Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Queenstown for free: Tiki Trail e Queenstown Hill Summit.


Posts Recomendados

  • Colaboradores

Olá, pessoal! :D

Como compartilhei neste outro relato, meu marido e eu estamos vivendo em Invercargill (uma cidade bem ao sul da ilha sul da NZ!). Como não temos carro por aqui, procuramos sempre aproveitar a viagem de ônibus que nossa faculdade disponibiliza: a cada 15 dias há um ônibus saindo daqui por $2/return, alternando os destinos entre Queenstown e Dunedin. No relato de hoje, vamos começar a contar sobre nossas voltas por Queenstown.

A verdade é que, a cada vez que vamos, não temos tanto tempo assim disponível: o ônibus sai de Invercargill 8h (pontualmente - sim, os kiwis são muito muito muito pontuais! :)), mas a viagem é um tanto longa e geralmente chegamos em Queenstown perto das 11h – a volta é sempre 15h45.

Sendo assim dessa maneira, a cada viagem elegemos um roteiro – e até agora todos foram completados com sucesso. ::otemo::

Queenstown é a cidade mais turística da ilha sul e é conhecida mundialmente como capital dos esportes radicais. Lá você pode se aventurar em bungee jumping, mountain bike trails, tirolesas, passeios de barco e muitas outras coisas. Porém, como no momento estamos apenas estudando (e não trabalhando), tudo isso está muito distante para nós (sim, essas coisas são MUITO caras. Eu acho, pelo menos. :S). O que compartilharei, portanto, é nossa experiência em duas diferentes idas para Queenstown até o momento, fazendo coisas gratuitas-free-no charge. B| Conforme tenhamos outras oportunidades por lá, irei acrescentando as coisas aqui no tópico.

Nossa primeira ida a Queenstown foi no início deste mês de março. Havíamos pesquisado sobre uma trilha que leva à gôndola/Skyline, mas como saímos de Invercargill embaixo de chuva e neblina, achamos que provavelmente iríamos dar só uma volta pela cidade. Chegando em Queenstown, porém, boa surpresa: o tempo abriu – e decidimos encarar a trilha. :D

5abf5dda458ae_002Queenstown008.thumb.jpg.ea68ce305fae30ca36529907dd5f0c2c.jpg

O Skyline é uma gondola (tipo bondinho!) bastante característica de Queenstown e que te leva ao topo de uma das inúmeras montanhas por ali. De lá, você pode voltar pela própria gondola, experimentar o Luge (que é descer a montanha em um carrinho, em um circuito próprio) ou descer pela trilha de mountain bike. Ah, também tem algumas opções de tirolesas. Além disso, há uma trilha, a Tiki Trail, que te leva da base da gondola até seu topo. Claro que optamos pela única opção free! :$

A Tiki Trail é uma trilha bem demarcada (como tudo na NZ) em meio a uma floresta de pinheiros e que só sobe (mais íngreme no começo – depois melhora! ). No dia em que a fizemos a temperatura estava quente e um tanto abafada, o que cansou mais do que deveria, mas chegamos no topo do Skyline após 1h de caminhada. ::mmm: Lá você tem uma lanchonete, uma lojinha, todas as outras opções de lazer (Luge, Mountain Bike Trail…) e um lookout. Chegando lá você também pode seguir para a Ben Lomond Walkway (não foi dessa vez!). Lá de cima a vista do Lake Wakatipu é privilegiada, mas também disputada – um moooonte de turista! 9_9

5abf5e840df70_003TikiTrail005.thumb.jpg.5a5d42c858f407dca2377f4fbc16c29f.jpg

5abf5df957dd0_004TikiTrail-Skyline002.thumb.jpg.206cc66805bf0fe9a76b2da00e453d3e.jpg

Mais 1h de descida e estávamos famintos. Queenstown é cheia de gente, mas também é cheia de opção de restaurantes – para os mais diversos bolsos. Lá tem o famoso Ferg Burger, que diz ser o melhor hambúrguer do mundo. Não opinaremos por enquanto, porque ainda não comemos lá, mas a fila é sempre gigantesca e não importa o horário! Acabamos parando no Pog Mahones e pedindo um hambúrguer (com a cervejinha, que ninguém é de ferro :P); $25 o combo, por pessoa. O hambúrguer em si era bem ruim, mas o pão era incrível e os acompanhamentos do lanche + batata frita também! Para a sobremesa, a dica é o sorvete na Mrs. Ferg Gelateria (sim, é o mesmo nome do hambúrguer famoso, mas a loja é diferente. Tem uns 3, 4 Fergs diferentes por lá): $6,90 duas bolas. O de pistache é muito bom (nunca achei que chegaria o dia em que eu falaria isso!xD) e o de cheesecake com frutas vermelhas também!

5abf5e5ddab41_007PogMahones005.thumb.jpg.71701d1347fd5124afa8a6480ab599cc.jpg

5abf5e630f4b2_008FergGelato001.thumb.jpg.2da7afd729fe334be310e28453754129.jpg

Em nossa segunda ida para Queenstown novamente saímos embaixo de chuva e encontramos sol por lá. Dessa vez a trilha escolhida foi a Queenstown Hill/Te Tapunui Time Walk, uma trilha que ganha 500m de altitude até o topo de Te Tapunui. Para chegar no começo da trilha você precisa se dirigir até a Belfast Street: se você não tiver um bom preparo físico (e nem carro), sugiro pegar um taxi, porque é uma subiiiiiiiiiida das boas pra chegar lá (embora seja só uns 20 minutinhos de caminhada do centro). Fomos a pé mesmo. ::sos::

A trilha em si é relativamente tranquila e em meio a um bosque de pinheiros. Subida, claro, mas sem pedras (o que deixa tudo muito mais fácil. ;)). Destaque para os cogumelos mais lindos que você provavelmente já viu na vida. No meio do caminho, surge uma bifurcação: à esquerda o caminho é mais curto, mas bem mais íngreme; à direita, um pouco mais longo. A dica é subir pela direita e voltar pela outra trilha (vai por mim!). Mais um pouco de caminhada e você chega no primeiro lookout, onde você encontra o famoso Dream Basket (uma escultura em ferro). De lá até o topo, Queenstown Hill Summit, a subida é bem caprichada. Força nas pernas, ar no pulmão e finalmente você encontra uma vista 360º. Como na subida da Tiki Trail o Lake Wakatipu havia sido o queridinho, dessa vez a atração principal foi a cadeia de montanhas conhecida como The Remarkables. :x Levamos 1h para chegar ao topo e passamos quase que 1h lá em cima, de tão lindo que era. A descida levou pouco menos de 1h (nesse momento nos demos conta do quanto havíamos subido!).::hahaha::

5abf5eabc9232_002-QueenstownHill011.thumb.jpg.e6e5b16cd85d917f4a7a33a921382ed4.jpg

5abf5ed5d18c0_002-QueenstownHill071.thumb.jpg.b216b9b7424565e295904d23285a14db.jpg

5abf5f2b42533_002-QueenstownHill125.thumb.jpg.f00102f92164d0b9bd3d1aea3132ad1c.jpg

5abf5ef159cac_002-QueenstownHill092.thumb.jpg.eb4c4a59dac4823352108557ed8e2a6a.jpg

5abf5f386ba77_002-QueenstownHill138.thumb.jpg.796a99c4b8fb0d8aa49efae0bc69ded2.jpg

5abf5f5262575_002-QueenstownHill130.thumb.jpg.747f971d0cfcf5ecf9b80de0fe752c1d.jpg

14h30 estávamos novamente no centro de Queenstown e isso nos dava aproximadamente 1h de folga até a partida do ônibus. Decidimos comer nosso lanche (que dessa vez levamos, para baratear as coisas) no Queenstown Gardens que, para variar um pouco O.o, era mais um parque lindo na Nova Zelândia (não sei o que acontece por aqui… todos eles são tão incríveis!). O Queenstown Gardens fica na beira do Lake Wakatipu e lá existem algumas trilhazinhas, quadras esportivas e outras opções de lazer. Pelo tempo, fizemos apenas a short walk - 20 minutinhos. Embora a Mrs. Ferg Gelateria tivesse sido ótima, foi a vez de tentar o sorvete da Chocolates Patagonia NZ (e também vale muito a pena. Dica: doce de leite e mascarpone cheese com frutas vermelhas. Sucesso!). $7,90 - $1 a mais, mas por outro lado a quantidade é maior.

5abf5f7aafd72_003-QueenstownGarden020.thumb.jpg.08fe87331200ed8b7a58ba549012b9f8.jpg

5abf5f66711be_004-Queenstown004.thumb.jpg.66ab80dd8d0db2bb27df759cf777ad33.jpg

5abf5f5978ba6_004-Queenstown011.thumb.jpg.1eb19aa9ebad46338d214a363a88198f.jpg

Por enquanto é isso, pessoal. Havendo novidades sobre Queenstown volto aqui para compartilhar.

Em resumo:

* A cidade é mega turística e, portanto, há coisas para todos os bolsos.

* Os valores citados aqui estão em dólar neozelandês.

* Se você por acaso tiver que escolher apenas uma das trilhas, definitivamente deveria ser a Queenstown Hill. Confia!

* Queenstown é linda e vale a pena a visita mesmo que você não goste de esportes radicais ou não tenha grana para isso.

 

 

 

 

 

  • Gostei! 3
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Silnei featured this tópico
  • 1 mês depois...

  • Colaboradores

Olá, pessoal! 

Desde a publicação desse relato estivemos outras 2 vezes em Queenstown e cá estou para falar mais um pouquinho sobre essa cidade linda. ::love::

Estivemos por lá no final de abril, novamente em um daqueles bate-e-volta com o ônibus que a faculdade disponibiliza. Dessa vez não tínhamos grandes planos e estávamos acompanhados de um casal de amigos brasucas. Bem, devo dizer que foi um dia muito, muito, MUITO frio, com vento e alguns momentos de chuva. ::Cold:: Queenstown é uma cidade que pulsa, cheia de vida, feirinha e pessoas por todos os lados. Pois nesse dia estava tão frio que nem feirinha tinha e provavelmente todas as pessoas na cidade estavam em algum restaurante bem aquecido. ::mmm:

Mas como não somos todo mundo (obrigada, mãe!) e sempre vamos pra lá na intenção de não gastar, optamos por explorar melhor o Queenstown Gardens (já falamos dele no relato principal!). Em pleno outono, a paisagem era completamente diferente de nossa ida anterior, com árvores em tons de dourado, laranja e vermelho, todas aquelas folhas no chão e um visual que parecia de mentira, de tão lindo. 

1434163717_001-QueenstownGarden005.thumb.jpg.b1b2286d817af419cc290870fbde14a5.jpg

548906610_001-QueenstownGarden014.thumb.jpg.c0dce251ae4e1ecbc46f2f113202d7a9.jpg

2028967044_001-QueenstownGarden013.thumb.jpg.801589e649962daddcf73b8cbd162370.jpg

Uma opção para quem está no Queenstown Gardens é patinação indoor no gelo por NZD$20 e tempo ilimitado. Não fizemos, mas alguns amigos foram e se divertiram por lá! 

Neste mesmo dia, além do Queenstown Garden, seguimos caminhando em direção a St. Omer Park, beirando o Lake Wakatipu. É o caminho que você deve seguir se pretende fazer a Sunshine Bay Walk, uma trilha que continua por alguma distância seguindo o lago. O frio estava demais e, pela primeira vez, tínhamos menosprezado essa possibilidade e não estávamos com o tanto de roupa que deveríamos para ficar minimamente confortável naquela temperatura. ::Cold:: Assim sendo, em vez de trilha o lance foi voltar para o centrinho e gastar tempo na Mrs. Ferg Gelateria (bem, pra sorvete nunca existe frio demais... 9_9 ). 

1195082149_003-StOmerPark009.thumb.jpg.29988b5d6c21ebd20578c0063413b802.jpg

641710750_003-StOmerPark020.thumb.jpg.ca6b40514b57caf3501fe2652ccd8a04.jpg

1951944726_002-Queenstown003.thumb.jpg.1a7d72cc7a89f8ada1bff38a8b7f86dd.jpg

No final de maio estivemos novamente por lá e, dessa vez, fomos preparados para a guerra (contra o frio! :ph34r:). Era finalzinho de outono, a temperatura vinha caindo consideravelmente dia-a-dia e a previsão era de chuva. Saímos de Invercargill com dois únicos planos em mente: finalmente provar o tal melhor hambúrguer do mundo que o Ferg Burger diz oferecer e patinar no gelo, lá no Queenstown Gardens. 

Bem, o fato é que o tempo sempre nos surpreende... e adivinha? Estava um dia lindo! As montanhas com neve começaram a aparecer muito mais cedo na estrada e chegando em Queenstown os Remarkables (aquela cadeia de montanhas característica da cidade) estava incrivelmente lindo. Diante desse cenário, óbvio que a gente não se aguentou e lá fomos nós subir o Queenstown Hill de novo, para ter aquela visão espetacular agora com neve!

971955778_001-Queenstown019.thumb.jpg.4910b332ffda5955da7d2fc41ecac969.jpg

Bem, já falei sobre a trilha no primeiro post desse relato. Dessa vez nosso flatmate, da Costa Rica, quis ir conosco e nossa única preocupação foi que ele, com seus 49 anos de puro sedentarismo e seu sapato social (sim, ele fez a trilha de sapato social O.o ), caísse duro com o esforço da subida - o que não aconteceu, gracias

Quando deixamos o bosque para trás e nos aproximamos do primeiro lookout, a surpresa: o caminho já estava todo com neve. Claro que estávamos com a expectativa de encontrar neve, mas achávamos que seria realmente bem no topo e não já por ali.

562357465_002-QueenstownHill004.thumb.jpg.d0794a744010519bfbb7cf8b87e9a828.jpg

1807963966_002-QueenstownHill007.thumb.jpg.7b26b05fa45814710ed0f4a4d26d645e.jpg

736853770_002-QueenstownHill031.thumb.jpg.176df3bc978224a96c3a6072eba98451.jpg

1070567153_002-QueenstownHill047.thumb.jpg.e588cf71b5cb9fbe3c6d9fb97bbaff94.jpg

Devo dizer que foi um dos cenários mais bonitos que já pude presenciar. O fato de estar ali pela segunda vez deixou tudo mais especial, por que eu só conseguia pensar como um mesmo lugar podia ser tão lindo e tão diferente com exatas 8 semanas de intervalo. :x 

1061697820_002-QueenstownHill020.thumb.jpg.b1ae8816dbc9eb692656dc49ad6d0107.jpg

1375568690_002-QueenstownHill078.thumb.jpg.3708dad332e6a2d658414bb1330cc718.jpg

O caminho desse primeiro lookout até o topo é a parte mais íngreme de toda a trilha e, devido a quantidade de neve, nos contentamos em ficar só por ali - a vista já era incrível. Talvez se estivéssemos com nossos bastões teríamos encarado, mas o fato é que subir essa parte final era praticamente subir um enoooooorme escorregador. ::mmm: Algumas fotos e bonecos de neve depois, pegamos o caminho de volta (com várias derrapadas). 

De volta ao centro, estávamos famintos e fomos direto pro Ferg Burger. Esse é provavelmente o lugar mais badalado de Queenstown e, como eu disse antes, se gaba de ter o melhor hambúrguer do mundo. Não importa o horário, está sempre com filas gigantescas (mas não se preocupe, a fila anda rapidão!). O lugar é bem pequenininho e tem pouquíssimos lugares para sentar, então a galera pede o lanche e sai pra comer em algum banco da cidade. O preço não é caro pro padrão Nova Zelândia, de NZD13 a NZD15 um lanche. Se é o melhor do mundo? Bem, com toda a certeza é disparadamente o melhor da Nova Zelândia e vale MUITO a pena! Agora do mundo, sabe como é né, viemos de São Paulo. Se tem uma coisa que é possível fazer bem em SP, é comer! :D

1686391244_003-Queenstown005.thumb.jpg.b649d6eddeb46badebd8da65a39f9d6c.jpg

Passamos o tempo restante tomando uma cerveja no Pog Mahones, o Irish Pub que fomos da primeira vez, além daquela batida de ponto tradicional na Mrs. Ferg Gelateria. 

Com essas novas idas a Queenstown, não sou capaz de dizer em qual estação a cidade fica mais bonita. Só sei que, com toda a certeza, é uma cidade que não pode ficar de fora de um roteiro em terras kiwi! 

 

003 - Queenstown 020.jpg

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • Por Viaje Comigor
      Fala, mochileiros!
       
      Para quem for para a Nova Zelândia, recomendo muito a região sul da ilha norte, onde fica Rotorua e Matamata. É incrível!
      Fiz um vídeo sobre a ida à Hobbiton, cénario dos filmes "O Senhor dos Anéis" e "O Hobbit".
      Vejam aqui:
      Espero que gostem e boas viagens!
       
    • Por jadecdoc
      Ei mochileiros,
      Vou direto ao ponto, gostaria de saber quanto custaria aproximadamente para fazer um mochilão na Austrália. Fui de intercâmbio para lá em 2017 e desde então sonho em voltar para fazer alguns passeios que não fiz como o Outback. Ideias de roteiros também são muito bem vindas apesar de eu ter uma ideia para onde ir (novamente hahah) como Byron, Gold Coast, Sydney e minha cidadezinha preferida Noosa Heads (onde morei). 
      O valor poderia ser de algum mochilão feito anteriormente, ou só alguma ideia do valor de um mochilão em geral pois o que eu fiz pela Europa foi bem fora do orçamento normal hahah
      Percebi após a postagem que não fui muito específica em nada hahah mas minha pretensão seria fazer de aproximadamente 1 mês, em Dezembro (férias da faculdade) e sei que por não importar muito com voltar no Natal ou Ano Novo o preço da passagem pode sair um pouco mais em conta. No último mochilão que eu fiz fiquei bastante em quartos compartilhados de hostels (a maioria em partes boas e bem festeiras das cidades), e fui bastante economica com outros gastos como alimentação e lazer, e acredito que por já ter feito uma viagem para Austrália antes muitas atrações caras (como a Grande barreira de corais) seria dispensável, minimizando um pouco o custo.
      Obrigada galera.
       
    • Por vinyalvez
      Boa tarde pessoal!

      Em setembro agora estarei mochilando pela Nova Zelândia, e pretendo alugar um carro para conhecer as duas ilhas, mas vi que é necessário pegar uma balsa para cruzar as mesmas.

      Alguém que já foi sabe me informar o valor do Ferry?
    • Por and_bird
      Olá, viajantes!
      Estou terminando a faculdade e tenho economizado dinheiro há algum tempo para realizar o sonho de desbravar o mundo. Para tanto, estou engatinhando nos primeiros passos de planejamento de uma viagem. A ideia, de início, seria tirar de quatro a seis meses para mochilar pelo menor custo possível (até porque não tenho muita grana) por países como Índia, Nepal, Tailândia, Indonésia, Austrália e Nova Zelândia. Vocês teriam algum buscador de passagens para buscar meios de transportes mais baratos na Ásia e na Oceania? A exemplo do GoEuro e da Rome2Rio...
      Qualquer dica é muito bem vinda. 
    • Por José Luiz Gonzalez
      Introdução
      Fala galera!
      No fim de 2017 fiz uma das melhores viagens da minha vida pela Nova Zelândia, que contou inclusive com companhias de pessoas que conheci através do Mochileiros!
      Se alguém tiver alguma dúvida, sinta-se a vontade pra perguntar abaixo e evitem mensagens privadas ou e-mail já que a sua dúvida pode ser a mesma de outras pessoas aqui no fórum!
      Roteiro Resumido
      3 dias em Auckland
      1 semana de Campervan pela Ilha Norte
      4 dias na Great Walk Tongariro Northern Circuit
      5 dias na Great Walk Abel Tasman Coast Track
      3 dias na Great Walk Routeburn Track
      3 dias na Great Walk Kepler Track
      1 semana de carro pela Ilha Sul
      Roteiro Detalhado
      10/11/2017 - Voo São Paulo - Auckland
      11/11/2017 - Voo São Paulo - Auckland
      12/11/2017 - Auckland
      13/11/2017 - Auckland
      14/11/2017 - Auckland
      15/11/2017 - Auckland - Coromandel
      16/11/2017 - Coromandel - Tauranga
      17/11/2017 - Tauranga - Matamata - Rotorua
      18/11/2017 - Rotorua
      19/11/2017 - Rotorua - Taupo - Waitomo
      20/11/2017 - Waitomo - Auckland
      21/11/2017 - Auckland - Tongariro
      22/11/2017 - Tongariro
      23/11/2017 - Tongariro
      24/11/2017 - Tongariro - Wellington
      25/11/2017 - Wellington - Nelson
      26/11/2017 - Nelson - Abel Tasman
      27/11/2017 - Abel Tasman
      28/11/2017 - Abel Tasman
      29/11/2017 - Abel Tasman
      30/11/2017 - Abel Tasman - Nelson
      01/12/2017 - Nelson - Queenstown
      02/12/2017 - Queenstown - Routeburn
      03/12/2017 - Routeburn
      04/12/2017 - Routeburn - Te Anau
      05/12/2017 - Te Anau - Kepler
      06/12/2017 - Kepler
      07/12/2017 - Kepler - Te Anau - Milford Road
      08/12/2017 - Te Anau - Milford Sound - Queenstown
      09/12/2017 - Queenstown - Wanaka
      10/12/2017 - Wanaka
      11/12/2017 - Wanaka - Mt Cook
      12/12/2017 - Mt Cook
      13/12/2017 - Mt Cook
      14/12/2017 - Mt Cook - Arthur’s Pass
      15/12/2017 - Arthur’s Pass
      16/12/2017 - Arthur’s Pass - Christchurch - São Paulo
×
×
  • Criar Novo...