Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Fred Moura

ISRAEL - maio de 2017 (com fotos e valores)

Posts Recomendados


Olá, gostei muito do começo do seu relato aínda mais por ter informações atualizadas pois tu foi no começo desse ano, aguardando a continuação.

  • Obrigad@! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 15/09/2017 em 14:14, thaisafd disse:

Olá, gostei muito do começo do seu relato aínda mais por ter informações atualizadas pois tu foi no começo desse ano, aguardando a continuação.

Oi Thaisa! Que bom que gostou. Já estou atualizando e por incrível que pareça, ainda estou no 1º dia  ::essa::

Mas vou tentar agilizar e concluir em breve.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

2º DIA - JERUSALÉM

O plano era seguir logo para Jerusalém e o meio de transporte mais viável seria o ônibus. A rodoviária fica a poucos minutos caminhando do Hostel (Abraham) e assim fui... Comprei o bilhete na hora (custo 16 NIS) e foi "tranquilo". O mais interessante é que sempre tem soldados do exército israelense para todos os lados, inclusive nos ônibus e trens. Era um misto de sensações (segurança x temor).

A viagem de Tel Aviv a Jerusalém dura pouco mais de 1 hora e é super tranquila, com estradas excelentes.

20170528_090806.thumb.jpg.cda44e5c62128e29b2729c71086a9592.jpg

 

Chegando em Jerusalém, fui a pé da Rodoviária até o Hostel (Abraham) para deixar a mochila e já sair conhecendo a cidade. Era tudo muito fascinante pra mim, uma sensação indescritível por estar num lugar que eu sempre sonhei estar. Dava até um arrepio!

20170528_094251.jpg.42110cde77e9ee49063079b5979e738c.jpg     20170528_102040.jpg.caa9729ae1e1a98a815c850f2d9a9aaf.jpg     20170528_102843.jpg.936608b269c2727eb384d713b1db8695.jpg

 

Resolvi ir direto para o Monte das Oliveiras e depois descer conhecendo uma parte da cidade antiga (que obviamente não dá pra conhecer em um dia).

A caminho do Monte, acabei passando por dentro da cidade antiga. Simplesmente uma viagem no tempo e um mergulho em culturas totalmente novas. Havia lá uma grande variedade de nacionalidades, religiões, trajes, idiomas, arquiteturas... Uma experiência única!

20170528_105001.jpg.88bcebc2cc162e09b936ac9c2a01905d.jpg   20170528_105350.jpg.5aefd37d0e4f375f6f52b7f3a2f26d85.jpg   20170528_105356.jpg.f66141ea62e0744317bff49e76bb7b0a.jpg

 

Dentro da Jerusalém Antiga é possível se perder, no melhor sentido da palavra e ir percorrendo à vontade cada rua e percebendo a grande variedade de línguas, trajes, costumes e religiões. Há soldados por todos os lados e isso, de certo modo, aumenta a sensação de segurança. No início é estranho, mas com o tempo a gente se acostuma e nem percebe mais.

Percorri o caminho que Jesus teria feito, carregando sua cruz até o local onde seria crucificado (Via Dolorosa), que é muito bem sinalizada. Lá pude também experimentar pela primeira vez um prato muito popular deles: Falafel...

20170528_135202.jpg.0f2170423ccb705cf1252045b8f9f9f2.jpg

FALAFEL

  • Gostei! 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

3º DIA: BELÉM & JERUSALÉM

Este dia foi dedicado a visitar Belém, onde está o suposto local do nascimento de Jesus. A cidade de Belém fica a poucos quilômetros de Jerusalém, mas fica no lado Palestino, o que tornou a viagem ainda mais interessante e em alguns momentos TENSA!  ::mmm:

Peguei um ônibus próximo ao Portão de Damasco e em poucos minutos de viagem já era possível ver o muro que separa judeus e palestinos. Passamos por uma espécie de fronteira, com muitos soldados israelenses, mas sem nenhuma burocracia, apenas passamos. Porém na volta 2 soldados entraram no ônibus e pediram os passaportes dos passageiros. Portanto, SEMPRE andem com passaporte e o visto (que é um papel impresso, pois eles não carimbam passaporte).

20170529_084158.jpg.6f596b68c72be774a37d2c9f537c4361.jpg

20170529_084206.jpg.31396037388d614b93ef7b11faedb616.jpg

 

Chegando em Belém, basta descer do ônibus, caminhar até o próximo cruzamento e dobrar à esquerda. Se não tiver google maps ou algum mapa, evite pedir informações a qualquer pessoa na rua. Peça ajuda ao motorista ou a outros passageiros do ônibus. Logos após descer do ônibus fui abordado por 2 palestinos que estavam em um carro. Um deles desceu com um mostruário na mão, com vários passeios e lugares que ele poderia me levar. Não adiantava quantas eu dissesse "No, thaks". O cara parecia não desistir. Fui "perseguido" por ele por vários metros e comecei a ficar preocupado. Dois italianos estavam comigo e com eu estava com o Maps, ajudeis os italianos a achar o caminho para a Basílica da Natividade. Nesse momento o palestino ficou furioso, pois achava que eu estava roubando os clientes deles e fez uma ameaça: "I saw you on the bus. I'll wait for you there". Confesso que nesse momento fiquei muito preocupado e até pensei em falar com a polícia, mas acabei deixando pra lá.

Apesar desse clima estranho logo na chegada, fiquei fascinando ao ter contato pela primeira vez um o "mundo árabe". 

20170529_091524.jpg.d77a8eaeeb20ef65709a31573a13d170.jpg   20170529_091531.jpg.79cc4d6f61b9b7880c555c5c6780eba1.jpg  20170529_092129.jpg.b1163cb4de40ea1e618384a22b2c8397.jpg

 

Alguns metros adiante já é possível chegar à Basílica da Natividade. Como eu cheguei cedo, o acesso ao local do nascimento de Jesus ainda estava fechado, pois estava tendo uma Missa grego-ortodoxa lá. Fui um dos primeiros e fiquei lá esperando a Missa terminar. Ao liberarem o acesso, o local já estava lotado! Centenas de turistas de vários lugares já tinham chegado. Então, para evitar filas extensas, chegue cedo e seja um dos primeiros...

20170529_092829.jpg.bb91d51e8d637e4b711d91c2f37830f7.jpg20170529_104146.jpg.6c63f0c734a2cc2c3d279819542ad337.jpg

 

[CONTINUA...]

  • Gostei! 2
  • Obrigad@! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Fred, parabéns, os seus relatos estão me ajudando bastante. Continue!

Vou para Israel em novembro, você pode me ajudar em relação a compra de shekes? Como você fez com a moeda?

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Fred, parabéns, os seus relatos estão me ajudando bastante. Continue!
Vou para Israel em novembro, você pode me ajudar em relação a compra de shekes? Como você fez com a moeda?
 
Olá, Renan. Desculpa a demora, eu realmente não recebi a notificação da sua pergunta.

Sobre a moeda, eu comprei dólar aqui no Brasil e lá eu comprei Shekel. Você pode trocar uns 50 dólares no aeroporto e o restante pela cidade. Não lembro de ter trocado em Tel Aviv, mas em Jerusalém a melhor cotação eu achei na entrada da cidade antiga, num dos portões que dão acesso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Lies, desculpa a demora.
Eu me hospedei no Abraham Hostel (Tel Aviv, Jerusalem e Nazareth)

Pode me ajudar? Locais que vc ficou para descanso, agência de passeios etc. Por favor. Obrigado 
 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, Fred!

Boa noite! Parabéns pelo relato. Você poderia compartilhar seu roteiro e o custo total da viagem? Irei para Israel em Nov/2019 e sua experiência será de grande valia!

Um abraço e obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...