Use o menu Tags para buscar informações sobre destinos! - Clique aqui e confira outras mudanças!

Ir para conteúdo
HFaber

De Cracóvia a Amsterdam

Posts Recomendados

E aí, galera! Beleza?

 

Embora seja meu primeiro post, gostaria de agradecer imensamente as informações aqui compartilhadas que tanto ajudam na elaboração de um roteiro, bem como nas demais preocupações relacionadas a uma viagem.

Em setembro farei um mochilão para a Europa. Já tive a oportunidade de fazer outros mochilões (Bolívia e Peru; Argentina e Uruguai) na companhia de amigos, mas essa será minha primeira experiência sozinho.

 

Dessa forma, gostaria de compartilhar com vocês meu roteiro, que tem como partida São Paulo (GRU) e destino Amsterdam (SCH). Sairei dia 10/09/2017 e retornarei a SP dia 09/10/2017.

 

Após pesquisas, relatos e muita reflexão, conclui que, ainda que seja a primeira viagem à Europa, gostaria de fazer um roteiro um roteiro que abrangesse um pouco das cidades ao “Leste”, como Cracóvia, Budapeste, Viena e Praga.

 

Sei que, inicialmente, a logística não é a mais simples. Com certeza seria mais fácil iniciar pela Cracóvia e retornar por Amsterdam. Entretanto, nas simulações que realizei, ainda que mais caro, conclui que seria mais viável e rápido o deslocamento de Amsterdam para Cracóvia, que será o ponto de partida da viagem.

 

Estarei na Cracóvia no dia 11/09/2017 e de lá retornarei a Amsterdam com o seguinte trajeto:

11/09: Cracóvia

12/09: Cracóvia

13/09: Cracóvia – Budapeste (ônibus noturno da FlixBus com saída às 23:59)

14/09: Budapeste (chegada às 07:00)

15/09: Budapeste

16/09: Budapeste

17/09: Budapeste – Bratislava (ônibus da RegioJet com saída às 11:15 e chegada a Bratislava às 14:45). Dormirei em Bratislava

18/09: Bratislava – Viena (tendo em vista que o trajeto é curto, ainda não defini o horário de saída, mas pretendo chegar antes do escurecer em Viena)

19/09: Viena

20/09: Viena

21/09: Viena

22/09: Viena – Praga (farei o trajeto também de ônibus e pretendo chegar ao final da tarde);

23/09: Praga

24/09: Praga

25/09: Praga – Dresden (farei o trajeto também de ônibus e pretendo chegar ao final da tarde. Dormirei em Dresden);

26/09: Dresden – Berlim (chegada ao final da tarde)

27/09: Berlim

28/09: Berlim

29/09: Berlim

30/09: Berlim

01/10: Berlim – Colônia (esse, após o trecho Amsterdam x Cracóvia (avião) será o mais longo da viagem). Ainda não defini a forma de me locomover.

02/10: Colônia

03/10: Colônia – Bruxelas (ônibus)

04/10: Bruxelas (possivelmente um bate-volta a Bruges ou Gant)

05/10: Bruxelas

06/10: Bruxelas – Amsterdam

07/10: Amsterdam

08/10: Amsterdam

09/10: Amsterdam – São Paulo

 

Estipulei o roteiro e os dias em cada cidade baseado em relatos, em conversas com amigos que tiveram a oportunidade de conhecer alguns dos lugares e baseado naquilo que curto fazer em uma trip, como caminhar pela cidade, observar o fluxo, tomar uma boa cerveja e conhecer os principais pontos, sem tanta necessidade de passar o dia em museus.

 

Dessa forma, quem tiver alguma dica, ou sugestão de quantidade de dias ou mesmo deslocamentos, hostels, bares, lugares será muito bem vinda!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dentro do que você falou, na minha opinião estaria um roteiro bom, sem nada para alterar.

 

No máximo algum ajuste pequeno aqui e ali se algum horário de transporte não encaixar direito ou for muito caro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu viajei de Colônia para Berlim pela Air Berlin, foi uma passagem extremamente barata (algo como 25 euros à época) e uma viagem de 1h. Se achar bons preços, recomendo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Dentro do que você falou, na minha opinião estaria um roteiro bom, sem nada para alterar.

 

No máximo algum ajuste pequeno aqui e ali se algum horário de transporte não encaixar direito ou for muito caro.

 

 

Alguns dos trechos, principalmente os mais longos, pretendo comprar com antecedência para facilitar a trip e economizar...

Valeu!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Eu viajei de Colônia para Berlim pela Air Berlin, foi uma passagem extremamente barata (algo como 25 euros à época) e uma viagem de 1h. Se achar bons preços, recomendo!

 

Fala João!! Obrigado pela dica.

 

Encontrei alguns passagens realmente baratas. Talvez a melhor opção realmente seja avião em razão do tempo..

 

Você chegou a ficar um tempo em Colônia? Curtiu lá? Teria alguma outra sugestão nas redondezas?

 

Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, eu fui pra Colônia porque tinha uma amiga lá, não achei nada de mais a cidade. Tem seu valor, mas longe de ser imperdível, considero que tem lugares bem mais interessantes que podem ser encaixados no seu roteiro.

 

Sugiro, por exemplo, dormir uma noite em Ghent, achei sensacional a noite lá. Brugge não conheci, mas é mais ou menos a mesma vibe. Gostei muito mais do que Bruxelas, então acho bate-volta pouco tempo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Colônia é uma cidade interessante, mas da mesma forma que o João, pessoal eu acho Colônia uma cidade sem nada demais, principalmente se for comprar com as outras cidades do seu roteiro.

 

Uma sugestão caso você queira variar um pouco o estilo de cidade, seria passar por Hamburgo ao invés de Colônia.

 

Pesquise um pouco a respeito, para ver se lhe agrada e se é fácil e barato chegar em Bruxelas saindo de Hamburgo nas datas que você precisa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
adrianolb[/url]"]1285470 Colônia é uma cidade interessante, mas da mesma forma que o João, pessoal eu acho Colônia uma cidade sem nada demais, principalmente se for comprar com as outras cidades do seu roteiro.

 

Uma sugestão caso você queira variar um pouco o estilo de cidade, seria passar por Hamburgo ao invés de Colônia.

 

Pesquise um pouco a respeito, para ver se lhe agrada e se é fácil e barato chegar em Bruxelas saindo de Hamburgo nas datas que você precisa.

 

Fala, Adriano!

 

Bom ter algumas impressões da cidade. Motiva a pesquisar mais e concluir se realmente se não teria algo mais interessante.

 

Não havia pensado em Hamburgo, já que está mais ao norte. Colônia seria a cidade de conexão entre Berlim e Bruxelas.

 

Vou dar uma pesquisada e ver se é viável a ida para lá. Ou se eventualmente deixo Colônia de lado e distribuo os dias em outras cidades hahaha

 

 

Cara, eu fui pra Colônia porque tinha uma amiga lá, não achei nada de mais a cidade. Tem seu valor, mas longe de ser imperdível, considero que tem lugares bem mais interessantes que podem ser encaixados no seu roteiro.

 

Sugiro, por exemplo, dormir uma noite em Ghent, achei sensacional a noite lá. Brugge não conheci, mas é mais ou menos a mesma vibe. Gostei muito mais do que Bruxelas, então acho bate-volta pouco tempo.

 

Andei pesquisando um pouco mais sobre Colônia e talvez não tenha lá tantas coisas que tomem quase que 3 dias (duas noites). Inicialmente tinha colocado no trajeto uma vez que seria uma cidade de conexão entre Berlim e Bruxelas, além de parecer uma cidade bacana.

 

Pensei na possibilidade de ir direto de Berlim para Bruxelas. Os dias que ficaria em Colônia, dividiria entre outras cidades do roteiro, como por exemplo Berlim. Mas aí talvez seriam muitos dias por lá haha Preciso repensar..

 

Ghent parece ser bem legal! Acredito que vou considerar dormir uma noite por lá.. E de lá tambem ficaria facil pra ir pra Amsterdam!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ir de Ghent para Amsterdam é realmente muito fácil, dá tranquilamente para fazer Bruxelas - Ghent, dormir lá e no dia seguinte vai para Amsterdam.

 

Recomendo olhar na Eurolines, os preços de ônibus para este trecho são excelentes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

João,

Dei uma olhada nas opções de transporte e acredito que não vou encontrar dificuldades. Já adaptei meu roteiro considerando uma noite em Gent! Valeu pela ajuda!

 

 

Adriano,

 

Obrigado pela dica.

 

Andei pesquisando sobre Hamburgo e curti muito a cidade. Pensei na possibilidade de tirar um dia de Viena e um de Berlim e, dessa forma, chegaria em Hamburgo na sexta-feira dia 29/09 e ficaria até a segunda de manhã, dia 02/10. De lá, pegaria um vôo para Bruxelas.

 

Com relação a essa possibilidade, será que ficaria viável o tempo em Viena (3 dias (tirando os trajetos de chegada e partida) e 3 noites) e Berlim (uns 4 dias líquidos e 4 noites)?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Depende muito dos seus interesses e do que queira fazer lá, vai ficar um pouco mais corrido, e você tem que planejar bem o dia a cada manhã para não perder muito tempo, mas na minha opinião pessoal, não teria grandes problemas em fazer deste jeito.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Depende muito dos seus interesses e do que queira fazer lá, vai ficar um pouco mais corrido, e você tem que planejar bem o dia a cada manhã para não perder muito tempo, mas na minha opinião pessoal, não teria grandes problemas em fazer deste jeito.

 

 

Valeu pelas dicas, Adriano! Vou continuar trabalhando no roteiro e caso surja uma nova dúvida, compartilho aqui! Valeu!!! :D:D:D

 

Ah, apenas mais uma curiosidade: nos trechos que farei, principalmente Praga x Dresden, Dresden x Berlim, Bruxelas x Gent e Gent x Amsterdam, trens costumam ser a melhor opção? Tive a impressão de que, nas pesquisas realizadas para alguns trechos, o ônibus é mais barato e leva basicamente o mesmo tempo. Entretanto, sempre percebo que, lendo os relatos, a prioridade do meio de locomoção é o trem..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ônibus é algo bem recente na Europa, até 2 ou 3 anos atras, as opções de ônibus eram bem restritas a poucas rotas e o serviço no geral péssimo, utilizava-se basicamente trem para os deslocamentos entre as cidades.

 

Mas depois que o mercado de ônibus foi desregulamentado a uns 5 anos atras, surgiram literalmente centenas de empresas oferecendo milhares de rotas para tudo que é lado.

 

Muitas destas empresas eram literalmente de picaretas ou aventureiros, com compromisso nenhum com a pontualidade e qualidade do serviço, tanto que nos últimos 2 anos, mais da metade das empresas que abriu nos últimos 5 anos já faliu, sobraram só quem realmente tinha jeito para o negocio.

 

Por causa disto que você não houve falar muito de ônibus na Europa.

 

Trem também está sujeito a atrasos, mas os atrasos costumam ser bem menos frequentes e menores do que os ônibus.

 

Ônibus tem o inconveniente de estar sujeito ao transito caótico das cidades e das rodoviais, sujeito a atrasos causados devido ao transito e eventuais acidentes, e as vezes parar num lugar distante e afastado do centro, mas se for de uma empresa conhecida, não teria grande problema em ir de ônibus, desde que você não se importe muito com eventuais atrasos de até 1h.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ônibus é algo bem recente na Europa, até 2 ou 3 anos atras, as opções de ônibus eram bem restritas a poucas rotas e o serviço no geral péssimo, utilizava-se basicamente trem para os deslocamentos entre as cidades.

 

Mas depois que o mercado de ônibus foi desregulamentado a uns 5 anos atras, surgiram literalmente centenas de empresas oferecendo milhares de rotas para tudo que é lado.

 

Muitas destas empresas eram literalmente de picaretas ou aventureiros, com compromisso nenhum com a pontualidade e qualidade do serviço, tanto que nos últimos 2 anos, mais da metade das empresas que abriu nos últimos 5 anos já faliu, sobraram só quem realmente tinha jeito para o negocio.

 

Por causa disto que você não houve falar muito de ônibus na Europa.

 

Trem também está sujeito a atrasos, mas os atrasos costumam ser bem menos frequentes e menores do que os ônibus.

 

Ônibus tem o inconveniente de estar sujeito ao transito caótico das cidades e das rodoviais, sujeito a atrasos causados devido ao transito e eventuais acidentes, e as vezes parar num lugar distante e afastado do centro, mas se for de uma empresa conhecida, não teria grande problema em ir de ônibus, desde que você não se importe muito com eventuais atrasos de até 1h.

 

Que informação bacana! Desconhecia totalmente essa questão envolvendo os ônibus. Agora faz mais sentido de nos relatos os trajetos entre as cidades ser, na grande maioria das vezes, de trem! Também não tinha refletido muito sobre a questão de eventuais atrasos...

Vou reconsiderar alguns trajetos, levando em conta a possibilidade de eventuais atrasos...

 

Valeu mesmo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×