

É bem menos impermeável, tendo encharcado minhas meias em lugares que eu passaria tranquilamente com a Nômade.

Nos trechos de descida ela judiou mais dos dedos, tendo me causado a perda de 4 unhas, devido a bolhas de sangue. Nesse quesito não sei se culpo somente as botas, ou as meias que usei nos primeiros dias, que eram meias grossas. Também andei trechos com essa meias encharcadas.

Elas pegam "cheiro" bem mais rapidamente. Minhas nômade até hoje nunca apresentaram chulé e a Salomon começou a cheirar um pouco.

 

Como vantagem, acho que elas secam mais rapidamente.

 

Concluindo. Apesar da fama da marca, acho que vale mais a pena a Finisterre.

Não é tão "invocada", mas é bem mais bota.

 

 

Outro usuário que chegou às mesmas conclusões que eu... Sem falar que também no conforto a minha Salomon Explorer GTX não tem sido plenamente satisfatória. Ela insiste em alterar minha pisada e me deixa com as plantas dos dedos doloridas, mesmo com a troca da palmilha original (horrível por sinal).

 

Saudações,

 

Eu também sou dono de uma fastpacker e atesto o que foi dito por gvogetta. A forma da bota ou palmilha alteram a pisada eu até pensei q fosse defeito da bota mas depois dos vários relatos que eu li sobre a mesma cheguei a conclusão que isso é "normal" na marca. Tem um post meu mais acima onde eu relato meu problema.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Depois de dois tênis e uma bota Salomon, o que eu notei é que a forma não é constante, tem uma mais estreita e outra mais confortável. A mais estreita limita o uso de meias muito grossas a menos que se compre um número maior. Não é no dedão do pé que aperta é na parte mais larga da ponta do pé. Nos EUA tem calçado com forma larga e normal, não vi nada na embalagem que identifique isso nas Salomon, seguem padrão europeu. Um review que eu li na Rei sobre um tenis feminino Salomon dizia que tinha devolvido o calçado por ser muito estreito. Uma coisa a se ficar atento na compra.

Não percebi mudança na minha pisada quando uso esses calçados por período longo ou quando alterno entre eles e outras marcas de calçados, mas são experiências com dois tênis e um cano mid, talvez o cano longo mude o comportamento da bota com respeito à pisada.

Com respeito a impermeabilidade, eu não observei vazamento na bota até agora, mas ela é nova e só forcei o waterproof duas vezes. Um dos motivos que me levou a optar por ela foi esse, a membrana é Gore-Tex que, na minha experiência dura bastante, e o Fábio da Nomade, em outro tópico, disse que a garantia da membrana da Finisterre era de três meses porque na opinião dele todas as membranas não tem muita durabilidade. Apesar dos registros a favor da Climatex aqui no Mochileiros, algumas reclamações sobre ele, essa visão da fábrica e a minha sorte com esse tipo de produto me levaram a permanecer no GTX.

Não achei a bota confortável desde o primeiro uso como ocorreu os tênis Salomon e com botas de outras marcas, isso é o contrário do que costumo ler nos reviews ("bota que calça como um tênis usado desde o primeiro dia"). Precisei caminhar um tempo com esparadrapo no calcanhar para amacia-la e meu pé se adaptar. Agora está Ok, mas ainda vai demorar para ficar com o conforto que eu esperava.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Voltei ontem do Peru, fiz Salkantay com Salomon Quest 4D, e posso dizer que é uma guerreira, estou muito feliz com essa bota.

ela rodou facil seus 80km em 5 dias (Salkantay e outras caminhadas), manteve o conforto, impermeabilidade (poças, travessias e chuva), com seu cano alto, deu muita segurança, evitando torções.

Eu recomendo pelo menos esse modelo, pois não conheço outros da mesma marca.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá!

 

Preciso de uma mega ajuda de vocês. Queria saber qual a marca e modelo mais indicados para fazer trilhas médias. Tenho feito trilhas nas Chapadas da vida com descidas e subidas íngremes de vez em quando , mas preciso de equipamento adequado. (Tênis de corrida não dá.rs). Quero algo que seja bem versátil, porque pretendo chegar a outros níveis de trekking. Andei dando uma olhada nas marcas e modelos, mas as opções são muitas e eu não quero pagar o olho da cara apenas pela marca.

 

Brigada!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...