Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Entre para seguir isso  
RosevâniaMachado

Pati em quatro dias - Chapada Diamantina

Posts Recomendados

Feriadão de Corpus Christi - Travessia Andaraí - Capão! 2016

Vale do Pati

 

Saímos da Rodoviária de Salvador no dia 25/05/2016 (quarta-feira) no horário das 20:30h da Viação Águia Branca - Percurso Salvador x Ibicoara com destino a Andaraí. O valor das passagens, por trecho, foi de R$74,31 (sem seguro) no ônibus convencional. Chegamos por volta das 02:30h da manhã no Terminal Rodoviário de Andaraí.

 

1° dia 26/05 - Café da manhã bastante sortido e saboroso no Camping Diamantino, (localizado bem no início da trilha), o qual nos deu força para enfrentar a longa subida da Serra do Ramalho até a prefeitura do Pati.

 

Iniciamos a caminhada às 04:00 da madruga.

26754261413_01ce6a2b97_b.jpgIMG-20160530-WA0064 by Rosevânia Machado, no Flickr

Serra do Ramalho rumo a ladeira do império. Parada para pegar água e lanchar.

 

Às 09:00h já estávamos descendo a Ladeira do Império que nos leva ao Pati de Baixo. Lanchamos na Ponte sobre o Rio Pati e fomos para o Poção das Árvores, após banho revigorante no Poção, caminhamos para a Prefeitura e lá fomos recebidos por Jailson e Marta, sua esposa. Chegamos por volta das 14h;

27346993875_2d16ca7503_b.jpgLadeira do Império by Rosevânia Machado, no Flickr

Descendo a Ladeira do Império.

 

Na varanda da casa de Jailson - Vista do Morro do Castelo/ Morro da Lapinha

27071909080_1573801593_b.jpgo beijo do morro by Rosevânia Machado, no Flickr

 

26785151984_684504375b_b.jpgHora de descansar um pouco by Rosevânia Machado, no Flickr

O valor pago para dormir num colchão com um edredom maravilhoso foram R$35,00.

Depois de andar por dez horas seguidas é maravilhoso deitar rsrs. Cozinha livre!!

 

2° dia 27/05 - Subimos a Fenda que é atrás da Prefeitura rumo ao Cachoeirão por cima, foram 3 horas de subida (começamos às 08:00), que lugar lindooooooo!

27347251995_6e3da12408_c.jpgIMG_20160527_095934788 by Rosevânia Machado, no Flickr

27071963290_67fa62a854_b.jpgIMG_20160527_095459146 by Rosevânia Machado, no Flickr

Mirante com vista privilegiada para o Morro do Castelo

 

27366665521_becb3c1fc7_b.jpgIMG-20160603-WA0019 by Rosevânia Machado, no Flickr

Famosa pedra do Cavalinho!

 

27249872782_801c66a69a_b.jpgIMG_20160527_122646430 by Rosevânia Machado, no Flickr

Shirley em um outro mirante do Cachoeirão

 

O poço do pau miúdo estava seco, lá apenas enchemos o cantil e lanchamos...

27072231860_224ea5cebb_b.jpgPoço do Pau Miúdo by Rosevânia Machado, no Flickr

27522885435_52b6a4a483_b.jpgFB_IMG_1465311234019 by Rosevânia Machado, no Flickr

Voltamos, pegamos nossas coisas na Prefeitura, nos despedimos e seguimos para a linda casa de Dona Raquel, chegamos lá às 17:00h porque fomos caminhando devagar rsrs. Não teve o famoso forró, mas o lugar é muito agradável;

27117089450_b4b8ef6713_b.jpgFB_IMG_1464774900947 by Rosevânia Machado, no Flickr

Dona Raquel é um amooooor de pessoa! Dona do melhor abraço do mundo!

26798720333_5a784462d5_b.jpgFB_IMG_1464818831741 by Rosevânia Machado, no Flickr

 

Para dormir em Dona Raquel assim como na prefeitura são R$35,00!! Ah, na igrejinha também é esse valor ;)

 

27129805780_68c2818d00_b.jpgFB_IMG_1464818819807 by Rosevânia Machado, no Flickr

 

27405529795_a322faab12_b.jpgIMG-20160601-WA0028 by Rosevânia Machado, no Flickr

Em Dona Raquel conhecemos dois amigos que estavam fazendo o pati por um outro roteiro munidos disso: PML pinga, mel e limão. Foi divertido o fim de tarde em Dona Raquel!

 

27290315271_e5de02c9fe_b.jpgIMG-20160530-WA0047 by Rosevânia Machado, no Flickr

Manhãnzinha em Dona Raquel!

 

27129806310_8abbff9918_b.jpgFB_IMG_1464818860016 by Rosevânia Machado, no Flickr

Nosso café da manhã em Dona Raquel

 

3° dia 28/05 - Fomos de Dona Raquel para Agnaldo (filho dela) e Miguel, deixamos nossas mochilas lá, encomendamos pão e seguimos rumo ao Morro do Castelo, lugar muito especial que vale muito a pena ir conhecer.

29122221363_8abb0a7a44_b.jpggruta by Rosevânia Machado, no Flickr

No Morro do Castelo tem uma gruta. A passagem por essa gruta foi um dos momentos mais especiais da viagem.

27307382492_e487130742_b.jpgFB_IMG_1464818810874 by Rosevânia Machado, no Flickr

Água na gruta :)

 

29665633071_3bf752cb73_b.jpg2016-09-17_05-41-17 by Rosevânia Machado, no Flickr

27161972800_a4825d58b1_b.jpgIMG-20160603-WA0008 by Rosevânia Machado, no Flickr

Um dos mirantes do Morro do Castelo! Gratidão :)

 

Voltamos para pegar nossas coisas (e os deliciosos pães que encomendamos R$1,00 cada) em Agnaldo/Miguel, eles vendem caldo de cana também!!! Seguimos para a Cachoeira dos Funis, curtimos o lugar maravilhoso e de lá subimos por uma trilha imperceptível ao lado esquerdo da cachoeira e fomos para a Igrejinha.

Na igrejinha, fomos recebidos por João que é muito prestativo e animado ele tem um bar onde ao cair da noite fizemos a festa. João pediu que fizessem uma fogueira a noite e foi muito bom, clima de acampamento rsrs.

 

29122655253_289d1a0332_b.jpgCachoeira dos funis by Rosevânia Machado, no Flickr

 

29455876420_e1fdd21897_b.jpgJoão e Duda by Rosevânia Machado, no Flickr

João e Eduardo Borges!!! :)

 

4° dia - Em nosso último dia, saímos da Igrejinha, subimos a Rampa/Esbarrancado, paramos no lindo Mirante do Pati, e seguimos pelo Gerais do Rio Preto, paramos um pouco no mirante que antecede a ladeira do Quebra-Bunda e paramos novamente no Rancho onde nos refrescamos e pegamos água para a travessia do maravilhoso Gerais do Vieira, passamos pelo Córrego das Galinhas e descemos para o Bomba onde pegamos um carro para o Vale do Capão; almoçamos na Casa da Tia Sí, o banho foi na Pousada e Camping Gorgulho R$5,00. Compramos passagens CapãoxPalmeiras por R$12,00 (Van de Edinho), em Palmeiras pegamos às 23:40h o nosso ônibus da Rápido Federal de volta para Salvador.

Passagem de volta Palmeiras x Salvador 78,68 (sem seguro) pela viação Rápido federal.

 

27277027931_f9bc177f93_b.jpgIMG_20160529_092635515 by Rosevânia Machado, no Flickr

Mirante dos Gerais do Rio Preto, após subir o Esbarrancado!

 

26740218754_7672eb85df_b.jpgIMG_20160529_100304918 by Rosevânia Machado, no Flickr

Gerais do Rio Preto.

 

27249976252_05deef17dc_b.jpgIMG_20160529_112030514 by Rosevânia Machado, no Flickr

Próximo a Ladeira do Quebra-Bunda

 

27314180156_440e0bcea4_b.jpgIMG_20160529_115410458 by Rosevânia Machado, no Flickr

Caminho do Rancho

 

29635720412_0c2c8c34a6_b.jpgPoço do rancho by Rosevânia Machado, no Flickr

 

Do rancho seguimos para o Gerais do Vieira

27072409200_072594d259_b.jpgGerais do Vieira by Rosevânia Machado, no Flickr

27072448670_bddddf9d55_b.jpgGerais do Vieira - Chapada Diamantina, BA by Rosevânia Machado, no Flickr

 

Esqueci de tirar foto do Córrego das Galinhas, da ladeira do Bomba, do Bomba, do Capão e de Palmeiras… ou seja, a pessoa é meio lesada kkk (passamos por esses locais citados após o Gerais do Vieira)

 

Fui com um grupo de 14 amigos, no qual Eduardo Borges experiente em trilhas na chapada e já fez o Pati outras vezes, nos guiou nessa travessia. Nós levamos nossa comida e os nativos não cobram pelo uso da cozinha… Na Igrejinha tem fogão a gás e é cobrado um valor simbólico pelo uso dele. O translado Bomba X Vila do Capão saiu por R$7,00 por persona, fomos juntos na caçamba do mesmo carro.

 

Mais fotos:

27360632005_411f261483_b.jpgIMG-20160530-WA0024 by Rosevânia Machado, no Flickr

Merchandising pra Dona Raquel

 

27612983315_de2823cb20_b.jpgFB_IMG_1465696095922 by Rosevânia Machado, no Flickr

A Igrejinha :)

 

27579189446_649a521957_b.jpgIMG_20160611_225415 by Rosevânia Machado, no Flickr

Censurada - MestreNinjaPreto - Eu Cara no Sol

 

27336065030_259a92a843_b.jpgFB_IMG_1465696058796 by Rosevânia Machado, no Flickr

Café da manhã - Casa de João - Igrejinha

 

29122654103_f5bea0fdfc.jpgfogo a lenha by Rosevânia Machado, no Flickr

Fogão a lenha - Prefeitura.

 

 

Aprendi na trilha: O vale do Pati e adjacências eram grandes produtores de café, em sua ascensão chegou a morar bastante gente lá, mas momentos históricos do país provocaram a sua decadência e só restaram mais ou menos dez famílias… Isso explica a Prefeitura, o cruzeiro, o cemitério e a Igreja no meio do “nada”.

 

 

Esse é o meu primeiro relato, então se eu esqueci mil coisas importantes releve por isso rsrsrs.

Atenciosamente,

Vânia Machado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Entre para seguir isso  



×
×
  • Criar Novo...