Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

peresosk

Vietnã em 30 Dias (R$1201,01 ou $378,13)

Posts Recomendados

Esta viagem foi continuação saindo do Irã da volta que fiz pela Ásia, então claro não tem preços dos voos do Brasil, isto vai depender de cada um.
Vamos aos números que muita gente gosta de saber.

O Roteiro
TURQUIA - IRÃ - VIETNÃ - LAOS - TAILÂNDIA - MALÁSIA - SINGAPURA - FILIPINAS - COREIA DO SUL - RÚSSIA

Quando: Novembro de 2017
Dias: 30
Noites em Hostel: 14
Viagens Noturnas: 3
Couchsurfing: 12
Valor Gasto em Real: R$1201,01 ($378,13)
Média Diária em Real: R$40,13 ($12,60)

SOMENTE O VISTO NA CHEGADA: R$134,40 ($42)
Planilha com todos os gastos:
https://goo.gl/jmBHKW
Meus Vídeos no Youtube: LINK AQUI

001-roteiro.jpg
Este foi meu roteiro pelo Vietnã

HO CHI MINH (10 DIAS)

Peguei um voo em Teerã no Irã com conexão em Kuala Lumpur para Ho Chi Minh (Sai Gon), ambos os nomes podem ser usados para a cidade. O voo custou $232 (R$812) pela AirAsiaX, atenção que nesta tarifa não tem direito a bagagem despachada ou refeição no avião, é tipo tudo bem low cost mesmo para manter este preço, foram 9 horas de voo, super barato.
Cheguei em HCM no final da tarde e utilizei ônibus para ir ao centro, bem fácil, antes comprei um simcard para utilizar internet visto que iria ficar 1 mês viajando, cerca de $10.
Fiquei os primeiros 5 dias com couchsurfing, uma mulher que vivia com seu filho e irmã. Água fria no chuveiro, nem precisava quente pois a temperatura mínima foi de 28º graus. O bom que ela morava bem no centro da cidade e praticamente não utilizei transporte público. Se prepare para suar pois é insuportável, mesmo depois do inferno que peguei na Turquia semanas antes.
O Vietnã é tomado por motos, muitas motos em todos os lugares, HCM é um caos em tudo, é aquela bagunça que todo mundo se entende. Não espere muita higiene ou gente educada, o bom que os Vietnamitas gostam de turistas, tantos que vários jovens vão parar você fazer entrevistas, apenas para treinar inglês, é bem curioso.
Primeira noite fomos até um restaurante para experimentar a culinária local, cheia de raízes, sopas e pimentas, achei barato por menos de $3, eu não sabia o que me esperava ainda. No outro dia ainda sem coragem de comer na rua fui a um restaurante onde gastei $3,36 (75900 dongs)

Dia+55+-+Ho+Chi+Minh+001+%252831-10-2017
Repolho bastante apimentado, almoço em restaurante bacana por $3,36

Dia+55+-+Ho+Chi+Minh+002+%252831-10-2017
Qualquer pessoa no Vietnã tem uma moto, capacete em HCM é obrigatório

Os dois primeiros dias foram para tentar se acostumar com a Ásia, andei pela cidade onde vi a Agência Central dos Correios deles, a Basílica de Notre-Dame de Saigão (fechada para reformas), casa de ópera. A cidade tem várias praças e mercados que deixei para os outros dias.

Dia+55+-+Ho+Chi+Minh+003+%252831-10-2017
Em HCM não é muito comum utilizarem este chapéu, mas é bem típico no Vietnã

Dia+56+-+Ho+Chi+Minh+007+%252801-11-2017
Agência Central dos Correios

Dia+56+-+Ho+Chi+Minh+012+%252801-11-2017
Basílica de Notre-Dame de Saigão

A grande surpresa para mim foi conhecer a rua noturna Bui Vien, a mais famosa da cidade, muitas mulheres quase peladas para atrair clientes, não espere nenhuma modelo, algumas garotas são bonitas e acabam conquistando alguns turistas mais bobos. Mas vou falar dela um pouco mais tarde. Nesta primeira noite estava rolando o dia das bruxas, simplesmente impossível caminhar por lá e muito cuidado com assaltos, eles acontecem sim.

Dia+55+-+Ho+Chi+Minh+015+%252831-10-2017
Bui Vien durante o dia das bruxas, mas todo dia vive lotada

No outro dia fiz um roteiro mais puxado começando pelo museu da guerra do Vietnã, custa $0,66 (15000 dongs), lá tem toda a história deste enorme conflito, quem não sabe o país é considerado comunista, mas eles se intitulam socialista. O Vietnã foi dividido até a época da guerra em norte e sul, e curiosidade que os Estados Unidos perderam a guerra desta vez.
Considero uma visita importante para quem visita a cidade e vai lhe tomar boas horas do dia, algumas fotos do acervo são bem fortes que nem colocar aqui.

Dia+57+-+Ho+Chi+Minh+006+%252802-11-2017
Museu da guerra do Vietnã

Dia+57+-+Ho+Chi+Minh+007+%252802-11-2017
Museu da guerra do Vietnã

Continuei andando até um templo indiano e outro chinês pois naquela altura ainda era novidade, e visitei o museu da cidade de Ho Chi Minh que tem mais história do Vietnã, mas chato se você não gosta de história. No outro dia fui no mercado de Bến Thành, central e mais famoso entre os turistas, ali é para ver e comprar se você estiver com algum local, como qualquer lugar da Ásia os preços são bem mais altos para os estrangeiros, uma pena pois eles deixam de vender mais. Agora eu já estava acostumado a comer por $1, sim arroz frito ou noodle por este preço é bastante comum e fácil para encontrar.
Fui também no Palácio da Reunificação, um lugar bem chato cheio de móveis antigos, mas barato, paguei $1,77 (40000 dongs), foi usado pelo governador francês do Vietname do Sul, na minha opinião totalmente dispensável.

Dia+58+-+Ho+Chi+Minh+001+%252803-11-2017
Mercado Bến Thành

Dia+58+-+Ho+Chi+Minh+003+%252803-11-2017
Mercado Bến Thành

Dia+57+-+Ho+Chi+Minh+033+%252802-11-2017
Um dos vários templos Chineses na cidade

Dia+58+-+Ho+Chi+Minh+019+%252803-11-2017
Palácio da Reunificação

Agora vem o motivo dos 10 dias na cidade que fiquei na cidade, é óbvio que conheci algumas meninas por lá, e fomos para a famosa rua noturna Bui Vien, onde existem muitas baladas com cerveja baratas, por volta de $1,50 dentro da balada e no mercado menos $0,50 (11000 dongs).
Não se paga para entrar, apenas consumação e os garçons fazem pressão para você comprar bebidas, sem problemas pois tem água e refrigerante caso não queira comprar cervejas, garanto que dá tomar todas com menos de $15 por noite, parece sonho mas é verdade.
No geral as pessoas do Vietnã não falam inglês e vai ser complicado entender, as que falam inglês no meu caso foi praticamente impossível entender, as meninas que conheci são digamos diferentes para o padrão Brasileiro, a grande maioria baixinhas, magras e claro de olhos meio puxados, são queridas e adoram um turista, se prepare para pagar tudo, mas o tudo no país é muito barato mesmo.

Dia+62+-+Ho+Chi+Minh+010+%252807-11-2017
A melhor opção para vida noturna com certeza é na rua Bui Vien

Dia+56+-+Ho+Chi+Minh+016+%252801-11-2017
Uma das loucas que conheci pela cidade, inglês por mímica

Dia+56+-+Ho+Chi+Minh+001+%252801-11-2017
A rua da minha casa em Sai Gon

O ROUBO
Teve uma parte ruim, a cidade é bastante perigosa sim, eu tinha lido sobre o assunto e acabei sendo assaltado no meio da rua, estava mexendo no meu telefone quando um fdp parou de moto do meu lado e levou o aparelho, tudo muito rápido sem nenhuma chance de reação. Não utilizo celulares caros por este motivo, comprei um novo por $50 no outro dia pela manhã. Fica a dica não somente para o Vietnã.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DA LAT (2 DIAS)

Chegar em Dalat não foi algo muito fácil, achei um circular para ir até o terminal de ônibus de HCM, lá comprei uma passagem tudo certo mas não existe uma empresa certa para viajar.
Os motoristas vão gritando o novo do destino até achar passageiro, no meu caso falei Da Lat e um cara mandou eu entrar na van dele, assim fiz e foram 7 horas de terror, ele dirigia igual a um alucinado buzinando o tempo todo.
Esqueça qualquer motorista louco que você conheceu na sua vida, no Vietnã eles são mais doido, cheguei a noite e me deixou 2 km do centro, lá não encontrei a casa do meu couchsurfing e precisei procurar um hostel, tinha no meu gps é claro, $4 por uma noite ou 90000 dongs. Simples e com chuveiro quente, pois Da Lat fica a 1500 metros de altura e faz frio durante a noite e torra durante o dia.

Dia+64+-+Da+Lat+002+%252809-11-2017%2529
Isto é algo organizado para o Vietnã

Dia+64+-+Da+Lat+005+%252809-11-2017%2529
Coisa boa são frutas durante o ano todo

Dia+64+-+Da+Lat+012+%252809-11-2017%2529
Região em volta do lago, bem moderno e bacana para aproveitar o calor

A cidade foi uma das menos bagunçadas que conheci no país, não existe bem um centro. Um lago bonito cercado por um parque é a principal região para passar o final de semana.
Tem também uma antiga estação de trem, inclusive com uma linha turística ridiculamente cara para os padrões do Vietnã, mais de $7. Para visitar a estação paguei $0,22 (5000 dongs), ela fica um pouco fora de mão mas é legalzinha.

Dia+64+-+Da+Lat+019+%252809-11-2017%2529
A antiga estação de trem

Dia+64+-+Da+Lat+025+%252809-11-2017%2529
Oriental sendo oriental

Fui parar em Da Lat para ver a casa maluca, atração bem diferente e barata, $2,21 (50000 dongs). É difícil explicar, é tipo um hotel com vários quartos com decoração maluca e curiosas, para dormir não compensa pelo valor com quartos a partir de $35 o mais simples. Para os visitantes vale ficar andando nos vários níveis da construção, recomendo por ser algo diferente e divertido ao mesmo tempo, fugindo do tradicional museu ou igrejas.

Dia+64+-+Da+Lat+036+%252809-11-2017%2529
Um dos quartos da casa maluca

Dia+64+-+Da+Lat+044+%252809-11-2017%2529
A casa maluca

Dia+64+-+Da+Lat+054+%252809-11-2017%2529
A casa maluca

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que relato maravitchosooooooo!! você me garante que com dois mil reais (fora a passagem) eu passo um mês INTEIRO no vietnã mesmo? usando seus métodos e tal. Achei tão barato!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, thattsz disse:

Que relato maravitchosooooooo!! você me garante que com dois mil reais (fora a passagem) eu passo um mês INTEIRO no vietnã mesmo? usando seus métodos e tal. Achei tão barato!

Tranquilo desde você não tenha frescura de comer na rua, tenho mais algumas cidades para escrever.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

NHA TRANG (2 DIAS)

Saíndo de Da Lat resolvi pular em Nha Trang, uma praia ainda nova para os próprios vietnamitas, mas lotada de Russos, inclusive com muitos lugares onde só se fala russo, mercado e farmácias por exemplo.
A viagem durou 4 horas e cheguei com hotel reservado, nada de albergue pois me custou $7,74 (175000 dongs) por 2 noites, fui junto com uma amiga que conheci em Da Lat.
Se tratando de praia não tem basicamente nada para falar, fora o calor de derreter mesmo, sendo praticamente impossível caminhar durante o dia.
A única coisa diferente que fiz foi visitar um aquário com alguns bichos marinhos, nada de espetacular também. O meu próximo destino seria Hoi An, que ficava a 11 horas de ônibus e a passagem custou $8,85 (20000 dongs).

Dia+66+-+Nha+Trang+001+%252811-11-2017%2
As lojas tudo em Russo

Dia+66+-+Nha+Trang+004+%252811-11-2017%2
A praia de Nha Trang

Dia+66+-+Nha+Trang+018+%252811-11-2017%2

Dia+67+-+Nha+Trang+005+%252812-11-2017%2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

HOI AN (2 DIAS)

Depois de 11 horas cheguei a Hoi An (não confundir com a capital Hanoi), a cidadezinha é a mais bonita do país e também a mais turística e aqui vem algo bem chato. É preciso pagar para andar em um pedaço do centro histórico, ou atravessar a ponte japonesa, claro que não paguei e fiquei de cara com isto, não faz nenhum sentido.
A região tem várias atrações que nem vou ficar citando, o que compensa mesmo é aproveitar a noite para andar na cidade e curtir as centenas de lanternas espalhadas pelas ruas (de graça). A maioria dos lugares mais legais é preciso ir com tour. Aqui estou para contar mais como foi a experiência, e não foi boa em Hoi An, o calor de 38º graus estava muito desgastante e fiquei apenas uma noite e nem dois completos na cidade.

Dia+68+-+Hoi+An+008+%252813-11-2017%2529
Cuidado com a simpatia para fotos, ela queria $1 mas não falou antes, ou seja, não dei nada

Dia+68+-+Hoi+An+013+%252813-11-2017%2529
Hoi An é muito colorida e bem turística

Dia+68+-+Hoi+An+019+%252813-11-2017%2529
Ponte Japonesa, você precisa pagar para atravessar ela e ir até o centro histórico

Qualquer cidade pequena voltada para o turismo é um saco mesmo, acabei parando para conferir as lanternas e entender o motivo de Hoi An ser tão procurada pelos turistas. Recomendo sim se você tiver paciência para andar em lugares entupidos e tudo caro, ao menos o  hostel saiu $5 (113000 dongs) e comer na rua uma sopa por $0,88 (20000 dongs).

Dia+68+-+Hoi+An+030+%252813-11-2017%2529
Ao menos o pôr-do-sol é de graça e lindo

Dia+68+-+Hoi+An+035+%252813-11-2017%2529
Você pode alugar um barco e dar uma volta no rio

Dia+68+-+Hoi+An+048+%252813-11-2017%2529
O charme da cidade são as laternas

  • Gostei! 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DA NANG (3 DIAS)

Saindo e Hoi An peguei um ônibus circular pois as cidades ficam a menos de 30 minutos, para me hospedar escolhi o Hostel Starfish Alley, a diária saiu $3 (67800 dongs), limpinho, quarto com ar-condicionado e banheiro grande. Suficiente para qualquer mochileiro, ele não fica exatamente no centro, mas Da Nang é uma praia, a caminhada de 40 minutos até lá compensa.
Faz muito calor mesmo, no meu caso impossível de andar durante o sol do meio-dia, acabei conhecendo dois brasileiros pelo caminho (coisa rara naqueles lados), tomamos umas cervejas e morreu o primeiro dia.

O motivo da minha ida para Da Nang foi simples, conhecer as montanhas de mármore, são cinco colinas feitas de calcário e mármore é local de peregrinação com picos, cavernas, túneis e templos. Foi um dos lugares mais sensacionais que conheci na vida, a entrada custou $1,77 (40000 dongs), tem bastante subida e descida e exige bastante água e preparação física.
Se você já jogou Tomb Raider por exemplo dá para se sentir um verdadeiro explorador igual Lara Croft, agora para chegar lá é meio chato. Se você ficar no centro vai depender de ônibus (raros) e motos que você precisa negociar, fale com algum nativo para conseguir desconto.
O passeio vai tomar ao menos umas 5 horas do seu dia, o resto foi só descansar e comer sopa da rua por $0,66 (15000 dongs).

A cidade em si tem apenas mercados, templos e uma ponte do dragão que durante o final de semana cospe fogo, mas não fiquei para pode ver. Em resumo vale uma parada de uns 2 dias para curtir um sol e visitar este templo. A próxima parada foi Hue em uma viagem curta de 2 horas.

Dia+71+-+Da+Nang+014+%252816-11-2017%252
As montanhas de mármores
Dia+71+-+Da+Nang+018+%252816-11-2017%252
As montanhas de mármores

Dia+71+-+Da+Nang+032+%252816-11-2017%252
As montanhas de mármores

Dia+71+-+Da+Nang+041+%252816-11-2017%252
A ponte do Dragão

Dia+71+-+Da+Nang+056+%252816-11-2017%252
O melhor momento para curtir a praia de Da Nang

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites


Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por gapparicio
      Estou planejando minha viagem e tenho dúvidas em onde preencher os últimos 5 dias: LAOS, CAMBOJA, ou um pouco de cada?
      Pensei em fazer 2 dias em Angkor e 3 dias em Vientiane + Luang Pranang. Muito apertado?
    • Por Tadeu Pereira
      Salve salve Mochileiros...
      Segue o roteiro do mochilão pelo Sudeste Asiático em Novembro de 2018...
       
        Data   Origem Destino Horario de saída Horario de chegada 04/nov Domingo   São Paulo (GRU) Pekim (PEK) 19:05 5:00 05/nov Segunda-feira           06/nov Terça-feira   Pekim (PEK) Bangkok (BKK) 8:15 12:30 07/nov Quarta-feira   Bangkok (BKK)       08/nov Quinta-feira   Bangkok (BKK) x Ayuttahaya Ayuttahaya x Bangkok (BKK)     09/nov Sexta-feira   Bangkok (BKK) Krabi x Ao Nang     10/nov Sábado   Ao Nang       11/nov Domingo   Ao Nang Koh Phi ph     12/nov Segunda-feira   Koh Phi phi        13/nov Terça-feira   Koh Phi phi Don  Koh Phi Phi Leh     14/nov Quarta-feira   Koh Phi phi        15/nov Quinta-feira   Koh Phi phi  Phuket     16/nov Sexta-feira   Phuket Siem Reap - Cambodja     17/nov Sábado   Siem Reap - Cambodja       18/nov Domingo   Siem Reap - Camboja Hanoi - Vietnã      19/nov Segunda-feira   Hanoi - Vietnã        20/nov Terça-feira   Hanoi - Vietnã  Halong Bay      21/nov Quarta-feira   Hanoi - Vietnã        22/nov Quinta-feira   Hanoi - Vietnã  Bangkok (BKK) x Chiang Mai     23/nov Sexta-feira   Chiang Mai       24/nov Sábado   Chiang Mai       25/nov Domingo   Chiang Mai Chiang Rai      26/nov Segunda-feira   Chiang Rai        27/nov Terça-feira   Chiang Rai              Laos e Myanmar          28/nov Quarta-feira   Chiang Rai Chiang Mai       29/nov Quinta-feira   Chiang Mai  Pai     30/nov Sexta-feira   Chiang Mai Bangkok (BKK)     01/dez Sábado   Bangkok (BKK) Pekim (PEK) 16:55 22:30 02/dez Domingo   Pekim (PEK) São Paulo - Brasil (GRU) 01:10 15:20
    • Por Tadeu Pereira
      Salve Salve Mochileiros! 
      Segue o relato do mochilão realizado no Sudeste da Ásia em 2018 batizado de The Spice Boys and the Girl.
       
      1º Dia: Partida - 04/11/18 - 19h05min - São Paulo x Madrid - Empresa AirChina - R$3.680,00
           Partimos do Aeroporto de Guarulhos - GRU em São Paulo por volta das 19:30 do dia 04 de Novembro de 2018, fizemos um check-in tranquilo com a empresa AirChina e embarcamos para nossas primeiras 9 horas de vôo até Madrid na Espanha onde fizemos conexão. O vôo foi bem tranquilo, até conseguimos dormir, porém a comida do avião não é das melhores mas acabei comendo assim mesmo e já começava ali a sentir o cheiro e o gosto da Ásia hahahahah. Chegamos em Madrid na Espanha por volta das 5:00am e fizemos uma conexão de 3 horas, deu tempo de dar uma volta no Free Shop, banheiro, comer alguma coisa (caríssima), fazer os procedimentos burocráticos e embarcar novamente pois teríamos a China ainda pela frente.
       
       
      2º Dia: Partida - 04/11/18 - 8h15min - Madrid x Pequim - Empresa AirChina
           Chegamos em Pequim ainda de madrugada com uma temperatura de 7º, quem se deu bem foi quem ficou com as cobertinhas que a empresa AirChina empresta para as pessoas no avião, pois não esperávamos passar tanto frio no aeroporto da China como passamos naquela conexão rss. Assim que descemos do avião caminhamos um longo caminho até os terminais eletrônicos onde se inicia os procedimentos burocráticos de conexão da China. Finalizamos depois de alguns minutos os procedimentos e dormimos um pouco em bancos do aeroporto sendo acordados e presenteados por um lindo nascer do sol no Aeroporto de Beijing. Procedimentos concluídos no Aeroporto de Beijing partimos para o nosso tão desejado e esperado destino final daquela cansativa viagem de aproximadamente 23 horas, a capital da Tailândia, a grandiosa Banguecoque.  
       
      3º Dia: Chegada - 06/11/18 - 15h15min - Pequim x Banguecoque - Tailândia (Taxi 1.000baht, Chip 600baht, Hostel 340baht)
           Chegamos por volta das 15:00 pelo horário local, fizemos os procedimentos de imigração, primeiro o health control depois na fila de imigração, carimbamos nossos passaportes, pegamos nossas mochilas e pronto, lá estávamos livres para explorar Banguecoque. Trocamos $100,00 dólares  no aeroporto com um câmbio de $1,00 dólar = 31,60 baht, depois compramos um chip para o telefone por 600 baht com 6 Gigas por um período de 30 dias e chamamos um Graab, como se fosse o Uber no Brasil, onde pegamos na parte superior do Aeroporto Internacional Suvarnabhumi por 400 baht em torno de R$40,00 reais que nos levou em 30 minutos até o nosso hostel, o The Mixx Hostel. Ficamos hospedados na rua Ram Buttri que fica do lado da rua mais famosa de Banguecoque, a Kaoh San Road onde rola a grande noite da cidade, uma ótima opção para mochileiros. Muita comida típica e exótica boa e barata, cervejas baratas, diversos bares, baladas, artistas de rua, drogas, sexo e tudo que uma bela noite de Banguecoque pode te oferecer pra se divertir. Vale a pena conferir! Na hospedagem pagamos por dois dias 340 baht, ficamos em um quarto com quatro camas/beliche, ar condicionado, banheiro compartilhado e café da manhã incluso, o hostel é simples mas atende as necessidades com uma ótima localização.
       

           Conhecemos alguns templos na capital, alguns fomos a pé mesmo pois são muito próximos um do outro. Wat Pho (Buda reclinado), Wat Saket (Monte dourado) e Wat Arun (Templo do amanhecer). A cidade é bem frenética mas andar a pé pelas suas ruas foi uma bela escolha. caminhamos muito por essas ruas, muito das vezes sem um rumo certo, mas logo nos achávamos pelo google maps. A cada esquina que se vira na Tailândia você vê uma foto do rei. Embora o já tenha falecido, o povo Thai tem muito respeito pelo rei Bhumibol Adulyadej que morreu em Outubro de 2016 com 88 anos de idade após 70 anos no poder que hoje tem como rei o seu filho Maha Vajiralongkorn.       
            
           
           
        


        

       

           A culinária asiática é muito exótica, a cada comida que você experimenta é uma surpresa de sabores. Experimentei o famoso prato típico de rua tailandesa Pad Thai, uma espécie de macarrão de arroz frito com frutos do mar ou carne de porco ou de frango, acompanhado de castanhas com pimenta que custa em média 100 Baths e se encontra em todo lugar da Tailândia, experimentei também o Thai Mango Sticky Rice, uma sobremesa tradicional tailandesa feita de arroz glutinoso, manga fresca e leite de coco, ambos baratos e deliciosos, mas existem uma infinidades de comidas para serem saboreadas na Tailândia.   
       
        
           Ficamos 3 dias na capital Banguecoque e além de conhecer templos tentamos entrar na rotina das pessoas locais. No terceiro dia para chegar em um templo tivemos que pegar um transporte público BTS Skytrain no rio Chao Phraya. Passamos por alguns pontos e depois retornamos até chegar no templo Wat Arun. As passagens são muito baratas, pagamos por volta de 80 Baths tanto ida quanto volta, então vale muito mais a pena o tour por conta e ainda tivemos uma vista maravilhosa totalmente diferente da cidade vista pelo rio.  

       
                Ficamos no templo Wat Arun até fechar por volta das 19:00pm, depois fomos de barco pelo rio Chao Phraya até o porto que da acesso ao grande mercado Asiatique, um maravilhoso complexo de lojas e restaurantes, um verdadeiro shopping ao céu aberto localizado às margens do rio Chao Phraya situado nas antigas docas de uma empresa que realizava comércio na região portuária no século passado. Em função da sua localização e história, seu layout é temático e apresenta uma decoração especial com tema inspirado no reinado do Rei Chulalongkorn (1868-1910) e na atividade marítima. Ficamos umas boas horas comendo, bebendo e curtindo o local, depois pegamos um táxi por 200 Baht para o hostel pois no outro dia logo de manhã tínhamos o nosso vôo para as belas praias da Tailândia. 
       

            Assim que chegamos no hostel deixamos reservado nosso táxi para o aeroporto Don Mueang - DMK por 400 baht pois sairíamos bem cedo para o aeroporto. Acordamos por volta das 5:00am da manhã e o táxi já estava nos esperando na porta do hostel no horário combinado, após 30 minutos chegamos no aeroporto. Partiu praias... 

       
      6º Dia: Praia - 09/11/18 - 7h25min - Banguecoque x Krabi x Ao Nang - Empresa Air Asia - R$148,00 (((((Continua no próximo post)))))
       
       
      Facebook: https://www.facebook.com/tadeuasp
      Instagram: https://www.instagram.com/tadeuasp/
       
       
       

       
    • Por nunes.rpa
      Mochileirxs, bom dia. Como estão?
      Estou começando a desenhar "a viagem dos sonhos" pela Ásia de 6 meses (ou um pouco mais) a partir de outubro/2020. Tirei algumas dúvidas em tópicos aqui no fórum, mas quanto mais leio mais questionamentos surgem. Pode me ajudar com algumas dicas?
      A propósito, já olhei em alguns lugares a época de monções de cada país e tô construindo o caminho com base nisso.
      Também vi os países e locais de meu interesse (a princípio nessa ordem por questões geográficas), mas não fiz a distribuição de dias pois comecei a organizar isso há menos de uma semana. O que acham? Alguma sugestão em relação aos lugares que já inclui? E sobre Butão, Filipinas e Indonésia... Acham que dá para incluir nessa vez ou o tempo vai ficar curto? Vocês têm sugestões de trekking em algum desses países?
      Nepal: Kathmandu, Everest Base Camp Trek, Bakhtapur, Pokhara, Chitwan e Lumbini (aprox. 30 dias);
      Índia: Varanasi, Khajuraho, Agra, Jaipur, Udaipur, Jodhpur, Jaisalmer, Bikamer, Amritsar, Dharamshala, Haridwar, Rishikesh, Nova Delhi, Kerala, Goa e Ajanta Caves (aprox. 45/50 dias);
      Butão: ainda pensando sobre a ida, sobretudo em razão do custo pela obrigatoriedade de guia;
      Myanmar: Mandalay, Bagan, Pindaya, Ngapali Beach e Yangon;
      Tailândia: Bangkok, Koh Lipe, Railey Beach, Koh Yao Noi, Koh Phi Phi, Chiang Mai e Pai;
      Laos: Luang Prabang, Nong Khiaw, Muang Khua, Vientiane e Thakhek;
      Camboja: Siem Reap, Battambang, Phnom Pehn, Koh Rong, Koh Rong Samloen e Sianoukville;
      Filipinas: ainda pensando pelo tempo que terei disponível e custos;
      Indonésia: ainda pensando pelo tempo que terei disponível e custos;
      Vietnã: Ho Chi Minh, Mui Ne, Da Lat, Nha Trang, Hoi An, Hanoi, Halong Bay, Sa Pa e Ha Giang.
      Grande abraço a todos e muito obrigado.
    • Por Sidnei.Aparecido
      Muuiiito Bom dia Mochileiros de todos os lugares 
      Eu e minha esposa vamos vamos para a Tailândia - Vietnã e Camboja com escala em Pequim na China Janeiro/fevereiro 2019
      Já temos o roteiro definido e queria que nos ajudassem com algumas informações se possível.
      O roteiro está traçado dessa maneira 
      SP - Pequim ( Vamos tentar chegar na muralha da china, já que temos uma escala de quase 24 horas em Pequim ) 
      Pequim para Bangkok Tailândia 
      Bangkok - Chiang Mai 
      Chiang Mai - Hanói no Vietnã
      Hanói - Siem Reap no Camboja 
      Siem Reap - Krabi, em Krabi iremos ficar por ali por uns 5 dias explorando as ilhas e talz
      Serão uns 26 á 28 dias viajando por essas bandas. 
       
      Pergunta n° 1 
      Já vi alguns relatos de como ir para a Muralha da China por conta, de metro/trem/onibus. Tipo tem que prestar muiiita atenção porque as placas estão em chines e não é tão facil falar com eles. 
      Alguém conhece algum guia, uber ou taxisita que pratica esse tour até a muralha e que seja mega barato ? Porque consegui um cara por 80 dólares por pessoa (para nós, valor bem salgado) 
      pergunta n°2 
      Visto para o Vietnã. Nós vacilamos confesso porque deixamos para última hora algumas decisões, e sei que para tirar o visto poderiamos ter enviado o passaporte para Brasilia e talz. Mas sobre a carta de encaminhamento, essa carta a gente só consegue com alguém que mora no vietnã ? Tipo é impossível nós mesmos fazer isso por aqui ? 
      Pergunta n° 3 
      Alguém já foi de Hanói para a provincia de Ninh Binh de moto alugada ? Estou pensando em alugar uma la e fazer esse role por conta, sair bem cedinho e voltar tipo antes de escurecer (tipo como se fosse um bate e volta na praia rs) Ou se alguem puder passar o nome de alguma agencia que foi e que valeu muitoo a pena pode me informar também que com certeza irei avaliar, porque todas as informações são muiiito necessárias. 
      Pergunta n°4
      Alguém ja alugou uma moto em Siem Reap e foi para o parque Phnom Kulen National Park ? 
      Queria fazer esse caminho de moto alugada também, porque não curtimos muito tour, além de ser caro não temos tanta liberdade e talz. Ta certo que com um guia você pode aprender alguma coisa sobre o local, mas o tiu Google também nos ensina muiita coisa rs. 
      E sobre KRABI, queremos fazer tudo que der para fazer, o passeio das 7 ilhas, andar de kayak, money islands etc. Se puderem indicar algumas agencias no mesmo esquema de sempre (barato rs) desde já agradeço  


×
×
  • Criar Novo...