Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Thiago.Cruz.

Ajuda!!! Lua de Mel na Itália em 12 dias.

Posts Recomendados

Boa dia Pessoal, blz?

 

Estou me preparando para minha primeira ida a Europa, sempre fiquei na América Latina e de moto, então depender de trem, lugar para deixar mala na estação, euro (😭), e etc...é bem novo, mas estou bem ansioso, e como será Lua de Mel queremos algo diferente.

 

Montei o roteiro com base no que li aqui, e espero que esteja claro...aguardo a opinião de vocês.

 

Bom, vamos lá:

 

Saída SP: 28/10 – 16:35h

Chega em Paris 8:05h

Saída de Paris 12:15h

Chegada em Milão 13:45h

 

Saída Roma: 11/11 – 06:10

Chega em Paris 8:20h

Saída de Paris 10:05h

Chegada em SP 19:00h

 

01º Dia (29/10 - segunda-feira) – Chega em Milão e Passeios:

Ir para o Centro/Praça de Metro – Descer na estação Cadorna, mas se conseguirmos chegar na estação Cordusio ou Duomo será melhor, pois são mais perto.

Vamos deixar as malas em alguma estação e ir direto para os passeios (Catedral e etc), pq no dia seguinte já seguimos.

Passeios: Galeria Vitorio Emanuele I – Praça do Duomo (Praça Central) – Castello Sforzesco – Arco da Paz – pelo que vi tudo é na praça central.

Igreja San Bernardino de Alle Ossa (Fica na Piazza Santo Stefano) - Ver se dá tempo – mas é bem perto (7 minutos andando).

 

Dúvidas: Estamos deixando alguma coisa importante que seja possível nesse tempo pequeno?

Será que dá tempo de fazer isso?

Nas estações de trem que citei dá para deixar as malas?

Sugestão de hospedagem?

 

02º Dia (30/10 - terça-feira) – Saída cedo para Veneza de trem com parada em Verona.

Pegar trem às XX – chegada em Verona às XX.

Saída de Verona às XX – chegada em Veneza às XX.

Passeios: Casa de Julieta – Arena – Catedral de Verona - Castel Vechio e ponte do castelo - Piazza Bra, Piazza Erbe e Jardim (sei lá onde e o que é isso mas vi em algum lugar rs)

Verona tem guarda volumes para deixarmos as malas, o que vai salvar!

Dormir em Veneza.

Dúvidas: Ir na Arena vale o custo?

Quanto tempo ficamos por lá? Assim vejo a diferença entre as passagens? Pensei em umas 6h/7h

 

03º Dia (31/10 - quarta-feira) - Veneza

Praça e Basílica de São Marcos – Gondola - igreja santa maria della salute – Subir no Campanário – Palácio Ducale - Ponte Rialto, Ponte dos Suspiros, a Academia.

Dúvidas: Estamos deixando alguma coisa importante?

Sugestão de hospedagem?

 

04º Dia (01/11 - quinta-feira) – Veneza (Murano)

Vale a pena ir até Murano ou só Vezena esta bom?

Precisa de um dia para isso ou dá para fazer no mesmo dia e não ficamos esse dia em Veneza?

Se for em Murano, passeios: Fabrica – Farol – Monumento Azul (sei lá o nome mas achei bonito) – Museu do Vidro.

Pegar o trem em Veneza quando voltarmos e dormir em Florença

Se não ficarmos esse dia em Veneza para irmos em Murano estou pensando em rodar mais pela Toscana de carro (mais abaixo terá essa parte).

 

05º Dia (02/11 - sexta-feira) – Florença

Centro histórico – Igreja Principal – Piazza Della Signoria - Piazza Della Republica – Basilica de Santa Maria dei Fiori - Piazza San Marco (comprar ingresso da Academia e Uffizi) -Galeria da Academia – Piazza della liberta - Santa Maria Novella - em algum momento comer um Sanduiche na All’antico Vinaio que fica entre a ponte Vecchio e a Igreja principal - Piazza Michelangelo (ver o por do sol) – Cruzar o rio via Ponte Santa Trinita.

 

06º Dia (03/11 – sábado) – Florença

Galeria Uffizi - Palazzo de Pitti – cruzar o rio via ponte de vecchio - Forte Belvedere - Igreja San Miniato (ver o por do sol com vinho que tem que levar)

 

Dúvidas: Falta alguma coisa para fazer em Florença?

2 dias inteiros é o suficiente?

Sugestão de hospedagem?

 

07º Dia (04/11 - domingo) – Florença

Alugar carro e ir para San Gimignano e Siena – Bate e volta.

(se não ficarmos em Veneza para ir em Murano, usaremos esse dia para rodarmos mais por aqui e dormiremos fora de Florença, em algum lugar da Toscana, mas não sei onde e nem se tem o que fazer)

Outra opção é um tour para San Gimignano + Siena + Vinícola por uma empresa de turismo que ficava oferecendo serviços em frente à Santa Maria Novella – alguém tem mais informações? Nesse caso seria bate e volta com a empresa.

 

08º Dia (05/11 - segunda-feira) – Florença

Bate e volta de trem em Lucca e Pisa

Já saímos com as malas e deixamos na estação e pegar o trem para Roma na volta.

Dormiremos em Roma.

 

09º Dia (06/11 - terça-feira) – Roma

Piazza Veneza - Monumento a Vítor Emanuel II - Sant’Ignazio di Loyola – Templo de Adriano - Pantheon - Piazza Navonna - Piazza del Popolo - Piazza Spagna – Fontana de Trevi descendo via del Corso - Palazzo del Quirinale

 

10º Dia (07/11 - quarta-feira) – Roma

Coliseu (cedo) - Arco di Constantino – Circo máximo - Palatino - Fórum Romano – isso até o almoço. Depois Basílica di Santa Maria Maggiore e galleria borghese. De noite Campo de Fiori para jantar e tomar uma cerveja.

 

Se der tempo: São João de Latrão - Teatro Marcello

Dúvidas: Roma Pass vale a pena?

Onde se hospedar? Estou pensando na região de Termini.

 

11º Dia (08/11 - quinta-feira) – Roma

Vaticano: Museu (comprar ingresso antes e de preferência para o primeiro horário) – Começar pela Capela Sistina para não ir com ela lotada – Depois rodar museu inteiro vendo tudo com calma – Praça São Pedro - Necrópole do Vaticano – Subir na Basílica de São Pedro - Castel Sant’ Agnello – fim do dia jardins da Villa Borghese

 

12º Dia (09/11 - sexta-feira) – Roma

Bate Volta em Pompéia – esquematizar com noite em Nápoles.

Dúvidas: Vale para e dormir em Nápoles. Vejo gente dizendo que é bacana e gente falando que é horrível.

 

13º (10/11 - sábado) – Roma

Se dormir em Nápoles é acordar, dar uma volta e depois ir para Roma – no máximo até o almoço estar de vota.

Não fazer nada...acordar tarde e andar sem rumo. Rs

Ver de ir Fórum de César, de Augusto e o Mercado Trajano.

Para esse dia aceito sugestões tranquilas.

 

14º (11/11 - domingo) – Voltar para SP. Saída de Roma 06h da manhã.

 

Quanto a grana, pensei em 150,00 euros por dia pro casal, incluindo hospedagem. O que acham?

 

Bom, desculpe a quantidade de perguntas, mas tem coisas que é só falando com quem já viveu a experiência para ter uma base melhor.

PS: não sei como o povo vivia antes do Mochileiros.com rsrs

 

Desde já MUITO obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post

3 horas atrás, Thiago.Cruz. disse:

Dia (29/10 - segunda-feira) – Chega em Milão e Passeios:

Começa a escurecer as 17:00 horas em Milão, e até vocês chegarem no centro, deixar a mala guarda-volumes e comer algo, facilmente será 16:00 ou mais tarde, então na prática vocês terão no máximo 1 hora de claridade antes de escurecer, e você ainda estará cansado e com sono depois de passar a noite em claro no avião e sem ter dormido direito na noite anterior devido a ansiedade.

Ou seja, você está programando coisa demais neste dia, faça o que for possível e sem correria, isto se não estiver chovendo...

Do jeito que você planejou, Milão só está servindo para desperdiçar tempo e dinheiro, não vai dar tempo de ver e fazer quase nada, então se ainda não tiver comprado as passagens, eu reavaliaria esta parte.

3 horas atrás, Thiago.Cruz. disse:

02º Dia (30/10 - terça-feira) – Saída cedo para Veneza de trem com parada em Verona.

Pegar trem às XX – chegada em Verona às XX.

Saída de Verona às XX – chegada em Veneza às XX.

Você combinou isto com "São Pedro"?  Já pensou que pode ser um dia frio e chuvoso e este passeio ser uma merda? 

"Pit-stop" de de algumas horas numa cidade que fica no caminho de outra durante o inverno sempre são bem arriscados, se você acertar e o clima ajudar é bom, mas se for um dia frio e chuvoso, será uma merda, pois você não consegue fazer quase nada na rua.

Então se você quiser arriscar um "pit-stop" destes, esteja ciente deste risco, de que se o clima não ajudar, ele pode ser uma grande merda.

3 horas atrás, Thiago.Cruz. disse:

04º Dia (01/11 - quinta-feira) – Veneza (Murano)

Vale a pena ir até Murano ou só Vezena esta bom?

Precisa de um dia para isso ou dá para fazer no mesmo dia e não ficamos esse dia em Veneza?

Se for em Murano, passeios: Fabrica – Farol – Monumento Azul (sei lá o nome mas achei bonito) – Museu do Vidro.

 

Isto é questão pessoal, eu achei Murano bem dispensável, mas minha esposa achou até interessante, mas nada "imperdível", deixe para decidir a sua ida a Murano lá na hora, pode ser que vocês cheguem lá e cheguem  conclusão que 2 dias mal dá para Veneza, então decida isto lá na hora.

Mas fique este segundo dia em Veneza e pegue o trem para Florença no começo da noite do segundo dia.

3 horas atrás, Thiago.Cruz. disse:

05º Dia (02/11 - sexta-feira) – Florença

ver o por do sol

06º Dia (03/11 – sábado) – Florença

Forte Belvedere - Igreja San Miniato (ver o por do sol com vinho que tem que levar)

Combinou isto com "São Pedro"?  Quando fui a Florença durante a primavera, nos dois primeiros dias estava nublado e com garoa intermitente, o tempo só abriu mesmo no terceiro dia, que era o dia que íamos embora.

3 horas atrás, Thiago.Cruz. disse:

10º Dia (07/11 - quarta-feira) – Roma

Coliseu (cedo) - Arco di Constantino – Circo máximo - Palatino - Fórum Romano – isso até o almoço. Depois Basílica di Santa Maria Maggiore e galleria borghese. De noite Campo de Fiori para jantar e tomar uma cerveja.

Programa bem pretensioso para este dia, eu acho que Galeria Borghese neste mesmo dia já é meio exagerado.

3 horas atrás, Thiago.Cruz. disse:

11º Dia (08/11 - quinta-feira) – Roma

Vaticano: Museu (comprar ingresso antes e de preferência para o primeiro horário) – Começar pela Capela Sistina para não ir com ela lotada – Depois rodar museu inteiro vendo tudo com calma – Praça São Pedro - Necrópole do Vaticano – Subir na Basílica de São Pedro - Castel Sant’ Agnello – fim do dia jardins da Villa Borghese

O museu do Vaticano é planejado para você passar por todas as salas antes de chegar na Capela Sistina, ou seja, no seu plano, você teria que passar correndo em todas as salas até chegar no final, e depois voltar tudo de novo, passando pelas mesmas salas..

Necropole é somente no horário marcado por eles, e geralmente não consegue-se encaixar museu do Vaticano + necrópole + basílica + cúpula no mesmo dia, muito menos ainda visitar Castel Sant Angelo e jardins da Villa Borghese.

3 horas atrás, Thiago.Cruz. disse:

Dúvidas: Vale para e dormir em Nápoles. Vejo gente dizendo que é bacana e gente falando que é horrível.

Eu pessoalmente não gostei de Nápoles, não agregou nada de relevante na minha opinião pessoal.

 

 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

Vocês vão no inverno, quando já começa a ser frio, ter dias com garoa ou chuva praticamente o dia inteiro, alem de escurecer cedo, as 17:00 já está escurecendo, e por causa disto eu acho que você está programando coisa demais na maioria dos dias.

Deixe o roteiro com menos coisa programada e deixe a programação do dia-a-dia mais flexível, para você decidir o que fazer lá na hora de acordo com o clima.

Também tente equilibrar melhor a distribuição dos passeios ao ar livre com os passeios em museus e similares, pois passar o dia inteiro em museus, castelos igrejas é cansativo e enjoa fácil, faça no máximo 1 ou 2 destes por dia, e complemente o dia com os passeios ao ar-livre.

E deixe os bate-voltas para decidir lá na hora, pois bate-volta geralmente são passeios cheios de atividades ao ar livre, e elas ficam uma merda se for num dia frio e meio chuvoso.

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

@234234 

Já compramos sim as passagens. Mas só vamos para Milão pq por incrível que pareça estava MUITO mais barato que ir e voltar por roma, mesmo gastando com trem. Vai entender...rs

 

Então no pior cenário vamos na praça e vemos as coisas ao ar livre, torcendo para não estar chovendo.

 

Sobre a parada em Verona, minha preocupação é ter que comprar as passagens com antecedência, pesquisando vi algumas informações que comprar antes é absurdamente mais barato que na hora. É isso mesmo?

Se for vou ter que pensar bem antes de comprar e correr esse risco.

 

E estou com a mesma impressão sobre Murano, a minha noiva esta insistindo em ir, mas acho que vou seguir sua recomendação. O complicado é que se a passagem for mesmo mais cara e eu comprar e não quiser nem ficar em Veneza e nem ir a Murano não tenho opção. Ai volta a questão dos preços de passagens.

 

Em Florença coloquei o por do sol para não esquecer e ver se dá tempo, mas realmente é torcida para não chover, mas se não estiver com o tempo aberto e sem chuva já vou agradecer muito rs.

 

Os roteiros de Roma vou rever. Fiz assim pq tentei deixar o que era perto para ir fazendo junto, mas vou ver de seguir seu conselho de só ir indo, no estilo deixa a vida me levar...rs

Assim vamos de acordo com o clima e nossa vontade.

 

Só nossas trocas de cidade que ficamos reféns dos preços das passagens.

 

No Vaticano só falei de ir antes na Capela Sistina pq li um relato que fizeram isso e achei uma boa ideia.

Compartilhar este post


Link para o post
27 minutos atrás, Thiago.Cruz. disse:

Sobre a parada em Verona, minha preocupação é ter que comprar as passagens com antecedência, pesquisando vi algumas informações que comprar antes é absurdamente mais barato que na hora. É isso mesmo?

Passagens nos trens internacionais e nos trens de alta-velocidade que na Itália são chamados de Freccia costumam sim custar 3x ou 4x mais caro lá na hora do que se compradas uns 60 dias antes.

Mas se as distancias forem menores existe a possibilidade de utilizar os trens regionais, que na Itália são conhecidos como "Regionale" que possuem preço fixo comprando lá na hora ou antecipado, mas não tem marcação de assento e são mais lentos.

Por exemplo o trem Regionale de Milano Centrale até Verona custa 12.50 Euros, e leva 1h50, o trem Freccia leva 1h15, e o trem Regionale de Verona até Veneza Santa Lucia leva em torno de 2h e custa 9 Euros.

Até 2h num trem Regionale é um tempo aceitável, e lhe dá bem mais flexibilidade nos horários em relação aos trens de alta-velocidade, então sempre que possível eu prefiro optar pelos trens Regionales.

Já um trem Regionale de Veneza a Florença seria muito demorado, levando quase 5 horas, sendo que o Freccia leva 2h, e neste caso é melhor ir com o trem Freccia comprado antecipado.

38 minutos atrás, Thiago.Cruz. disse:

E estou com a mesma impressão sobre Murano, a minha noiva esta insistindo em ir, mas acho que vou seguir sua recomendação. O complicado é que se a passagem for mesmo mais cara e eu comprar e não quiser nem ficar em Veneza e nem ir a Murano não tenho opção. Ai volta a questão dos preços de passagens.

Se vocês realmente odiarem Veneza e não quiserem ficar um segundo dia lá de jeito nenhum, o que é bem improvável, você sempre pode pegar um trem Regionale para Padua e voltar a Venenza no final da tarde para pegar o trem para Florença ou então pegar um Regionale para Bologna e depois outro Regionale a Florença, descartando esta passagem de Veneza a Florença comprada antecipado...

Compartilhar este post


Link para o post
2 horas atrás, 234234 disse:

Passagens nos trens internacionais e nos trens de alta-velocidade que na Itália são chamados de Freccia costumam sim custar 3x ou 4x mais caro lá na hora do que se compradas uns 60 dias antes.

Mas se as distancias forem menores existe a possibilidade de utilizar os trens regionais, que na Itália são conhecidos como "Regionale" que possuem preço fixo comprando lá na hora ou antecipado, mas não tem marcação de assento e são mais lentos.

Por exemplo o trem Regionale de Milano Centrale até Verona custa 12.50 Euros, e leva 1h50, o trem Freccia leva 1h15, e o trem Regionale de Verona até Veneza Santa Lucia leva em torno de 2h e custa 9 Euros.

Até 2h num trem Regionale é um tempo aceitável, e lhe dá bem mais flexibilidade nos horários em relação aos trens de alta-velocidade, então sempre que possível eu prefiro optar pelos trens Regionales.

Já um trem Regionale de Veneza a Florença seria muito demorado, levando quase 5 horas, sendo que o Freccia leva 2h, e neste caso é melhor ir com o trem Freccia comprado antecipado.

Se vocês realmente odiarem Veneza e não quiserem ficar um segundo dia lá de jeito nenhum, o que é bem improvável, você sempre pode pegar um trem Regionale para Padua e voltar a Venenza no final da tarde para pegar o trem para Florença ou então pegar um Regionale para Bologna e depois outro Regionale a Florença, descartando esta passagem de Veneza a Florença comprada antecipado...

Achei a ideia de Padua ótima!

Levando em conta essa questão de custo dos trens vou fazer o seguinte, comprar a passagem de Veneza para Florença com esse intervalo de 2 dias. Assim pago menos por mais velocidade e qualidade e não corro o risco de ficar sem opção de passeio.

Apesar de concordar que possivelmente a gente não queira sair de Veneza por gostar do lugar. Meu receio era ser um local o qual 1 dia é o bastante, mas aparentemente não é o caso.

 

De Milão para Veneza acha melhor ir de Regionale? Assim deixo para ver se para em Verona ou não de acordo com o tempo. Ou vale o risco de já comprar?

 

Mais uma vez valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
1 hora atrás, Thiago.Cruz. disse:

De Milão para Veneza acha melhor ir de Regionale? Assim deixo para ver se para em Verona ou não de acordo com o tempo. Ou vale o risco de já comprar?

Uma viagem direto de Milão a Veneza de trem Regionale leva 4h, é meio demorado demais se a ideia é ir direto, mas se vocês tiverem a intenção de parar em Verona ou estender a estadia um pouco mais em Milão e só resolver ir a Veneza depois do almoço no segundo dia, pode ser algo interessante para vocês cogitarem.

Uma dica adicional que eu daria em Veneza seria escolher bem o local da hospedagem em Veneza caso vocês cheguem lá a noite, por que achar o hotel naqueles becos a noite, no escuro e carregando malas é meio complicado, se a ideia for chegar a noite em Veneza, pegue um hotel fácil de achar.

Compartilhar este post


Link para o post

@234234 A ideia é já deixar o hotel de Veneza reservado. Tanto pela questão do horário quanto para não ficarmos rodando por lá com as malas.

 

Quanto a Milão e a ida para Verona, vou dar uma reestruturada no roteiro e vejo se já compramos as passagens ou se esperamos.

 

Compartilhar este post


Link para o post
1 hora atrás, Thiago.Cruz. disse:

@234234 A ideia é já deixar o hotel de Veneza reservado. Tanto pela questão do horário quanto para não ficarmos rodando por lá com as malas.

Primeira vez que fui a Veneza fui com hotel reservado, mas fiquei rodando uns 45 minutos pelos becos a noite sem achar o hotel por que estava com o celular com a bateria descarregada e não podia usar o gps para achar o caminho.

Tive que parar num café comprar algo e recarregar o celular para achar o caminho.

 

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×