Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Evandro Sanches

19 dias em Portugal - setembro de 2017

Posts Recomendados


Fotos, pela ordem:

1 - Castelo de São Jorge, Lisboa

2 -Quinta de Regaleira, Sintra

3 - Palácio da Pena - Sintra

4 - Praça em frente ao Padrão do Descobrimento, vista do alto do monumento

5 - Lagos, Algarve

6 - Lagos, Algarve

7 - Restaurante Pintos, em Lagos, pra se ter uma ideia dos preços ali praticados

8 - Monsaraz, 

9 - "Revestimento" da Capela dos Ossos, Évora

10 - Museu do Presépio, lindão, Évora

11 - Praça principal de Tomar

12 - Paisagem recorrente vista do trem, no vale do Douro

13 - Santuário de Bom Jesus, Braga

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Evandro,

Muito obrigado por seu relato. Sou um fã de Portugal e leio tudo que divulgam aqui sobre o país. Já estive lá algumas vezes, porém não conheci tantos lugares como você. Seu relato está muito bem detalhado, parabéns. 

Me chamou atenção alguns pontos. A Quinta da Regaleira realmente é o máximo em Sintra, sempre indico este lugar, todo mundo se surpreende, para quem gosta de misticismo é mais surpreendente ainda. Não me admira em nada sua surpresa com o Oceanário de Lisboa, é considerado o segundo mais completo do mundo! É uma visita para todos... só uma correção no seu texto, foi construído para a Expo-98 e não 97.

Évora é um dos lugares que quero conhecer em uma próxima viagem, e fiquei com mais vontade depois da descrição que fez. Outra observação é quanto à Titi Muller...rs  temporada incrível do "Anota aí" em Portugal não é mesmo? Recomendo também o programa Destino Certo com Mel Fronckowiak, a terceira temporada é toda em Portugal.

Você citou o Caminho Português, pois tenho um tópico sobre isso, pois é um plano meu para o futuro. 

 

Quando fui à Tomar, andei bastante pelas ruas da cidade, foi uma surpresa muito agradável pois como você disse a maioria só conhecer o Castelo. 

Aguardo os outros relatos...

 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu, filipelyrio! Obrigado pela correção e pelas palavras tão gentis. Acho que me pareço com você, adoro ler os relatos dos lugares que me interessam ou por onde até mesmo já passei, é como reviver a viagem e também muito bom pra matar a saudade. Acho que fui meio confuso na introdução, nos tempos verbais, mas esta viagem nesse momento está na fase italiana. Agora, teclo de um camping diferentão em Sorrento, sul da Itália. E já vou tentar botar o relato suíço, que foi incrível também. Aliás, pra alguém ligadão em paisagens, foi inacreditável, vou ver se posto umas fotos também. Um super abraço.

100_7277.JPG

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fotos, pela ordem:

1 - Castelo de São Jorge, Lisboa

2 -Quinta de Regaleira, Sintra

3 - Palácio da Pena - Sintra

4 - Praça em frente ao Padrão do Descobrimento, vista do alto do monumento

5 - Lagos, Algarve

6 - Lagos, Algarve

7 - Restaurante Pintos, em Lagos, pra se ter uma ideia dos preços ali praticados

8 - Monsaraz, 

9 - "Revestimento" da Capela dos Ossos, Évora

10 - Museu do Presépio, lindão, Évora

11 - Praça principal de Tomar

12 - Paisagem recorrente vista do trem, no vale do Douro

13 - Santuário de Bom Jesus, Braga

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, Rick Wakeman! Eu não passei pela imigração pois tenho cidadania espanhola, então fui direto para a fila dos cidadãos da União Europeia,além do que o meu passaporte espanhol é o "eletrônico", ou  seja, desses novos que tem um logotipo na capa que parece um olho (o meu passaporte brasileiro também é assim),  o que significou somente parar em frente a uma máquina que te fotografa e passar o passaporte na leitura ótica. Nem vi nem falei com ninguém, é tudo muito prático.  

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

De tudo que vivi em Portugal, acredito que algumas das experiências imperdíveis foram:

1 - Lisboa: que linda, que agradável, que gostoso andar por ali, se perder naquelas ruas, comer em qualquer lugar, parar pra contemplar o Tejo e deixar a vida passar. E tão mais barata que a maioria das outras metrópoles europeias. Sem falar que tem Sintra logo ali, e o mar do outro lado, com as praias da Caparica e Cascais a um "pulinho", e o Oceanário. É um "pacote" meio imbatível! Por tantas e tão empolgantes opções (e tão integrada à natureza), tornou-se, junto de Londres, minha metrópole favorita na Europa.

2 - Praias e cidades do Algarve: nem na minha mais otimista perspectiva turística eu imaginava que o litoral do Algarve seria tão incrível. É como disse no relato, praias "acidentadas" pra todo lado, com seus penhascos, águas transparentes, arcos, ar agradável, sol permanente... e bem diferentes das praias brasileiras. Ou talvez minha sorte foi ter ficado em Lagos (e dali ido visitar os arredores: Faro, Sagres, Tavira, Olhão), que é uma pequena cidade linda de viver, onde dá pra fazer tudo a pé, sem pressa.

3 - Eu simplesmente amei Tomar. É tudo o que eu queria que uma cidade fosse: limpa, bem cuidada, arborizada, tranquila, e seu rio serpenteante e de águas transparentes, criando cada recanto lindinho que não dá vontade de ir embora tão cedo dali. E animada. Repleta de estudantes e povo local muito simpático que lota os bares ao fim da tarde. Dá pra entender a harmonia que paira por lá. E, de lambuja, o Convento de Cristo e Castelo dos Templários, sua mística, sua história e sua beleza. Mas tem até Museu do Fósforo. Foram ali dois dias que eu não me incomodaria se fossem dois meses.

4 - Évora foi a cidade medieval que mais me impressionou de todos os países europeus que conheci (e olha que isso inclui São Gimignano e Siena, na Itália, ou o centro histórico de Berna, na Suíça). A catedral da Sé, a Igreja de São Francisco com a Capela dos Ossos, o Museu do Presépio... ou o simples andar pra explorar o centro e deixar a vida passar. Incomparável!

5 - Comer, comer e beber. Começa pelas sardinhas grelhadas com um azeitinho, passa pelas mil maneiras de se degustar um bacalhau ("com natas" ficou na história, entre outros), uns vinhozinhos (nem sou tão chegado, mas não resisti às sugestões dos garçons), o sorvete do "Amorino", em Lisboa, e os doces do país inteiro (pastel de nata, travesseiro... e por aí vai), só não recomendo a "tripa" e os "ovos moles" de Aveiro, estes são meio enjoativos. 

 

 

 

  • Gostei! 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...