Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

México em 15 dias (Cid do México, Oaxaca, San Cristoban, Palenque, Merida, Playa del Carmen, Cozumel, Tulum e Cancun


Posts Recomendados

  • Membros

CIDADE DO MÉXICO, MEXICO[/b]

 

01 dia – Chegada a Cidade do México as 7hs.

Pegamos um taxi no aeroporto (que por sinal nos explorou bastante, pagamos 400 pesos, mas só fomos perceber isso um tempo depois) e fomos para o hostel Mundo Jovem Catedral (não ficaria lá novamente, é muito pequeno e desconfortável, a única vantagem é a localização), deixamos as malas e partimos p explorar o centro histórico que fica ao lado do nosso hostel. Logo na praça tem um quiosque de informações ao turista (gratuito). Fomos ao Templo Mayor, Palácio do Governo Mexicano, Catedral Metropolitana da Cidade do México e Zócalo. Nossa ideia era fazer esses passeios pela manhã e a tarde irmos ao museu da Antropologia, mas não conseguimos, o cansaço bateu forte e decidimos ficar pelo centro mesmo, explorando o comercio, restaurantes, etc, e a noite ficamos no bar do hostel mesmo, já que no outro dia queríamos acordar cedo p ir visitar as Pirâmides de Teotihuacán.

Ah, uma dica legal: Nesse dia compramos um chip de uma operadora telefônica local p termos internet móvel.

598ddd1a86bab_celular224.jpg.e1a239df988335742938ac17af38f565.jpg

598ddd19700dd_MXICO2016195.JPG.02a6ed32972ce3d479358d2922baaafb.JPG

 

02 dia – Tínhamos lido na internet que daria p visitar as Pirâmides Aztecas de Teotihuacán por conta mesmo e assim o fizemos, acordamos as 6 da manhã e as 7hs já estavámos no metrô com destino ao terminal autobuses del norte. Como estávamos no centro (zocalo) fizemos o seguinte trajeto: pegamos a linha 2 até Hidalgo (sentido cuatro caminhos) depois pegamos a linha 3 até La Raza (sentido Indios Verdes), depois basta pegar a linha sentido Politecnico (linha 5) e descer no Autobuses del Norte. É bem simples, de lá pegue um ônibus na rodoviária que fica em frente. No terminal vá p o antepenúltimo guichê à esquerda de quem entra, diga que quer ir para “zona arqueológica” ou “las pirâmides”. Pagamos 46 pesos (ida e volta). Ah, levem bastante água, protetor solar e vá de tênis, o percurso é longo e cansativo, mas vale muiiiito a pena! É deslumbrante!!! E detalhe: vá cedo, qdo o sol está mais ameno e tem poucas pessoas, pq depois das 12 hs ficou lotado, mas nós já havíamos percorrido tudo, inclusive subido nas pirâmides a Lua e do Sol (uma experiência mágica!). Por volta das 13 hs fomos almoçar em um restaurante que fica do lado de fora da zona arqueológica, existem vários e irão te abordar loucamente qdo vc sair das pirâmides, oferecendo os restaurantes. A comida é simples, mas deliciosa.

Na volta tínhamos a ideia de ir p o museu da Frida, mas estávamos muito cansadas e como sabíamos que o museu fechava as 17hs, optamos por ir direto p o hostel, pois o tempo estava curto, mas se quiserem ir, peguem o metro em direção a cuatro caminhos e desça em Hidalgo, faça baldeação para a linha 03 (direção Univesidad) e desça em Coyocan.

Chegamos no hostel, tomamos um banho e ficamos no bar até dar o horário de nosso ônibus com destino a Oaxaca. (464 km)

OBS: para economizar tempo e dinheiro, viajamos muito a noite, já acordando na outra cidade. Foi tudo muito seguro e confortável. Ah, viagem sempre de ADO.

598ddd198400d_MXICO2016220.JPG.7abfdd72735ebffb013674682e655ee0.JPG

 

 

03 dia - OAXACA, OAXACA, MEXICO

 

Fizemos check-in no Hostel Andaina (que eu indico demais, é simples mas o atendimento é maravilhoso etem ótima localização!!!) Depois de tomarmos um super banho fomos andar pelo centro, existem várias feirinhas maravilhosas, tbm fomos ao Museu Regional e De Las Culturas de Oaxaca e Catedral de Oaxaca.

 

A tarde fomos as Ruínas de Monte Albán e Santa Maria Atzompa. Pegamos essa dica na internet e foi incrível: vá até a Rua Mina, 518 (no Hotel Riviera Del Angel) e lá pegue a van até o Monte Albán (70 pesos – ida e volta). A van sai de hora em hora: 13:30, 14:30, etc.... A entrada no Monte é de 60 pesos. Não contratamos guia, mas sempre tínhamos a mão o guia impresso, comprado em livraria aqui no Brasil. Quando saímos do Monte fomos ao Mercado Benito Juarez (a van nos deixa ao lado) esse mercado é ótimo p fazer compras. Ah, detalhe, sem dúvida é o lugar mais barato do México p se comprar Mezcal, então aproveitem e “chorem” pq uma garrafa que inicialmente sairia a 150 pesos, vc consegue comprar por 100 ou até mesmo 50!!! Bem ao lado tbm tem o Mercado 20 de novembro (com muitas comidas) foi ai que experimentei os famosos Chapullines (gafanhoto frito), que por sinal só tem gosto de pimenta!

598ddd19d7974_celular322.jpg.e9679c5e927dd2bbb23957fec54f1f06.jpg

 

04 dia – No hostel mesmo fechamos esse tour e valeu muito a pena. Fomos ao Sítio Arqueológico de Mitla (que é incrível!!!) depois a Arbol de Tule (que é a árvore mais antiga do mundo – mais de 2000 anos) tb fomos a Fabrica de Mezcal (experimentamos vários, já que esse regalo está incluso no tour, mas não compramos, pois os valores eram absurdamente caros comparados ao que vimos no dia anterior no mercado) e por fim fomos a Hierve el Agua - Cascadas Petrificadas- ( que lugar incrível! Levem roupa de banho e aproveitem pq é deslumbrante!!!!).

 

Chegamos no hostel, tomamos um banho e até dar o horário do nosso ônibus para San Cristóbal de Las Casas, fomos a um bar super interessante q fica em frente ao hostel.

 

(ônibus noturno – 600 km)

598ddd19973a1_MXICO2016256.JPG.0d1c87709b77c42a429b3fa075ba7d2d.JPG

 

SAN CRISTÓBAL DE LAS CASAS, MEXICO

 

05 dia – A viagem foi looonga, são apenas 600 km, mas que demoraram 9 hs já que a estrada é cheia de curvas. (quem tem problema com enjoo se prepare e leve remédios). Chegamos as 9hs, pegamos um taxi e fizemos check-in no Hostel Rossco Backpackers (que é ótimo!!!)

 

Como chegamos tarde e todos os passeios saem as 8hs da manhã, o jeito foi explorar a cidade mesmo. Ela é linda, fica no topo de uma montanha, e a cultura maya é fortíssima ainda. Lembra Búzios antigamente. Ruas repletas de barzinhos e comércios. A única coisa que me incomodou foi a abordagem excessiva de crianças vendendo artesanatos. No mais é maravilhoso! Ah, levam blusas de frio pq a cidade é gelada, principalmente a noite!

 

Para quem vai com mais tempo seguem algumas sugestões de passeios: Visitar o Cânion del Sumidero; as Cascadas de Chiflón e Lagunas Montebello.

 

No hostel mesmo, contratamos um passeio p o dia seguinte: para Cascadas Agua Azul, Misol-Ha e as ruínas de Toniná em Ocosingo e Parque Nacional de Palenque. Ah, outra dica importante: como nossa intenção era ir p Mérida, vimos que era possível fazer esse passeio e ficar já em Palenque e de lá pegarmos o ônibus p Mérida, basta deixar acordado no hostel que ele avisará ao motorista da van que ao final do passeio te deixará na rodoviária.

598ddd1a08c05_celular451.jpg.11cc45cf6706c0ab627b0a4390b45493.jpg

 

 

PALENQUE, CHIAPAS, MEXICO

 

06 dia – As 5hs da manhã saímos para o passeio em Palenque (219 km feitos em 6hs de viagem – são muiiitas curvas pelas montanhas)

A primeira parada foi no Parque água azul, que pelos vídeos e fotos q tínhamos visto é lindo, mas infelizmente no dia q fomos tinha chovido e a água azul se transformou em marrom. De lá seguimos p Cascata Misol-Há, que é muito bonita, mas não achei nada demais. Almoçamos lá e fomos conhecer o Sitio Arqueológico, que é magnifico!!! Esse sim valeu todo o esforço da longa e cansativa viagem na van. No final do dia, como havíamos combinado, o motorista nos deixou na rodoviária, e a noite fomos p Mérida. (ônibus noturno–537 km)

 

 

MÉRIDA, MÉXICO

 

07 dia –Chegamos as 5 da manhã e fomos p o Hotel Reforma (nosso check-in era as 8hs e liberaram o quarto assim q chegamos. Tb indico muito esse hotel.) Logo que demos entrada já fechamos um tour para UXMAL, p conhecermos o Sítio Maia - pirâmide do Mago. Foi um passeio muito agradável, o almoço estava incluso no valor do tour. No final do dia chegamos no hotel e fomos aproveitar a piscina.

 

08 dia – Compramos um tour para Chichen Itza e Cenote Ik-Kil (122 km de Mérida). Como nossa intenção era ir nesse mesmo dia p Playa del Carmen, e sabíamos que era caminho, conversamos com o recepcionista do hotel que nos disse poderíamos levar nossas malas e após o passeio o motorista da van nos deixaria no ponto onde o ônibus p Riviera Maia passaria, e assim fizemos.

 

Saímos tarde do hotel, por volta das 9:30 e chegamos em Chichen Itza com o sol escaldante. Foi o único lugar que pegamos uma fila imensa p comprar os bilhetes (um no valor de 167 pesos e outro por 65 pesos). Levem muito protetor solar, água e chapéu. Lá mesmo tem um guichê da ADO onde compramos nossas passagens p Playa. Depois desse passeio seguimos p o Cenote Ik-Kil, que é magnifico! Levem roupa de banho pq é até pecado ir nesse lugar e não dar um mergulho rs, p nós foi revigorante, ainda mais depois do calor que passamos nas ruínas. Em seguida fomos almoçar (detalhe, no México eles não se preocupam muito com horário de almoço, então faça sempre um café da manhã reforçado e leve em sua mochila alguns lanches pq o almoço mesmo nunca sai antes das 15, 16 hs.)

 

598ddd19c5bab_MXICO2016320.JPG.f03e0d797e65faf7b3e805bb10a2be6b.JPG

598ddd1a29c32_celular576.jpg.089e4fd23fdd8a3790402b3864497de5.jpg

 

Depois pegamos o ônibus p Playa e chegamos lá no inicio da noite. Lá ficamos no hotel Tucan (foi uma excelente escolha: barato, bonito, bem localizado e aconchegante) depois de um banho fomos passear na 5ª avenida

 

 

PLAYA DEL CARMEN, QUINTANA ROO, MÉXICO

 

09 dia – Tiramos esse dia p curtir Playa Del Carmen, afinal depois dessa maratona de ruínas foi mais que merecido né rs. Nossa intenção era ir a noite tomar um drink em Alux (restaurante em uma Caverna) mas não tivemos forças, mas fica a dica!

 

10 dia – Acordamos cedo e seguimos para o terminal do ferry (fica a uma quadra do início da Quinta Avenida) a programação foi ir p Cozumel fazer mergulho! E foi incrível!!! Logo qdo vc estiver indo p o ferry será abordado por vários guias vendendo passeios, recusamos todos e ao final, já no local onde se compra os bilhetes fechamos o passeio p mergulhar com os peixes em alto mar (saiu mais barato). Vale muito a pena, no valor do tour está incluso bebidas a vontade no barco, com direito a 3 paradas p mergulho com snorkel. Ah eles tb oferecem um serviço de fotos no mergulho (com o valor a parte de 200 pesos – e não me arrependi de ter fechado). Depois do passeio fomos almoçar e vimos que tinham vários carros p alugar, mas como já estava tarde não compensaria pagar 700 pesos p ficarmos poucas horas com o carro, já que não tinha desconto e teríamos que pagar o valor total da diária, mas p quem tem tempo vale muito a pena! Voltamos p Playa e a noite fomos p um barzinho lindo a beira mar (Fusion bar)

 

11 dia – Logo de manhã pegamos uma van p Tulum – o ponto dela é perto da 5ª avenida e do ferry. Fomos conhecer a Zona Arqueológica de ruínas Mayas. O nosso erro foi ter feito esse passeio em um domingo (dia em que os Mexicanos não pagam as entradas) e por isso estava lotado, com filas gigantes p se pegar o trenzinho q te deixa na entrada das ruinas. Aqui fica outra dica: achávamos que o percurso era longe e por isso ficamos na fila, mas qdo chegou nossa vez deu vontade de chorar rsrs é muitoo perto e dá p se fazer esse percurso tranquilamente andando, sem necessidade de transfer.

Bem, o sol estava escaldante, mas valeu a pena cada gota de suor pq é deslumbrante! Depois desse passeio seguimos a pé p a Praia Paraiso (eleita a 4ª praia mais bonita do mundo) alí passamos o resto do dia. Na volta pegamos um táxi q nos deixou no ponto p pegar a van p Playa. E a noite fomos as compras na 5ª avenida.

598ddd195e451_MXICO2016337.JPG.a9c40f554422ab299a26b91022e68fc0.JPG

 

 

12 dia – Como iriamos fazer vários mergulhos nesse dia, resolvemos alugar uma gopro (50 dolares – valeu muito a pena) Pegamos novamente a van p Akumal (é a mesma q vai até Tulum, mas basta vc pedir q pare em Akumal). Caminhamos até a praia e vc é constantemente abordado por guias querendo vender passeios. (tb pegamos essa dica na internet: Não precisa fechar nenhum passeio. Compramos em Playa nossos snorkels (50 pesos) e seguimos p a praia. Lá vc pode alugar colete salva vidas e guardar sua mochila, entrar no mar e pronto!!!! Verá as tartarugas marinhas gigantes!!! Vimos ao todo 5 e foi lindo!

 

Depois do mergulho voltamos ao ponto onde a van nos deixou e logo outra passou, a pegamos e pedimos que nos deixasse no Cenote dos Ojos. Logo na entrada tem um quiosque onde vendem o ticket da entrada. Eu achei o serviço deles bem precário, pq ao nos falarem q o cenote ficava a 3 kms perguntamos se não tinha um transporte e nos informaram q tinham mas q o rapaz já havia ido embora e teríamos q ir a pé. Foi muito tenso.... calor terrível, pernas doendo e uma caminhada sem fim, a nossa sorte foi que no meio do caminho uma francesa, muito simpática, passou de carro e parou nos dando carona até a entrada do cenote. Depois fomos descobrir q na verdade foi uma grande má vontade do rapaz do quiosque, pq o rapaz que faz o transporte de van estava no cenote e nos disse q não o informaram q tinham clientes solicitando transporte, caso contrário ele teria ido nos buscar... enfim... coisas do México...

Mas vamos a coisas boas... o Cenote é simplesmente maravilhoso!!! Água transparente!!! Um lugar lindo e inesquecível!!! Sem dúvida é uma parada obrigatória!!!

 

598ddd1a620da_celular719.jpg.e159787869d61360501fce5c57a74bf7.jpg

 

CANCUN, MÉXICO

 

DIA 13 – Acordamos cedo e partimos para Cancún. Pegamos um ônibus na rodoviária perto do ferry, aproximadamente 1 hora de viagem. Em Cancún ficamos no Paradisus Cancun All Inclusive Resort, um achado pelo Hoteis.com (super recomendo!!! é lindo, atendimento maravilhoso, comidas e bebidas incríveis!!!) Se pode fazer check-in a partir das 9hs, com a liberação do quarto as 12hs mas vc pode usufruir de todo o conforto do all inclusive logo que chega.

 

DIA 14 – Ficamos no Resort aproveitando o all inclusive. Tomando algumas margueritas de frente ao espetacular mar do caribe!

 

DIA 15 – As 13hs tínhamos que fazer o check-out, mas como nosso voo era apenas as 23:55hs liberamos o quarto mas nos deixaram continuar no hotel, usufruindo de tudo. Reservamos p usar o vestiário no inicio da noite e partimos p aeroporto. Foi maravilhoso! Recomendo muito este resort.

 

E assim chegou ao fim nossa jornada por esse país tão peculiar. Rico em história e em lazer! O único ponto negativo que eu achei foi o excesso de propinas (gorjetas) que temos que pagar, é simplesmente p tudo, até p pedir uma informação...e se vc não der fazem cara feia e te cobram na cara dura (ao menos nós passamos por isso algumas vezes rsrs) masss , são questões culturais ... Acho que nós brasileiros somos os que dão as propinas mais baixas, pq quando eu via um europeu dando 200, 300 pesos em gorgeta p garçon eu até fica constrangida rsrs, masss vms pensar que 1 euro vale 23 pesos né... assim fica fácil.

  • Gostei! 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 meses depois...
  • 2 meses depois...
  • 2 meses depois...
  • 2 meses depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...