Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

marcelanuol

Cuba sozinha - Havana, Vinãles, Trinidad, Santa Clara e Varadero - 16 dias

Posts Recomendados

Mochileiras e mochileiros, estive em Cuba por 16 dias em outubro/novembro de 2017 e retorno aqui com algumas informações e dicas dos locais por onde passei.

 

Meu objetivo inicial era passar uns 20 dias e ir até Baracoa, mas veio o furacão Irma, alguns cayos foram fechados, surgiu a insegurança de como estaria Cuba.. E resolvi diminuir meus dias e também o roteiro. No final o roteiro realizado (e que foi sendo feito durante a própria viagem) foi:

19/10 – Rio – Havana

20/10 – Havana

21/10 – Havana

22/10 – Havana

23/10 – Havana – Vinãles

24/10 – Vinãles

25/10 – Vinãles – Trinidad

26/10 – Trinidad

27/10 – Trinidad

28/10 – Trinidad

29/10 – Trinidad – Varadero

30/10 – Varadero

31/10 – Varadero

01/11 – Varadero – Havana

02/11 – Havana

03/11 – Havana – Rio

 

 Transporte

Fui para Cuba pela Copa, com parada no Panamá, tanto na ida quanto na volta. Escolhi a Copa, pois eram as escalas mais curtas, 1h e meia na ida, 47 minutos na volta. Paguei aproximadamente R$2.380,00.

Para me deslocar pelas cidades usei tanto a Via Azul quanto taxi coletivo.  

Dentro de Havana utilizei o ônibus comum e as “maquinas”.

Explico melhor no relato como, onde e o valor dos transportes utilizados em Cuba.

 

Tarjeta Turística (visto)

Comprei no aeroporto, na hora do check in.

Antes eu já tinha feito contato com a Cia aérea e me informaram que era só comprar, por 20 dólares, no próprio aeroporto aqui no Rio de Janeiro.

 

Moeda

Levei euro e nos 16 dias gastei um total de 780 euros. 

Realizei a troca de moeda no aeroporto, em Trinidad e, no fim da viagem, em Havana, diferença mínima de valores.

Não entendo miuto de cambio, vou colocar aqui a informação que consta no comprovante de cambio do valor da troca Euro – CUC.

Valor no aeroporto, na casa de cambio na área externa do aeroporto – 1,138

Valor em Trinidad, casa de cambio perto da praça onde tem a câmara de vereadores – 1,126

Valor em Havana, na calle Obispo – 1,130

Irei falar sobre os gastos durante o relato.

 

Seguro saúde e vacina contra febre amarela

O seguro eu não fiz e não foi pedido em nenhum momento. Acabei tendo um problema odontológico durante a viagem e fui a uma policlínica em Vinãles, onde fui atendida muito bem e paguei em CUC os custos da consulta e do procedimento realizado, além de apresentar o passaporte para preenchimento de alguns papéis.

A carteira de vacina internacional com comprovante da febre amarela foi solicitada no aeroporto. Façam!

 

Segurança

Realmente Cuba é um país muito seguro, andei sozinha pelas ruas em diferente horários e me senti segura a todo momento.

A única parte bem ruim é que os cubanos são extremamente machistas e nos cantam a todo o momento >:(

 

Hospedagem

Eu fiquei em casa particular, o que acho a melhor opção, além do valor ser menor, vc convive com os cubanos. 

Tive uma dificuldade em me comunicar por e-mail com as casas, tive o auxílio de uma cubana, Irina, que fez contato comigo aqui no mochileiros. Quem quiser maiores informações só me chamar no privado que explico melhor como foi essa questão da hospedagem. 

 

Política e Revolução

Não vou comentar muito sobre, pois não é o objetivo do site. Mas os cubanos são muito abertos a conversar sobre política e opinar sobre o regime cubano. A segurança, saúde e educação são o grande orgulho do país, com toda razão. Há também algumas críticas, mas isso acho que vale a pena ir, conversar e tirar sua própria conclusão.

 

Cuba foi uma grata surpresa. Visitem! :D

 

 

20171022_152716.jpg

  • Gostei! 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dia 1 – Rio – Havana

 

Meu vôo saiu às 12:30 do Galeão. Cheguei com 2h de antecedência ao aeroporto, principalmente para comprar o visto sem complicações. Quando fui despachar a bagagem me ofereceram a tarjeta turística, mas, diferente do que me informaram por telefone, que só aceitariam dólares, no guichê da cia aérea só aceitam real, valor cobrado: R$65,00.

Embarque, decolagem e pouso ocorreram no horário, escala no Panamá de 1h e 50min.

Obs: para utilizar o wi-fi no aeroporto do Panamá é preciso preencher um formulário. As 2 primeiras horas são gratuitas. Eu nao consegui acessar o wi fi do aeroporto. 

 

O vôo para Cuba também saiu no horário previsto e quando o avião pousa a galera bate palmas. Enfim Cuba! :x

Atrasei o horário em 2h, devido ao horário de verão, sem horário de verão seria só 1h a menos.

Primeiro passei pela imigração. Perguntaram se visitei algum país na África nos últimos tempos, informei que não. Apresentei o passaporte, tarjeta turística e a carteira internacional de vacinação.

Ele carimbou o passaporte e a tarjeta, tirei uma foto e entrei. Bem rápida e simples a entrada no país. 

Depois passei por um local onde estão funcionários da saúde, pedem a carteira de vacina e solicitam que preencha um formulário, onde coloquei tudo NÃO e segui para pegar a mochila.

Nessa hora bateu um certo desespero, era uma esteira só e malas de 3 vôos.  Demorou bastante, até que minha mochila apareceu. Nessa hora não desespere, demora mesmo. 

O taxista já estava no desembarque com uma placa com meu nome. Fui até a casa de cambio localizada na parte externa do aeroporto, troquei um valor significativo do valor que levei pq já tinha lido que em Cuba não é como nos demais países onde o cambio no aeroporto e horroroso (e realmente nao é).

Com CUC em mãos, partiu Havana!

Aí já foi meu primeiro contato com Cuba, o carro era um Chevrolet da década de 50. Durante o caminho, apesar de ser tarde, 1h da manhã, vi muitas pessoas pelas ruas e percebi que as calçadas do centro da capital cubana não tinham moradores de rua.

 

Cheguei na casa e a Srª Yoyi já estava a minha espera. Casa miuto bem localizada, perto do Centro histórico, perto do Malecon, fiz td caminhando. Indico muito essa hospedagem! :)

Valor da diária: 20 CUC (como estava sozinha chorei o desconto, valor normal é de 25 CUC).

Casa: Yoyi Alvarez

Calle Industria, 270, apt 601

Tel: (53) 7 863 5533

E-mail: [email protected]

 

Obs: o acesso da internet é limitado então há uma dificuldade em fazer contato por e-mail. Nesse prédio onde fiquei hospedada existem diversos apartamentos que alugam quartos, caso não consiga contato, acho válido ir até lá, pois os cubanos se comunicam e acabam arrumando um outro apt pra vc ficar. Isso foi bem comum durante a viagem.

 

 

20171020_105556.jpg

  • Gostei! 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dia 2 – Havana - Museu da Revolução e Malecon

Acordei, ganhei um mapa da cidade da Srª Yoyi, que ainda sentou cmg e sinalizou os principais ponto, e fui direto para a calle Obispo, principal rua do Centro Histórico de Havana. Comprei uma água grande por 1,50 numa lanchonete (Cuba é um país quente, entao vc sempre vai precisar de agua) e fui na ETECSA, comprar o cartão para acessar a internet. Não sei por qual motivo o local estava fechado. Era um dia útil, mas a ETCSA não estava funcionando..

Nesse momento conheci pela primeira vez os famosos “jineteiros”. Ao dar de cara com a ETECSA fechada, magicamente, surgiu uma mulher perguntando se eu queria o cartao para acessar o wi fi e me falando que me levaria até lá, eu sabia que no fim ela me pediria algo, mas eu acabei aceitando, pois queria avisar que tinha chegado bem e, principalmente, ver a possibilidade de fazer um seguro saúde, pois estava com dor.

A cubana saiu caminhando comigo pelas ruas de Havana, conversamos sobre o Brasil, me mostrou algumas praças, me ofereceu charutos, me levou num “local com show do Buena Vista Social Club” e por fim me levou numa papelaria onde os cartões eram vendidos, mas por 0,50 CUC a mais do que na ETECSA. Comprei o cartão de 1h, dei 2 CUC de "gorjeta" para a jineteira e voltei para as proximidades do Hotel Inglaterra, onde utilizei pela primeira vez a internet em Cuba.

 

Como acessar a internet em Cuba

O esquema da internet em td o país é comprar o cartão de acesso na ETECSA, 1,50 CUC a hora. Depois ir até um local onde tenha wi fi, eu acessava sempre no Hotel Inglaterra, localizado em frente ao Parque Central, pois era bem pertinho de onde eu estava hospedada.

 Aí vc liga o wi fi e ao se conectar abrirá uma página da ETECSA, onde vc digita o login e a senha que estão disponíveis no cartão e pronto, conectado. Em Havana foi um dos lugares onde o sinal era mais instável, desconfio eu que devido a grande quantidade de pessoas conectadas.

Quando acaba de usar a internet é só desligar o wi fi.

 

20171024_101806.thumb.jpg.4ef6f6928d4409fc41798b9bfdfc52c5.jpg

 

Enfim.. Depois de conhecer uma jineteira e acessar a internet, fui caminhando até o Museu da Revolução.  O museu está localizado num lindo prédio que foi sede de diversos governos cubanos, sendo o último Fulgêncio Batista, que saiu fugido do local na revolução.

A exposição é bem simples, com textos e fotos que contam a história da revolução e de alguns personagens importantes conhecidos e desconhecidos.

Eu considerei um local essencial para entender um pouco sobre como foi o processo revolucionário vivido pelo país.

Também é realizada a visitação ao Memorial Garnma, onde fica o iate de mesmo nome, que levou Che, Fidel e demais guerrilheiros do México para Cuba.

Valor de entrada – 8 CUC.

Não é permitido entrar com mochila, mas no local há um guarda-volume gratuito.

 É permitido fotografar.

 

20171020_125727.thumb.jpg.e6a1b40927c9764e131a1d6b963cbeb6.jpg

 

20171020_132617.jpg.c47348a6098e362fa0fa8a256b594470.jpg

 

20171020_130142.jpg.b991fe368474109a3721072087334976.jpg

 

Depois do museu fui caminhar pelo Paseo Del Prado, mas já era meio de tarde e o estômago estava roncando. Parei no restaurante Prado 264 e pedi um espaguete com molho de tomate e queijo e uma cerveja Mayabe, que foi o único local onde encontrei essa cerveja durante a viagem, mas não fez diferença, pois achei muito aguada e nao pagaria novamente para bebe-la. Deu um total de 7 CUC, com a gorjeta pro garçon.

20171020_143525.thumb.jpg.41ecf653063269e95cbe5842213249ca.jpg

 

20171020_144258.thumb.jpg.f807963a1e4b812b09ab39d4348b360c.jpg

 

Com as energias recarregadas retornei a minha caminhada por Havana, dessa vez fui ao Malecon, onde observei as degradadas construções, os belos carros antigos e o maravilhoso entardecer.

20171020_184207.thumb.jpg.92ef3b4d3e3a547f84347fa6da06e1f0.jpg

 

20171020_190121.jpg.fb0981c2ca84344de30e9f86c1b7a165.jpg

 

20171020_191110.jpg.b01a6313464e264d59051126367fb430.jpg

 

Na volta parei em uma das famosas pizzarias e comi uma pizza de queijo por 0,50 CUC. Não espere nada sensacional, mas pelo valor, até que a pizza é bem comestível.  

20171101_212256.thumb.jpg.79f77774ca222e10d50b3e8783585b7c.jpg

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Marcela, estou amando seu post pq viajo agora pra la e estou tendo dificuldades com comunicação com aluguel das casas familia. Estou ansiosa pra ver o resto. Se puder ajudar sou grata,

Obrigada

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 06/11/2017 em 15:12, Neidemn Rocha disse:

Oi Marcela, estou amando seu post pq viajo agora pra la e estou tendo dificuldades com comunicação com aluguel das casas familia. Estou ansiosa pra ver o resto. Se puder ajudar sou grata,

Obrigada

Estava aproveitando os últimos dias de férias na Bahia. Qualquer coisa pode perguntar por msg ;)

 

Vou continuar o relato! 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dia 3 – Havana - Free Walk Tour

Nesse dia eu pretendia ir até a Praça da Revolução, utilizando o Habana Bus Tour, mas no Parque Central fui abordada pelo Orlando, guia, que me convidou para participar do Free Walk Tour, e eu resolvi mudar meus planos e fazer o tour caminhando pelo centro histórico, não me arrependi. Não só pelo tour em si, que já é muito bom, mas pela oportunidade de conversar sobre política e sobre a forma como vivem os cubanos com o guia, que era super receptivo às perguntas.

O tour saiu da San Rafael, rua lateral do hotel Inglaterra e teve uma duração de aproximadamente 3h.  Começou pelo edifício Bacardi, Museu da Revolução, Bodeguita, Plaza das Armas.. e deu uma caminhada por todo o centro histórico explicando a história de Cuba. No final do tour sentamos na Plaza Vieja para beber uma torre de chopp artesanal e continuar o papo sobre o “modo de viver cubano”.

Como o nome do tour já diz, o tour é gratuito e a contribuição é voluntária. Eu dei 10 CUC.

20171021_195537.thumb.jpg.e489e1614d5a759110c64ce733e42e07.jpg

 

20171021_121131.jpg.f264d67a005815712e64729e5d4f9d81.jpg

 

20171021_145817.jpg.b63f6ed6425e4c5a9d7120c2535d3cfb.jpg

 

Depois do tour e da torre de chopp artesanal, que por sinal é deliciosa, aconselho a todos provarem. A torre pequena custa 12 CUC e a média 24 CUC.

Fui caminhando até o Mercado de Artesania. Comprei lembranças pra trazer pra família e amigos. Preço médio: Camiseta 10 CUC, ima 12 unidades por 5CUC, pequenos quadros 1 CUC.

Na volta estava uma chuva torrencial e como a caminhada era longa, optei por um “bici táxi” 3 CUC.

 

20171021_165200.jpg.19c957590f2e277f5be38b04a5ca01ba.jpg

 

A noite eu tive a oportunidade de jantar na casa de uma família cubana, longe da zona turística e diferente das casas particulares grandes e bem equipadas, como as onde me hospedei por toda a viagem. Foi uma experiência incrível. Cuba é um país incrível e os cubanos são realmente encantadores!!

Para chegar a casa, localizada em Miramar, eu peguei uma “maquina”, os carros que passam escrito taxi. Vc para e pergunta se vai para o local onde vc quer ir, se sim, vc entra, se não, vc aborda o próximo carro.. O trajeto me custou 20 CUP. Como eu não tinha moeda nacional, paguei com 5 CUC e recebi 100 CUP de troco.

Na voltei peguei um ônibus que era um valor irrisório, algo como 0,20 CUP. Um cubano pagou minha passagem, ao observar a minha dificuldade em calcular moeda nacional para CUC.

Tanto na maquina quanto no ônibus não encontrei nenhum turista, apenas cubanos.

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

11 horas atrás, D FABIANO disse:

Dizem que é proibido a não cubano pegar esses onibus,verdade?

E como eles são?Também da década de 50?

Fabiano, 

os ônibus que turistas não podem pegar são os intermunicipais. O ônibus que peguei foi ônibus urbano mesmo, que circula em Havana. 

nao sei precisar a década, mas não são ônibus tão velhos. 

  • Obrigad@! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por mimanenti
      Data da viagem:30/12/2018 a 22/01/2019
      Havana
      Cienfuegos
      Playa Giron/Playa Larga
      Santa Clara
      Camaguey
      Bayamo/Sierra Maestra
      Santiago
      Remédios
      Cayo Santa Maria
      Varadero
      Havana
      Estimativa de gastos:€100,00 dia com transporte, alimentação,passeios, cervejas,etc,etc, etc
      €2300,00 x +- 1,10 = 2530,00 cuc
      CAD 600,00 / 1,41= 425,50 cuc NAO LEVEM NAO VALE A PENA 
      Às vésperas de completar 1 ano da minha viagem,em meio a pesquisas para as próximas viagens,me peguei com uma imensa saudade.Então revendo minhas fotos,minhas anotações e mensagens no grupo do telegram(medo de ser hackeada 🤣)resolvi fazer esse relato,contando um pouco sobre minha aventura e de meu esposo,nos 23 dias dias que ficamos  lá por Cuba,com alguns valores,e contar um pouquinho sobre as 10 cidades que passamos.
      Bem começando pelas passagens aéreas.Moro no sul de SC,em Criciúma,então optamos por comprar a passagem partindo de Porto Alegre,compramos pelo site:almundo.com.br no mês de junho e pagamos por volta de R$7,500 pela copa airline parcelada em 1+ 6 😂 sem juros (muito importante) com uma escala de 5 horas no Panamá.
      O detalhe é:NUNCA VIAJAMOS DE AVIÃO imagina a tensão 😬
      Embarcamos no dia 30/12 às 12:30 horário de verão,chegamos no Panamá por volta de 16:40 horário local(3h a menos).
      Passado o cagaço da decolagem e da aterizagem,pensei que o troço não ia parar nunca 🤣,fomos a caça da Tarjeta Turística.Encontramos em um guichê por $20,00 cada,e não me lembro qual foi,pq fomos em vários e já havia acabado,pela época do ano.
      Vencida a missão da Tarjeta,era a hora que ser extorquido, digo,comer algo e avisar a família que estávamos vivos.
      Partimos para a segunda parte da nossa aventura às 20:26 e desembarcamos em Havana às 23:50.
      Em Cuba tivemos o auxílio da Irina Cascaret,para as reservas e para fazer a comandancia.Optei por fechar com ela por querer algo mais seguro,do que chegar lá de mala e cuia e ter de procurar local,pois íamos chegar de madrugada praticamente,claro que gastamos um pouco mais,mas nada que não estive no nosso orçamento.
      Voltando a nossa chegada,saímos do avião e fomos seguindo o fluxo,já que não tínhamos a mínima ideia do que ia acontecer,sabia que tinha que passar na imigração e tals,mas era só.Passamos pela imigração,tiraram nossa foto e só.Não nos perguntaram nada 😧.Pegamos nossas malas,demorou uns 30 minutos.
      Caminhamos em direção a saída,nos abordaram pedindo o comprovante de vacina da febre amarela,fiz seguro saúde,mas não nos pediram.Continuamos caminhando,ao chegar em uma outra saída uma moça nós abordou,pedindo o papel da alfândega.Que alfândega?😬😂Voltamos preenchemos um formulário sobre pertences, dinheiro e tals,e enfim conseguimos sair.
      Ao sair me sentia naquelas cenas de filmes,muita gente com plaquinhas aguardando os turistas,eu ia passando e nada de encontrar meu nome,ia ficando meio tensa a cada passo que dávamos,procurei e não encontrei o táxi que havíamos combinado com a Irina.Ouve um engano na data da nossa chegada,acharam que íamos chegar dia 31/12 às 23:50 não dia 30/12 e quase ficamos na rua por conta disso.Conto mais adiante.
      Voltando a nossa chegada,como percebemos que esqueceram de nós,aguardamos um pouco,quem sabe o taxista estava só atrasado,ledo engano.
      Trocamos 300 CAD na cadeca e fomos em busca de um táxi,o que não é difícil de encontrar,já que na saída do aeroporto tem vários táxis oficiais, porém foi caro 30cuc + 5cuc de gorjeta.Tivemos que pagar pois era por volta de 01:00,ou pagávamos ou ficamos lá até o dia amanhecer 😢
      Partimos em direção a felicidade,digo Havana.
      Tudo muito escuro,(já sabia disso,não me preocupei)poucas pessoas nas ruas, exceto em alguns bares,fomos contemplando o que era possível na escuridão.Chegamos ao nosso endereço:Calle Neptuno, apartamento de dona Maria Lídia.Não tinha interfone,o taxista ligou de seu telefone para ela,que atendeu e disse que não estava esperando nenhuma Micheli! Oi?😶Como assim?Começou a dar um frio na barriga,logo passou pq pensei:na rua a gente não fica.
      Passado uns 10 minutos,uma senhora sorridente aparece no saguão,era dona Maria Lídia,que me explicou que estava nos esperando no dia 31/12.
      Devidamente acomodados,conversamos um pouco com nossa anfitriã,e fomos dormir.No caso meu marido foi,eu fiquei sentada na varanda, até às 03:00hs para poder enviar mensagem para nossa família, sim,enviamos mensagem de texto,não vale a pena comprar 1 chip lá,acaba rápido.
       
      1°  dia 31/12 Tomamos café na casa de dona Maria Lídia,e saímos sem rumo por Havana vieja.Passamos pelo famoso La Floridita,não entramos,fomos até a Calle Obispo e compramos cartões de internet,a propósito ficamos 1:30 na fila.
      Continuamos a caminhar e fomos parar na Plaza de Armas, conseguimos conectar a internet,voltamos por outro lado da praça e passamos pela La Bodeguita del médio, estava bem movimentado,entrei tirei uma foto do garçom fazendo os mojitos e saímos.
      Voltamos para a casa de dona Maria Lídia, descansamos e saímos próximo as 21:00 pois combinamos com nossos amigos aqui do grupo de nós encontramos no capitólio neste horário.Pude conhecer pessoalmente, pessoais incríveis: Débora,Marcela,Larissa,Luiza e Renan amigos que Cuba me deram 💗
      Fomos até o restante Km 0 jantamos e depois saímos caminhando em direção a Plaza Vieja.
      Chegamos havia alguns turistas ficamos um pouco por lá depois retornarmos para casa.
      No retorno voltamos desviando de água e ovos,sim os Cubanos jogam pelas janelas água suja e ovos.
      Chegamos sãos e salvos sem nenhuma baixa, digo ninguém do nosso grupo foi atingido 🤣
      Gastos 
      Diária 25 cuc
      Café da manhã 10 cuc 
      Táxi 35 cuc
      Água 4,25 cuc
      Internet 20 cuc 4 cartões de 5 horas
      Compras mercado 10 cuc
      Gorjeta 3 cuc
      Restaurante 30 cuc
      2° dia 01/01 Havana
      Um dia vagando por Havana Vieja😊
      Gastos
      Diária 25 cuc
      Café da manhã 10 cuc
      Mercado 13,60 cuc 
      Jantar 14,70
      3° dia 02/01 Havana - Cienfuegos 
      Dia de partir para Cienfuegos, combinamos com Irina um táxi para as 14:00, porém acordamos com o telefone de dona Maria Lídia tocando,era Irina,nos avisando que o taxista não iria.Assim trocamos dinheiro na Cadeca e partirmos para o terminal rodoviário da Viazul.
      Chegando no terminal,não havia passagens.Havia várias pessoas como nós:de mochila nas costas e sem passagens.Algumas pessoas estavam em frente ao terminal oferendo táxi,logo foram organizando as pessoas em grupos, conforme seus destinos.Ficamos em um grupo com 2 franceses e um alemão,meu esposo fez aula de francês por 1 ano em 2007 aproveitou pra exercitar 😂 enquanto aguardavamos.
      Depois de aproximadamente 1 hora,nos levaram para um carro que iria para cienfuegos,embarcamos no carro já havia um casal:de brasileiros 🤣 Não lembro a hora que saímos de Havana,mas chegamos as 15:30hs,encontramos facilmente a casa que iríamos nos hospedar.
      Ficamos na casa da dona Norma,muito próxima ao malecon.Deixamos nossas coisas e fomos"almoçar" e andar sem rumo 
      Gastos
      Diária 25,00 cuc (dona Maria Lídia)
      Café da manhã 10 cuc
      Táxi parque central- rodoviária/cienfuegos:70 cuc
      Almoço 10,00
      Gorjeta 1,00
      Mercado 6,00
      Cerveja 3,00
      Janta 11,50
      4° dia Cienfuegos 03/01
      Tomamos café na casa de dona Norma,e partimos em direção ao centro da cidade,a fim de organizar nosso bate e volta no dia seguinte a Playa Giron e Playa Larga(Baía dos cocinos)a casa fica um pouco distante do centrinho,em torno de uns 3 kms.Chegamos e fomos a um posto de informações turísticas, depois até o terminal da viazul e reservamos nossas passagens.Coloquei Cienfuegos em nosso roteiro devido a proximidade a Baía dos Porcos,na cidade em si,não tinha nada específico que quisesse conhecer,assim perambulamos bastante, chegamos a visitar a casa de um Canadense casado com uma Cubana que está organizando sua residência,para receber turistas.Estavamos caminhando,vimos um triciclo e perguntamos se era táxi,não era,mas nos rendeu uma visita a casa,em pleno sábado enquanto as mulheres faziam faxina 🤣 quando que no Brasil,colocaríamos 2 estranhos em nossa casa? Jamais! Voltamos para a casa de Dona Norma felizes com a experiência.
      Gastos
      Diária 25 cuc
      Café da manhã 10 cuc
      Mercado 14,40 cuc
      Janta 11,00 cuc
      Gorjeta 1,60
      Banheiro 1,00
      5 ° dia 04/01
      Tomamos nosso café e partiu terminal da viazul,que fica a uns 20 minutos da casa de dona Norma, andando rapidamente.
      Nossa primeira experiência com a viazul foi tranquila.Quase todas as passagens foram reservadas 1 dia antes do embarque,apenas com exceção de Santiago de Cuba,que compramos poucas horas antes.Cheguem com pelo menos 30 minutos de antecedência,para fazer tipo um check in e despachar as bagagens, como não tínhamos malas o embarque foi rápido.
      Chegamos em Playa Giron as 09:30 e já compramos a passagem de volta,para as 15:00 hs
      Não tem muito o que fazer além do Museu Giron que fica bem em frente ao "terminal da viazul"
       
      Visitamos o museu e queríamos ir a Playa Larga,porém não tinha ônibus, então fomos até o terminal da viazul e a atendente nós arrumou um táxi,e partimos.
      Em 20 minutos chegamos a Playa Larga,fomos em um Ford 1956,nossa primeira experiência com os autos.
      O motorista nos levou e nos deixou lá 😬 pagamos 20 cuc só pra ir,e a volta ao Deus sabe como seria.
      Ficamos na praia um pouco,tomamos uns mojitos e para meu esposo rolou o primeiro banho de mar no Caribe.
      Ficamos um tempo na praia,depois rumamos sem direção,a procura da "saída" da cidade para pegarmos o ônibus de volta a Cienfuegos.Como não tínhamos noção de distância da praia para "saída"fomos caminhando sem rumo, só vai.
      Chegamos a "saída"/entrada" de Playa Larga e a título de curiosidade,tem um tanque na entrada,isso mesmo,um tanque que foi usado para expulsar os ianques,na tentativa da invasão da Baía dos Porcos.
      Enfim chegamos ao local onde o ônibus iria passar,esperamos,esperamos, esperamos até que chegou com 2 horas de atraso 😤.
      Voltamos para Cienfuegos jantamos e fomos descansar.
      Gastos
      Diária 25 cuc
      Café da manhã 10 cuca
      Viazul 28 cuc
      Táxi 20 cuc
      Mercado 8 cuc 
      Bar Playa Larga 10 cuc
      Jantar 15,80 cuc






    • Por maria.alves
      Mas como assim, Cuba com menos de 10 dólares por dia? 🤨 
      É isso mesmo pessoal, e para sermos mais exatos, gastamos exatamente $8,70 dólares cada um por dia, mas como o nome do post diz, foi um mochilão raiz e por isso eu advirto vocês que NÃO FOI FÁCIL, mas é possível.😎 Então, antes de começarmos, preciso dizer duas coisas:
       - PRIMEIRO: Eu e meu namorado estamos fazendo um ano sabático e tivemos a oportunidade de encontrar bons preços nas passagens a cuba, saindo de Bogotá- Colômbia e depois seguindo a Miami/NY-Estados Unidos. Então lá vamos nós com pouca grana e sem ter pesquisado muito.🤦‍♀️🙆‍♀️🤷‍♀️
      -SEGUNDO: Falaremos a verdade, é bem difícil ser mochileiro em Cuba! Mas, porquê Maria? Porque é um país pobre, em que a maioria das pessoas pensam que “turistas tem dinheiro, cubanos que não tem dinheiro”, segundo que por ter duas moedas os preços são absurdamente diferentes para cubanos e estrangeiros e terceiro que sempre vão tentar tirar um pouco do seu suado dinheirinho. Além  disso, seu mochilão pode se complicar pelo fato de ser ILEGAL fazer Couchsurfing, trabalhos voluntários, acampar selvagem, difícil pegar carona e até mesmo comprar comida em um supermercado para cozinhar, pode ser muito mais caro que comer na rua. 🤑😮
      Mas se você é brasileiro e não desiste nunca, assim como nós, vamos te dar dicas e esmiuçar como fazer um mochilão raiz em Cuba.
      Mas antes de começar, queria falar rapidinho sobre o DICIONÁRIO CUBANO, ou seja, palavras próprias que vão te ajudar e muito a se "disfarçar" de Cubano:
      CORRER LAGUAGUA = pegar um ônibus 🚍 CORRER CAMIONES = pegar um caminhão que é adaptado como se fosse uma lotação 🚚 CORRER BOTELLA = pegar carona PUNTO AMARILLO = lugar aonde fica uma pessoa vestida de amarelo, que para transportes do governo para você, mediante a uma proprina.  MONEDA NACIONAL = peso cubano/ CUP * DÓLAR = peso convertível / CUC  (se fala CU ou Ce-u-ce)
      Lembrando que Cuba tem duas moedas, o peso cubano (CUP) e o peso cubano convercível (CUC), ISSO É DE EXTREMA IMPORTÂNCIA, porque?
                  1 DÓLAR = 0.96 CUC (-10% ... não compensa levar dólar)
                  1 EURO = 1,08 CUC
                  1 CUC = 25 CUP
      OU SEJA, 
                  1 CUC = 4,07 reais
                  1 CUP = 0,15 centavos.
      obs: é fácil diferenciar as moedas, porque o CUP sempre ter os ROSTOS DOS PERSONAGENS FAMOSOS e o CUC vai ter sempre a imagem dos monumentos nacionais aos mesmos personagens.

      Lembrem sempre disso quando comentarmos os valores nos posts. E não esqueça, é balela o assunto que não é possível trocar CUP, acontece que na casa de cambio primeiro vão trocar TODO seu dinheiro por CUC e se você quer uma parte em CUP só pedir que a pessoa troca tranquilamente.
      *Lembrando que essa viagem aconteceu em maio de 2019, então eu estou usando a cotação dos valores comerciais, para ficar mais fácil.
      _________________________________________________________________________________________________________
      OUTRAS DICAS  RÁPIDAS PARA ECONOMIZAR
      ÁGUA – O gasto com água pode se tornar absurdo se você comprar todos os dias, mesmo se comprar aqueles galões de 6l. Normalmente uma água de 500ml e 1,5l em qualquer lugar custa entre 1 CUC e 1,5CUC respetivamente, em alguns mercados você até encontra por menos, mas se você fizer essa conta pela quantia de dias que você vai ficar, vai ser um gasto bem grande só com água. Nós tomamos água da torneira e não morremos por causa disso. Quando possíve, fervíamos e depois descobrimos um truque de comprar uma solução de hipoclorito por 1 CUP e colocar 3 gotas por litro de água. Pronto problema resolvido. 🥳 CASAS DE FAMÍLIA – A opção mais econômica de hospedagem são as casas de particulares. Minha dica é reservar por AIRBNB porque normalmente sai mais em conta ou também você pode chorar as pitangas. Assim você pode conseguir casas entre 10 e 12 CUC, na temporada baixa. Hoje em dia, Cuba tem pontos de Wi-Fi (ETECSA), no qual você compra um cartão, que varia de 1h e 5hs (Preço: 1 e 5 CUC respectivamente) e procurar hospedagens com reserva instantânea (sem a necessidade de confirmação com o anfitrião). Pronto, não precisa engessar o roteiro reservando tudo de casa e pode procurar o preço mais acessível na hora. COMIDA – Sempre vai ter algum lugar que vende comida por CUP ou estatais. Geralmente são estabelecimentos simples, e as vezes (poucas vezes) você até vai ter que comer em pé, mas a diferença é absurda de preço e a comida em si, é a mesma.  
       

       
    • Por Michelle Galvão
      Olá, pessoal! Meu primeiro post aqui!
      Vou pra Cuba em junho de 08 a 20, montei meu roteiro, mas queria saber se ficou bom. Já li que se locomover entre as cidades não é tão simples...
      Alguém que já foi ou está se programando pra ir? Bora trocar ideias!
      Meu roteiro está assim:
      08/06 - Chegada em Havana
      09/06 - Havana
      10/06 - 1 dia em Viñales (bate e volta)
      11/06 - Havana
      12/06 - 1 dia em Cayo Largo (bate e volta)
      13/06 - Havana
      14/06 - Havana 
      15/06 - Trinidad
      16/06 -  Trinidad
      17/06 - Varadero 
      18/06 - Varadero 
      19/06 - Varadero
      20/06 - Varadero - Aeroporto 
       
      Ainda não reservei hospedagem, aceito sugestões! 
      Alguém indo nessa época?!
       
       


×
×
  • Criar Novo...