Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
Effren

Viagem Setembro 2018 ajuda

Posts Recomendados

Pessoal boa noite

Preciso de ajuda. Pretendo viajar para Europa em setembro e tenho um orçamento geral de 14 mil reais para casal.

Ao todo serão 10 dias incluindo os descolamentos Brasil Europa Europa Brasil

E este valor é com incluindo as passagens aéreas.

Estou na dúvida se vou pra Budapeste ou Praga.

Gostaria de saber se pra ir pra uma dessas cidades este valor para um casal da ou fica apertado.

Lembrando que serão 10 dias e o valor é geral (14 mil).

Hospedagem será em Airbnb

Então, vocês podem me ajudar?

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O dólar está bem caro, e com tendência de subir, e isto está fazendo com que as passagens fiquem caras.

Dando uma olhada rápida o mais barato que eu achei para setembro foi de R$ 3.500 por pessoa saindo de SP, se você sair de outra cidade, provavelmente esteja mais caro ainda.

Ou seja, pelo preço que as passagens hoje, iria metade do seu orçamento só com passagem, ou seja, dos 14 mil, 7 mil seriam gastos só com as passagens.

Sobrando 7 mil Reais para o resto, o que convertendo para Euros pela cotação de hoje de R$ 4.65 depois de impostos e taxas, daria em torno de 1.500 Euros.

Supondo que vocês fiquem só com estas duas cidades, arredondando para cima, vocês devem gastar uns 100 Euros em passagens para o casal para ir e voltar entre estas cidades.

Sobrando 1400 Euros para todo o restante, o que dividindo por 10 dias, daria em torno de 140 Euros por dia, ou 70 Euros por pessoa e dia.

70 Euros não é um orçamento folgado, mas também não é apertado ao ponto de vocês não conseguirem fazer nada legal. 

Com um orçamento de 140 Euros para o casal vocês tem que ser econômicos e escolher bem onde vão gastar o dinheiro para que não falte no final.

Por exemplo, não vai dar para almoçar e jantar fora todo dia, mas dá sim para você almoçar num restaurante simples, e a noite comprar algum lanche no supermercado para comer no hotel ou no apto alugado.

Também não dá para ficar saindo toda noite, indo a baladas ou pubs gastar um monte de dinheiro todo dia, mas sair em uma ou duas noites em cada cidade, seria possível sim, é só vocês não "chutarem" o balde e gastarem 100 ou 200 Euros por noitada...

Ou seja, 140 Euros por dia para um casal não é um orçamento folgado, mas sendo econômicos e escolhendo bem onde gastar, dá sim para fazer 10 dias de viagem.

Só que tem alguns outros custos que você tem que contar, como por exemplo o custo do seguro-saúde obrigatório que você tem que fazer caso o seu cartão de crédito não forneça, o custo dos passaportes caso não os tenha, o custo de comprar alguma roupa ou mala, etc... E somando tudo isto, facilmente se pode chegar a 1 ou 2 mil reais para um casal dependendo de quantas coisas você tiver que comprar.

Mas o mais pesado mesmo seriam as passagens, que dependendo da cidade que você sair daqui do Brasil, e das datas exatas em que vocês podem ou querem viajar, podem facilmente passar dos 4 mil Reais por pessoa.

E ultimamente anda bem fraco de promoções de passagens para aqueles lados...

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@987987 muito obrigado pelas dicas e informações.

Por isso vim pedir auxílio para vocês.

Acho que vai ficar corrido demais 10 dias já contando o deslocamento para duas cidades (Budapeste e praga), caso eu fique apenas em uma delas é possível fazer algum bate volta para alguma cidade do interior próximo?

Se fosse somente pra uma dessas capitais e algumas do Interior de bate volta seria mais folgado?

Viajaria de Salvador.

eu e minha esposa não bebemos, não somos muito da night. Gostamos mais de paisagens, história, visitas a monumentos,etc.

já durante a noite algo mais leve, suco, refrigerante, coisas do gênero. não somos muito de baladas não.

 Disponibilidade de ida mais ou menos no incio de setembro até o dia 6 mais ou menos na ida e voltando 10 dias após.

Seguro saúde tenho a parte (cotação mondial em torno de 550 reais casal, para 10 dias).

Malas já temos.

Passaporte também.

Levaria um cartão de crédito porém limite baixo 800 reais somente, transferindo para euros não dá nada.

Essa informações complementares ajuda ? Seria mais folgado?

Me encanta muito tanto Budapeste quanto Praga qualquer uma das duas estaria ótimo

 

Obrigado novamente

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Será que eu já não respondi a mesma coisa para a sua esposa em outro tópico? rss

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como falado lá no outro tópico:

Dia 1: Saída de Salvador
Dia 2: Chegada em Budapeste, provavelmente dia perdido
Dia 3: Budapeste
Dia 4: Budapeste
Dia 5: Budapeste
Dia 6: Deslocamento Budapeste x Praga
Dia 7: Praga
Dia 8: Praga
Dia 9: Praga
Dia 10: Dia da Volta, provavelmente dia perdido

Nunca dá para ver e visitar tudo, mas 3 dias em cada cidade, e se tiver alguma sorte nos horários dos voos e trem/ônibus, dá para conseguir mais meio dia livre em cada uma, é um tempo relativamente bom para visitar estas cidades, principalmente se não forem ficar saindo a noite frequentemente, voltando as 4 da manhã e dormindo até o meio-dia.

Ficar numa cidade só e explorar o interior também seria interessante, ms eu acho que aí você já precisaria alugar um carro, pois tirando uma ou duas opções de bate-volta, o resto seria meio complicado de ser feito de trem/ônibus.

Mas infelizmente com um cartão com limite de R$ 800 sem chance de conseguir alugar um carro, devido ao valor da caução, que chega a exigir uns R$ 5.000 de limite do cartão.

A locadora não cobra os 5 mil, eles só bloqueiam 1.200 Euros do limite do cartão como garantia de que você vai pagar a franquia do seguro ou conserto do carro em caso de acidente,  se você devolver o carro intacto, eles liberam o valor sem cobrar nada alem do custo da locação.

Então para quem vai estar a pé, é melhor ficar em cidades maiores, que tem bastante opções de transporte. E pessoalmente eu acho que mesmo ficando só nestas cidades, será uma excelente viagem.

 

Quanto ao orçamento, você não vai ter muitos gastos com baladas e pubs, a maioria das pessoa vai a Praga e Budapeste por causa da vida noturna animada, então isto lhe dará uma folguinha no orçamento.

Planejando bem, e se encontrar uma passagem um pouco mais em conta, acho que dá sim para fazer, só precisa planejar bem as coisas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@987987 hahaha

Rpz ela fez o tópico, porém fui acrescentar novas dúvidas só que não achei o dela (burrice minha hehehe) aí acabei fazendo outro. Me desculpa amigo.

Fiquei sem graça hahaha

Muito obrigado pelas dicas, de coração.

Principalmente pela paciência de responder a nós dois kkkkkk

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@987987 estamos pesquisando bastante, pois no caso é meu sonho ir para Suiça.

E será nossa primeira viagem internacional e uma viagem meio estilo lua de mel.

Eu tentei antes de escrever aqui juntamente com ela (fiquei sabendo agora kkkk), pesquisar bastante e ser lógico.

Ontem por exemplo nas datas que escolhi para Budapeste estava dando cerca de 6850 reais e pra praga cerca de 7900.

Com passagem pra Zurich por 5800 reais.

Sabia que era caro e etc, pensei logicamente com meus botões.

A diferença de passagem tiro boa parte na hospedagem lá na Suiça, pois o lado bom do Airbnb é que você já saí daqui com hospedagem paga.

De fato hospedagem é o dobro de praga e Budapeste. 

E lendo detalhamente o que escreveu alimentação, transporte também, fazendo jus as pesquisas que também tinha feito.

Estamos desde novembro pesquisando sobre praga, Budapeste ou Suíça.

Para fecharmos o martelo para compras de passagens início de junho como manda o figurino de ser 3 meses antes da viagem.

Obrigado novamente pelas dicas.

Mais uma vez me desculpe pelo incoveniente rs

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não querendo estragar o seu sonho de conhecer a Suíça, mas só lhe alertando a respeito de alguns fatos, para que a viagem de vocês seja prazerosa e não acabe virando uma enorme dívida com o banco depois...

A maioria das cidades na Suíça são pequenas, por exemplo, em um dia você visitou tudo o que há para se visitar em Zurich, bom bastante boa vontade, você acha o que fazer no segundo dia.

Mas ai acabou o que fazer em Zurich, já teria que começar com os bate-voltas, mas a maioria das cidades é pequena.

Por exemplo, Lucerna, você visita a cidade em um dia e sobra tempo. Um segundo dia em Lucerna você usaria para subir as montanhas, por exemplo fazer um passeio até o Monte Pilatus, Mont Titlis, Monte Rigi, etc..

Berna e Basel são cidades legais de visitar, mas também não precisa de 2 dias, 1 dia em cada é suficiente.

Interlaken você visita em 1 dia, no segundo dia já não tem muito o que ver, a não ser subir a montanha Jungfraujoch, ou então ir visitar as vilas alpinas de Grindelwald e Lauterbrunnen.

Zermatt, você visita num dia, o segundo ou terceiro dias só se for subir as montanhas...

Genebra, Montreux e Lausanne são interessantes, mas também não demandam mais que 1 dia cada...

E assim por diante, nenhum local demanda mais que 1 dia, você ficaria pulando de cidade ou fazendo um monte de bate-voltas.

 

O problema é que fazer todos estes bate-voltas e trocas de cidades de trem, com passagens avulsas compradas na hora acaba ficando caro, em média uns 30 Francos/euros cada passagem, o que multiplicando por 2 pessoas, uns 6 bate-voltas, com ida e volta, já daria uns 600 ou 700 Euros/Francos (R$ 2.800) só de passagens de trem para ficar fazendo bate-volta lá dentro da Suíça.

Comprar um Swiss Travel Pass de 8 dias, também não deixaria a coisa mais barata, uma vez que ele custa 400 Euros por pessoa.

A solução seria alugar um carro, mas com um cartão de crédito com R$ 800 de limite, infelizmente você não vai conseguir alugar carro nenhum.

Ou seja, somando a hospedagem cara, você ainda teria um custo elevadíssimo com transporte para ficar fazendo este monte de bate-volta em vários dias.

Sem contar com o custo alto da alimentação...

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas já que Suíça é o sonho de vocês, e a passagem para Zurich está mais em conta, você não precisa abrir mão completamente do sonho de ir a Suíça.

A minha sugestão seria dividir esta viagem em 2 partes, 4 ou 5 dias na Suíça, e o resto em algum outro local mais barato para compensar o custo alto da Suíça, é isto que a maioria das pessoas acaba fazendo, pois ficar 7 ou 10 dias só na Suíça acaba pesando demais no orçamento da maioria das pessoas.

Por exemplo, eu pensaria em algo mais ou menos assim:

Compraria um Swiss Travel Pass de 3 ou 4 dias para fazer os bate-voltas usando trem e faria uma base em uma cidade central, como por exemplo Lucerna ou Berna.

De lá você pode fazer bate-voltas a Lucerna, Berna Interlaken, etc... Inclusive subir o Monte Rigi de graça de tiver o Swiss Travel Pass

No dia 06, pegaria um voo em Zurich, Genebra ou Basel para Budapeste ou Praga, a cidade de saída e o destino dependeria do preço das passagens de avião que você achar.

E no dia 09, você pega um voo de volta a Zurich/Basel ou Genebra,  o que estiver mais em conta. Não esqueça de somar o preço do trem até Zurich.

Pois de nada adianta você comprar uma passagem de 30 Euros para Genebra e depois pagar 50 Euros no trem até Zurich, sendo que a passagem direto a Zurich poderia custar 60 Euros...

Dia 1: Saída de Salvador
Dia 2: Chegada em Zurich, provavelmente um dia perdido, ir direto para a cidade que será a base.
Dia 3: Suíça
Dia 4: Suíça
Dia 5: Suíça
Dia 6: Voo Suíça x Budapeste/Praga
Dia 7: Budapeste/Praga
Dia 8: Budapeste/Praga
Dia 9: Voo Budapeste/Praga x Suíça
Dia 10: Dia da Volta, provavelmente dia perdido

Trens: www.sbb.ch/en
Avião: www.skyscanner.com

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@987987 caramba que aula kkkk

Muito obrigado mesmo pelas dicas, sugestões. Na verdade Suiça é meu sonho, desde adolescente rs

Seguiremos a risca.

Quando pesquisei tinha imaginado algo justamente voltado aos bate voltas.

Pelo cálculo seria (antes de ver suas dicas)

Dia 4 saída de Salvador

Dia 5 Chegada em Zurich

Dia 6 Zurich

Dia 7 Zurich

Dia 8 lucerna

Dia 9 Berna

Dia 10 Lausanne 

Dia 11 Basel

Dia 12 ficaríamos por Zurich mesmo

Dia 13 aeroporto de volta a Salvador

Tinha pensado em usar o swiss pass de 4 dias .

Porém lendo suas dicas e sugestões e PRINCIPALMENTE alertas.

Vamos seguir suas sugestões.

Uma última pergunta.

Você acha que seria vantajoso sair do Brasil já com Franco suíço ao invés de Euro? Ou somente Euro e troca por lá mesmo?

 

Muito obrigado mesmo cara.

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  



×