Ir para conteúdo

Museu do Inhotim - Perguntas e Respostas


Posts Recomendados

  • Membros

Caros colegas, bom dia!

 

Predendo visitar o Inhotim no próximo feriado mas estou tendo dificuldades em encontrar hospedagens a preços acessíveis.

Alguem tem dicas ou referencias de acomodações de baixo custo (pousada, algergue e campings) na cidade de Brumadinho?

 

Muito obrigado pela atenção!

Abraços,

Mário

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 meses depois...
  • Colaboradores

Mário e Juca,

 

o Museu fica a 5 km do centro de Brumadinho, rodeado de fazendas, portanto as alternativas de hospedagem ainda são escassas nas proximidades.

 

A melhor opção é ficar em Belo Horizonte. Brumadinho é uma cidade da região metropolitana, hoje uma cidade-dormitório, e segurança e atrativos turísticos nao sao o forte de lá. Há onibus regulares direto pro Museu, saindo da rodoviária de BH.

 

Ok, mas se vc nao quiser ficar em BH: em Brumadinho há pequenos hotéis no centro. Não são a melhor opção, e apesar de baratos, nao estão na área mais agradável. A boa alternativa é a Pousada Lafeví, que fica no bairro de Lourdes em Brumadinho. Depois de chegar na cidade tem que pegar taxi pra pousada. A não ser que vá de carro, aí tudo facilita.Outra que fica próxima a Brumadinho é a Pousada Saumar, que é um pouco cara (R$180/casal) mas oferece um serviço bom pelo preço, e fica logo antes da entrada da cidade, o que dá uns 9km do Museu. Ambas têm sites pra contato, tá aqui:

http://pousadalafevi.wix.com/pousadalafevi

http://pousadasaumar.com.br/

 

Ao redor do Museu há alguns hotéis-fazenda, mas não acredito que nenhum terá diária por menos de R$200 por pessoa.

Se estiver de carro, pesquise pelos hoteis em Piedade do Paraopeba e em Casa Grande, são dois municípios próximos que se dedicam mais ao turismo, e lá há dezenas de opções de hospedagem, mas nada muito barato. Em Piedade há uma pousada chamada Ranchico ou coisa parecida, que faz uns pacotes mais em conta, tipo 3 diarias casal por 300. Mas só se estiver de carro, pq há apenas uma linha escassa ligando esses municípios a Brumadinho, e demora quase 1h pra chegar (e parte era feito em estrada de terra ainda! rsrs nao sei como está agora...)

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Oi pessoal!

Vou pra lá esse fim de semana e quero ficar em BH, mas não conheço nada. Alguém sabe um bairro legal pra ficar lá? Com uns restaurantes e barzinhos bacanas...

E outra dúvida que tenho, é tranquilo pra pegar o onibus que vai pra Inhotim na rodoviária? Eu chego em BH às 8h e estou um pouco apreensiva.

 

Muito obrigada!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Colaboradores
Oi pessoal!

Vou pra lá esse fim de semana e quero ficar em BH, mas não conheço nada. Alguém sabe um bairro legal pra ficar lá? Com uns restaurantes e barzinhos bacanas...

E outra dúvida que tenho, é tranquilo pra pegar o onibus que vai pra Inhotim na rodoviária? Eu chego em BH às 8h e estou um pouco apreensiva.

 

Muito obrigada!

 

Oi!

Os bairros melhores de ficar, pra aproveitar a vida noturna são SAVASSI, LOURDES, CENTRO e SION, na zona centro-sul, todos eles possuem albergues e uma boa disponibilidade de hoteis mais caros. Ex.: Albergue Pousadinha Mineira (centro) e Hostel Sorriso do Lagarto (São pedro, do lado da Savassi).

 

Uma outra opção, fora da muvuca da regiao centro-sul, é o 'bairro bohemio', Santa Tereza (10min taxi do centro/20min em bus). Há albergues lá tb e uma boa quantidade de bares, desde botequins-copo-sujo até choperias famosas.

 

Sobre o ônibus, aconselho comprar antes, pq às vezes algumas agencias de viagens compram um monte de passagens e lotam os veiculos. E nos fds o fluxo desde BH é muito grande. Faça isso assim que chegar na rodoviaria (pois mesmo que venha de aviao, há uma conexao Aeroporto de Confins-Rodoviária de 30 em 30 min). A plataforma vem indicada e só ele para nela, então não há como se perder. Sobre segurança, é um trajeto tranquilo, não há problemas.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 semanas depois...
  • Membros

Bem, vou dar aqui meu depoimento:

 

É um lugar impressionante, maravilhoso, magnífico, esplêndido, tudo de bom!!

 

Minha dica é reservar um final de semana, para curtir o Inhotim como se deve. E chegar cedo!! Como abre as 9:30, chegar por volta de 09:00 h. No 1.o dia, compre o transporte e faça os 2 percursos de carrinho, parando em cada uma das obra do caminho, SEM PRESSA, entre, escute, sinta, mergulhe na obra. Por exemplo, na obra "O Sonho" só vai entender e curtir o máximo quem ficar ali por, no mínimo, 30 minutos. Contemple, respire, vibre, se arrepie com cada segundo de sua visita.

 

Quando a fome vier, aproveite os vários quiosques ao lado das obras com lanches, se quiser almoçar, e pagar mais barato, prefira o restaurante por quilo. E pertinho da piscina com o "ABC" experimente o coco mais docinho do Brasil. Depois que terminar o roteiro dos 2 carrinhos, pode acreditar, se fez tudo sem pressa, o dia já acabou, já serão por volta de 17:00 h.

 

No 2o. dia, aproveite mais a galerias centrais, faça o roteiro a pé, aproveite as trilhas e tudo o mais, vai parecer que você está indo em outro lugar, pois tudo será diferente do 1o. dia. Contemple a natureza, os lagos, as árvores, aproveite tudo...o dia vai passar rapidinho, se conseguir fazer tudo até umas 15:00 h e estiver de carro, dê uma esticadinha ao Clube de Vôo Livre, há uns 40 km do Inhotim, onde fica o Restaurante Topo do Mundo, se o dia estiver estiver bom a viagem é deliciosa até lá. As serras que você vê do Inhotim, "2 dedos" lá no horizonte, é a Serra da Moeda, e no Topo do Mundo você vai se extasiar com a vista e com os parapentes descendo com você sentado na varanda. Na estrada que sai de Brumadinho, siga sempre em direção à BR-040 sempre no sentido do Retiro do Chalé.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
Uma ajuda, ainda no quisito comida:

o buffet é realmente caro, hoje está a R$45...

mas dentro do parque há diversas paradas de cachorro quente, se vc nao for muito exigente com comida, pode ajudar a matar a fome e nao ter que gastar fortunas no restaurante central.

 

O cachorro-quente é tudo de bom, hein? E dá para comer nas "mesonas" de madeira em frente do quiosque, lembrando que ali no cachorro-quente é a saída de um dos trajetos de carrinho.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 meses depois...
  • 5 meses depois...
  • 2 meses depois...

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...