Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

América Central e México - 30 dias


Posts Recomendados

  • Respostas 160
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • Membros

Obrigado pela resposta.

Eu estarei indo para Orlando e Cáncun com a minha família, e a partir daí, terei 11 dias para rodar Belize, Guatemala e Cidade do México, sozinho. É muita coisa para pouco tempo, então vou precisar otimizar o meu tempo de viajem. Estou pensando em passar por Caye Caulker, Tikal, Semuc Champey, Antigua e Lago Atitlan. Depois tenho um voo Guatemala City - México City - Miami - Rio. Ficando 3 dias na Cid. do México. Vou ver a possibilidade de alugar um carro em Flores e devolver em Guatemala City airport. Qualquer sugestão é bem vinda. Valeu.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 mês depois...
  • Membros
Guatemala

 

Cruzar a fronteira de Honduras para a Guatemala foi extremamente rápido, não há filas e nem vistorias demoradas.

A cidade de Guatemala parece ser uma das capitais mais desenvolvidas da América Central. É possível ver carros importados, grandes edifícios comerciais, shoppings e etc. Na volta para o brasil conheci um cearense que está trabalhando em um projeto para mudar toda a frota de ônibus, eles vão comprar ônibus novos para capital e os velhos vão para os municípios mais pobres.

A passagem por Antigua foi surpreendente, é uma cidade pequena e muito tranquila. No passado foi a capital da Guatemala e as igrejas e construções antigas estão todas muito bem conservadas.

Fiquei em um hostel em frente a rodoviária chamado A place to stay (40 quetzáles). Ao lado da rodoviária está o Mercado de Artesanias e mais a frente a avenida principal. Fiz dois passeios desde Antigua, um ao vulcão Pacaya(50 quetzáles) e outro ao Lago Atitlán(240 Quetzáles).

No vulcão Pacaya é possível ver lava escorredo a 1m de distância e assar marshmallows. A subida é de 1200m e demora em torno de 1h, a dica é ir com calçados adequados e levar água. Fui com minhas botas e não tive problemas mas teve gente que quase derreteu a sola do tênis.

De Antigua fui a Lanquin em um transporte privado(US$15), é a cidade que está mais próxima de Semuc Champey, fica a 7h de Antigua. O hostel El Retiro é sem dúvida o melhor de todos onde já fiquei. Os quartos são bungalows para 4 pessoas e custam 35 quetzáles. Acordar no pé de uma montanha e poder tomar banho no rio era simplesmente demais, faziamos fogueira todas as noites e conversavamos até tarde. Depois de uns 15 dias sem se ver as garotas da Suécia elas chegaram ao mesmo hostel, impressionante, mas eu tive que partir no dia seguinte. Elas estavam bem e já tinham comprado uma câmera nova.

Para ir a Semuc Champey não contratei nenhum passeio. Peguei um caminhão tipo pau-de-arara (20 quetzáles) e para entrar no parque paquei somente 30 quetzáles porque disse que era Guatemalteco (Estrangeiros pagam 50).

Semuc Champey é uma grande obra da natureza. É formada por diversas poças que estão dispostas lado a lado desde de uma nascente de água como se fosse uma escada. Gostei tanto do lugar que acabei ficando por lá até o final da tarde e quando voltei já era um pouco tarde para visitar a grutas de Lanquin.

Próxima parada na Guatemala foi nas ruínas de Tikal. O trasnporte privado de Lanquin à cidade de Flores custou US$15(7h de viagem), fiquei 2 noites em Flores e depois fui para o México.

O busão de Flores à Tikal pela San Juan del Sur custou 60 quetzáles(ida e volta) e a entrada no parque 150. Fui no primeiro ônibus da manhã, foram me buscar no hotel às 5 em ponto. O ideal é visitar o parque o mais cedo possível pois dá pra ver o sol nascendo e é melhor para caminhar e fotografar (depois das 9 da manhã faz calor e os turistas já estão por todos os lados). Comparando com outras ruínas que visitei a única vantagem que vi em Tikal foi o fato de poder subir nos templos. As construções estão bastante destruídas e vários trechos não se podem visitar porque estão em restauração.

 

Curiosidades:

• Ricardo Arjona é um cantor Guatemalteco que faz muito sucesso em toda a América Central. Nessas andanças por ai encontrei na Nicarágua um taxista que estava sofrendo de amores e tocou umas três vezes seguidas a música chamada história de taxi.

• O império Maya dominou toda a região onde hoje estão os países México, Belize, Guatemala e Honduras.

• O Quetzal, que é uma espécie de pássaro, está estampado na bandeira e nas moedas da Guatemala.

 

20100412104657.JPG

Semuc Champey - Guatemala

 

20100412104753.JPG

Cabana em El retiro - Lanquin

 

20100412104838.JPG

Templo I - Tikal

 

México

 

Minha entrada no México foi pelo estado de Chiapas. Tomei um ônibus com San Juan del Sur em Flores (265 Quetzáles) e no preço da passagem estava incluso o traslado até a saída da Guatemala, um barco para percorrer um rio até o lado mexicano e outro ônibus a Palenque.

Na saída da Guatemala eles cobram 40 quetzáles ao carimbar o passaporte, com exceção de um casal mexicano todos pagaram.

De Palenque fui direto a Mérida, pulei as ruínas de Palenque porque já tinha ido a Tikal e o que queria mesmo era ver a ruínas de Chichen Itzá. Enquanto esperava o busão pra Mérida dei uma volta pelo centro de Palenque e usei internet(10 pesos 1h).

Chichen Itzá é uma das 7 maravilhas do mundo moderno (Já conheço 3, hahaha) e realmente vale a pena visitar(120 pesos). As ruínas estão todas próximas umas das outras e em ótimo estado de conservação. Desde Mérida até Cancun fiz os trajetos pela empresa Oriente:

• Mérida > Chichen Itzá: 63 pesos (1h e 40min)

• Chichen Itzá > Cancún: 114 pesos (3h)

Em Cancún fiquei no hotel las palmas, próximo ao terminal da Ado, paguei 120 pesos(Dormitório com café da manhã).

Ir do terminal até Isla Mujeres foi muito fácil, peguei um transporte publico até o Gran Puerto(5 pesos) e lá comprei as passagens de ida e volta para a ilha(140 pesos). Os barcos saem a cada 30min, no horário de 9 da noite às 6 da manhã passa a ser 1 a cada hora.

Depois de dar uma volta pela praia em Punta Norte voltei para o porto para fazer um passeio que me pareceu bastante atrativo. Custou US$25 fazer snorkeling na ilha com direito a nadar com tubarões, ver um show de golfinhos e almoço (Buffet). Neste mesmo dia fui curtir a noite em uma casa de show chamada Coco Bongo (US$50 entrada com direito a shows e open bar), fica na zona hoteleira de Cancún. No dia seguinte acordei por volta do meio dia, almoçei (45 pesos) e fui a Playa del Carmen.

 

Playa del Carmen

 

Playa del Carmen é um local central para se movimentar a qualquer parte do litoral caribenho do México.

Assim como nas outras praias a água tem um azul impressionante, a areia é branquinha, a cerveja é gelada e as mulheres fazem topless durante todo o dia.

Outra atração de Playa del Carmen é a 5° avenida, trata-se de uma grande avenida comercial onde é possível encontrar diversos tipo de artesanato, roupas para todos os gostos, máscaras, jóias, bolsas, restaurantes e muito mais.

Para ir às ruínas de Tulum peguei uma van (35 pesos) próximo ao terminal de ônibus e em 40min estava lá. A entrada no parque custou 51 pesos e estas ruínas, que também foram construídas pelos Mayas, estão na beira da Praia. O visual é muito bonito.

Outro tour interessante foi fazer snorkeling em Cenote jardin del Edhen (São como cavernas com água, é algo bem diferente). Para chegar até lá tive que pegar a mesma van que vai a Tulum e paguei somente 25 pesos.

No hostel onde estava, Youth Hostel Playa(120 pesos), ganhei 2 cortesias para ir a uma discoteca chamada Brahma e pude aproveitar bastante as noites em Playa del Carmen. Lá também tem o Coco Bongo, barzinhos onde rola show de reggae ao vivo e diversas outras discotecas.

Enfim, depois de 30 dias fora do Brasil já era hora de voltar pra casa. Busão de Playa de Carmen até o Aeroporto de Cancún custou 114 pesos e para deixar o México tive que pagar US$22 (Um absurdo). O meu voo de Cancún ao Rio de Janeiro foi tranquilo, fiz uma conexão no Panamá e chegando ao Rio já tomei o outro voo para Fortaleza.

 

Curiosidades

• Em 21 de dezembro de 2012 se encerra mais um ciclo na contagem do calendário Maya para dar início a uma nova era. Com toda a expectativa em torno desta data pessoas se aproveitam da situação para fazer interpretações incorretas e criam hipóteses sobre o fim do mundo.

• Programas como El Chavo del Ocho (Chaves) e El Chapulín Colorado podem ser vistos em todos os países da América Central, assim como no Brasil. Não sei qual é o segredo de tanto sucesso mas mesmo depois de 40 anos é uma grande atração inclusive na TV por assinatura.

 

 

20100412104305.JPG

Chichen Itzá

 

20100412104423.JPG

Ruínas em Tulum

 

20100412104614.JPG

Praia em Isla Mujeres

 

Ei Paulera muito bom seu relato me da uma ajuda vou fazer esse trajeto inverso queria umas dicas de transporte de Belize para guatemala , vc sabe me dizer se tem onibus direto da guatemala para Costa Rica. vlw

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • Membros

Paulão tudo blz??!!

 

Estou planejando fazer o mesmo roteiro que o seu, Mais as passagens estão muito caro!! em torno de 2500.00 para o mês de janeiro!!

 

Me ajuda ai, como você fez para acha essa passagens no tempo que você foi ou voce tem alguma outra dica ou outro país que fica mais conta.

vou sair do rio de janeiro.

abços ::tchann::::hahaha::

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Muito loko heinn.

 

Como que é as migrações entre os países, exemplo: ao chegar no Panamá você ainda não tinha comprado os bilhetes para Costa Rica. É tranquilo essa parte ?

 

De Guatemala até o México, quanto tempo demora ? e até Playa del Carmen ?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Igor,

 

Na Imigração do Panamá foi tranquilo, pediram somente o passaporte e o certificado de vacinação.

 

Existe mais de uma rota da Guatemala pro México, se o objetivo é chegar a Playa del Carmen você pode ir por Belize.

Não sei te dizer quantas horas, você tem que definir primeiro local de saída e chegada.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 semanas depois...
  • 7 meses depois...
  • Membros

ola li o seu relato, muito bom e fotos lindas, gostaria de fazer algumas perguntas, dos paises da america central qual deles precisa mesmo de visto, pelo que li os hoteis sao bem baratos, vendo as condiçoes dos paises e das estradas, vc acha que e possivel fazer a america central de carro...

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...