Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Arquivado

Este Post foi arquivado e está fechado para novas respostas.

Roberto Brandão

De cinema: conheça o vilarejo fantasma no sul da Bahia

Posts Recomendados

Tendo sido uma das cidades mais ricas e poderosas da Bahia, a região de Ilhéus reúne tesouros que apenas olhares mais atentos conseguem perceber em meio ao relativo caos que ganhou a paisagem nos últimos anos. O cacau, responsável pela opulência do lugar na primeira metade do século XX, entrou em declínio acelerado após a famigerada praga da vassoura-de-bruxa, e com isso, fazendas e vilarejos inteiros chegaram a ser totalmente abandonados, numa fuga desesperada da população em busca de novas fontes de renda.

Antes que você interprete o título de maneira equivocada, um esclarecimento: não houve nada de fascinante na decadência da economia cacaueira. O caso foi sério, repercute até hoje, inspira as mais diversas teorias conspiratórias e impactou direta e indiretamente na vida de milhares de pessoas. Agora, se você for um apaixonado por História, assim como eu, e não controla a emoção ao conhecer locais antigos, precisa marcar uma visita à Estação Rio do Braço na sua próxima viagem a Ilhéus.

O povoado praticamente parou no tempo, como se tivesse sido evacuado da noite para o dia – quase uma versão ilheense de Pompeia, a famosa cidade destruída pelo vulcão Vesúvio. Originalmente, a estação de trem foi inaugurada em 1911, como mais uma opção para escoar a produção do cacau, e veio a ser desativada na década de 60, duas décadas antes da praga que devastou as plantações do Sul da Bahia. O casario ficou em ruínas, e até pouco tempo atrás, o silêncio ensurdecedor só era cortado por um ou outro latido de cachorro, galope de cavalo ou algum carro que cruzasse a estradinha da vila. Sabe cidade fantasma, de filme de terror ou de faroeste, com direito a mansão com cara de mal assombrada? Pois é exatamente isso.

Um projeto que vem movimentando o povoado começou com a recuperação da antiga estação de trem. A Estação Rio do Braço foi reformada e transformada num centro de lazer e gastronomia, com restaurante, parque infantil e palco onde se apresentam bandas de forró. Com o apoio do SEBRAE, da TV Santa Cruz (afiliada da Rede Globo) e uma soma de forças que teve início a partir do sonho do proprietário da fazenda, Lucas Kruschewsky, o lugar está recebendo turistas de várias cidades da região.

Uma curiosidade: por ser quase uma cidade cenográfica, o distrito de Rio do Braço foi escolhido como locação para a novela ‘Renascer’, de 1993.

 

INFORMAÇÕES

Estação Rio do Braço

Rodovia Ilhéus-Uruçuca, Km 25, Distrito do Rio do Braço

Horário de Funcionamento: sábados e domingos, das 11h às 18h

Contato: (73) 99926-6175 / (73) 99924-5739 / [email protected]

FONTE : http://blog.panrotas.com.br/diretodabahia/index.php/2016/10/23/estacao-rio-do-braco-a-fascinante-decadencia-do-ciclo-do-cacau/

Compartilhar este post


Link para o post

Visitante
Este post está impedido de receber novas mensagens


×
×
  • Criar Novo...