Ir para conteúdo

Posts Recomendados

  • Respostas 120
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • 1 mês depois...
  • Colaboradores

Marcus, você pode explorar o lago Balaton: existem várias cidades em torno dele que serviriam como ponto de apoio. Esse é um destino turístico regional bastante popular, atraindo também visitantes de países vizinhos.

 

Outra opção é Pécs, perto da fronteira com a Croácia: lá existe um sítio arqueológico (um cemitério cristão do séc 4 d.C); também existe a antiga fábrica de porcelana Zsolnay, onde funciona um museu (existe um outro, no centro, mas não é tão interessante) e um complexo criado pelo fundador da fábrica (incluindo um mausoléu cheio de referências maçônicas, uma coisa bem curiosa). Na região perto da cidade de Pécs, existe uma cidadezinha chamada Siklós onde você pode visitar um castelo medieval. Outra cidade próxima, Mohács, tem um evento interessante no período do carnaval chamado Busójárás: é um desfile em que os participantes usam umas máscaras que até lembram um pouco as carrancas do São Francisco. :) A idéia é a mesma: cara feia para espantar os maus espíritos.

 

A cidade de Esztergom, mais ao norte, abriga uma gigantesca basílica.

 

Você também pode visitar o parque nacional Bükk, onde fica o ponto mais alto da Hungria (nem é tão alto... menos de 1.000m)

 

Perto de Budapeste está uma cidadezinha simpática chamada Szentendre, onde existem vários ateliês e é possível comprar vários tipos de roupa, artesanato, etc. Mal comparando, seria algo como o Embu das Artes deles.

 

Em algumas cidades, como Villány e Szekszárd, existem vinícolas e restaurantes onde os enófilos podem fazer degustações.

 

O interior da Hungria costuma atrair turistas de outros países europeus que vão em busca de sossego, hotéis fazenda, etc, a preços camaradas. Em vários desses lugares é possível pagar uma taxa para fazer equitação, que é um programa bem popular.

 

Este ano vou passar umas semanas em Szeged, perto da fronteira com a Romênia e a Sérvia, para fazer um curso. Não sei muito bem o que vou encontrar por lá... mas depois eu volto aqui e conto. ::otemo::

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Marcus, você pode explorar o lago Balaton: existem várias cidades em torno dele que serviriam como ponto de apoio. Esse é um destino turístico regional bastante popular, atraindo também visitantes de países vizinhos.

 

Outra opção é Pécs, perto da fronteira com a Croácia: lá existe um sítio arqueológico (um cemitério cristão do séc 4 d.C); também existe a antiga fábrica de porcelana Zsolnay, onde funciona um museu (existe um outro, no centro, mas não é tão interessante) e um complexo criado pelo fundador da fábrica (incluindo um mausoléu cheio de referências maçônicas, uma coisa bem curiosa). Na região perto da cidade de Pécs, existe uma cidadezinha chamada Siklós onde você pode visitar um castelo medieval. Outra cidade próxima, Mohács, tem um evento interessante no período do carnaval chamado Busójárás: é um desfile em que os participantes usam umas máscaras que até lembram um pouco as carrancas do São Francisco. :) A idéia é a mesma: cara feia para espantar os maus espíritos.

 

A cidade de Esztergom, mais ao norte, abriga uma gigantesca basílica.

 

Você também pode visitar o parque nacional Bükk, onde fica o ponto mais alto da Hungria (nem é tão alto... menos de 1.000m)

 

Perto de Budapeste está uma cidadezinha simpática chamada Szentendre, onde existem vários ateliês e é possível comprar vários tipos de roupa, artesanato, etc. Mal comparando, seria algo como o Embu das Artes deles.

 

Em algumas cidades, como Villány e Szekszárd, existem vinícolas e restaurantes onde os enófilos podem fazer degustações.

 

O interior da Hungria costuma atrair turistas de outros países europeus que vão em busca de sossego, hotéis fazenda, etc, a preços camaradas. Em vários desses lugares é possível pagar uma taxa para fazer equitação, que é um programa bem popular.

 

Este ano vou passar umas semanas em Szeged, perto da fronteira com a Romênia e a Sérvia, para fazer um curso. Não sei muito bem o que vou encontrar por lá... mas depois eu volto aqui e conto. ::otemo::

 

Obrigado LF Brasília! Vou pesquisar a partir das referências que você citou. Acho que vou comprar o guia do LonelyPlanet sobre a Hungria e ver o que rola.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 7 meses depois...
  • 2 meses depois...
  • Membros

Bom dia, pessoal...

 

Irei para Budapeste no comecinho de junho com meu primo.

Tenho muita vontade de conhecer as tais piscinas ao ao livre. Como funciona todo o esquema? Soube que tem mais de uma...

 

Gostaria de algumas dicas quanto a comida e bebida. Onde encontrar comida típica e cerveja boa

 

Enfim, lugares para sair à noite

 

Valeu

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


×
×
  • Criar Novo...