Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Lljj

O que você gostaria que sua família soubesse sobre mochilões?

Posts Recomendados

Amanhã completo um mês de mochilão pelo Rio Grande do Sul. Minha família se mostrou muito preocupada antes da viagem, mas achei que isso melhoraria conforme eu fosse avançando no roteiro. Não melhorou. Continuam fazendo pressão para que eu volte para casa.

Mesmo entendendo a preocupação, já enjoei de me explicar e tentar justificar minhas escolhas. Hoje pensei que devia existir um manual destinado aos familiares de um mochileiro, tipo um mini-guia que orientasse o que é um cuidado super bem-vindo e o que é uma superproteção sufocante. 

A idéia está amadurecendo. Esse é meu primeiro mochilão, estão queria ouvir/ler a opinião de outros mochileiros neste sentindo: O que você gostaria que sua família soubesse sobre mochilões?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso é complicado, eu viajo sozinho desde quando era adolescente, minha mãe sempre falava e pedia assim. " Quando chegar lá liga avisando se foi tudo bem, e ligue uma vez por semana para avisar também como está sua viagem. "

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Todo mundo passa por isso, principalmente se esta é a primeira vez que você fica longe de casa por um tempo maior.

Depois de 20 anos morando fora de casa, de já ter rodado meio mundo, toda vez que a minha mãe sabe que eu vou fazer uma viagem mais longa ou distante, ela pede: "avisa quando você chegar lá",  "e quando que você volta?"...

Em fim não tem como evitar isto, só resta aprender a conviver com isto pelo resto da sua vida, pois isto nunca vai mudar.

 

Acho que a única forma de minimizar um pouco isto, seria você ir acostumando a sua família aos poucos com a sua "ausência", algo como fazer algumas viagens curtas, onde você passa o final de semana fora, depois você passa para viagens um pouco mais longas, onde fica uma semana fora de casa, e assim por diante, até finalmente encarrar um mochilão onde você fica 30, 60 ou 180 dias fora...

Desta forma a sua família vai ter confiança em você, vai saber que você sabe se virar sozinho, vai estar um pouco mais acostumada com a sua ausência e vão encher um pouco menos você para você voltar para casa logo.

Mas se você nunca ficou longe de casa por mais que 1 ou 2 dias, e logo de cara se enfiou num mochilão de 30 , 90 ou 180 dias, sinto muito, não tem nada que se possa fazer nestes casos a não ser aquentar a encheção da família, afinal eles não estão acostumados com a sua ausência, e vão querer que você volte logo.

Em resumo, a família pegar menos no seu pé para você voltar logo depende unicamente de você, você deveria ter "preparado o terreno" antes de viajar, para que eles tenham mais confiança em você, e estejam um pouco mais acostumados com a sua ausência.

Mas se você não preparou o terreno, sinto muito, agora não tem o que fazer a não ser aquentar a "encheção" deles.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Um dia você vai entender essas "encheções" de saco de seus pais!

O dia que você for pai entenderá isso de uma forma bem simples. 

O 234234 falou tudo sobre o que você deveria ter feito antes de viajar. Na verdade pensamos única e exclusivamente em nós mesmos, os pais são só um "detalhe".

Não esqueça que se algo der errado contigo eles estarão de braços abertos para te receber,  inclua isso no seu "manual".

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Lljj , infelizmente a violência está bastante banalizada e isso acaba deixando as pessoas um tanto paranoicas. Um mês não é suficiente para que sua família se acostume com essa novidade de ter você longe de casa.

Para falar a verdade, acho importante que, entre aqueles que ficaram, haja alguém capaz de entender os alertas quando algo pode estar errado. Um contato para emergências, alguém capaz de agir com a cabeça mais fria se você precisar de ajuda à distância.

É importante também que eles saibam que nem sempre você terá sinal de internet; que você precisa se conectar ao lugar onde está, e isso é difícil quando o viajante fica no whatsapp o tempo todo falando com os que ficaram; mas que sua viagem não significa um rompimento com eles. 

Uma vez que os papeis de cada um fiquem mais claros nessa nova realidade, as coisas tendem a se reequilibrar.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olha, eu sou mãe, eu entendo eles. Apesar de viajar com meus filhos pelo Brasil desde que tinham 12 anos, tempo atrás minha filha foi com o namorado pra uma praia que fica a 1:30 de Porto Alegre, e eu fiquei mandando whats e perguntando se estavam bem. è normal isso, com a maldade e violencia que está no mundo, ainda mais pras mães. Aquele rapaz que sumiu no Peru e que postaram aqui, eu nem conheço ele, mas fiquei acompanhando ansiosamente até o desfecho - que foi feliz, e me senti aliviada!😂😂😂 (sim, me coloquei no lugar da mãe dele)

O jeito é fazer o que o pessoal deu de sugestão, mande um whats quando chegar nos lugares, quando nao tiver wi-fi, avise que vai ficar uns dias sem contato, mas logo em seguida que conseguir conexao ja mostre que está tudo bem. è até bom fazer isso, pois se acontece algo, pelo menos vão saber onde te procurar.

Boa viagem e fique em paz!🤗

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nunca fiquei fora de casa tantos dias (máximo 20) e infelizmente não disponho de meses para viajar, pois sou daquelas pessoas que viajam nas férias.

Sendo filha única, minha mamãe se preocupa quando fico muitos dias fora. Mas as ferramentas de internet, ensinar minha mãe a usar o instagram para acompanhar stories, avisar que ficarei tantos dias sem internet e avisar que estou bem quando voltar a ter sinal deram a ela muita confiança e menos medo de quando saio.

Porque nós vamos, mas são elas que ficam com o coração na mão. Não encare como encheção de saco, é só amor.

Boa sorte!

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×