Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Caminho de Santiago de Bike - os preparativos


Posts Recomendados

  • Colaboradores

Eu e meu marido fizemos o Caminho de Santiago agora em setembro. Fizemos o Caminho Francês, iniciando em Saint Jean Pied de Port, na França. Foi uma experiência maravilhosa e gostaria de dividir um pouco do caminho com vocês. Esse primeiro post refere-se aos preparativos da viagem.

Quando decidimos fazer o caminho, 2 anos antes, primeiro tive que aprender sobre bicicletas e montar 2 bikes básicas que aguentassem o tranco. Foram 2 bicicletas MTB simples, aro 26, com kit shimano Altus e deram bem pro gasto.

DSCN0948.JPG.6180df9aa74953e4948c63365ba23067.JPG

Claro que vimos várias bicicletas muito melhores que as nossas. Claro que eles passavam pedalando ao nosso lado quando estávamos empurrando nossas magrelas. Mas pra gente, elas foram suficientes...

A época da viagem: dizem que os melhores meses são maio e outubro, com exceção de julho (verão forte) e primeira quinzena de agosto (férias na Espanha, o que faz com que tudo fique lotado). Nós decidimos ir em setembro. Nos sites constavam menos chuvas e temperatura variando de 7 a 25.C. Bom, nós pegamos 4 dias de chuva e a temperatura variou de 3 a 41 graus nesses 17 dias pedalados.

Para a compra da passagem, fiquei durante um ano pesquisando na internet a época mais barata para compra em setembro. Eu fiz isso no fim de 2014 até fim de 2015 e vi que a época mais barata para compra da passagem foi no fim de janeiro. Ou seja, ao invés de pagar R$4500,00, nós pagamos R$2800,00 em cada passagem. Compramos o trecho São Paulo - Madri. Saída de Guarulhos às 15:05 do dia 01/09/2016 e chegada em Madri às 10:35 pela Alitalia. O único problema, que não me atentei quando comprei a passagem, foi que nós desceríamos em Roma e teríamos 15 minutos para passar pela imigração e embarcar novamente para Madri. Quando descemos do avião, tinha uma mocinha da Alitalia nos aguardando e ela foi nosso anjo: correu conosco por todo o aeroporto, passou a frente nas filas (inclusive na imigração) e conseguiu que embarcássemos no vôo previsto. O único problema foi que nós embarcamos, mas nossas bicis não. Após algumas horas de desespero, elas chegaram num vôo das 17:00. Enquanto isso, conseguimos trocar as passagens de ônibus que tínhamos comprado pela internet (http://www.conda.es), mas infelizmente, perdemos a reserva que tinha feito em Pamplona.

Para o outro dia, já tinha comprado as passagens, também pela Conda, de Pamplona à Saint Jean Pied de Port. Saimos às 14:30 com chegada às 16:15 (horário que libera o check-in na outra pousada que pegamos). Saiu 25,60 euros por pessoa. Quando você compra uma passagem com a Conda, abre um site lá que diz que te dá direito a 20 euros na próxima compra. Só lembrei quando comprei a segunda vez.

Lá em SJPP, novamente já tinha deixado reservado nosso primeiro albergue (Alberge du Pelerin). Dessa vez correu tudo bem.

Para o retorno de Santiago de Compostela para Madri, pesquisei preço de ônibus e estava de 46,39 a 57,10 euros (mais umas taxinhas lá). Entretanto, peguei uma promoção de passagens internacionais e paguei 33 obamas na volta de avião. Com as taxas e tudo o mais (e põe mais nisso), pagamos cerca de 540 temers (já nas duas passagens, ou seja, quase o mesmo preço). Além do que de ônibus são de 8 a 10 horas de viagem e de avião uma horinha só.

Ah, também reservei uma pousada lá em Madri. Pensión Rodriguez, bem no centro, com chuveiro por R$134,00.

Bom, dos documentos que levamos, primeiramente, o passaporte. Segundo, a justificativa da viagem: a credencial do peregrino. Vocês podem solicitá-lo com 6 meses de antecedência. Só entrar no site (http://www.caminhodesantiago.org.br/Credencial.html), preencher o formulário, pagar a taxa de envio (15 reais) e esperar. Lembrando que para solicitar a credencial vocês já devem ter o número do passaporte. Aliás, acho que em quase tudo que eu já adiantei (como passagens, credencial), precisei colocar o número do passaporte. Terceiro: seguro médico internacional. Quando vocês forem adquirir as passagens, o próprio site já oferece um seguro médico internacional. Li dizendo que seria um dos mais baratos. No entanto, se vocês adquirirem as passagem com o visa platinum (que foi o meu caso), eles oferecem como benefício o seguro médico internacional. Só entrar no site (http://www.visa-platinum.com/br/beneficios/servio-de-emergencia-medica-internacional_484), fazer o cadastro e solicitar que eles mandam na hora no email. Parece que o mastercard tbém oferece... Quarto: comprovação de meios econômicos. Entre no site da embaixada (http://www.exteriores.gob.es/Embajadas/BRASILIA/es/InformacionParaExtranjeros/Paginas/RequisitosDeEntrada.aspx) e verifiquem o valor mínimo diário. Pode ser comprovado mediante dinheiro em espécie, travel money e cartão de crédito internacional habilitado. Levar os comprovantes emitidos pelo banco com a data mais próxima do embarque possível (se der, solicitem um extrato diretamente ao banco, com carimbo deles). Recomendam que levem em dinheiro (espécie) pelo menos 589,5 euros por pessoa. Quinto: passagem de volta já comprada com a data de retorno marcada. Sexto: comprovante de reserva de hotel (um dos motivos por já ter deixado reservado no booking as 3 pousadas). E acho que é "só" isso para conseguir entrar na Espanha. Como já escrevi ali em cima, passamos correndo pela imigração e ele não pediu absolutamente nada fora nosso passaporte. ::hahaha::

Bom, fora os documentos, o que mais levamos:

Roupas:

- shorts/calça: 2 - 3. Levamos 2 shorts de ciclismo cada um e mais uma calça de fácil secagem. Tomar cuidado com as costuras, principalmente entre as pernas, onde pode incomodar mais. Meu marido levou ainda mais 2 shorts de tactel para passear. Eu levei um vestido estilo tenista pra passear. Deu bem certo :wink:

- camiseta: 3. Comprei daquelas manga longa com proteção UVA-UVB. Eu sou alérgica ao sol (chega a sair feridas nos braços) e ficar melecada o dia todo de protetor solar não dá. Essas camisetas protegem, são frescas e secam rápido. Como experiência, num dia de sol elas refrescam mais do que se eu estivesse com uma regata. A questão de 2 a 3 é para o caso de não secar num dia por algum motivo... Vc tem uma limpinha pra usar no dia seguinte. Eles sempre recomendam comprar coloridas, pra dar uma cor no visual (sempre ouvi o povo reclamando que cansaram de usar somente preto). Tenho uma preta, uma rosa e uma azul. Ah, as brancas tbém não são recomendadas por causa do aspecto sujo que elas vão adquirir. Ficar pondo de molho na q-boa e esfregando roupa ao invés de conhecer as cidades não dá! As pretas também ficaram muito quentes nos dias de sol. Devia ter pego todas coloridas.

- meias: 3 pares. Parece bobeira, mas é ideal que comprem uma boa meia indicada para pedal. Indicada para a prática de esporte, garantindo eficiência na evaporação do suor e frescas para o calor. Dá uma pesquisada sobre. São mais carinhas, mas valem cada centavo (principalmente naquela hr que a bolha pega).

- calcinhas/cuecas: 3. Essas sim, principalmente escuras e de algodão. Pq ficar usando a mesma calcinha parecendo suja todos os dias dá desgosto.

- sutiã ou top: 2. Eu não levei sutiã. Levei 2 blusinhas com bojo que eu usava por baixo das camisetas de manga longa.

- roupas impermeáveis: imprescindíveis nos dias de chuva! Eu tenho uma calça e um anorak da conquista. São impermeáveis, respiráveis e protegem contra o vento. Já testei aqui em dia de chuva, arrastando a bunda na terra molhada, entrando na água e realmente funcionaram. E tava calor! Claro que senti um calorzinho, mas nada desesperador. Nos dias que pedalava no inverno (cheguei a pegar 6 graus), protegeram bem do vento. Peguem um modelo com capuz.

- blusa de fleece: partindo do princípio das camadas, leve uma blusa de fleece. Se tiver mto frio, vc coloca ele por baixo do anorak. Se não, pode escolher entre 2 blusas pra pôr. A minha também é da conquista (sim, sou fã deles). Escolha para o anorak e o fleece modelos de abertura frontal de zíper, que aí vocês podem ir controlando a temperatura do corpo.

- uma roupa para dormir

- cachecol: sim, vc leu certo! Leve um cachecol de seda. Bem leve para não pesar, proteger teu pescoço dos raios solares e dar uma cor na tua vida!.

- chapéu/boné: escolha um modelo confortável e, se possível, que você consiga colocar na mochila se precisar. Meu marido sentiu muita falta.

- tênis: aquele confortável, já usado para dar aquela amolecida, mas não usado a ponto de ter perdido o amortecimento. Aí nós temos os tênis de caminhada/corrida e os de treking. Pode escolher entre um impermeável e respirável, ou um fresquinho... Cano baixo ou alto. Vai do gosto de cada um. Eu gosto muito dos de treking cano alto, mas eles são geralmente mto pesados para caminhadas longas. Pra nossa pedalada, escolhi um impermeável da Quechua. Ele é leve e muito impermeável - manteram meus pés sequinhos do começo ao fim. Meu marido foi com um adidas ultraboost que tive que secar no secador de cabelo durante o caminho.

- chinelo: eu acho um do tipo havaianas o ideal. São bonitas, vai comigo pro chuveiro e pra rua se não tiver frio sem problemas...

- toalha: existem toalhas de alta absorção bem pequenas. As nossas compramos naquelas loja de artigos esportivos. Custou uns 30 reais e valem mto a pena. Eu meu enxugo tranquilamente com ela (inclusive o cabelo) e seca bem rapidinho.

- saco de dormir: afinal, quem garante que aquele lençol do albergue ta limpinho mesmo (dizem que qto mais coloridos, menos os lavam). Além do que tem um lugar para guardar a mochila qdo vc não está por perto. Recomendo o da Deuter dream lite 500. São leves, ocupam pouco espaço e se vc não estiver indo no inverno para lá, está dentro da faixa indicada de uso.

- travesseiro: levamos travesseiro de viagem da sea to summit. Leve, pequeno. Irá nos acompanhar desde o avião.

- pochete: imprescindível para levar os documentos importantes (credencial, passaporte, dinheiro, câmera, celular) até no banheiro!!

- adaptador de tomada universal: o modelo suíço tem adaptadores do mundo todo. Lá na Espanha tem aquele modelo de 2 pinos redondos. Como quase td hoje no Brasil não tem esse modelo, leve um adapador para garantir.

- câmera: recomendo um modelo digital compacto à prova d'agua. Tenho uma da nikon (coolpix s33) que é ótima. Recomendo comprar uma bateria extra e mais de um cartão de memória.

- caderno e lápis: sim, vc vai querer anotar alguma coisa...

- saco estanque: se sua mochila não for 100% impermeável, leve esses sacos estanques da sea to summit. Ajudaram muito na organização da roupa suja com a limpa.

- higiene pessoal: escova de dentes, pasta, shampoo e condicionador (existem aqueles em barra que acho ótimos para carregar e não acontecer vazamentos), cortador de unha, hidratante pequeno, protetor solar pequeno.

- medicamentos: de uso continuo, para dor de cabeça, dores musculares, gripe, febre, indigestão, alergia.

- fita para curativo 3m nexcare: ÓTIMA para quando temos bolhas. Só passar por cima da bolha e pronto! Parece que a pele tá nova! Recomendo a levar na bolsa no dia a dia!

- pregador de roupa: eles faltam em alguns lugares..

- sabão de côco: vai do banho até para lavar as roupas

- EPIs: capacete, luvas e óculos escuros (levamos umas bandanas para usar por baixo dos capacetes)

DSCN0815.JPG.0e7e6c844b4788f77340cb23a6aedeca.JPG

DSCN0818.JPG.dbd59eaf11a5e088cf96615b19e224ad.JPG

Fora tudo isso, levamos ainda alguns equipamentos e ferramentas para montagem e reparos das bikes:

DSCN0819.JPG.812e41008d72a4eca53389ee9fc17248.JPG

Kit bike: cabos de freio e de câmbio, sapatas de freio, chaves (inclusive allen 15mm para soltar/prender pedal), câmaras, kit reparo pneu, espátulas, óleo para corrente, fita isolante, fita silver tape, língua de sogra e uma bolsinha pra colocar tudo.

Levamos ainda os alforjes, uma mochilinha para deixar as coisas à mão e um elástico extensor com ganchos (aqueles de moto)

Lembrando que de tudo que citei aqui, fora os cabos de freio e câmbio e as sapatas de freio da bike, tudo, absolutamente tudo, foi utilizado.

Desculpem o post enorme. Espero que os preparativos ajudem outros que também estejam pensando em fazer o caminho de bike. No próximo post eu conto mais da viagem. :)

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...