Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • 1 mês depois...
  • Membros

Acho que não tem nada a ver. Apesar de pertencerem a uma associação de países (Commonwealth), os integrantes do grupo são soberanos, o que quer dizer que as administrações de suas fronteiras são totalmente independentes. Agora, isso não impede que entre estes países haja troca de informações relativas a pessoas perigosas, criminosos, etc., quando então mesmo países que não integrem a Commonwealth, como os EUA, um criminoso deportado do Reino Unido, possam usar o motivo da deportação para negar o visto. Por exemplo, os países do Tratado de Schengen tem acordo de troca de informações com os EUA, de modo que um brasileiro que tenha sido deportado da Europa por crime grave, tem alta probabilidade de ter seu visto de entrada nos EUA negado em razão do delito. Agora, se a deportação tiver sido por causas banais, como por exemplo não ter renovado visto de turista depois dos 90 dias regulamentares, estas ocorrências banais não são levadas em conta ou sequer comunicadas às autoridades de fronteira de outras nações. Espero ter ajudado...

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...