Ir para conteúdo

Posts Recomendados

Turma ainda estou em dúvida por qual estrada eu devo ir, BR-040 ou Rodovia Presidente Dutra? ::sos::

 

Bom dia Humberto, tudo certo?

Cara, não sei o percurso todo que você vai fazer mas joguei no maps.

Recentemente fiz uma viagem Ribeirão Preto - Juiz de Fora e passei no trecho entre Caxambu e Areado (que segundo o maps você passaria indo pela Dutra), a estrada estava boa apesar de ser simples, mas em alguns trechos tinha terceira faixa, e sem buracos.

 

Infelizmente não consigo te ajudar com o restante do trajeto =/

 

Na duvida, vai por um caminho e volta pelo outro ::lol4::

Abraços

 

 

Valeu Samuel, então cara.. ontem estava vendo pelo Google Maps e realmente achei mais interessante ir pela Dutra, pegar a Serra da Mantiqueira e depois de Itamonte pegar para Caxambu até chegar a Rodovia Fernão Dias, depois é só pegar sentido BH e seguir através do GPS, não vi muito mistério, realmente a estrada esta muito boa, apesar de muitos trechos serem mão dupla, mas acho que vai valer a pena, vou tentar sair cedo na sexta feira, acabou que 2 pessoas do nosso grupo desistiram e ficou restando 2 vagas, estamos fazendo a preço de custo R$ 550,00 com direito a lancha e casa alugada onde ficaremos por 2 dias e duas noites. Se alguém tiver interesse segue meu contato 21 97251-0655 sou de Deodoro - RJ, Vamos sair na sexta feira a tarde do dia 26 de Maio de 2017. ::otemo::

 

Obrigado pela sua dica, forte abraço. ::lol3::

Compartilhar este post


Link para o post

Então turma, como falei.. aqui estou eu, que viagem.. Uau!! Meu Deus! AMEI! ::otemo::

 

Foram no total percorridos 1.509 Kms do Rio de Janeiro + Percusso Cidade de Capitólio + Volta para o Rio de Janeiro.

Trajeto pela Dutra não possui GNV após Itatiaia, último posto para abastecimento de GNV é o Graal Itatiaia, segue pela serra da Mantiqueira, Itamonte, Caxambu e por ai vai até chegar na Rodovia Fernão Dias, estrada muito boa e sinalizada!! No total são em média uns 625 Km do Rio até Capitólio, chegamos em 11hs de viagem porque paramos bastante para lanche, ir ao banheiro, abastecimento de Etanol, mas valeu a pena, estrada com bastante serração para essa época, toda atenção é pouca, muito cuidado com os carreteiros, eles são loucos nessas estradas de Minas! ::dãã2::ãã2::'>

 

A Cidade de Capitólio não possui muita coisa para se fazer a noite, exceto uma Pizzaria, alguns restaurantes, barzinhos poucos frequentados, em fim.. não vimos nada demais, estava até rolando um baile anos 80 em um local próximo a entrada da cidade, mas como estava cedo achamos que não ia bombar, mas ficamos sabendo que após a meia noite o local ficou bastante cheio e bem animado, que pena perdemos! Mas tbm tinhamos que dormir cedo para no domingo ir a Cachoeira do Lobo que fica a 11km do local onde ficamos hospedados. Uma cachoeira maravilhosa e um local de tirar o fôlego, vale a pena pagar R$ 30,00 para visitar o local, isso mesmo.. paga-se para visitar a Cachoeira do Lobo, mas vc tem direito a curtir a piscina e todas as dependências do local.

 

No sábado quando chegamos fomos direto para a casa.. tomamos café arrumamos nossas coisas e tomamos um banho de piscina, nem todos tiverem essa coragem, somente eu e mais 2 amigos, a água estava boa, não estava gelada! Depois as 11hs da manhã marcamos com o responsável pela lancha que nos levou para o passeio de 4 horas por diversos pontos da Represa de Furnas, o resto vou deixar por conta do vídeo que irei colocar aqui abaixo, espero que curtam, é como dizem, algumas imagens, valem mais que mil palavras! ::hahaha::

 

 

FOTOS A CAMINHO DE CAPITÓLIO E DA CIDADE.

 

18835726_1606522046087277_1641909164377491768_n.jpg?oh=e61fa197501ca7727c5b314513937a60&oe=59B2B43E

 

18813820_1606522106087271_3303289303331661141_n.jpg?oh=f530f004ef672a147845cf8b43de97c9&oe=59E262F4

 

18740703_1606522129420602_229353791408600693_n.jpg?oh=ed789a03ff79f8a6e0e13bea37491347&oe=59A2318B

 

18739651_1606522242753924_4296051195619858425_n.jpg?oh=03c082930aec282fb2e20d9a249ab014&oe=59E0BAED

 

18767590_1606522512753897_4432578705059878138_n.jpg?oh=9a67e4c6f4effc2b95e1e8999cd51afc&oe=59AEDD80

 

18765601_1606522582753890_6547405017687450435_n.jpg?oh=99c3ce80f1456dd9b1b03f228535055c&oe=59A03C77

 

18700306_1606522576087224_8447495306284358391_n.jpg?oh=0ad22a0c9ecea0e13fb9d396469f0545&oe=59B4C87E

 

18739902_1606522639420551_5163275958129667592_n.jpg?oh=b522b631a694527c3d52e3b043c0d603&oe=59A6A3BF

 

18813335_1606522896087192_5910616512695524797_n.jpg?oh=bd5be55dadbd149d79773791524e695d&oe=59E6937A

 

18835666_1606522932753855_8618869840214006726_n.jpg?oh=da68cd584be3946e3a11ced2de20c8de&oe=59AEEA4B

 

18767935_1606523056087176_3091929178311526112_n.jpg?oh=c7ebd7350236bd3f6e6539789a6c68c9&oe=599EC167

 

18740186_1606523062753842_2496974806396221786_n.jpg?oh=4b7834c7e6ee192e62c99fcf6ee983c1&oe=59E45FE7

 

18838938_1606523149420500_8259839574268902005_n.jpg?oh=fbc716f5442cb4b525fb0ca5b1179178&oe=599F9D27

 

18700057_1606523362753812_4268409481936388920_n.jpg?oh=6c3fa630d1ebbbcd84b30dc078d00ad9&oe=59B16122

 

18813324_1606528902753258_7692871974497089044_n.jpg?oh=3c10584172607c6f61bcb3f4b592009e&oe=599FB803

 

18765668_1606528952753253_1697211433147224420_n.jpg?oh=89c80ae9f3470fc1f892e042fd563a6b&oe=59B066F4

 

18740578_1606529762753172_3080680184251412256_n.jpg?oh=5a6422a2626fc695b40d1e945a504116&oe=59AAD670

 

18882225_1607904625949019_8271014213551452634_n.jpg?oh=58b7b60c13c91be21d816e4e08edfe03&oe=599F08D7

 

18765751_1607905392615609_183066302116396643_n.jpg?oh=9cd192874450b6698f7b7a446bf02ce2&oe=59B105E3

 

18740164_1607904632615685_8681633759315366680_n.jpg?oh=1318f84073f50c410d0fab47f2244258&oe=59AE8428

 

18767749_1607904699282345_3719502285687973252_n.jpg?oh=052cbfdc6c2889eaee5b4f789ccef6f2&oe=59A48C3C

 

18700337_1606511219421693_7582657039098001237_n.jpg?oh=ac899313355d8a790ecb2416d95b65f9&oe=59A3BB93

 

18814472_1606511309421684_6378101611050593187_o.jpg?oh=25cadd2ed48ccd6a17654fae20fee78a&oe=59DF318F

 

18740245_1606512292754919_4173542172940123787_n.jpg?oh=993b9c3ca7e3dc524daa0b7f8f6edb19&oe=59A3D255

 

18700160_1606100076129474_2279792058939256837_n.jpg?oh=be3f812e5de5fd471d5fa30c537a045a&oe=59E18A3E

Compartilhar este post


Link para o post
Em 29/08/2017 em 12:49, Thayna Reis Gonçalves disse:

Oi galera, 

Sou nova nesses negocio de fazer mochilão. Estou planejando conhecer Capitólio em jul/2018, gostaria de quem já foi me mandasse algumas dicas, e saber quem tem interesse em ir.

Eu postei ai algumas dicas de como chegar, o que fazer, depois dar uma olhada, abraços.

Compartilhar este post


Link para o post

Se a intenção for realmente conhecer as cachoeiras entre a Serra da Canastra e Furnas, sugestão é não se hospedar em Capitólio. Pode por exemplo, ficar na Pousada Trilha do Sol, pois já dá direito a fazer trilhas e conhecer as belas cachoeiras do local.

Compartilhar este post


Link para o post
On 18/09/2017 at 10:35 AM, mfgvet said:

Bate e volta dia 12? Eu posso ir tbm, saio de Campinas e te encontro em SP

saio aqui do Tietê no dia 11, no ônibus das 22:00 com chegada prevista para as seis e meia do dia 12 de Outubro - Retorno no domingo a noite, mesmo horário, mas tem outros horários de ônibus na volta. marque meu telefone e vamos nos falando, caso queiram.... podemos montar um grupo.... 11 9.8081-5461

 

abs

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por casal100
      Resolvemos, dessa vez, fazer alguns roteiros distintos: beira-Mar, trilhas em montanhas e travessia.
      Começamos por Ubatuba, foram 10 dias de caminhada, por algumas das principais praias; depois pegamos nosso veículo e fomos fazer alguns roteiros em Extrema-MG e, por último,  a grata surpresa: TRAVESSIA DA SERRA DA CANASTRA-MG, que lugar maravilhoso: belas cachoeiras, trilhas fortes, flora e fauna exuberante, povo amigável, queijos deliciosos(alguns entre os melhores do mundo na sua categoria) sem contar a culinária mineira. Tudo de bom.
    • Por Guiherme Zaia
      Estou planejando uma viagem para a Serra da Canastra em Junho. Vocês acham que o saco de dormir Trek500 da Forclaz (marca da decathlon) de 5º da para aguentar o frio? Ou seria necessário o de 0º?
    • Por Karen M.
      Olá pessoal,
      Estou planejando uma viagem em grupo (10-12 pessoas) a Serra da Canastra no final de novembro/ início de dezembro.
      A ideia é sair de van de SP na sexta a noite e aproveitar o sábado e domingo inteiros lá.
      Sei que esta época é chuvosa, mas alguém que já foi sabe dizer se chega a prejudicar demais os passeios ou dá para aproveitar?
      Preciso de dicas de hospedagem e empresas que façam os passeios de 4x4 também!
      Se tiverem dicas de vans que fazem o transporte até lá, também fico agradecida!
      Valeu!
    • Por Filipe Salese
      Tudo começou com uma brincadeira... ãã2::'>
       
      Pratico Escalada e técnicas verticais em geral, sou fã desse esporte fantástico, até que postei mês passado no Face um vídeo do Esporte Espetacular falando sobre o PsicoBloc "Escalada Solo, sem equipo, queda na água, mar, represa, rio, etc" e a região de Capitólio MG é um paraíso para essa modalidade.
      Citei o nome de uns amigos que conheci atravez da escalda e perguntei quem arrumaria a lancha, "com um tom de ironia", quando um deles, me fala que tem um conhecido pela região que faz o serviço de barco na represa, onde é praticado o PsicoBloc. Não deu outra, preparamos tudo, e decidimos ir no feriado de Páscoa.
      Era pra irmos em quase 20, como sempre, alguns desistentes, outros em cima da hora, e acabamos partindo em apenas 5 de SP e 1 de Bauru.
       
      Saímos na madruga de Sexta 06/04, chegando ao amanhecer, o tempo ajudava mt, decidimos pelo camping Quebra Anzol, que fica localizado na cidade de Furnas/MG, que por sinal é muito bem localizado e de facil acesso, tem uma ótima estrutura para receber os campistas, chuveiro quente e tomada a vontade, passando por cima da Barragem da Usina Hidroelétrica basta manter a esquerda, acesso por uma estrada de terra, 2km, em dúvida basta perguntar para o segurança da usina.
       

      vista da Usina.
       
      Armamos acampamento e logo partimos pra cachoeira da Filó a mais próxima do camping, tinha que ser algo sussa, pois tinha viajado a madruga toda e estava mt cansado.
       
       

      Cachoeira da Filó, as Margens da MG050, saindo do Quebra Anzol sentido Passos, aproximadamente uns 6km, salvo engano. Grande poço pra nadar e possível algumas acrobacias "Saltos" rs
       
      Voltamos pro camping, e atrás do mesmo existe outras quedas show tb, com poço e locais para jump.
       
       


      No Camping Quebra Anzol, atraz do mesmo subindo o rio, existe 2 poço. pra direita mais 1.
       
      Finalizamos nosso primeiro dia, virado e mt cansado da trip, no camping é servido almoço por 10k coma a vontade, rango simples, caseiro, local limpo, porém muito simples.
      O camping no geral é bom, estava lotado, tem bastante local pra armar barraca, a dica é colocar um pouco afastado do povão, se quer um pouco mais de tranquilidade e silencio.
       
      Acordamos no Sábado cedo e fomos fazer o passeio de Lancha para os Canyons, praticar o PsicoBloc e conhecer aquela maravilha de local, porém estava lotado, agendamos pro Domingo e partimos pra Pedra do Chapéu, a idéia era fazer uma trilha até o Cume, porém fomos informados que é possível chegar no cume de carro, blz, a estrada é de terra, carro normal sobe, porém com alguma dificuldade, mais sobe, aproximadamente uns 9km até o Pico.
      Sentido Capitólio, entrando na Pousada Engenho da Serra. Existe placas, é fácil/simples o acesso.
       
       

      Vita do Cume Pedra do Chapéu
       
      Hora do almoço, paramos em um restaurante na saída de Capitólio, um almoço divino, completíssimo, muita variedade típica culinária Mineira, saiu por 22k por cabeça.
       
      Próxima parada seria a cachoeira Serra da Mata, basta entrar a direita na pousada do Rio Turvo na própria MG050 e seguir por 9km, estrada de terra, deixe o carro em frente a uma escola abandonada e siga a trilha.
       
      Atenção, existe um enorme poço, mais não é legal entrar para nadar, aguá muito agitada devido a grande força da queda, e muito escura, barro/argila no fundo, não é possível ver onde se pisa/nada, é possível chegar atras da queda, visão show, mais
      muito cuidado.
       
      Difícil acesso.
       

      Cachoeira do Rio Turvo, ou como conhecida pelos locais, Cachoeira Serra da Mata.

      Atras da Queda
       
       
       
      Retornando para o camping, paramos na Cachoeira da Dicadinha, fica ás margens da MG050, sempre tem mts carros parados próximo a Rodovia, se prestar atenção é possível ver a Cachu, poço para banho, muito bonita, porém muito lotada.
       
       

      Cachoeira Dicadinha
       
      Começou a cair a noite e paramos na Barragem da Usina para apreciar o por do sol, chegamos atrasados, rs mais deu pra fazer umas fotos.
       
       


      Anoitecer na Barragem da Usina.
       
      Domingo acordamos cedo, tomamos um café, 6k o Bule de café no Camping.aproximadamente 1,5 L de puro café
      e partimos pro passeio principal.
       
      No restaurante do Turvo as margens da MG050, saem passeio de Chalana e Lancha.
      O passeio de Chalana dura 3horas, e visita 2 locais, o de Lancha dura 2horas e visita 4.
       
      Chalana R$40,00
      Lancha R$50,00
      O mínimo é de 8 pessoas, mais conseguimos fechar pra 6 por R$300,00 total saindo 50k por cabeça, resolvemos pegar o de lancha, compensa mais, o deslocamento é mais rápido, e o passeio mais privativo.
       
      A principal, loka D+, tem uma pequena pedra do lado esquerdo onde é possível uns jumps,

      1º Parada Cachoeira dos Canyons
       
      Gruta do tucanos, onde a lancha vai até uma pequena fenda que é possível, entrar nadando por ela, local show, porém nao vimos nenhum Tucano. rs
       

      2º Parada, gruta dos Tucanos
       
       
      Esse era o pico onde iriamos praticar o PsicoBloc, é possível subir descalço, mais cuidado, quinas cortantes, estávamos de sapatilha, oq ajudou bastante. O local é ótimo para fazern uns Cliff Jump, é possível saltar da altura que desejar, mais tem q escalar solo antes, tranquilo, em caso de queda cai na água, fundo aproximadamente 40m.
       
       

       

       

       

       
      3º Parada, Cachoeira da Cascata-PsicoBloc
       
      4º Parada seria a lagoa azul, como é possível acessar por carro, resolvemos enforcar essa e matar o resto do tempo na cascata, vale a pena, as margens MG050 pare o carro em um restaurante, "tem placa-Lagoa Azul" e paga-se uma taxa de 10k por pessoa para visitar, podendo ficar o dia todo, lá em baixo tem outro restaurante flutuante, que serve porções, 15k Batata, 20k Peixe e Carne, provolone, bebidas e afins.
       
       
       

       

      Lagoa Azul
       
      Dica, leve Snorkel, vale muito a pena fazer Snorkelling nas cachu, uma mais linda que a outra, pra quem gosta de uns Jump, Cachoeiras Filó, Cascata, POço atras do camping Quebra Anzol,
      O camping do Turvo saia por 150k o feriado todo, o Quebra Anzol ficou por 20k o dia, totalizando 60k por cabeça.
       
      Tem ainda a Cachoeira do Lobo, que falam que é show, mais não tivemos tempo de conhecer, ficara pra próxima.
       
      É uma trip show e não gastamos muito, totalizando Pedágio, Combustível e Almoço em restaurante saiu menos de 200k por pessoa, tirando oq levamos de casa para café e a cachaça..
       
      Mais fotos no Face:
      http://www.facebook.com/media/set/?set=a.254642411298937.56126.100002595409024&type=3
       
      Logo menos jogo o vídeo da trip e mando o Link.
       
      Abraços e boas Trips...
    • Por FerFabri
      Salve, viajantes!
       
      Vou usar esse espaço para compartilhar com vocês minha experiência de viagem para um dos lugares mais lindos de Minas Gerais. Fui com mais 5 amigas no ferido de Tiradentes desse ano (2017), e quando começamos a organizar a viagem, foi bastante penoso encontrar informações sobre passeios, campings, restaurantes, etc. Por tanto, quero que esse texto facilite as coisas para quem se interessar em conhecer esse destino "necessário" a todos que amam viajar.
       
      Não é meu intuito descrever cada km percorrido, mas passar as informações sobre Capitólio que apenas conseguimos quando chegamos lá e, dessa forma, ajudar você com seu roteiro.
       
      Ficamos hospedados em uma casa no centro de Capitólio. A família passa os finais de semana em outro lugar da cidade para alugar o espaço, por tanto, se você escolher essa opção, não terá que se preocupar com colchões, roupa de cama, nem nada. A casa possui tudo, utensílios domésticos, inclusive, e é ótima, fica próxima a mercado, farmácia e a rua principal da cidade. Pagamos o total de R$ 600 pelos três dias (R$ 33/dia para cada uma), valor que deve ser mais baixo em finais de semana comuns ou baixa temporada. Além disso, o preço era menor do que qualquer camping que conseguimos contatar (R$ 35 em média)! Além de maior conforto, pois estava um pouco frio e nublado, livramos o bagageiro de barracas e sacos de dormir.
       
      O contato para a hospedagem foi feito com a empresa que realiza passeios de lancha pelo Lago de Furnas (vou descrever essa parte melhor logo abaixo), que se chama Capitólio Turismo. A empesa oferece diversos tipos de passeios, aluguel de casas e ranchos. Não cabe a esse texto detalhar isso, entretanto, deixo com vocês os dados para contato com o Seu Elias:
      www.capitólioturismo.com.br
      (37) 9 9966-2937 (vivo) whatsapp
      R Dr. Avelino de Queiroz, 832 Centro - Capitólio/MG
       
      [DIA 1]
       
      Antes de chegar a cidade, fizemos uma parada num dos principais pontos turísticos do lugar, o Mirante do Lago de Furnas. Você pode encontrar pelo maps, mas é preciso deixar o carro na rodovia (em um dos pequenos pontos de parada) e chegar até ele caminhando alguns metros. A rodovia é frequentada por caminhões, portanto, tenha cuidado. Em contrapartida, a vista vale tanto a pena que você PRECISA fazer essa parada! Ah, nada é cobrado para acessar o local.
       

       
      Chegamos na cidade no dia 21, próximo das 13h. A primeira parada foi para o almoço no Restaurante Tropeiro (ponto 13 do mapa abaixo) e recomendo com contundência o lugar. Os pratos são generosos, dois à la carte serviram 6 pessoas e todos trazem comidas típicas da culinária mineira. Com as bebidas, gastamos em torno de R$ 30 cada. No entanto, a cidade oferece várias outras opções.
       

       
       
      Depois, após pegarmos a chave com seu Elias e descarregamos as malas, partimos para a Cachoeira do Grotão, que fica a 11km do centro, com acesso pela MG-050 mais um trecho de terra em bom estado. O lugar pode ser localizado pelo maps no celular, e o caminho é bem sinalizado. Chegamos lá em torno das 16h e nos cobraram uma taxa de 15 reais por pessoa para entrar (não aceitam cartão), valor que caiu para 80 reais no total depois de alguns minutos pechinchando. Água gelada, alma lavada!
       

       
      [DIA 2]
       
      O Segundo dia começou com a Trilha do Sol. A trilha é de dificuldade leve, em geral, e moderada em alguns trechos. Demora cerca de 4h para ser percorrida, contando com as paradas nas Cachoeiras do Grito, Poço Dourado e No Limite, além do Mirante. Há guias e pontos de referências em todo o trajeto. O custo do passeio fica 40 reais por pessoa (aceitam cartões de crédito). Há também um restaurante nesse lugar, mas os preços não são lá tão atrativos, optamos por levar lanches e almoçar em casa depois.
       


       
      Poço Dourado

       
      Mirante no Limite

       
      No Limite

       
       
      No período da tarde realizamos o passeio de Lancha pelo Lago Furnas. Há vários pacotes com duração e pontos de parada diferentes. Optamos pelo passeio de 4h, com valor de R$130 por pessoa, que valeu muito a pena, inclusive, durou 6h! Esse passeio inclui cinco pontos do Lago de Furnas, que são eles: Lagoa Azul (Nesse, cobram R$ 30 no local para que você tenha acesso a piscina natural, há também um bar flutuante na área), Cascatinha, Vale dos Tucanos, Canyon e o “kanto da ilha” que é um restaurante às margens do Lago de padrão e preços altos. Há também a Cervejaria de fabricação artesanal Scarpa. É importante levar um agasalho se for fazer esse passeio a tarde também. Voltar na lancha no fim do dia depois dos pontos de mergulho foi penoso.
       

       
       
      [DIA 3]
       
      Dia de voltar! Acordamos bem tarde para aguentar o trajeto de volta. Na MG-050, alguns km após a saída da cidade, você pode (e deve) visitar o Queijos Califórnia. É possível encontrar os queijos, doces, carnes defumadas, artesanato e cachaças típicas de todo o Estado de Minas Gerais. Não aceitam cartão nesse lugar por conta da falta de sinal de telefone. Por falar nisso, tivemos acesso a conexão 3G razoável, com operadoras vivo e tim, em toda a cidade, mas é bem falho quando você se afasta do centro. Por tanto, trace e salve as rotas dos pontos turísticos antes de partir. Há vários! Fica difícil escolher o que fazer. Deixo com vocês o mapa turístico do local logo abaixo. Cada ponto traz a distância que possui em relação ao centro da cidade, mas essa informação não está muito correta. Confie no GPS.
       

       
       
      Agradeço a sua leitura e espero ter ajudado. Estou à disposição para quaisquer outras informações, basta deixar sua pergunta nos comentários!
      Boa viagem!!


×
×
  • Criar Novo...