Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Posts Recomendados

4 horas atrás, [email protected] disse:

Fantastico ler isso na minha pre estreia de estrada, começando na India, com muito medo de largar mas coragem suficiente para fazer. Gratidão! PRABHU AAP JAGO

Tuas palavras me tocam profundamente, irmã! 

Que a Ganga Ma te guie. Diz pra ela que eu tô indo! Hihihi

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Por carlera00
      Sou novo aqui pessoal, alguem poderia me dizer onde faço o relato dessa viajem? se quiserem é claro
    • Por carlera00
      Querem que eu escreva o diário desta viajem?
    • Por Turistando HD
      Bombinhas
      É a praia que dá nome a cidade e onde se encontra o maior centro comercial da cidade. Sua faixa de areia é composta por cristais de quartzo, que dão um tom incrivelmente branco, emoldurando o mar calmo e transparente com pequenas ondas, garantindo a alegria das crianças. Os mesmos cristais produzem um som característico sob os pés, semelhantes a estalidos, o que rendeu o nome à praia. Possui 1.227 metros de extensão. Em Bombinhas, estão localizadas as principais escolas e operadoras de mergulho autônomo, com saídas diárias para os costões da península e na parte sul da Ilha do Arvoredo. Uma das grandes atrações da Praia de Bombinhas é a tradicional Corrida de Canoas-de-um-Pau-Só, evento anual, sempre na comemoração do aniversário da cidade, em março, que atrai pescadores de todo o estado, com suas canoas peculiares.
      Como chegar
      Seguindo pela Avenida Leopoldo Zarling em Bombas, ao atravessar a ponte do Rio da Barra, a avenida já recebe o nome de Vereador Manoel José dos Santos, que conduz diretamente ao centro de Bombinhas. O acesso também pode ser feito a partir da Praia do Mariscal, pela estrada do Morro do Mariscal.
      VÍDEOS POR PRAIA:
      4 ILHAS
      MARISCAL
      CANTO GRANDE I
      CANTO GRANDE II
      ZIMBROS
      MORRINHOS
      LAGOINHAS
      COSTA ESMERALDA - BOMBAS
      BOMBAS I
      BOMBAS II
      SEPULTURA I
      SEPULTURA II
       
    • Por Alicefsantos
      [CONTINUANDO...]   Depois de chegar em Belém ainda tive um longo caminho até meu destino, primeiro que fiquei mais ou menos 7 dias, cheguei dia 19 e consegui passagem apenas para o dia 25, sorte que de Belém para Brasília foram apenas 2 dias e olha que ainda tive que ficar 8 horas no posto de gasolina pois o ônibus pregou e tivemos que esperar outro.DETALHE: quem está ali pagando passagem ( de R$530 reais) deveria estar muito chateado com  a falta de atenção da empresa que apenas nos deixou lá sem amparo algum em relação a comida ou segurança.   Nos 7 dias conheci aquilo que consegui em Belém, até porque estava poupando o máximo que conseguia, conheci o mercado Ver- o- peso, onde tive a honra de conhecer Dona Colo , se você não conheci pode digitar no Google : dona colo de Belém do Pará que você encontrar inclusive o site da sua barraca, ela é uma figura conhecida de Belém que  trabalha há 31 anos com ervas medicinais na feira do ver-o-peso, aprendeu com a sua mãe que aprendeu com a sua avó e agora passou para ela  que está passando para os seus três filhos. (tem foto nossa nos anexos) quem for no mercado não pode deixar de passar pela sua barraca, ela faz banhos, vende perfumes, remédios e além de tudo é uma pessoa muito simpática. Conheci também em Belém a estação das docas, referência nacional, o complexo turístico e cultural congrega gastronomia, cultura, moda e eventos nos 500 metros de orla fluvial do antigo porto de Belém.
      Ficar na casa da minha amiga que mora em Belém, ajudou muito em relação a poupar dinheiro, tanto por não pagar estadia, quanto em relação a comida, pois a família me acolheu de uma forma tão boa a gente se deu super bem que conseguimos negociar em relação a comida também, claro que eu sempre que podia ajudava com algo.      Chego na primeira cidade da Bahia (Barreiras) no dia 28 de Dezembro e no meu destino final dia 29 de Dezembro, apenas um dia,porém longo, com várias paradas em rodoviárias na Bahia, passando por pequenas, médias e grandes cidades, estradas com barro, asfalto, dentro da Bahia passei por: barreiras, vitória da conquista, Itabuna e então finalmente Ituberá onde estava acontecendo o festival que eu estava indo UNIVERSO PARALELO, foi minha segunda edição, a primeira fui me avião e translado, nessa me aventurei bem mais como se pode ver, porém a primeira viagem foi muito importante por ter aberto meus olhos em relação a viver viajando, e se isso era ou não possível, o up foi o primeiro contato que tive com essa realidade.    Conheci pessoas, fiz amizades de poucas horas mais com muita intensidade nas conversas, nos favores, eu tenho muito que agradecer, pois encontrei no meu caminho pessoa boas, não sei como foi a experiência de outras pessoas em relação a viagens de ônibus, porém o que eu encontrei foram pessoas muito dispostas a ajudar uma as outras, desde o "olha aqui pra mim enquanto vou no banheiro.", "olha meu celular ali carregando.", recebi dicas para as cidades que estava indo, conversei sobre acontecimentos da minha vida com quem normalmente dividiria apenas com amigos de longas datas, até café da manhã me pagaram.   Enfim, valeu muito a pena.       Girls we can do it! 

      Redes sociais: @loamaria.joana
      @licemj             



      20171229_062957.mp4




×