Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Adren-Aline

Tailândia - Camboja - Laos - Turquia (apenas falando hot-dog em inglês)

Posts Recomendados

LUANG PRABANG - DIA 3

 

Nesse dia acordei tarde, bati perna e deixei pra fazer o monte Poushi já próximo ao por do sol. Chegue cedo já que esse horário é bem concorrido. É bonito? Sim, mas confesso que já vi melhores. O local é bem fácil de chegar. Fica no centro próximo a pousada. A subida cansa os despreparados, mas dá pra ir parando com calma. No caminho vemos várias estátuas.

Fiquei até o início da noite, momento onde os turistas já foram e os moradores locais aparecem para namorar ou fazer atividade física. A descida é perigosa nesse horário, nada que a lanterna do celular não resolva. Me "perdi" na descida. Não sei como, subi por um lado e desci pelo outro. Mas como já me sentia em casa por lá, foi fácil retornar a pousada.

 

IMG_20170323_165626837.jpg.5e44779a4331ca2ab556262d4bd22cb2.jpg

 

Alguns custos:

Ingresso Poushi: 20000 kips

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

LUANG PRABANG - DIA 4

 

Acordei bem cedinho para ver a ronda das almas, momento em que os monges saem em filinha indiana para arrecadar a comida que será consumida durante todo o dia. Claro que tem um significado mais espiritual e tal, mas não sei embelezar essas coisas rs. Então... A pousada é caminho da ronda mas eu preferi saí cedo e pegar o início do "evento". Durante todo o percurso banquinhos são colocados e comidas são vendidas para os turistas participarem doando os alimentos. Gostei muito!

IMG_20170324_062010731_HDR.jpg.a8cd6156b25e41e9aa62d825f0efa603.jpg

 

É chegada a hora é hora de partir me dá uma dor no peito ter que ir embora e te deixar aqui!

 

Reservei um translado para o aeroporto por 30000kips. Era chegado o momento mais tenso da viagem: entrar pela terceira vez na Tailândia.

Tenso pq? Antes de viajar entrei em contato com a embaixada tailandesa aqui no Brasil por email e telefone. Eles me informaram que dentro do período de 90 dias do visto de turista eu poderia dá 2 entradas e saídas no país. Com o retorno do Laos essa seria a terceira entrada ::putz:: .

Então estava bem tensa qd cheguei ao aeroporto de Don Muang. A fila da imigração demorou de andar e qd cheguei no oficial senti que foi diferente das duas primeiras vezes. Ele pediu mais informações. Me obrigou a mostrar a passagem de retorno para o Brasil (pelo menos foi isso que entendi e foi isso entreguei ). A passagem estava em português, ele olhou olhou acho que não entendeu nada e por fim me liberou. Ufa! Nem sei o que faria caso desse algum babado. Entao só depois de passar pela imigração reservei um hotel pelo booking. O GreenHouse na Rambuttri 240 bahts. Sabia chegar e era super barato! Dessa vez resolvi experimentar o sistema de translado compartilhado. Achei super confortável e prático, custa 150 bahts por pessoa. Ele não te leva na porta do hotel, a parada final é entre a Rambuttri e a Kaos San Road. Um depósito de 500 bahts é obrigatório! O quarto tem inúmeras camas, o banheiro não é dos melhores, não possui locker para malas grandes, apenas para pequenos pertences. Mas tava valendo. Tomei um banho e fui aproveitar minha última noite no continente asiático. Antes disso fui fazer a reserva do translado para o aeroporto pela manhã 150 bahts. Não lembro o nome do local. Mas fica na KSR.

Massagem, comida, cerveja, música e fim da noite.

Na manhã seguinte o translado chegou pontualmente para me levar de volta a realidade...

 

No to be continued.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Aline!

Muito massa a sua trip!

Vou fazer o mesmo roteiro, porém em 19 dias...

Você acha que USD 700,00 dá para sobreviver (Rango, passeios, transporte...) ? É o que tá tendo! kkkkk

 

E também vou em março... no calor do krai! kkkk

Obrigada!

Bj

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Aline, tudo bom? Gostei bastante do Relato de Viagem">relato! Gostaria de tirar uma dúvida: Como você fazia pra levar o dinheiro de um lado para o outro, especialmente nos momentos em que iria se molhar (Exemplo: Passeio das ilhas e banho nos elefantes)? Usava alguma doleira a prova de água? Normalmente fico sempre com o dinheiro na doleira junto ao corpo, mas nessas situações não tem como ficar e confiar em deixar dinheiro no hotel é complicado...

Andou com o passaporte pra todo o lado ou usava cópia (deixava passaporte no locker do hostel)?

 

Obrigado pela ajuda!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
25 minutes ago, nato_bh said:

Olá Aline, tudo bom? Gostei bastante do relato! Gostaria de tirar uma dúvida: Como você fazia pra levar o dinheiro de um lado para o outro, especialmente nos momentos em que iria se molhar (Exemplo: Passeio das ilhas e banho nos elefantes)? Usava alguma doleira a prova de água? Normalmente fico sempre com o dinheiro na doleira junto ao corpo, mas nessas situações não tem como ficar e confiar em deixar dinheiro no hotel é complicado...

Andou com o passaporte pra todo o lado ou usava cópia (deixava passaporte no locker do hostel)?

 

Obrigado pela ajuda!

Fala meu caro. Olha, eu variava muito a depender da confiança que eu tinha no local. Mas pelo menos metade da minha grana estava sempre grudada ao meu corpo rs. Comprei uma cinta como a da foto abaixo, só que toda preta. Achei ela muito mais prática, discreta e confortável que a doleira. Se passada de boa como um cinto. O que fazia era dobrar os dólares no sentido do comprimento. Já quando o assunto era água eu comprei um daqueles porta celulares estanque. Então prendia na cintura ou pescoço e ia pra água. O passaporte eu tinha uma cópia, mas geralmente levava o original comigo quando saía, pra isso comecei a usar shorts de trilhas que vendem na Decathlon com zíper do bolso e que cabe perfeitamente o passaporte. Em alguns hostels não desgrudava de nada disso nem na hora de dormir ou ir ao banheiro. Exagero? Talvez! Mas segurança é tudo.

Ahhh só lembrando que os "crimes" por lá segundo pesquisei, está mais relacionado a furtos (mala, locker e quarto). Dificilmente ocorre roubo por meio de ameaça a pessoa diretamente.

unnamed.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado pela resposta Aline! Meu último mochilão de praia foi pro México e mesmo comprando esses plásticos a prova d'água não tive coragem de colocar meu passaporte dentro e ir nadar...Rsrs...Imagina se entra água? Sofro nessas viagens de praia com isso... Hora eu vou nadar, hora minha esposa...Quase nunca juntos...Gostei da dica do falso cinto!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 14/09/2017 em 12:52, Renatinha Ferreira disse:

Olá Aline!

Muito massa a sua trip!

Vou fazer o mesmo roteiro, porém em 19 dias...

Você acha que USD 700,00 dá para sobreviver (Rango, passeios, transporte...) ? É o que tá tendo! kkkkk

 

E também vou em março... no calor do krai! kkkk

Obrigada!

Bj

Temos um grupo no whats só de quem vai pra Tailandia 2018

 

https://chat.whatsapp.com/0Dx1VGETXjNHqY1bxLPpmx

 

só entrar!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por Bruno Miguel
      Pessoal,
      A temporada 2019/2020 está começando na Tailândia e outros países do sudeste asiático e queria dizer que estamos ajudando os brasileiros e organizando passeios pelo país, com guias em português, principalmente nas Ilhas Phi Phi. Aos interessados, é só entrar em contato o pessoal do @passeiosemphiphi | https://www.instagram.com/passeiosemphiphi/ ou mesmo o passeiosemphiphi.com
      A ideia é principalmente ajudar àqueles que nunca viajaram antes, não dominam o inglês e que querem ficar mais tranquilos ao chegar no país.
       
      E aqui tem muitas dicas também sobre a Tailândia, como planejar e dicas de roteiro de 12, 15, 20 e 30 dias pelo país: https://naproadavida.com/viagem-para-a-tailandia/
    • Por AnaMoreira19
      Galera, estou planejando um mochilão pela Ásia com duração de aproximadamente 60 dias começando em março/2020 e gostaria de uma ajuda com o roteiro/gastos.
      A principio, o roteiro básico seria:
      Coréia do sul (entre 15 a 30 dias)
      Taiwan (1 semana)
      Tailândia (1 semana)
      Camboja (1 semana)
      Vietnã (1 semana)
      Vocês acham viável ter uma media de US$50,00 gastos p/dia (alimentação, hospedagem, transportes e passeios), sendo o meu orçamento máximo de US$5000?
      PS: Na Coréia, como é o país mais caro, tentaria Worldpackers para economizar com hospedagem, por isso planejei ficar mais tempo. E os voos entre os países não entram no valor de 5000 dólares.


×
×
  • Criar Novo...