Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Dicas do Butão


Posts Recomendados


  • Respostas 54
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

  • 2 semanas depois...
  • Membros

Olá. Galera, fiz a transferencia pelo city bank para a agencia lhomen no butao. Hje o banco me liga falando que aconteceu um problema: eles nao encontraram a conta! A empresa lhomen diz que a conta esta certa! E agora? O pior eh que além de nao ter efetuado a transação o banco ainda vai me cobrar um monte de taxas... Alguém tem alguma idéia de onde pode ter ocorrido o erro?? E se vcs passaram por isso!! Obrigado

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Não se te dizer. Quando eu fiz a transferencia deu tudo certo pra mim, não tive problemas de transferencia. A Lhomen não tem outra conta? Eles passaram o swift code certo?

Pega os dados de trasnferencia deles e confere pra ver se o banco realmente usou os numeros certos. Um só nr diferente já dá errado.

Pergunta pro Mike Weiss se deu problema e pede pra ele os dados bancarios pra conferir se ta certo. Que eu saiba ele já deve estar viajando por lá.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Olá... Deu tudo certo! Vou relatar aqui pois pode ser útil para algum outro colega! Apesar de "lhomen" ter postado todos os dados, que segundo a empresa, mandam para todos os viajantes do mundo... faltava o número da conta final do butao, pois ele soh havia me enviado do swift code do butao e todos os dados inclusive conta do banco intermediário, EUA, no caso!!! Mas o detalhe, eh que o banco nao revela o que esta faltando e acertei meio na sorte!!!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Fala Pessoal!

Acabei de voltar... olha André, para mim eles mandaram a referencia de pagamento completa, inclusive com o destinatário final. A minha transferência caiu lá um dia depois deu eu realizar, foi bem rápido.

 

A experiência:

Tenho muito, muito a falar... e nem sei por onde começar.

Meu vôo pela Drukair foi absolutamente caro... a lição que o Mike Weiss aqui dá para o pessoal é tentar ir para o Butão por terra ou mesmo pegar um trecho mais barato da Drukair com Dhaka - Paro ou Kathmandu - Paro.

 

Meu vôo de Bangkok saiu pontualmente para Paro mas não havia possibilidades de pouso. Sobrevoamos Paro por uma hora e meia... foi um voo panoramico grátis excelente... cansei de ver as montanhas nevadas dos Himalayas. rs Acabamos pousando num aeroporto indiano para reabastecer e chegamos em Paro com quase três horas de atraso. A imigração foi tranquila mas é preciso dizer que não é possível levar mais de 250 gramas de tabaco para o Butão. Eu havia comprado tabacco para narguile no Qatar e preferi declarar na Alfândega... acabaram retendo e eu perdi... nada demais...

 

Fui recebido no Aeroporto pelo pessoal da Lhomen, que prestou um serviço impecável. Meu motorista - Guembo e minha guia, Choki foram excelentes e davam muita liberdade para eu alterar o roteiro, parar sempre que quisesse... enfim, liberadade de tempo e local foi excelente.

Embora eu tivesse pago a taxa com desconto, foi providenciado um carro 4x4 Santa Fé muito novo e confortável... sempre havia água potável em garrafas no carro.

 

Muitos turistas chegam no Butão pensando que o lugar é Shangri lá... calma! Butão é um Nepal budista bem melhorado, mas continua sendo um país pobre, muito pobre.

A população local é talvez mais feliz do que o normal, ou mais inocente que o normal... talvez até mais alheia da realidade ocidental que o normal, isso traz algum conforto e calma a um povo que é muito manipulado pela mídia local e pelo isolamento cultural. Tal falta de contato com o capitalismo voraz de seus vizinhos faz com que o país consiga manter uma atmosfera muito mais tranquila internamente o que também subsidia muito o budismo.

 

Mas nem tudo são flores. Os butaneses são preguiçosos (generalizando), pois a maioria dos empregados de obras e de serviços braçais são indianos. Há imensa falta de saneamento básico, problemas de acesso à educação, infraestrutura de transportes precária... males típicos de países pobres.

 

Não quero roubar a surpresa de quem vai viajar para lá tentando descrever os locais, os dzongs... mas garanto que com o devido conhecimento, com um bom guia e com a cabeça aberta - a sua estadia no Butão será fenomenal, de uma aprendizado extremo... indo de assuntos de relações exteriores, budismo, compaixão pelas pessoas e pelos animais, arquitetura e paciência... viajar é aprendizado e como não poderia deixar de ser, aprendi muuuuito no Butão.

 

Fizemos uma celebração do meu batismo budista com alguns Lamas, vesti o "kilt" local que virou meu maior souvenir já alguma vez comprado, subi o Tiger Nest e perdi o fôlego pelo ar rarefeito e pela beleza absoluta do lugar... vi uma celebração no Dzong de Punakha (na minha opinião o mais bonito de todos) com direito a muita música e dança (foi de arrepiar), pendurei bandeiras budistas no alto do Dochula Pass... são muitas histórias em só 6 dias!

 

Enfim... aos poucos vamos falando aqui e vou dando as dicas que o pessoal precisar. Estranhamente são muitos os brasileiros no Butão, muitos mesmo... encontrei com pelo menos 10 enquanto estive por lá. Acredito que seja a "modinha" de ir para lugares exóticos... é uma pena que a maioria dos brasileiros não saiba absorver e aproveitar bem o privilegio de ir para tais lugares.

 

É isso... estamos aí para dicas se precisarem.

Abraços

Mike Weiss

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...