Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
ce.via

Como viajar do Uruguai para o Paraguai?

Posts Recomendados

Estou montando um roteiro de viagem saindo do BRA para a ARG, URU e PAR  nesta ordem. Só que estou com dificuldades de encontrar uma empresa de ônibus que me leve de Montevideo até Assunção ou Cidade de Leste. Alguma sugestão?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Direto só o ônibus da EGA que sai as quartas e sábados: http://www.ega.com.uy/horarios_tarifas.php?origen=Montevideo&destinoBuscado=&destino=Asuncion

Se você inverter, e ir antes para o Uruguay, depois Argentina e Paraguay a opção de ônibus será bem maior, inclusive é capaz de ter voos diretos entre Buenos Aires e Assuncion ou Puerto Iguazu (do lado de Ciudad del Este) mais baratos que ônibus.

  • Curti 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Adriano, obrigada pela resposta. 

Pois é, estamos com uma situação meio complicada para resolver, veja, somos no total quatro pessoas e já estamos com as passagens aéreas compradas partindo de Fortaleza em 15 de dezembro. Inicialmente nós queríamos comprar chegando em Montevidéu, mas os preços estavam bem maiores, então compramos chegando em Buenos Aires,e posteriormente voltando de Foz do Iguaçu. Nosso objetivo é conhecer um pouco de Buenos Aires, Colônia de Sacramento, Montevidéu, Punta del Leste, Assunção, Ciudad del Este (comprar algumas bobagens) e Foz do Iguaçu.

A grande dificuldade tem sido este trecho de Montevidéu à Assunção, estamos quebrando a cabeça para ver qual o melhor custo benefício no geral, ou seja, a questão do preço, do tempo de viagem, dos dias/horários e etc. Em razão desta dificuldade estamos considerando várias opções, tais como:

1) Pegarmos um ônibus de Montevidéu à Assunção (obrigado pelo link, estava com dificuldade de achar por outros sites), mas tem essa questão de não ter passagem todos os dias;

2) Estamos considerando a possibilidade de alugarmos um carro. Como somos quatro pessoas, talvez o custo ficasse interessante quando considerada as quatro passagens de ônibus. Alguém já teve experiência desse tipo? Conseguimos pegar o carro em um país e entregar no outro?

3) Estamos considerando não ir para Assunção, iríamos para Porto Alegre e de lá para Foz do Iguaçu, talvez passando em Gramados. Lá de Foz nós iríamos em Ciudad del Este.

Enfim, estamos com muitas dúvidas para definir este trecho da viagem e queremos deixar tudo alinhado com antecedência. Agradeceria muito se alguém pudesse nos passar outras dicas e opções de como montarmos esse trecho, alinhando custos e tempo... Qualquer informação é bem vinda, tanto variando os destinos quanto os meios de transporte. 

 

Obrigada!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

1 - Se os dias para Assunção estiverem muito ruins e não encaixarem, veja a possibilidade de pegar um ônibus para Rosário na Argentina pela mesma empresa do link, tem mais horários, passar 1 ou 2 dias lá, e depois seguir a Assunção pela NSA (www.nsa.com.py)

2 - Sim é possível alugar carro um país e devolver em outro, mas costuma ser absurdamente caro e o custo acaba sendo proibitivo para a maioria das pessoas.

3 - Também seria uma possibilidade. mas você vão ter que voltar a Porto Alegre ou Novo Hamburgo pegar o ônibus da Unesul para Foz...Talvez ai seria interessante voltar até Porto Alegre de ônibus, alugar um carro para ir a Gramado, devolver o carro em Porto Alegre e seguir de ônibus até Foz, pois acho que devolver o carro em Foz também seria meio salgado, mas faça uma cotação para conferir os valores.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esquece Paraguay,sobretudo comprar lá.Preço cotado em dólar, mercadorias  contrabandeadas e de baixissima qualidade. 

Uma vez,única que fui lá com sua intenção, comprar um barbeador, me pediram 35 dólares,sendo que ao lado eram 25.

Vendo que ia a perder para o vizinho,o cara me mostrou um selo de original ,diz ele que por isso era mais caro.

Se era verdade não sei,mas comprei e durou anos,única coisa que comprei lá na vida mas 35 dólares hoje da pelo mais de 100 reais.

O barbeador,tem aqui em qualquer loja de rede famosa de eletrodoméstico por 69,00.O dobro,mas navepocavera 1 por 2 o câmbio.

Quanto a Asunción só vale se gosta de ver pobreza,pois é o que tem lá.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

As mercadorias de Ciudad Del Este  não são contrabandeadas, eles não precisam fazer isso, os paraguaios podem importam qualquer produto de qualquer lugar do mundo pagando só 15% de imposto. As mercadorias se tornam contrabando quando entram no Brasil sem pagar os impostos abusivos daqui, aí o problema é de quem comprou e não pagou os impostos. Em relação a ter produto ruim lá, tem também. E tem muita coisa boa também, é só saber comprar.  

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como o Silnei falou, os produtos a vendo no Paraguay não são contrabandeados, eu diria que todos pagam impostos para entrar no Paraguay, só que lá a alíquota é de 5% ou no máximo 15%, já no Brasil, o imposto para artigos importados começa em 50%  e chega a ser de 140% em alguns itens de eletrônicos.

Eles só viram contrabando quando algum brasileiro vai lá, compra e traz para o Brasil sem pagar os impostos do Brasil.

O comercio no Paraguay é igual ao do Brasil, tem produtos de todas as qualidades, desde aqueles que duram só 30 dias bem, como aqueles de ótima qualidade que duram a vida toda, assim como no Brasil, também vai ter um monte de lugar tentando vender produtos de terceira categoria cobrando preço de primeira.

Mas concordo que atualmente o dólar está caro, e devido a isto não está mais valendo muito a pena comprar qualquer porcaria, tanto que nos últimos anos o perfil do comércio de Ciudad Del Este está mudando bastante, eles estão deixando de focar em eletrônicos e outras quinquilharias e focando em artigos de luxo, roupas, decoração e utilidades domésticas, com shopings enormes e super modernos, hoje o comércio de artigos de luxo já representa mais de 30% do comércio de Ciudad del Este.

Tem um monte de lojas originais de grifes e marcas que não existem nem no Brasil, e artigos de luxo, geralmente ainda acaba valendo a pena.

Claro que aquela imensidão de lojas de eletrônicos e quinquilharias não desparece de uma hora para a outra, ainda tem um monte delas, assim como no Brasil, também continuam a existir um monte comerciantes desonestos, tentando vender produtos de péssima qualidade pelo preço de produtos de primeira.

Então tem pesquisar, rodar pelas lojas, comparar os preços e qualidade dos produtos, exatamente como você faria no Brasil.

O Paraguay não é só pobreza, ele sofre exatamente dos mesmos problemas do Brasil, uma grande desigualdade social, você vai ver regiões e partes da cidade com muita pobreza e outras muito ricas. E dependendo de por onde você andar, você realmente só vai ver pobreza, mas não é tudo assim.

Mas concordo que ao contrário do Brasil, Argentina, e alguns outros países vizinhos,  em termos de Turismo, Paraguay é bem desprovido de atrações turísticas relevantes e impactantes, então eles tem que investir em algo que traga turistas de fora, o que eles encontraram foi através do comercio de artigos importados.

  • Curti 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Disse o vendedor que esses produtos eram maquilados,e que maquiar produtos era a 4 Fonte de recursos daquele país,os produtos vem da China e la recebem algo como fossem produzidos ali ou sei lá aonde.

Se era verdade não sei,só sei que não gostei,não volto mais e não recomendo a meu pior inimigo,e olha que tenho muitos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Produtos "maquilados" são produtos que vem semi-prontos de algum outro local, da Ásia, EUA, Europa, etc, são finalizados e acabados no país e vendidos como produtos nacionais, aproveitando os benefícios que o Mercosul oferece.

Um dos exemplos mais icônicos de produtos "maquilados" é a nossa Zona Franca de Manuas, a maioria dos eletrônicos e produtos produzidos lá vem semi-prontos da Coreia do Sul, Japão, China, Vietnã, etc, lá em Manaus a maioria das empresas só encaixa as peças individuais uma nas outras, cola o selo de "Produzido na Zona Franca de Manaus", embala e despacham os produtos para São Paulo como produto nacional.

Mas concordo com você, o Paraguay não é um local que agrada a muitas pessoas inicialmente, muitas pessoas tem uma impressão bem ruim de lá no inicio, mas conhecendo melhor o país, e não só o comércio de fronteira e as mazelas de uma grande capital como Assunção, geralmente as pessoas mudam de ideia a respeito.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Usava lá como passagem por terra a Chile,depois da história que já contei aqui da mulher que tentou me extorquir na fronteira de Pedro Juan e,da dificuldade de passar na outra de Asunción com Clorinda,resolvi nunca mais fazer aquele caminho.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×