Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
chrisplanb

1 ano de trip sem grana

Posts Recomendados


Que demais, cara! Espero que além de encontrar lugares novos, vc esteja se encontrando também!

Há alguns meses esbarrei um jovem casal nas ruas aqui da minha cidade (moro em Assis, interior de SP). Ele era chileno e ela, paulistana. Deviam ter uns 20 e poucos e anos e há mais de 1 ano viajam pelo Brasil. Viviam com os trocos que ganhavam fazendo malabares em semáforos.

Depois de uns minutos de prosa comentei que invejava eles. Sentia muita vontade de fazer o que estavam fazendo, mas me faltava coragem. O jovem chileno virou pra mim disse:

"Coragem? Você não precisa de coragem. Você só precisa é ter vontade!".

Depois disso me despedi deles e essa frase, desde então, fica ecoando em minha cabeça - todos os dias.

Termino meu comentário com uma despedida irlandesa tradicional:

"Possam as estrelas iluminar seu caminho e você encontrar a estrada interior. Avante!"

Buén camino! ;)

  • Gostei! 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Hoje ao acordar notei que tudo estava mais lindo, mais colorido, podia enxergar a alegria estampada em pequenos detalhes e afazeres. Não tinha como ser diferente afinal, não são todos os dias que fazemos aniversario, hoje dia 07/02/2018 faz exatamente 1 ano desde que sai do comodismo, do comum, da rotina estafante que vivemos, e continuamos, sabe por que ? por que temos a sensação de estar tudo bem, esta confortável, por que mudar algo que pensamos ser o melhor, afinal é seguro. Mas eu não, eu pensava diferente, não estava legal, não me completava, apenas me absorvia mais e mais, até que em certo ponto cansei de toda essa vida monótoma, e aqui estou completando 1 ano de viagem. Já contei minha historia aqui no grupo uma vez, mas vou contar uma segunda, pois sei que muitas pessoas mudaram sua forma de pensar e ver o mundo a partir do post que fiz.
 
Sou christopher hoje com 23 anos, estou na cidade de Balneário Camboriú. Bom eu era normal como todos somos, o tipico jovem brasileiro, trabalho, casa, carro, relacionamento, amigos, festas etc. Mas certo dia algo mudou, não tinha mais aquela animação pra ir trabalhar, não tinha animação pra sair com os amigos, não tinha animação pra sair nem da cama se quer, apenas olhava tudo esvair de mim aos poucos, mais e mais, e cada vez mais era pisado pelo black dog, e me afundado em depressão, foi então que acabei saindo do emprego, pois não tinha animação pra ir, com o passar dos dias veio o termino do meu noivado, isso foi uma marretada para a angustia de um depressivo, logo as contas de fim de mês começaram a chegar, acabei vendendo meu carro para pagar-las e liquidar toda e qualquer divida que tinha. Então ali estava eu fechado em meu mundinho obscuro, cercado de pensamentos suicidas. Mas, surge aquela luzinha ao fim do túnel, então resolvo que eu tinha que sair dessa, minha vida não podia acabar ali naquela casa, sozinho, eu era mais que tudo aquilo, não era possível que vim ao mundo pra viver até os 22 anos e ser lembrado por amigos e familiares como o depressivo que se suicidou. Fui ao meu computador e resolvi terminar com tudo de uma vez, consultei o santo google ''Como sair de uma depressão'' eis que apareceu varias e varias coisas, abrangendo uma gama de assuntos sobre, mas algo me chamou muita atenção, ''viajar é o melhor anti-depressivo'' estava ali, era só absorver essa informação, mas poxa ''sou pobre, como vou viajar e conhecer o mundo ?'' consultei o google mas uma vez ''como viajar sem dinheiro'' advinha onde fui parar ? ''mochileiros.com'' me encantei com os relatos de viagens, pessoas que saíram meteram a cara com pouco e as vezes nada, então estava ali, era o que eu queria pra mim naquele momento, depois de me aprofundar nas teorias de viajeros, e aprender o ''básico'' sobre sobreviver na estrada, estava focado em sair, logo arrumei a bolsa que carregava meu antigo notebook, coloquei umas roupas, peguei minha carteira que tinha 170 reais e sai no outro dia logo cedo, as 7 horas da manhã do dia 7 de fevereiro peguei minha primeira carona de Cafelândia do Oeste para o mundo. e assim segui, conhecendo lugares incríveis, um mais lindo que o outro, conhecendo pessoas, pessoas essas que são como anjos para quem vive pela estrada, escuto muito dizerem que existe muita maldade no mundo que vivemos, mas acredite é minoria, a bondade é imensa quando você se permite mais. Bom, conheci o mar pela primeira vez no ano passado, quando sai de Cafelândia, sai com proposito único de realizar meus sonhos, e conhecer o mar era um deles, então fui ao litoral Catarinense, passei por lugares no Parana, São Paulo, uma beiradinha do Rio de Janeiro, Minas Gerais (estado que eu era encantado desde pequeno) Espirito Santo, e em cada lugar que ia, aprendia algo diferente que sempre me moldou a tornar-se um ser melhor, mais feliz, foi onde vi, que tudo de mal que vivi antes de meu renascimento, serviu apenas para mostrar que eu estava vivendo errado, e era necessário mudar minha forma de viver. para quem leu até aqui, muito obrigado, desculpa tomar tanto tempo, deixo para você uma frase para refletir ''Permita-se mais, não deixe para depois, o que pode ser feito agora, o depois pode não vir a existir''

[/quote mano vc é foda. Sou de Blumenau SC tô com 19 anos e coloquei na cabeça que vou fazer isso tbm. Parti daqui pro Uruguai e de la pro mundo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lindo relato. Parabéns, Christopher!!

Assim como você e muitos outros desse grupo, estou passando por algo similar.

A minha dúvida (e certamente o de muitos aqui) é: como viaja sem dinheiro?

Toda vez que me pego programando para ganhar o mundo, é esse o medo que me bate. 

Mais uma vez parabéns pelo relato e a parte que mais marcou pra mim foi "escuto muito dizerem que existe muita maldade no mundo que vivemos, mas acredite é minoria, a bondade é imensa quando você se permite mais. "

 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Irmão, faz 12 dias que eu fiz o mesmo! Me identifiquei demais com a sua história! No dia 22/02/2018, saí de casa com apenas uma mochila pequena, cem reais a mais que você (270,00) e uma vontade louca de sobreviver. Tomei essa decisão depois de pensar seriamente, sem drama ou desespero, na possibilidade de acabar com minha própria vida, simplesmente por falta de interesse em continuar vivendo. Foi então que me veio a ideia de que a morte é, na verdade, um renascimento. Morri para o mundo e renasci para mim mesmo. Desapareci, sem deixar rastro, pra nunca mais voltar. Não disse adeus para os amigos, não prestei contas no trabalho e nem encerrei o contrato de aluguel. Só peguei a mochila e saí. Nesse momento estou em Paraty-RJ, decidido a seguir para o sul em direção ao Uruguai. Minha carteira agora tem apenas 45 centavos, mas disposição não falta. Me sinto mais vivo e mais feliz do que nunca! Confesso que faz muito pouco tempo que estou na estrada e que muita coisa ainda me espera, mas para aqueles que pensam em fazer algo assim, mas tem medo, só posso dizer uma coisa: você não precisa ser um "aventureiro", só precisa de 20 cegundos de uma coragem insana. O medo é normal e a coisa pode ficar feia. Por três dias eu passei fome e não tive onde dormir, mas segui em, e apesar do desespero, não desisti. Consegui um lugar pra dormir e também para comer. Não desista, a vida encontra um jeito e tudo se resolve se você seguir em frente com seus sonhos.

  • Gostei! 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Que demais, cara! Espero que além de encontrar lugares novos, vc esteja se encontrando também!
Há alguns meses esbarrei um jovem casal nas ruas aqui da minha cidade (moro em Assis, interior de SP). Ele era chileno e ela, paulistana. Deviam ter uns 20 e poucos e anos e há mais de 1 ano viajam pelo Brasil. Viviam com os trocos que ganhavam fazendo malabares em semáforos.
Depois de uns minutos de prosa comentei que invejava eles. Sentia muita vontade de fazer o que estavam fazendo, mas me faltava coragem. O jovem chileno virou pra mim disse:
"Coragem? Você não precisa de coragem. Você só precisa é ter vontade!".
Depois disso me despedi deles e essa frase, desde então, fica ecoando em minha cabeça - todos os dias.
Termino meu comentário com uma despedida irlandesa tradicional:

"Possam as estrelas iluminar seu caminho e você encontrar a estrada interior. Avante!"

Buén camino! 

Exatamente isso aí, não é coragem, e sim vontade, quem tem vontade faz... Que as estrelas iluminem nossos caminhos e que vc encontre sua estrada
  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Lindo relato. Parabéns, Christopher!!
Assim como você e muitos outros desse grupo, estou passando por algo similar.
A minha dúvida (e certamente o de muitos aqui) é: como viaja sem dinheiro?
Toda vez que me pego programando para ganhar o mundo, é esse o medo que me bate. 
Mais uma vez parabéns pelo relato e a parte que mais marcou pra mim foi "escuto muito dizerem que existe muita maldade no mundo que vivemos, mas acredite é minoria, a bondade é imensa quando você se permite mais. "
 

Como viajar sem dinheiro ? Uma pequena frase responde tudo "quem tem boca vai a Roma" quem nunca escutou isso ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Irmão, faz 12 dias que eu fiz o mesmo! Me identifiquei demais com a sua história! No dia 22/02/2018, saí de casa com apenas uma mochila pequena, cem reais a mais que você (270,00) e uma vontade louca de sobreviver. Tomei essa decisão depois de pensar seriamente, sem drama ou desespero, na possibilidade de acabar com minha própria vida, simplesmente por falta de interesse em continuar vivendo. Foi então que me veio a ideia de que a morte é, na verdade, um renascimento. Morri para o mundo e renasci para mim mesmo. Desapareci, sem deixar rastro, pra nunca mais voltar. Não disse adeus para os amigos, não prestei contas no trabalho e nem encerrei o contrato de aluguel. Só peguei a mochila e saí. Nesse momento estou em Paraty-RJ, decidido a seguir para o sul em direção ao Uruguai. Minha carteira agora tem apenas 45 centavos, mas disposição não falta. Me sinto mais vivo e mais feliz do que nunca! Confesso que faz muito pouco tempo que estou na estrada e que muita coisa ainda me espera, mas para aqueles que pensam em fazer algo assim, mas tem medo, só posso dizer uma coisa: você não precisa ser um "aventureiro", só precisa de 20 cegundos de uma coragem insana. O medo é normal e a coisa pode ficar feia. Por três dias eu passei fome e não tive onde dormir, mas segui em, e apesar do desespero, não desisti. Consegui um lugar pra dormir e também para comer. Não desista, a vida encontra um jeito e tudo se resolve se você seguir em frente com seus sonhos.

Poxa, me mande uma msg com seu WhatsApp, quero trocar uma ideia contigo, passar uns locais, etc
  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, que história!

Estou passando pela mesma situação. No começo do ano passado comecei a sentir os sintomas de depressão profunda devido a vários problemas e a mais ou menos 1 ano atras comecei a ter pensamentos suicidas. Perdi o emprego, as contas chegavam eu não sabia mais o que fazer, acabei jogando meu namoro de 4 anos no lixo, me isolei do mundo e então os pensamentos suicidas começaram a ficar ainda mais fortes. Nesse meio tempo já estudava uma maneira de sair pelo menos da cidade onde morava, pois queria uma nova vida, uma nova oportunidade de viver e me reconhecer.

Comecei a pesquisar sobre mochilão pelo mundo, vi que era possível realizar isso com pouca grana e decidi que em breve vou me jogar de cabeça. Estou acabando de estudar, me organizar, comprar as coisas que preciso e tbm aproveitando para juntar uma graninha. Espero conseguir sair para conhecer o mundo o mais rápido possível.

Obrigado pelo seu relato, você me inspirou ainda mais a continuar com um sonho antigo. 

 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×