Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

leitaozinho

Canivetes... Qual comprar?

Posts Recomendados

Xaliba,

 

Tenho um Skeletool cx a uns dois anos, para ele ser perfeito só falta o saca rolha!!!! (uma garrafa de vinho acompanha perfeitamente uma mochilada) outro problema é que as pontas da chave de fenda são removíveis, logo deve ter cuidado para não as perder. agora o resto é só elogios.... adoro o aço, o mosquetão, o abridor de garrafa, alicate e o visual dele por si só já é uma obra de arte. parabéns pela compra.

ps. ele não é um tanque de guerra como o enlan el01, se fizer a lâmina como alavanca fatalmente ala vai quebrar.

 

inté...

 

Grande Cabral, mesmo depois de uns 10 anos sem comprar um SAK novo tenho impedimentos morais para não os recomendar, pois para um leigo ele supre perfeitamente as suas expectativas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mestre VdM,

 

Mas eu também recomendo e muito os SAKs Victorinox! São canivetes excelentes e no meu caso com pelo menos um com praticamente 3 décadas de bons serviços prestados.

 

Mas realmente, minha cota de SAKs já está preenchida há tempo; afinal, são 9 SAKs atualmente, já tendo presenteado alguns...

 

Aliás, acho mesmo que por um longo tempo nada mais de novas lâminas...

 

hehehehehehehehe

 

Grande abraço meu amigo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Mestre VdM,

 

Mas eu também recomendo e muito os SAKs Victorinox! São canivetes excelentes e no meu caso com pelo menos um com praticamente 3 décadas de bons serviços prestados.

 

Mas realmente, minha cota de SAKs já está preenchida há tempo; afinal, são 9 SAKs atualmente, já tendo presenteado alguns...

 

Aliás, acho mesmo que por um longo tempo nada mais de novas lâminas...

 

hehehehehehehehe

 

Grande abraço meu amigo!

 

grande dr. cabral,

 

he he he....

 

estamos no mesmo barco. luto para afinar o meu discurso a prática e exercer um consumo consciente, já tenho lâminas o bastante! assim á melhor gastar apenas o tempo doando e compartilhando a nossa humilde experiencia.

 

prometo, que serei mais assíduo ao fórum.

 

inté...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola amigos, olha eu aqui denovo e com novidades.

 

Minha ultima aquisição é um canivete da marca MANTIS, modelo MT-9a PIT BOSS. Trata-se de um canivete com 15cm totais, lamina de 6,2cm com 5mm de espessura, em aço CPM-440V (2,15% de carbono) e ponta tipo "Sheepsfoot", desbaste full-flat, cabo com liners de aço inox com 2mm de espessura cada lado e talas em G10. Eu juro que nunca vi nada tão afiado em minha vida, é impressionante!

Minhas impressões sobre o canivete são as melhores possiveis! Nunca tinha pego algo tão bem feito e acabado na mão, de tamanha qualidade, e olha que tenho SOG em minha coleção, alem de muitos outros conceituados tb. Realmente percebi porque essa marca é conceituada em cutelaria fina. Ele é pequeno mas pelas medidas dele e materiais da pra se imaginar o que esse canivete deve aguentar de trabalho, pois ate canivetes grandes é dificil achar robustes assim como esse. Ja é o meu queridinho e meu atual EDC tb. Segue uma foto do menininho invocado, espero que gostem!

 

mantisio.jpg

 

Uploaded with ImageShack.us

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Leandro,

 

Parabéns pela aquisição! O Aço CPM-S60V é o famoso quem tem tem quem não tem não terá mais, a não ser que compre de outro usuário ou caso ache algum ítem " perdido" em algum revendedor,pois já há algum tempo que a Crucible não mais o produz e as cutelarias que o ofereciam em suas linhas sempre trabalharam com estoques limitadíssimos.

 

Com toda esta espessura e comprimento de lâmina não sei se a Mantis se ateve à recomendação da CPM de manter a dureza em torno de 55/56 RC devido à problemas de fraturas. Se manteve, ele dificilmente perderá o fio em materiais abrasivos, mas tenderá a virá-lo. Não sei se faria sentido elevar sua dureza pois mesmo que a lâmina não fraturasse o fio se encheria de dentes, a não ser que fosse mais obtuso.

 

Belo EDC!

 

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Leandro,

 

Parabéns pela aquisição! O Aço CPM-S60V é o famoso quem tem tem quem não tem não terá mais, a não ser que compre de outro usuário ou caso ache algum ítem " perdido" em algum revendedor,pois já há algum tempo que a Crucible não mais o produz e as cutelarias que o ofereciam em suas linhas sempre trabalharam com estoques limitadíssimos.

 

Com toda esta espessura e comprimento de lâmina não sei se a Mantis se ateve à recomendação da CPM de manter a dureza em torno de 55/56 RC devido à problemas de fraturas. Se manteve, ele dificilmente perderá o fio em materiais abrasivos, mas tenderá a virá-lo. Não sei se faria sentido elevar sua dureza pois mesmo que a lâmina não fraturasse o fio se encheria de dentes, a não ser que fosse mais obtuso.

 

Belo EDC!

 

Abraço

 

Cabral, muito obrigado pelas palavras e toques mais uma vez!

Sobre a dureza, realmente não encontrei absolutamente nada no site e nem em foros relacionada às laminas da Mantis, mas encontrei que quem tem facas com esse aço, não quer outro. São só elogios o tempo todo, e faço ideia. Sobre dureza, encontrei sempre mensões maiores que essas pra esse aço, sempre entre 58 a 61, variando muito de pra que sera usado. Mas como falei, a Mantis infelizmente não disponibiliza tais dados.

A robustez desse pequeno é o que impressiona! Não conhecia a marca, comprei meio que às cegas mesmo e apaixonei, o acabamento é maravilhoso, muito bem feito mesmo... faz jus aos elogios que tanto li em varios foruns mundo afora.

Como EDC, acredito que vá ser excelente, pela portabilidade, materiais utilizados, etc.

Grande abraço meu amigo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Leandro,

 

Estas durezas citadas em fóruns é pouco realista na prática para este aço. Veja neste material produzido pela Crucible a resistência a impactos, comparando o S60V com outros aços comumente usados em cutelaria e em durezas relativamente comuns:

 

598d9fb06ab77_cpms60v.jpg.4e04524247162fb12dbc8b351b60b6cb.jpg

 

Veja que com apenas 56RC ele tem cerca de 30% menos resistência à impactos que o D-2 a 59RC, e o D-2.

 

Com 59RC ele tem pouco mais que a metade da resistência do D-2 à fratura, quando em mesma dureza.

 

Então mesmo quie a lâmina seja absurdamente robusta, esta caracteristica de friabilidade também se aplica ao fio, que iria formar dentes ( fratura ).

 

Mas mesmo com "apenas" 56RC de dureza o CPM-S60V é muito, mas muito mais resistente ao desgaste que o D-2!!! Você pode cortar, cortar, cortar... materiais abrasivos e ele continuará pedindo mais!

 

Neste caso, até eu abriria mão de maior dureza... :shock:

 

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parece que eles tem tres niveis diferentes de tratamento de dureza pra esse aço ne, chegando a 60,5 em um dos casos. Bom, o duro realmente é que a Mantis não informa qual a dureza aplicada nessa lamina, mas só ouvi elogios em foruns a esse canivete. Alguns dizem que é um pouco dificil de se afiar, mas que com afiador diamantado não ha grandes problemas. Tb dizem que é um aço "Premiun".

Mais uma vez, obrigado pelos exclarecimentos Cabral. E vc, ja conhecia essa marca?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Leandro,

 

Já tinha lido sobre ela em fóruns.

 

Quanto a dureza, não é que tenham 3 níveis, pois é possível enrijecer este aço ( como a maioria dos aços ) em um espectro bem amplo, só que acima de 58RC ele fica muito quebradiço!

 

Aquelas dureza foram apenas nos corpos de prova para poder comparar com durezas semelhantes em outros aços.

 

Veja algumas citações de vários fóruns e note que a última é diretamente do próprio Sal Glesser, criador e presidente da Spyderco:

 

I think I remember reading that Sal Glesser dropped a S60V blade on the concrete floor once and it shattered, I think it was around 60 HRC or so.

 

Spyderco had some problems with chipping when they cranked up the Rockwell rating, so back when 60V was called CPM440V, those blades are about 55HRc.

 

 

couldn't be taken past 57 Rc without chipping problems for production knives

 

 

hat's why a vanadium-carbide-rich steel like 440V can be left relatively soft (like 56 Rc) but still have much more wear resistance than a steel like 440-C which can be brought up to 57-58 Rc but doesn't have carbides in the density or hardness as 440V.

 

IRC, the 440V that Spyderco used was originally pretty hard (RC in the upper 50s). They then decided to make the blades a bit softer to avoid chipping, so the RC value was lowered to the mid 50s. I think that was done across the board on all the models that used 440V.

 

 

 

Our 440V blades were run at a lower Rc to avoid chipping experienced in the higher Rc's. The lower hardness didn't seem to afffect edge retention, at least on the CATRA tests. It's actually a very good blade steel even though it wasn't developed for blades.

 

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...