Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

Dudamn, na verdade a Carte Orange virou o Passe Navigo. Esse passe é uma modernização, já que é todo eletrônico. Hoje nas catracas dos metrôs e RER e nos ônibus existe um terminal eletrônico para vc validar o bilhete. Vc passa o cartão e ele computa automaticamente. Pelo o que eu li no site oficial, os preços continuam os mesmos.

 

www.navigo.fr tem todas as informações.

Compartilhar este post


Link para o post

Estou indo para Paris dia 3 e chegarei dia 4 de maio, que é uma sexta feira. Tinha pensando em comprar a carte orange, mesmo ficando só 6 noites lá, mas pelo que li no site da Ratp :

" Validité des coupons

Coupon hebdomadaire : Valable à partir du lundi jusqu'au dimanche inclus

Il peut être acheté jusqu'au mercredi pour la semaine en cours, et à partir du vendredi pour la semaine suivante (pas de vente de coupon hebdomadaire le jeudi)."

 

Entendi que ele é valido de segunda à domingo, e só posso comprar até quarta para a semana corrente e apartir de sexta para a semana seguinte... é isto mesmo?? Se é assim não vale a pena, não é?? Qual a sugestão mais em conta? (meu hotel é na Bastilha –Paris Bastille...)

Se comprar um ticket "t" (os individuais), onde posso utilizar ele? Quantas vezes? Help me!!!!!!

:cry:

Compartilhar este post


Link para o post

Danilo, desculpa pela demora da resposta mas estava em São Paulo, com uma internet péssima. Vamos às dicas:

 

O Hotel Moderne fica na Rue des Ecoles, entre a Rue des Carmes e a Rue de la Montagne Sainte-Genevieve. Subindo a Rue des Carmes, vc tem a igreja de Saint Ephren, à esquerda e, no alto, o Pantheon. Subindo a Rue de la Montagne Sainte-Genevieve, vc chega até a igreja de Saint Etienne du Mont. É uma igreja bem interessante, onde estão guardadas as relíquias de Santa Genoveva. E é através dessa rua, também, que vc chega à famosa Rue Moufetard, que é cheia de bons bistros e lota no domingo de manhã (excelente passeio, desça ela até o final, numa praça onde tem música típica francesa ao vivo). Na Rue des Ecoles, bem em frente ao seu hotel tem uma boa loja de CDs, não é grande, mas tem raridades. E ao lado direito dela vc tem um mercadinho, caso queira comprar chocolates e água ou refrigerante. Na esquina da Rue des Ecoles com a Rue des Carmes, vc tem um restaurante que é dos meus preferidos em Paris: Il Pescatore. É de uma família de italianos, o Domenico é um italiano de bigode e cabelo branco que fica antendendo no salão. O pizzaiolo é da Argélia, muito simpático. Uma dica lá: peça a formule de 11 euros que inclui uma pizza grande de entrada e um prato principal que pode ser uma carne com massa. E peça pra sua mulher pedir um prato por fora. Dá pra dividir a pizza de entrada e assim a conta sai bem mais barata. Seguindo a Rue des Ecoles no sentido do Boulevard Saint Michel (no sentido da Rue des Carmes), logo depois da Rue des Carmes, tem um ótimo bistro chamado Petite Perigourdine. Simples mas com boa comida. Descendo a Rue des Carmes, do lado esquerdo, vc tem um mercadinho muito bom também, e do lado direito é a delegacia da região. No final da descida da Rue des Carmes, vc vai cair numa praça, a Place Maubert. Às terças e quintas (se não me engano!) tem uma feirinha ótima, que vende todos os tipos de comida. Nessa praça também tem um bom café e uma boa loja de vinhos. É na Rue des Carmes que também fica a lavanderia 5 a sec, caso vc queira lavar alguma coisa. A rua grande que passa em frente à Place Maubert é o Boulevard Saint Germain. Se vc seguí-lo para a esquerda até o final, vai sair lá na igreja de Saint Germain des Pres. No Boulevard Saint Germain, na área próxima ao hotel, também tem uma FNAC só de eletrônicos, e também outra boa loja de eletrônicos chamada DARTY. Na Rue des Ecoles, sentido Boulevard Saint Michel, vc vai encontrar o College de France e logo após a Sorbonne, ambas no lado esquerdo. Já do lado direito, vc vai achar uma praça e logo atrás um palácio, onde fica o Museu da Idade Média e, lá dentro, as famosas Thermes de Cluny, que são ruínas de uma terma romana. Indo até o Boulevard Saint Michel e descendo, na esquina com o Boulevard Saint Germain, vc vai encontrar um bom Mc Donalds, para um lanche rápido. E, na rua de pedrinha que passa ao lado do Mc Donalds, vc tem acesso à Rue de Saint Severin e demais ruas que forma uma grande área gastronomica, com várias opções de bistros franceses e restaurantes italianos e gregos. Lá também fica a Rue du Chat qui Peche, a menor rua do mundo em largura (se vc abrir os braços dá pra tocar os dois lados). Uma vez na Place Maubert, para chegar à Notre Dame é só seguir a rua bem em frente, que nasce logo após uma fonte, chamada Rue Lagrange. Se vc seguir essa rua, vai ver do lado direito um restaurante chamado Hippopotamus, só de carnes, muito bom. A partir das 15 horas (confirme esse horário) fica mais barato pra almoçar. Seguindo essa rua, do lado esquerdo, vc vai chegar na esquina da Rue Lagrange com a Rue des Anglais: repare em uma placa de rua, em Paris há várias placas explicando a história da cidade, um dos prédios da esquina foi onde Dante Alighieri escreveu a Divina Comédia. História pura!

 

Bom, acho que é mais ou menos, nunca vou conseguir escrever tudo o que tem lá, até porque senão perde a graça de vc descobrir os cantinhos do Quartier Latin!

 

Abraços!

Compartilhar este post


Link para o post

Amigos mochileiros,

 

Irmão Brunão, amada Mons (Bia)...Depois de 5 longos meses voltei, foi um longo, e ainda esta sendo, tempo de trabalho.

 

Mas estou de volta para auxiliar os amigos mochileiros e compartilhar conhecimentos.

 

Novamente Brunão, obrigado pela ajuda nos ultimos minutos de minha viagem para França em Janeiro/Fevereiro, como sempre me ajudou bastante irmão. Fui a Brugges, Rouen tudo nos conformes ;) , e, espero que sua viagem tenha sido boa.

 

Beijos a todos

Mauro

Compartilhar este post


Link para o post

Amigos,

 

tenho viajado muito a trabalho e com as milhas e o cansaso vou tirar férias (pelo menos 12 dias no final de Novembro inicio de dezembro).

 

Apos 3 anos seguidos de férias em Paris, farei um pouco diferente.

 

- Milão, Praga, Bruxelas e hummmmmmmmmm Paris ;)

 

Que estiver, ou pretender ficar em Paris entre 27/11 e 09/12 estarei por lá e se possivel tomaremos um bom vinho.

 

Abraços

Mauro Candido

Compartilhar este post


Link para o post

Todos,

 

jogo rápido !!!

 

A passagem mais rápida/barata para Paris éairfrance voo direto (começando por R$ 2.195,63 com taxas).

 

Ou passagem por 990US.

 

Mauro

Compartilhar este post


Link para o post

Amigos

Venho acompanhando este tópico há algum tempo e gostaria de deixar minha contribuição. Vejo muita gente pedindo sugestões de roteiro para férias em Paris. Tem gente que acha que deguir um roteiro pré estabelecido não vale a pena, pois perde-se a espontaneidade e a surpresa da viagem. Eu já penso ao contrário... Muitas pessoas não têm condições financeiras para fazer viagens internacionais, e quando as fazem, foi com muito sacrifício, e na grande maioria das vezes será a única vez. Como essas pessoas sabem que não voltarão mais, querem conhecer todos os pontos turísticos da cidade, algo que com a ajuda de um roteiro facilita bastante, pois assim é proporcionado uma otimização do tempo, que nestas condições vale muito.

Fui à Paris 2 vezes, não é muito, mas tenho conhecimento suficiente para ajudar aqueles que nunca foram e gostariam de um roteiro. O meu roteiro é de 1 semana, mas pode ser adaptado, de acordo com as necessidades de cada um. Quero deixar claro, que ele é totalmente exeqüível, sendo inclusive testado por mim.

 

Segue minha sugestão:

 

1 SEMANA EM PARIS

 

ROTEIRO SUGERIDO:

 

Dia 01

 

Provavelmente, o 1º dia da sua viagem será o mais curto, devido ao tempo perdido na chegada/hospedagem no hotel. Levando-se em conta que o CHECK-IN na maioria dos hotéis varia de 12:00 até 14:00, vou considerar que 15:00 seja o horário de sua saída do hotel, mas 13:00 seria o ideal.

 

ARCO DO TRIUNFO

 

- Estação de Metrô: CHARLES DE GAULLE ETOILE:

Saltando nesta estação, você sairá em frente ao Arco do Triunfo. Para alcançá-lo, você deve atravessar uma passagem subterrânea, que te deixará bem abaixo dele. Sugiro algumas fotos embaixo e logo após pagar o ingresso para poder subi-lo. A subida é por dentro de uma de suas colunas, numa escada caracol super apertada. Lá em cima, você terá uma excelente visão da cidade e de alguns dos seus principais pontos turísticos: TORRE EIFFEL, MUSEU DU LOUVRE, NOTRE-DAME, CHAMPS-ELYSÉES, SACRE-COEUR, POMPIDOU, LA DEFENSE e etc.

 

AVENUE DES CHAMPS-ELYSÉES

 

Após a descida do Arco, você estará de frente para a Avenida mais famosa do mundo: AVENUE DES CHAMPS-ELYSÉES. Sugiro que você a desça pelo lado esquerdo de quem está de costas para o Arco. Faça um passeio com bastante calma para aproveitar ao máximo. É neste lado da rua que se localiza o LIDO, famosa casa de espetáculos, tem também o nº 114, local onde morou Santos Dumont, o Planet Hollywood e várias outras atrações. Atravesse a rua na altura da Estação CHAMPS-ELYSÉES CLEMENCEAU. Você sairá em frente aos palácios: GRAND PALAIS e PETIT PALAIS, são duas salas de exposição, sendo a primeira com um grande telhado de vidro. Atravesse a avenida que passa entre eles. Você sairá em frente à PONTE ALEXANDRE III. Esta ponte é considerada a mais bonita da cidade. Parada para fotos. Da ponte, você também tem uma ótima vista para o HÔTEL DES INVALIDES e para o DOMO. Não atravesse a ponte, dobre a direita, e siga beirando o Rio Sena até a Ponte D’Alma (Segunda ponte depois da Alexandre III). Lá você encontrará uma grande tocha sobre um túnel subterrâneo. Neste túnel, ocorreu o acidente que em 1997, vitimou fatalmente Princesa Diana, e a tocha que já existia anteriormente, virou seu Memorial. A partir daí, sugiro retornar à Champs-Elysées pegando a AVENUE MONTAIGNE, particularmente interessante para as mulheres, devido ao fato de nesta avenida estar concentrada a maioria das lojas de grife mais famosas do mundo: DIOR, CHANNEL, NINA RICCI, PRADA, CALVIN KLEIN, VALENTINO, DOLCE & GABANNA, LOUIS VITTON e etc. O HOTEL PLAZA ATHENÉE, bastante conhecido, também fica na avenida. Chegando à Champs-Elysées, você estará próximo à Estação de Metrô: FRANKLIN D ROOSEVELT. Sugiro ficar um pouco pela Champs-Elysées e curti-la mais um pouco. Outra boa opção é passear pela outra paralela da Champs-Elysées: RUE DU FAUBOURG ST HONORE, um pouco menos famosa. Depois retornar ao hotel e descansar bem a primeira noite, pois o dia de amanhã será bastante corrido, principalmente para aqueles que têm pouco tempo na cidade, mas querem aproveitar bem o tempo da estadia. Sugiro acordar o mais cedo possível no próximo dia.

 

Dia 02

 

TROCADÉRO

 

- Estação de Metrô: TROCADERO:

É considerado o melhor local para tirar fotos da Torre Eiffel. O acesso se faz pela Praça do Trocadero (Estátua do General Foch) e Palais de Chaillot. Um grande terraço de frente para a torre. Cenário perfeito para a melhor foto da viagem. Seguir pelos jardins do Trocadero e cruzar a Ponte d’Lena sobre o Rio Sena. Área com diversas barraquinhas de Crepe e Baguetes;

 

TORRE EIFFEL

 

São três andares. O primeiro é de graça, se subir de escada. Para subir os outros dois é obrigatório o uso do elevador. A fila é grande, tanto para subir, quanto para descer. Recomendo comprar o ingresso que dá direito ir até o topo. Reservar 4 horas para aproveitar bem. Não vale a pena comprar lembrançinhas no pé da torre. São bem caras... Após a sessão de fotos seguir em frente pelo CAMPO DE MARTE até a chegar à ESCOLA MILITAR. Estando de frente à mesma, e olhando para ela, seguir pela esquerda e pegar a primeira avenida à direita: AVENUE DE TOURVILLE. Você sairá em frente à igreja do DOMO (Fundos do Hotel dês Invalides);

 

HÔTEL DES INVALIDES e IGREJA DO DOMO

 

Compre ingressos casados para o DOMO e MUSEU DAS ARMAS. Para militares sai de graça! Dentro do Domo estão diversos túmulos de heróis de guerra franceses, sendo o principal Napoleão Bonaparte. Caso se interesse, há também o Museu das Armas, situado na parte da frente do HÔTEL DES INVALIDES. Estando de frente ao Domo, e olhando para ele, pegar a direita e sair pela porta lateral. Você chegará ao BOULEVARD DES INVALIDES. Pegando a primeira rua à direita, você sairá no MUSEU RODIN;

 

MUSEU RODIN

 

Ao chegar ao Museu você poderá comprar ingressos apenas para os jardins, algo que recomendo, pois as principais obras de Rodin estão no lado de fora: “O PENSADOR” e o ”PORTÃO DO INFERNO”. Retornar pelo BOULEVARD DES INVALIDES e seguir até a parte da frente do HÔTEL DE INVALIDES. Parada para fotos. Logo após, seguir pela avenida central até a PONTE ALEXANDRE III. Boas fotos, tanto do HÔTEL DES INVALIDES, como da própria ponte. Atravesse-a e vire à direita. Siga beirando o Sena até a próxima ponte. Vire à esquerda, e você estará na PLACE DE LA CONCORDE.

 

PLACE DE LA CONCORDE

 

Local onde eram executados os condenados à guilhotina. Parada para fotos do famoso Obelisco, construído no local onde morreram entre outros: Maria Antonieta e Luis XVI. Faz parte de um grande eixo juntamente com o Arco de La Defense, o Arco do Triunfo, o Arco do Triunfo do Carrossel e a Pirâmide do Louvre. Logo mais a frente, fica a entrada principal para o JARDIM DAS TULHERIAS. Atravesse o jardim, e você chegará até a PIRÂMIDE DO LOUVRE, passando antes pelo ARCO DO TRIUNFO DO CARROSSEL.

 

MUSEU DO LOUVRE

 

Recomendo a quarta-feira (por volta de 17h30min) para esta visita, pelo fato de o Louvre ficar aberto no período noturno neste dia. Assim você poderá aproveitar bem o dia, e visitá-lo tranqüilamente à noite. Os guias não recomendam entrar no museu pela entrada principal da pirâmide devido às filas. Mas se tiver um pouco de paciência vale a pena sim. O Museu é enorme e fascina até os que não são muito chegados à arte. Muitos recomendam pelo menos um dia inteiro de visitação, mas acho uma noite o necessário. Pontos que não podem deixar de ser visitados: MONALISA, VÊNUS DE MILO, VITÓRIA DE SAMOTRÁCIA, CÓDIGO DE HAMURÁBI, OS FOSSOS MEDIEVAIS e AS ANTIGUIDADES EGÍPCIAS. Em alguns pontos pode-se fotografar com “flash”, em outros não. Para fotografar a MONALISA você terá que fazê-lo escondido, pois não são permitidas fotos na sala em que fica exposta. Mas independentemente de ser proibido ou não, todo mundo bate foto, mesmo que seja repreendido logo em seguida. Fotos noturnas externas ficam muito legais. Caso tenha lido ou assistido ao “O CÓDIGO DA VINCI”, o Louvre é seu ponto de partida. Para retornar ao Hotel utilize a Estação: PALAYS ROYAL MUSÉE DU LOUVRE que fica na RUE DE RIVOLI, paralela ao Museu.

 

Dia 03

 

SACRE-COEUR

 

- Estação de Metrô: ANVERS ou ABBESSES:

Pra chegar à Basílica, salte nesta estação e siga sempre subindo para o Norte que logo você verá a Igreja. Não fica longe, mas tem que andar um pouco. Ao chegar à base da escadaria, você tem duas opções: subir a pé ou pegar o “FUNICULAIRE” – trem suspenso que leva os passageiros até a Igreja. Localizada numa colina, a Sacré-Coeur é uma das mais bonitas igrejas de Paris e com uma vista da cidade bastante bonita. Não são permitidas fotos no seu interior. Passeio imperdível, principalmente nos domingos de sol. Estando de frente para a igreja, pegue a ruazinha na lateral esquerda da mesma, você logo chegará à PLACE DU TERTRE. Ali se encontram diversos artistas e pintores de rua. Já na saída da Basílica, você será abordado e lhe oferecerão uma caricatura sua. É uma área bastante boêmia, vale a pena dar uma paradinha por aqui. Continue sempre descendo. Depois de uns 10 minutos de caminhada você chegará a uma grande avenida: BOULEVARD DE CLICHY. Aqui você encontrará a famosíssima casa de espetáculos: MOULIN ROUGE. Nessa avenida se concentram diversas casas de prostituição, tendo inclusive um Museu do Sexo. Bem próximo ao cabaré está a Estação de metrô: BLANCHE. Recomendo que pegue o metrô e salte na Estação OPERA para chegar ao famoso teatro de mesmo nome.

 

OPERA NATIONAL DE PARIS GARNIER

 

O OPERA é um teatro muito bonito, que inspirou o Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Vale a pena uma visita rápida. Fecha às 17h00min. Saindo do teatro, dobre à direita e siga pelo BOULEVARD DES CAPUCINES para chegar à IGREJA DE MARIA MADALENA. Saindo da Igreja, siga em frente em direção à PLACE DE LA CONCORDE, virando à esquerda na RUE SAINT HONORE. Continue em frente, dobrando à esquerda na 3ª rua. Você chegará à PLACE VENDOME. Nesta praça você verá um grande Obelisco com a estátua de Napoleão no alto. Nesta praça localizam-se o famoso HOTEL RITZ e várias lojas de grife. Após as fotos, pegue o sentido oposto, atravesse a RUE SAINT HONORE até chegar à RUE DE RIVOLI. A partir daí siga em frente até chegar ao PALAIS ROYAL. Nesta avenida você encontrará diversas lojas de souvenires com os melhores preços da cidade. Próximo a entrada da Praça das Pirâmides do Louvre há uma estátua de Joana D’Arc. Após a visita ao PALAIS ROYAL pegue o metrô (estação em frente) e siga para a estação: BASTILLE.

 

PLACE DES VOSGES

 

Chegando à Praça da Bastilha, você estará no local onde ficava a famosa fortaleza de mesmo nome. Ali você encontrará a COLLONE DE JUILET (Obelisco), e a OPERA DE PARIS BASTILLE. Ainda na estação de metrô você poderá ver um pedaçinho da antiga fortaleza, com um painel explicativo. É só isso mesmo..., Com ajuda de um mapa você chegará à famosa PLACE DES VOSGES. Uma praça com simetria perfeita, sendo uma de suas casas a MAISON DE VICTOR HUGO.

 

MUSEU D’ORSAY

 

Sendo hoje uma quinta-feira, você poderá terminar seu dia no MUSEU D’ORSAY, após pegar o metrô e saltar na estação de mesmo nome. Nesse dia, da mesma forma que o Louvre às quartas, o Museu fecha mais tarde, proporcionando assim, uma oportunidade de conhecê-lo. Recomendo a Ala do Impressionismo de Monet e Renoir. Van Gogh também marca presença. É um museu pequeno, em 2 horas você consegue ver tudo. Um dado interessante, é que ele foi construído sob uma antiga Estação de trem.

 

Dia 04

 

NOTRE DAME

 

- Estação de Metrô: CITÉ:

Você sairá próximo ao Mercado das flores. Recomendo que passe toda a manhã na Ilha. Assim você conseguirá conhecer os principais pontos turísticos. O mais conhecido é a CATEDRAL DE NOTRE DAME. Local que ficou imortalizado pela história do corcunda Quasímodo. Abuse das fotos externas e internas, e caso seja católico, assista à missa. A entrada é gratuita, sendo cobrado para subir na torre e apreciar a vista da cidade. Somente lá de cima você poderá apreciar as gárgulas. Em frente à Igreja você verá a CRIPTA ARQUEOLÓGICA. Não tem nada de mais, um pequeno espaço com restos arqueológicos da Paris de muito antigamente.

 

SAINT CHAPELLE

 

No outro lado da ilha fica localizado o PALAIS DE JUSTICE. Dentro dele você verá a ST. CHAPELLE, considerada por muitos a igreja mais bonita de Paris. Trata-se de uma pequena capela com dois andares. O térreo era reservado para os servos e pessoas comuns. Já o andar superior era privativo do Rei e da família Real, sendo coberto nos 360º por vitrais que retratam os livros da Bíblia. Sugiro comprar entrada casada com a CONCIERGERIE, que fica do outro lado do palácio, tendo inclusive que sair do mesmo para chegar até lá. Era o local em que os condenados à guilhotina esperavam pela execução. Sua “hóspede” mais famosa foi Maria Antonieta, e sua cela fica em exposição. Saindo da CONCIERGERIE, atravesse a ponte que está a sua esquerda, dobre à direita. Você chegará ao HÔTEL DE VILLE, sede da prefeitura. Pausa para fotos.

 

CENTRE GEORGE POMPIDOU

 

Seguindo pela RUE DU RENARD você chegará aos fundos do Museu de Arte Moderna POMPIDOU. Bem diferente dos outros, você verá a modernidade já no seu exterior. Destacando-se diversos tubos coloridos e a escada rolante dentro de um deles. Passe umas 2 horas nele. É o segundo local mais visitado de Paris, só perdendo para a torre.

 

BOIS DE BOULOGNE

 

Saindo do museu, pegue o metrô na estação RAMBUTEAU e salte em PORTE MAILLOT. Você chegará a uma das entradas do parque preferido dos parisienses, e um dos cenários de “O CÓDIGO DA VINCI” (Cena do drogado no parque). Tente sair ainda com a luz do dia. Pegue novamente o metrô e salta em LA DEFENSE.

 

GRANDE ARCHE

 

Para terminar este dia, uma visita ao bairro moderno de Paris. Você sairá de cara para o GRANDE ARCO. Mais um local com uma boa vista da cidade.

 

 

Dia 05

 

BATEAUX-MOUCHE

 

Pela manhã volte à Torre Eiffel. Embaixo da ponte d’Lena você compra ingressos para o famoso passeio pelo Rio Sena. Você tem diversas opções. Sugiro o BATOBUS, que semelhante a um ônibus, tem um percurso de mais ou menos 1 hora, fazendo paradas, onde você pode saltar a qualquer momento, e retornar por quaisquer destes pontos, apenas apresentando o bilhete. O mais tradicional e também mais caro é o BATEAUX-MOUCHE. O percurso não tem parada e mediante reserva, você pode almoçar/jantar a bordo. Durante o passeio dê uma atenção especial a duas pontes: ALEXANDRE III, já citada anteriormente, e a PONT NEUF, primeira ponte construída atravessando a Ile de La Cité.

 

MONTPARNASSE

 

Saltando na MONTPARNASSE BIENVENUE você estará próximo à TOUR MONTPARNASSE, aquele prédio preto que os parisienses chamam de torre. Subindo no topo, você tem mais uma vista legal da cidade. Se tiver estômago forte pegue o metrô e salte em DENFERT ROCHEREAU para visitar as CATACUMBAS. Quando da construção dos esgotos de Paris, foram retiradas as ossadas humanas que ficavam pelo caminho e depositadas nas em algumas destas catacumbas. Parte destes ossos está em exposição.

 

PANTHEON

 

Outra Igreja bastante conhecida de Paris é o PANTHEON. Foi inspirado no de Roma, e em sua cripta estão os restos de diversos vultos parisienses, tais como Victor Hugo e Voltaire. Para chegar à Igreja pegue o RER e salte na estação: LUXEMBOURG. Você sairá de frente para o JARDIM DE LUXEMBURGO, mas antes de visitá-lo, passe antes no PANTHEON e na SORBONNE (Principal Universidade de Paris).

 

JARDIM DE LUXEMBURGO

 

Dê umas voltas no parque, visitando o Palácio e com ajuda de um mapa saia pela saída mais próxima da Igreja SAINT SULPICE. Esta Igreja hoje é parada obrigatória pra quem vai à Paris. Primeiro pela sua beleza, e mais recentemente por fazer parte de “O CÓDIGO DA VINCI” e tendo a LINHA ROSA a principal parada para fotos. Para finalizar nosso roteiro pegue o metrô na estação ST. SULPICE e siga até a estação ST. MICHEL. Você estará no QUARTIER LATIN, bairro mais boêmio da cidade. Uma boa opção para conhecer o modo de vida parisiense.

Utilize o resto do dia para ir a algum lugar que não tenha tido tempo anteriormente.

 

 

Dias 06 e 07

 

Utilize um destes dias para um passeio ao PALÁCIO DE VERSALHES e o outro para a EURODISNEY. Dá pra ir de metrô (RER) pros dois locais. Bem tranqüilo.

 

========================================================

Caso queira comprar aquela camisa manjada HARD ROCK PARIS salte na Estação RICHELIEU DROUOT. Fica quase em frente.

========================================================

 

Boa Viagem !!!!

 

Grande abraço

 

Rodrigo Bastos

Compartilhar este post


Link para o post

Estou indo pra Europa no final do ano, mas só vou passar 1 dia em Paris(infelizmente) mas dependendo da programação passaremos 2.

Será que consigo ver tudo o que ta abaixo em 1 dia?

TORRE EIFFEL

ARCO DO TRIUNFO

HÔTEL DES INVALIDES

MUSEU RODIN

NOTRE DAME

PANTHEON

LA DEFENSE

AVENUE DES CHAMPS-ELYSÉES

 

E se tiver 2, como posso fazer meu roteiro?

 

Agradeço desde já pela ajuda!

Compartilhar este post


Link para o post

Com um dia eu faria começando bem cedo Notrte Dame, seguindo a pé para o Louvre (não esta no teu roteiro) , olhada rapidinha so por fora seguindo de metro para Torre Heiffel, se der sorte pelo meio da tarde vc estará seguindo de metro para o Arco do Triunfo e de uma olhada na av. champs-elysées acho que não da para fazer mais nada, mas vc so vai passar curtir não da não, se for uma quarta feira o Nortre Dame funciona a noite, se for o caso, os inválidos fecha as 17,00 horas. Defense vc olha da Eiffel mesmo.

Compartilhar este post


Link para o post

Olá!

 

Já vi postarem sobre o custo-benefício do Paris Museum Pass em relação à carteira mundial ISIC. Acontece que eu andei pesquisando os descontos da carteira e está tudo em Euro (tipo 3 euros OFF), e não em percentual. Tentei buscar os preços dos museus pra saber quanto eu pagaria com os tais descontos de estudante, mas não consigo achar! Talvez por todas as páginas estarem em francês, né hauhau

 

Queria saber se alguém sabe algum link ou de cabeça mais ou menos os preços dos museus e das entradas das principais atrações. Eu vou ficar 20 dias, então não acho que deva entrar na pressa de ver 5, 6 coisas num dia só. Isso também é um aspecto contra o Museum Pass, já que ele vale por dias corridos.

 

Obrigada

Compartilhar este post


Link para o post
Visitante
Este post está impedido de receber novas mensagens



×
×
  • Criar Novo...