Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

jonathan voges

Santa Cruz do Sul - Ushuaia pelo Atacama em um Peugeot 206 08/02 até 03/03/2017

Posts Recomendados

A cada dia vou portar 1 dia do que ocorreu na viagem.

 

Primeiro dia. Santa Cruz do Sul x Pampa del Inferno/AR 1124 km.

 

Saímos ás 04:00, enchemos o tanque do carro no posto Carlão , rodamos até candelária, e logo pegamos a estrada em direção a Sobradinho.

 

Estrada ruim, mas sem movimento, eu na direção mantendo 80/90 km/h, primeira parada em Cruz Alta, um posto fechado, mas paramos para fazer um chimarrão, o frentista que estava lá ficou arisco com medo de assalto kkkk.

Partimos até a fronteira (São Borja) agora com meu amigo no volante, fizemos a aduana rápida e seguimos, logo no primeiro posto na argentina paramos, já era meio dia, comemos pão com presunto e perguntamos ao frentista onde poderia cambiar Reais x Peso. A reposta foi, eu faço, mas escondido. Bom ofereceu 5 pesos por 1 real, neste momento sabíamos que em Resistência estava 5,40, ele aceitou e trocou.

 

Dirigimos e primeiro abastecimento, o 206 fez 14.8.

Seguimos e a policia nos parou. Revistando o carro ele achou a bomba do chimarrão que tinha perdido. Gritamos achou a bomba e quase fomos preso kkkkkk.

Fomos até resistência trocar o dinheiro e seguimos até Pampa del Inferno com fortes temporais. Chegamos ás 02:00 da manhã após quase 24 horas de viagem.

  • Gostei! 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Segundo dia da viagem Pampa del Inferno x Purmamarca/Arg. 670km.

 

Como postado ontem, chegamos a pampa ás 02:00 da manhã, ao lado do posto decidimos ficar, forte vento e raios, alguns caminhoneiros vieram e falaram que tinha um Camping logo a 40 metros. Péssima escolha, meu amigo montou a barraca e eu dormi no carro, 03:30 da manhã após uma hora de sono meu colega bate no carro apavorado, água dentro da barraca e na metade do pneu do carro, saímos urgente daquele local.

 

Tentamos achar hotel, rodamos centenas de km e nada.

 

Decidimos tocar direto, mesmo com 1 hora de sono.

 

Retas intermináveis de noite, sono batendo, eram 26 horas e apenas 1 de sono. seguimos e abastecemos o carro em um posto muito sinistro, o atendente querendo colocar Diesel no carro e nós non ´é nafta, lá gasol é diesel, e ele leu no tanque gasolina, problema resolvido após muito papo, fomos até Purmamarca onde já é cordilheira, ficamos em um hotel simples, mas muito bom, após quase 40 horas sem dormir.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Terceiro dia Purmamarca AR x San Pedro de Atacama. 411 km.

Após uma noite de ótimo sono, partimos ao tão temido Paso de Jama, altitude de quase 5 mil metros.

Primeiros km começa a grande montanha, começou com 19 graus, a cada km carros parados com o motor fervendo, o medo bateu, eu estava na direção e não descolava o olho na temperatura do motor.

Começamos a subir, curvas extremamente apertadas, 206 em segunda e pé no bucho, após alguns km assim chegamos a Susques, completamos o tanque e fomos almoçar. Ótima torrada e seguimos, mais carros parados com aquecimento enquanto o 206 passava levemente do meio, após vários km chegamos a fronteira com o chile, feita a aduana e revista do carro, partimos ao momento mais temido pelos relatos.

Chegamos a 4800 metros de altitude, 206 sentiu e as vezes primeira marcha era necessário, mas nada do que eu achava, cada km caia 1 grau até terminar com 4. 206 foi um herói. começamos a descer a serra e o fedor de freio era forte, paramos do lado da fronteira da Bolívia e perguntamos se podíamos entrar e ver uma lagoa, o fiscal falou sim, R$400 reais, FDP, fomos embora e chegamos ao Atacama, gelada para comemorar, dormi no carro e meu amigo no Camping.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

On 06/08/2017 at 4:57 PM, jonathan voges said:

começamos a descer a serra e o fedor de freio era forte

Tu usou freio motor?

Que época do ano foi a viagem?

 

Geovani

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fui mês passado para o Atacama saindo de Curitiba, em momento algum na travessia do Paso de Jama eu vi algum carro parado, meu carro é mim palio 1.6, senti uma perda de potência, afinal falta oxigênio para combustão, então em alguns momentos, mesmo sendo descida o carro não embalava. Fizemos a travessia praticamente usando a segunda e terceira marcha.
Depois da travessia do Chile, também não senti "queimar muito os freios", desci usando o freio de motor em terceira marcha.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...