Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • Membros

Olá pessoal, sou novo aqui no mochileiros e é minha primeira participação. Estou planejando viajar para a Europa em Maio de 2018, por 15 dias, utilizando cerca de R$25.000,00 e será a primeira vez que sairei do Brasil.

O foco da viagem será a Alemanha (rota romântica) mas também gostaria de visitar Amsterdã. Seria mais ou menos assim:

 

- Amsterdã

- Colônia

- Frankfurt

- Baden-Baden

- Freiburg

- Constança

- Füssen

- Garmisch-Partenkirchen

- Innsbruck (AUS) (vale a pena?)

- Munique

- Landsberg am Lech

- Augsburg

- Dinkelsbühl

- Rothenburg ob der Tauber

- Würzburg

- Frankfurt

 

Foram cidades que me interessei em ir. Mas praticamente certeza que não dá pra fazer tudo isso em apenas 15 dias de forma confortável, mesmo porque estou indo em lua de mel. Então estou aberto a dicas e sugestões de como aproveitar boa parte dessas cidades (principalmente a rota romântica e Alpes) de forma confortável.

 

Desde já agradeço.

Link para o post
  • Membros de Honra

Bem-vindo ao fórum ::cool:::'>

 

Em lua de mel, menos é mais. O ideal é sem correria e bolar algo com pouca preocupação com deslocamentos.

 

Cortaria Innsbruck, por ser fora de mão. O ideal é você voar para Munique e voltar por Amsterdam.

 

Eu montaria três bases:

 

Munique (a cidade em si, Garmisch-Partenkirchen, Füssen, Landsberg)

Würzburg (a cidade em si, Rothenburg ob der Tauber, Nuremberg)

Amsterdam (com possibilidades de bate e volta para os arredores)

 

Roteiro todo em "linha reta", sem zigue-zague e dá para fazer todo de trem se quiser, sem estresse com eventuais problemas com carro.

 

Com 15 dias, excluídos os de chegada e saída, você terá uns 4 dias para cada. É um bom começo.

 

Ficariam de fora: Frankfurt (menos impactante diante das demais), Baden-Baden, Freiburg, Constança, Innsbruck (um pouco fora de mão), Dinkelsbühl (parecida com Rothenburg, mas você tem pouco tempo no roteiro). Colônia dá para fazer numa parada no caminho para Amsterdam (e foi o que eu fiz).

 

Na minha assinatura tem um relato chamado "Europa medieval e de belezas naturais". Parte do meu roteiro é parecida com o que você quer fazer e eu viajei justamente em maio. Sugiro dar uma lida, pode te dar umas ideias legais. Aí se quiser a gente troca uma ideia. Pessoalmente, essa viagem foi a minha verdadeira lua de mel, três anos depois da original, especialmente a parte do Vale do Reno e do Mosela, que você não colocou na sua..

 

Abs.

Link para o post
  • Membros

Muito legal Marcos! Li a postagem que você indicou. Pelo menos a parte de Alemanha e Holanda. Sinceramente, estou quase certo de fazer a rota do Reno e Mosel e deixar Amsterdã de lado. Estamos buscando justamente mais essa tranquilidade e organização. Não gostei muito do que vi da sua postagem sobre Amsterdã. Além disso, fora a experiência sobre a rota do Reno e Mosel, dei uma pesquisada em sites e vídeos e é realmente o que estamos buscando.

Para essa rota, você indica montar base em Cochem mesmo?

Em relação aos custos para uma viagem de 15 dias nesses locais, com quantos Euros dá pra viajar sossegado?

 

Obrigado.

Link para o post
  • Membros de Honra

Oi, Érique. Vou comentar depois com calma, blz? Por enquanto, aconselho você a dar uma lida no meu relato na parte que fala das outras cidades holandesas e a repensar sobre Amsterdam. De fato, não curti muito a cidade, mas 95% das pessoas no fórum gostam. Leia outros relatos também, até mesmo porque só passei um dia no centro em si.

 

Abs.

Link para o post
  • Membros de Honra

Oi, Érique. Achei que já tinha comentado de novo. Pode ir de Reno e Mosela sem medo, todo mundo para quem indico gosta.

 

Cochem é uma base legal para o Mosela, é bem servida de trens e é linda. Mas pro Reno não é tão conveniente assim. Koblenz fica na junção dos dois vales. Mas não é tão bonita quanto Cochem. Alternativas são Boppard e St Goar, que ficam no Reno, mas próximas de Koblenz.

 

25000 dá e sobra... Mas pra um viajante comum, é claro. Se você quiser beber dos vinhos mais caros, ficar em lugares luxuosos, aí o céu é o limite... Mas você terá condições de achar lugares ótimos para se hospedar por até 80 euros a diária de casal (por até 60 já é bem comum), comer muito bem por até 15 euros por pessoa e comprar garrafas de ótimos vinhos (uva Riesling) por até 10 euros.

 

Abs.

Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...