Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
TMRocha

Ouro Preto - MG [Dicas de Roteiro]

Posts Recomendados

Ouro Preto é certamente a cidade histórica mais conhecida e visitada de Minas Gerais.

Ouro%2BPreto%2BMG%2B00.jpg

Saiba o que fazer nessa deliciosa cidade mineira.

Caso queira conferir o post pelo blog clique no link abaixo:

http://viagensdosrochas.blogspot.com/2018/08/ouro-preto-mg-dicas-de-roteiro.html

Ouro Preto é uma cidade de Minas Gerais famosa por sua arquitetura colonial e está localizada numa altitude média de 1.179 metros. Abriga uma população de pouco mais de 70.000 habitantes. Foi fundada em 1711 por meio da fusão de diversos arraiais, fundados por bandeirantes.

Voltada para mineração no período colonial, a antiga cidade de Ouro Preto é caracterizada pelas ruas de paralelepípedo e pela arquitetura barroca bem preservada. A cidade é considerada Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO. Ela se tornou conhecida durante a era do ouro brasileira, no século XVIII, pela concentração de minas de ouro e por sua prosperidade. Hoje, a cidade é um destino turístico muito popular.

Quando Ir?

Ouro%2BPreto%2BMG%2B03.jpg

O clima é úmido no verão e seco no inverno. Mas o principal é levar em conta o calendário: a cidade fica muito movimentada na Semana Santa, quando acontecem procissões e as ruas ganham tapetes de flores e serragens; em julho, durante o Festival de Inverno, com programação repleta de shows musicais, apresentações de teatro e de circo, exposições e oficinas de arte.

Para conhecer e apreciar as construções históricas com tranquilidade, vá fora dos períodos de festas e feriados prolongados. Já quem quer agitar pode escolher entre o Carnaval, com direito a desfiles de blocos formados por estudantes; e a Festa do Doze, em outubro, com ruas animadas dia e noite. 

Como chegar?

Ouro%2BPreto%2BMG%2B01.jpg

De Avião: Os aeroportos mais próximos estão em Belo Horizonte, a mais de 100 km de distância. Após chegar a BH por esse método escolha um dos abaixo para chegar até a cidade.

De Carro: A partir de Belo Horizonte, siga pela BR-040 até o trevo da BR-356, via de acesso a Ouro Preto. Quem vem do Rio de Janeiro pega a BR-040 sentido Belo Horizonte até Conselheiro Lafaiete e, de lá, segue pela Mg-443 até a cidade. A partir de são Paulo, comece pela BR-381 (Fernão Dias) e entre na BR-265 no sentido Barbacena, até a BR-040. Dali, siga o mesmo trajeto de quem vem do Rio.

De ônibus: A viagem leva duas horas a partir de Belo Horizonte [via Pássaro verde]. Do Rio, são oito horas de viagem e de São Paulo, o trajeto leva 10h40. A Viação Útil faz o trajeto nessas duas cidades.

Por Agências de Turismo: A Ouro Preto Turismo é uma agência especializada nesse trajeto. Saiba mais sobre ela, seus preços e dos passeios oferecidos por eles através do link abaixo:

http://www.turismoouropreto.com/

Caso queira também pode realizar excursões pelo SESC-MG, que fazem esse circuito com certa regularidade.

O que fazer em Ouro Preto?

É impossível não viajar no tempo e na história no sobe-e-desce das ladeiras de Ouro Preto. Entre um atrativo e outro, tudo remete ao período colonial: são igrejas que exibem a genialidade de Aleijadinho, minas de ouro exploradas com o suor dos escravos, museus que contam a saga dos inconfidentes e muito mais.

Percorrer as igrejas da cidade

20180127_114502.jpg

Igreja de Nossa Senhora do Pilar.

Nenhuma outra cidade de Minas Gerais tem oferta tão grande de belas igrejas abertas à visitação. E elas não são importantes apenas pela questão religiosa. Muitas igrejas de Ouro Preto são verdadeiras obras de arte e exemplares magníficos da arquitetura colonial. Percorrê-las é um presente para os olhos.

Grandes nomes da arte barroca mineira trabalharam em projetos dos edifícios, esculturas e pinturas das igrejas setecentistas. Entre os artistas mais importantes está Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho. Além dele, destacam-se também Manuel da Costa Ataíde [conhecido como Mestre Ataíde], Manuel Francisco Lisboa [pai de Aleijadinho] e Francisco Xavier de Brito. 

Igreja%2BNossa%2BSenhora%2Bda%2BConcei%25C3%25A7%25C3%25A3o%252C%2BOuro%2BPreto.jpg

Igreja Nossa Senhora da Conceição.

Entrar nas igrejas de Ouro Preto é como visitar museus. Cada uma reserva uma obra especial. A tarefa, no entanto, pode não ser fácil. Muitas vezes, as igrejas não têm horário regular de abertura, estão fechadas para restauração ou cobram ingressos para visita. Na verdade, quase todas as igrejas de Ouro Preto exigem pagamento para serem visitadas por dentro. O valor médio é de R$ 5,00 por pessoa e quase nunca é permitido o registro fotográfico. Por isso, prepare-se para trazer recordações dos belos altares e pinturas no teto apenas na lembrança.

Igreja%2Bde%2BSanta%2BEfig%25C3%25AAnia%252C%2BOuro%2BPreto.jpg

Igreja de Santa Efigênia.

Entre as igrejas imperdíveis da cidade estão a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar, a Igreja de São Francisco de Assis, Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição de Antônio Dias, a Igreja de Nossa Senhora do Carmo, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos e a Igreja de Santa Efigênia. 

Visitar os Museus e conhecer mais sobre a história da cidade

Turismo%2Bem%2BOuro%2BPreto.JPG

Ouro Preto oferece aos visitantes alguns espaços dedicados à arte e à história da região. São museus que ajudam a compreender como Vila Rica se tornou a atual Ouro Preto e também a grande influência que a atividade mineradora, a religião e a escravidão tiveram sobre o povo e o desenvolvimento da região. 

Para ter uma ideia geral de Ouro Preto, não deixe de visitar o Museu da Inconfidência, onde documentos, mobiliários, obras de arte e peças de época contam mais sobre o processo que culminou na independência do Brasil. 

Com foco na vocação mineradora de Ouro Preto, o Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas/ UFOPS explica como se desenvolveu a principal atividade da cidade. Se o interesse for por obras sacras, conheça o Museu do Oratório, o Museu de Arte Sacra de Ouro Preto e o Museu Aleijadinho.

Para encantar-se pela arquitetura colonial, vale visitar a Casa de Tomás Antônio Gonzaga, a Casa dos Contos, a Casa dos Inconfidentes e a Casa da Ópera, quatro construções onde funcionam centros culturais, mas que têm como principal atração os próprios edifícios. 

Casa%2Bdos%2BContos%252C%2BOuro%2BPreto.JPG

Museu Casa dos Contos.

Entrar nas antigas minas de ouro de Vila Rica

Mina%2Bde%2BSanta%2BRita%252C%2BOuro%2BPreto%2B01.jpg

Mina de Santa Rita.

Ouro Preto tem como grande marca a intensa atividade mineradora no período colonial, quando a cidade ainda era a famosa Vila Rica. Pouco resta daquele tempo em que o ouro era o grande produto local. A riqueza foi embora para a Europa, mas ainda é possível visitar algumas das minas de onde eram retiradas toneladas de minérios e pedras preciosas.

Durante a visita, os turistas entram nas minas e ouvem detalhes sobre como era a exploração nos locais e sobre o trabalho escravo nas minas. Os passeios são acompanhados por guias. As minas estão localizadas nos jardins de propriedades particulares e o custo médio do passeio costuma ser baixo.

Mina%2Bda%2BPassagem%252C%2BOuro%2BPreto.jpg

Mina da Passagem.

Algumas das minas mais populares para visitação estão localizadas no Centro Histórico de Ouro Preto, especialmente na região da Rua Chico Rei. Por lá, será possível conhecer a Mina do Chico Rei, a Mina Jejê, a Mina du Veloso e a Mina de Santa Rita. As visitas são muito semelhantes e no geral acontecem com uma visita guiada por dentro dos túneis de mineração. 

Uma mina se destaca das demais por oferecer um tour diferente: A Mina da Passagem, localizada na estrada que liga Ouro Preto a Mariana, é a única mina industrial aberta à visitação na região. Os turistas descem para os túneis em um carrinho que passa pelos antigos trilhos por onde eram retiradas as riquezas de Vila Rica. O passeio é mais interessante, mas o custo também é um pouco mais alto que o das demais minas.

Participar de uma das festas nas repúblicas de Ouro Preto, em especial no Carnaval

Carnaval%2BOuro%2BPreto.jpg

Elas estão espalhadas pela cidade e recebem estudantes de todo o país. Algumas têm décadas de tradição. E não apenas tradição em bem acolher os estudantes de fora, mas também tradição festeira.

Para se divertir na noite de Ouro Preto, basta bater na porta de uma república e perguntar onde será a festa do dia, alguém sempre saberá informar a agenda. Ainda que as festas sejam constantes, o agito coletivo acontece mesmo é no Carnaval, quando várias repúblicas oferecem bailes ao mesmo tempo. É lugar para quem deseja diversão em estágio máximo. O carnaval em Ouro Preto é disputado, lotado e, claro, muitíssimo animado! 

Nas Redondezas

Mariana

Passeio%2Bde%2BMaria%2BFuma%25C3%25A7a.jpg

Ouro Preto não é a única beleza dessa região de Minas Gerais. Em passeios bem curtos, você poderá visitar outras atrações e cidades imperdíveis. Não deixe de ir a Mariana de trem, a cidade é repleta de história e você ainda poderá curtir um passeio pelos antigos trilhos da região.

Mariana%252C%2BMG.jpg

Congonhas

Congonhas%252C%2BMG%2B01.JPG

Em Congonhas é possível conhecer algumas de suas igrejas, em especial a Basílica do Senhor Bom Jesus do Matosinhos, onde se poderá apreciar toda a arte da parte interna da igreja e ainda a incrível obra dos 12 profetas de Aleijadinho, esculpidos em tamanho real.

Como pontos turísticos interessantes ainda se tem a Romaria e o Museu de Congonhas, e claro, prepare-se para fazer muitas compras, pois em certas datas a quantidade de barracas de vendedores dessa cidade se torna quase infindável!

Barracas%2Bde%2BVendas%252C%2BCongonhas%2B01.JPG

Lavras Novas

Lavras%2BNovas%252C%2BMG.jpg

A mais de 1.500 metros de altitude, Lavras Novas encanta pelas belas paisagens contornadas por serras e cachoeiras e pelo clima serrano. Pousadinhas aconchegantes, restaurantes e bares com música ao vivo se espalham pelos coloridos becos e vielas, garantindo charme e alto astral à vilazinha que preserva o estilo colonial. 

Por aqui um bom programa é caminhar, pedalar ou cavalgar nas muitas trilhas que cortam a região. Cachoeiras surgem ao longo do percurso e convidam a refrescantes banhos. As preferidas são Três Pingos, com paredão de pedra; Namorados, Castelinho e do Falcão, todas com deliciosos poços. 

Parque Estadual do Itacolomi

Parque%2BEstadual%2Bdo%2BItacolomi%252C%2BMG.jpg

Entre as belezas naturais a serem visitadas nos arredores de Ouro Preto, a mais exuberante é o Parque Estadual do Itacolomi, marcado pela grande ponta de pedra na paisagem da cidade. Durante o passeio, é possível conhecer a represa e o Mirante do Custódio; fazer as trilhas da capela, da lagoa e do forno; e visitar o pequeno Museu do Chá. Os turistas mais dispostos poderão agendar visitas guiadas ao Morro do Cachorro e ao Pico do Itacolomi, de onde se tem uma vista maravilhosa para a cidade de Ouro Preto.

Parque Nacional da Serra do Gandarela

Parque%2BNacional%2Bda%2BSerra%2Bdo%2BGandarela%252C%2BMG.jpg

Perto de Ouro Preto fica um dos mais novos parques nacionais: o Parque Nacional da Serra do Gandarela, criado em 2014, à 70 km da cidade. A observação de aves é uma das principais atrações do Gandarela. O parque abriga 311 espécies de aves registradas – dez delas encontram-se ameaçadas de extinção. Cachoeiras, poços, mirantes também chamam a atenção.

Entre os destaques, cachoeira do Índio, com quatro grandes quedas com mais de 200 metros de altura; cachoeira Santo Antônio, com tons azulados contrastantes com os paredões rochosos avermelhados; e mirante da Serra do Gandarela. A reserva pode ser visitada o ano todo e tem acesso ainda pelas cidades de Belo Horizonte, Raposos, Itabirito, Nova Lima, Caeté, Santa Bárbara e Mariana.

Outras coisas para se fazer em Ouro Preto:

Registre a cidade por novos ângulos

Ouro%2BPreto%252C%2BMG%2B001.jpg

Cada ângulo, ladeira e sacada da cidade oferece um novo ponto de vista ainda mais belo. Tudo cercado pela envolvente cadeia de montanhas decorada por casarões coloniais. Por isso, aproveite cada nova vista para descobrir Ouro Preto.

Aprecie a deliciosa culinária mineira

Forno%2Bde%2BMinas%252C%2BOuro%2BPreto.jpg

Uma das maiores atrações de Minas Gerais é a sua culinária. Em Ouro Preto não é diferente e grande parte dos restaurantes do centro, em especial na Rua Conde de Bobadela [Rua Direita], onde se concentram muitos restaurantes, se servem pratos típicos como o frango ao molho pardo acompanhado de arroz branquinho, angu e couve, feijão-tropeiro e ainda o frango com quiabo. Guarde também um lugarzinho para a sobremesa, pois doces de frutas e de leite sempre são servidos com queijo Minas.

Feira de Artesanato

Feira%2Bde%2BArtesanato%252C%2BOuro%2BPreto%2B01.jpg

Os souvenires típicos da cidade são as peças em pedra-sabão. O artesanato é encontrado nas feiras do Largo de Coimbra [em frente à igreja de São Francisco de Assis] e da Associação dos Artesãos de Ouro Preto [Avenida Padre Rolim], que funcionam todos os dias.

Feira%2Bde%2BArtesanato%252C%2BOuro%2BPreto%2B02.jpg

Feira%2Bde%2BArtesanato%252C%2BOuro%2BPreto%2B03.jpg

Também são famosas as pedras preciosas comercializadas nas lojas especializadas do centro. Não deixe de visitar os ateliês dos artistas locais que se espalham pelas ladeiras - entre as obras estão pinturas, esculturas, gravuras em metal, xilogravuras e mosaicos de vidro.

Isso é tudo. Boa sorte e até o próximo post!

Ouro%2BPreto%252C%2BMG%2B-%2BVista%2BPanor%25C3%25A2mica.jpg

Fontes Pesquisadas:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ouro_Preto

https://www.tripadvisor.com.br/Tourism-g303389-Ouro_Preto_State_of_Minas_Gerais-Vacations.html

https://www.feriasbrasil.com.br/mg/ouropreto/oqueverefazer.cfm

https://viagemeturismo.abril.com.br/cidades/ouro-preto/

https://www.feriasbrasil.com.br/mg/ouropreto/comochegar.cfm

https://www.feriasbrasil.com.br/mg/ouropreto/quandoir.cfm

https://guia.melhoresdestinos.com.br/o-que-fazer-em-ouro-preto-206-2661-p.html

https://www.feriasbrasil.com.br/mg/congonhas/

https://viajeibonito.com.br/o-que-fazer-em-congonhas-minas-gerais/

https://www.feriasbrasil.com.br/mg/lavrasnovas/

https://www.feriasbrasil.com.br/mg/ouropreto/compras.cfm

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×