Ir para conteúdo

Me ajudem com o meu primeiro mochilão


Posts Recomendados

  • Membros

Bom galera, boa noite, estou planejando o meu sonho de conhecer a Europa e decidi que irei fazer um mochilão (ainda não tem data),pesquisei um pouco e fiz dois roteiros:

1º ROTEIRO

1ºDublin - 3 dias

2ºLondres - 5 dias

3ºParis - 5 dias

4ºBruxelas - 3 dias

5ºAmsterdam - 3 dias

6ºHamburgo - 3 dias

7ºBerlim - 5 dias

8ºMunique - 3 dias

9ºMilão - 2 dias

10ºFlorença - 3 dias

11ºRoma - 5 dias

12ºBrcelona - 4 dias

13ºMadrid - 4 dias

14ºPorto - 3 dias

15ºLisboa - 3 dias

2º ROTEIRO

1ºDublin - 3 dias

2ºLondres - 5 dias

3ºParis - 5 dias (1 bate e volta Normandia)

4ºBruxelas - 3 dias (1 bate e volta Bruges)

5ºAmsterdam - 4 dias

6ºBerlim - 5 dias

7ºRoma - 5 dias

8ºBarcelona - 5 dias

9ºLisboa - 4 dias

 

Sou viajante de primeira viagem e sei falar um mínimo básico de inglês (vou viajar sozinho e apenas com uma mochila)

Qual dos dois roteiros está melhor? Quanto aos vôos low cost,devo comprar passagens antecipadas ainda no Brasil ou não faz tanta diferença, quanto aos hosteis, é melhor reservar antecipadamente ou ir fazendo tudo lá na hora? mê deem dicas que vcs acham que irão me ajudar, agradecido

Link para o comentário
  • Membros

Algumas observações a respeito de algumas questões pontuais dos roteiros:

Roteiros 1:

O maior problema que eu veja seria relação a Munich, que está com pouco tempo para todo o potencial que a cidade oferece. Se ficar só em Munich, 3 dias até que daria para fazer bastante coisa, mas o grande atrativo de Munich, e que leva a maioria dos turistas até lá, é a grande oferta de excelentes bate-voltas disponíveis em Munich, como por exemplo Neuschwanstein, Salzburg, Nürnberg, Garmisch-Partenkirschen, etc, e pessoalmente eu acho quase um "pecado" ir a Munich e não fazer nenhum destes bate-voltas.

Roteiro 2:

Bate-volta a Normandia saindo de Paris é um passeio bem puxado, até dá para fazer, mas pessoalmente eu não faria, é muito cansativo e sobra pouco tempo, pois a Normandia não fica tão perto assim do Paris para se ficar fazendo bate-volta.

 

Mas são 2 roteiros bem grandes, o primeiro de 54 ou quase 60 dias se contar os dias e deslocamento até lá, e o segundo com 39 a 41 dias contando os deslocamentos até lá, você realmente vai ter todo este tempo disponível para ficar viajando?

Outra questão, se não a mais importante de todas, uma viagem destas, com 60 dias de duração, passando por 15 cidades e cruzando todo o continente de norte a sul e leste a oste não será algo barato, ainda mais levando que o Euro está caro, e sem previsão de baixar.

Numa conta meio por cima, eu estimaria que uma viagem destas com 60 dias, 15 dias e atravessando o continente várias vezes, custaria algo próximo dos 25 mil Reais se fosse ser realizada hoje com a cotação atual do Euro.

 

O segundo roteiro de 40 dias também não seria barato, numa conta meio por cima, eu também estimaria o custo dele entre 17 e 18 mil Reais nas condições atuais.

 

  • Gostei! 2
Link para o comentário
  • Membros

Se deixar para comprar as passagens de low-cost ou trem lá na hora, você vai pagar 3x ou 4x mais caro do que se comprar antecipadamente, uns 90 ou 120 dias antes.

Deixar para para comprar as passagens lá na hora só é viável se você estiver fazendo um roteiro concentrado em uma região mais restrita, com menos países e visitando mais cidades dentro do mesmo país, e não para um roteiro em que você cruza o continente de norte a sul e de leste a oeste pulando de capital a cada 3 ou 4 dias.

Nos hosteis a diferença de preço entre reservar antes e na hora não costuma ser tão grande, mas também costuma ser um pouco mais caro lá na hora do que reservando antecipadamente. Mas o maior problema mesmo é o tempo que você perde rodando a cidade atras de um lugar para ficar, se tiver o azar de o local pré-escolhido estar lotado quando você chegar lá, ai você vai estar lá, e vai ter que achar algum local para ficar na última hora, geralmente tarde da noite , e ai quase sempre você acaba num lugar ruim ou muito mais caro.

Se for reservar as passagens de trem/avião antecipadamente para conseguir os melhores preços, não tem o menor motivo para deixar para reservar os hosteis lá na hora, pois você já vai estar com o roteiro todo fixo e definido mesmo, então já aproveite e reserve hostel, é uma coisa a menos para você se preocupar e estressar durante a viagem.

  • Gostei! 2
Link para o comentário
  • Membros
3 horas atrás, adrianolb disse:

Algumas observações a respeito de algumas questões pontuais dos roteiros:

Roteiros 1:

O maior problema que eu veja seria relação a Munich, que está com pouco tempo para todo o potencial que a cidade oferece. Se ficar só em Munich, 3 dias até que daria para fazer bastante coisa, mas o grande atrativo de Munich, e que leva a maioria dos turistas até lá, é a grande oferta de excelentes bate-voltas disponíveis em Munich, como por exemplo Neuschwanstein, Salzburg, Nürnberg, Garmisch-Partenkirschen, etc, e pessoalmente eu acho quase um "pecado" ir a Munich e não fazer nenhum destes bate-voltas.

Roteiro 2:

Bate-volta a Normandia saindo de Paris é um passeio bem puxado, até dá para fazer, mas pessoalmente eu não faria, é muito cansativo e sobra pouco tempo, pois a Normandia não fica tão perto assim do Paris para se ficar fazendo bate-volta.

 

Mas são 2 roteiros bem grandes, o primeiro de 54 ou quase 60 dias se contar os dias e deslocamento até lá, e o segundo com 39 a 41 dias contando os deslocamentos até lá, você realmente vai ter todo este tempo disponível para ficar viajando?

Outra questão, se não a mais importante de todas, uma viagem destas, com 60 dias de duração, passando por 15 cidades e cruzando todo o continente de norte a sul e leste a oste não será algo barato, ainda mais levando que o Euro está caro, e sem previsão de baixar.

Numa conta meio por cima, eu estimaria que uma viagem destas com 60 dias, 15 dias e atravessando o continente várias vezes, custaria algo próximo dos 25 mil Reais se fosse ser realizada hoje com a cotação atual do Euro.

 

O segundo roteiro de 40 dias também não seria barato, numa conta meio por cima, eu também estimaria o custo dele entre 17 e 18 mil Reais nas condições atuais.

 

acho que irei fazer o roteiro 2 que contém as capitais (adicionando 3 dias em Edimburgo), e no futuro faço um roteiro com as cidades do interior que tbm quero muito conhecer

quanto vc estima que irei gastar de comida em cada cidade?

Link para o comentário
  • Membros

O quanto que você vai gastar é algo que depende muito do que você for escolher.

Ficando restrito só a questão da alimentação, por exemplo você pode passar a viagem toda comendo só lanche e porcaria na rua e gastar 5 ou 7 Euros por dia com comida, mas voltar doente depois de tanta tempo só a base de porcaria, mas se você fizer questão de comer bem num bom restaurante no almoço e jantar, já vai gastar uns 40 ou 50 Euros por dia só com almoço e jantar.

O quanto que você vai gastar depende muito do que você for pedir, mas você tem alguns locais caros no seu roteiro, e outros mais baratos, fazendo uma média entre as cidades caras e as baratas, eu estimaria que um almoço num restaurante simples pedindo o prato do dia e mais algo para beber para ajudar a comida a descer custe uns 15 a 20 Euros em média. Lanche na rua ou comprado no supermercado vai custar em média uns 5 euros por dia.

Então se você fizer uma refeição decente por dia num restaurante simples e no jantar e café da manhã comer algum lanche comprado na rua ou supermercado, pessoalmente eu acho que você gaste em média uns 20 a 25 Euros por dia, isto sem "esbanjar", mas também não passando a viagem toda comendo a pior comida da cidade.

Mas você também não vai querer atravessar meio mundo para ficar lá do lado de fora das atrações turísticas passando vontade e não visitar nada ou fazer nenhum passeio legal. 

Pessoalmente eu separo uns 10 ou 15 Euros por dia para gastar com ingressos e passeios, vai ter dia que você não vai gastar nada com ingresso, em outros vai gastar mais, mas fazendo uma média, 10 ou 15 euros é uma boa quantia para poder visitar as principais atrações sem passar vontade.

Você também precisa andar de metrô e ônibus, pois são cidade grandes e as coisas ficam meio distantes uma das outras. Eu separo uns 5 Euros por dia para metrô.

Somando 20 ou 25 Euros de alimentação, 10 euros de ingresso e passeios e mais 5 euros de metrô e ônibus, já chega-se numa previsão de uns 35 a 40 Euros por dia. Somando mais uns 20 a 25 Euros por dia num quarto coletivo de hostel, chega-se numa média de 60 a 70 Euros por dia de gastos com alimentação, hospedagem, metrô e passeios.

Ai é só converter isto para Reais, usando a cotação de hoje de 1 Euro = R$ 4.10 depois das taxas e impostos.

Passagens entre as cidades não estão nesta conta, e são a parte deste valor.

  • Gostei! 1
Link para o comentário
  • Membros

Falar inglês sempre ajuda um monte, mas nestas cidades tudo é bem sinalizado e há uma enormidade de informações na internet em português mesmo, então se pesquisar e se informar direitinho antes de viajar, dá para chegar lá com tudo já meio esquematizado e sabendo o que fazer, não precisando pedir informação na rua a cada 15 minutos.

E hoje em dia, quase todo mundo tem celular com gps e internet, dá para ir se orientando pelo gps e internet sem problemas.

Mas como a viagem ainda não tem data definida, eu também recomendaria investir um tempinho e dinheiro e fazer ao menos uns 6 meses de um curso de inglês, pode ser um curso presencial, pela internet, pago ou gratuito, com certeza este será o melhor investimento de tempo e dinheiro que se pode fazer antes da viagem, pois ai tudo fica muito mais fácil e você aproveita muito mais a viagem.

 

Na Europa não precisa tirar visto antecipadamente, o visto é concedido no aeroporto quando você desembarca lá na Europa, basta apresentar passagens de volta compradas e marcadas, reservas de hospedagem, seguro-saúde e dinheiro numa quantia suficiente e condizente com o que um turista costuma gastar.

Exatamente por ser uma viagem bem longa, que eu toquei no assunto do custo logo inicio, para que o colega  @mochileiro das galaxias já se situe nos custos envolvidos logo no inicio.

  • Gostei! 1
Link para o comentário
  • Membros
6 horas atrás, adrianolb disse:

Falar inglês sempre ajuda um monte, mas nestas cidades tudo é bem sinalizado e há uma enormidade de informações na internet em português mesmo, então se pesquisar e se informar direitinho antes de viajar, dá para chegar lá com tudo já meio esquematizado e sabendo o que fazer, não precisando pedir informação na rua a cada 15 minutos.

E hoje em dia, quase todo mundo tem celular com gps e internet, dá para ir se orientando pelo gps e internet sem problemas.

Mas como a viagem ainda não tem data definida, eu também recomendaria investir um tempinho e dinheiro e fazer ao menos uns 6 meses de um curso de inglês, pode ser um curso presencial, pela internet, pago ou gratuito, com certeza este será o melhor investimento de tempo e dinheiro que se pode fazer antes da viagem, pois ai tudo fica muito mais fácil e você aproveita muito mais a viagem.

 

Na Europa não precisa tirar visto antecipadamente, o visto é concedido no aeroporto quando você desembarca lá na Europa, basta apresentar passagens de volta compradas e marcadas, reservas de hospedagem, seguro-saúde e dinheiro numa quantia suficiente e condizente com o que um turista costuma gastar.

Exatamente por ser uma viagem bem longa, que eu toquei no assunto do custo logo inicio, para que o colega  @mochileiro das galaxias já se situe nos custos envolvidos logo no inicio.

Intendi Adriano, explicou bem, mas aqui, as passagens low cost eu consigo comprar com cartão internacional diretamente no site das empresas?

Quanto a comida, como vc disse, eu não ligo de comer nos podrões kkkk, vou deixar 12 euros/libras pra comida/bebida por dia

Quanto a museus, são poucos os que quero pagar para entrar, como o Louvre,de resto vou procurar atrações grates e parques

Quanto ao transporte, vou tentar reserva em algum hostel barato e que seja nos centros ou bem perto dos centros das cidades pois eu quero andar o máximo possível a pé pra conhecer tudo que eu puder com o máximo de detalhe possível

Como eu não sou nada experiente com viagem, minha maior preocupação é com a locomoção de um país para o outro, em chegar fazer o check in no tempo certo, em estar no aeroporto no tempo certo,em comprar as passagens pela internet nos sites da empresa e em ter internet no smartphone, existe algum chip que pega internet em toda Europa? de resto acho que me viro mto bem

Vou levar apenas uma mochila de 35l oakley bem reforçada com

2 bermudas dry fit

8 camisetas dry fit

8 cuecas/ par de meias

1 calça jeans

1 moletom

1 chinelo

1 pochete para dinheiro e documentos

1 adaptador de tomada

1 notebook

1 câmera fotográfica + tripé pequeno

1 power bank 

1 balancinha de bagagem

alguns sacos plásticos para roupa suja

Me recomenda algo a mais ou está ótimo?

 

 

 

Link para o comentário
  • Membros

Sim, você compra as passagens de avião no site da companhia usando cartão de crédito internacional.

Mas não se prenda demais nas low-cost, no seu roteiro tem vários trechos onde ir de de trem será mais barato, rápido, cômodo e confortável. 

Por exemplo, entre Londres, Paris, Bruxelas e Amsterdam ir de trem comprando a passagem 120 ou 90 dias antes será muito mais rápido e barato que low-cost. 

Entre Amsterdam e Berlin já é um pouco mais demorado ir de trem, mas se for somar as 2 horas que você tem chegar antes no aeroporto para check-in, passar no raio-x, etc, o tempo de deslocamento até os aeroportos, que ficam lá longe, fora da cidade, e o tempo de voo, no final das contas o total de tempo gasto é praticamente o mesmo indo de avião ou de trem, e o trem vai ser muito mais barato e sem todas as restrições das low-cost.

O resto é longe demais, caro ou demorado demais para se ir de trem ou ônibus, teria que ir de low-cost mesmo.

Mas na hora de comprar os voos low-cost, não se iluda que vai ficar naquele precinho barato. Para uma viagem de 40 dias geralmente você já precisa levar uma mochila maior, que já não dá mais para levar como bagagem de mão, e você pode precisar pagar para despachar a bagagem, ai custa mais uns 20 Euros despachar a mala/mochila se você já incluir isto no momento da compra da passagem, se deixar para fazer isto lá no aeroporto, ou se for barrado na hora do embarque por que a mochila é grande demais, custa 80 Euros ao invés de 20 Euros...

Os aeroportos ficam longe, você gasta uns 10 ou 15 Euros para ir e voltar do centro,  e dependendo do aeroporto, pode até mesmo custar 30 Euros para ir e voltar do centro, ou seja, somando todos os custos, no final das contas, aquela passagem de 20 Euros acaba custando na prática 50 ou 60 Euros...

 

Uma coisa é você passar 2 ou 3 dias comendo podrão, mas outra bem diferente é você passar 40 dias comendo só porcaria. Na primeira semana você até aguenta, mas lá pela segunda ou terceira semana você não vai querer nem mais sentir o cheiro deles... 

Sem contar que depois de 2 ou 3 semanas se alimentando muito mal, geralmente você já não tem mais energia para fazer aquele monte de passeio bem desgastantes que uma viagem desta geralmente tem, sem contar o risco de ficar doente.

Então me desculpe pela sinceridade, mas economizar dinheiro com comida, é a economia mais idiota e burra que você pode fazer, isto só vai lhe prejudicar no final da viagem. Não precisa esbanjar, só se alimentar de forma decente para aguentar o tranco e não chegar nas duas últimas semanas doente e sem energia para fazer as coisas.

Em relação a internet, no primeiro país que chegar, compre um sim card pré-pago da Vodafone, é que possui a melhor cobertura em vários países, contrate um bom plano de internet, pode usar em todos países, agora não tem mais roaming internacional entre os países da União Europeia.

Quanto a roupa, vai depender de qual época do ano você for visitar, se for verão até poderia ser suficiente, mas eu levaria um pouco mais, pois se ficar andando a pé todo dia debaixo de um sol escaldante você vai suar um monte e querer trocar de roupa 2 ou 3 vezes por dia, e só com isto de roupa, vai precisar lavar elas a cada 2 ou 3 dias. A principio não teria problema nisto, a não ser o dinheiro da lavanderia e tempo perdido, pessoalmente eu levaria um pouco mais, para poder ir na lavanderia a cada 7 ou 8 dias e não a cada 2 ou 3 dias.

Mas se for numa época de frio eu acho meio pouca roupa, lembre que em locais como Londres, Amsteram. Dublin, Bruxelas e Berlin, mesmo em Junho e setembro pode fazer 10ºC de frio se você tiver o azar de pegar uma frente fria quando estiver lá.

 

 

Link para o comentário
  • Membros

Intendi,boa resposta amigo, eu resolvi mudar o roteiro, ficou mais curto

Dublin 4 dias > low cost para Edimburgo

Edimburgo 4 dias> trem para Londres

Londres 5 dias> trem para Paris

Paris 5 dias> trem para Bruxelas

Bruxelas 4 dias> trem para Amsterdam

Amsterdam 5 dias> trem para Berlim

Berlim 5 dias>low cost para Roma

Roma 5 dias> avião para o Brasil

 

Acho até melhor andar de trem pq assim eu consigo aproveitar as paisagens que de avião eu não veria

Decidi visitar a Espanha e Portugal em outra oportunidade, quanto ao dinheiro da comida e as roupas a mais vou levar em consideração a sua resposta, acho que irei fazer o seguinte, comer lanches baratos na rua e fazer um almoço reforçado a cada dois ou três dias

Quanto ao chip de celular, como vou comprar um logo quando eu chegar em Dublin, e como depois irei para Edimburgo e Londres, comprarei outro pra usar no Reino Unido, e quando eu chegar em Paris volto a usar o que comprei em Dublin

Link para o comentário

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...