Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Paloma Wolensky

Estive mais de 3 meses ilegal na Europa e quero voltar.

Posts Recomendados

Pois bem,  fui para Grecia dia 6 de novembro como turista, fazendo parada na França onde no mesmo peguei o carimbo de entrada.

Por problemas familiar ultrapassei os 3 meses na Grécia, retornando dia 9 de maio do outro ano. Eu não tive nenhum controle na Grécia tanto na vinda como na volta. Na volta minha escala foi em Portugal, onde o mesmo quando passei para apresentar o passaporte para entra no avião me questionou o porque de eu ter ficado mais, depois de alguns segundos me devolveu o passaporte carimbado e so finalizou com um "você pode ter problemas para voltar".

Eu nao recebi nenhum papel de multa, e ano que vem em janeiro gostaria de voltar, pois durante a viagem eu noivei, e o propósito da volta e casarmos. Pois bem, meu noivo mora na Alemanha, e os planos e eu ir ao seu encontro na Alemanha e depois de menos de 1 mês ir para seu Pais Grécia e casar.

Mas estamos com medo da possibilidade de eu não conseguir entrar na Alemanha, será que eu irei ter algum impedimento? E a alguma forma de sabermos se alguma multa esta aplicada em meu nome ou algo do tipo para que eu possa resolver antes da viagem?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O controle imigratório sempre é feito somente no país de entrada ou saída do espaço Schengen.

Por mais que você tenha problema familiares, você não deve simplesmente ficar ilegal lá, isto pode lhe trazer um monte de complicações no futuro, inclusive complicar o seu visto permanente após o casamento, para situações como estas existe o pedido de prorrogação ou extensão do visto de turismo, basta você levar algum comprovante do problema familiar que faz você ficar lá e solicitar a prorrogação.

Ultimante eles não estão multando todo mundo em Lisboa, eles deixam você ir embora e simplesmente registram o seus dados no computador, o que em teoria impede que você entre novamente.

Mas não tem como ter certeza do que foi registrado pela internet, você precisaria contratar um advogado ou escritório português especializado em causas imigratórias para que eles entrem com um pedido de informações no SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras) de Portugal para levantar a sua ficha e ver quais restrições estão registradas no seu nome, e como remover elas.

Mas isto tem que ser feito pessoalmente, por isto precisa de um advogado ou escritório Português, e é recomendável resolver isto antes de você voltar a Europa e dar entrada no processo do visto definitivo, pois uma eventual segunda infração ou impedimento de entrada pode arruinar de vez com todas as suas chances de conseguir o visto definitivo e residir com o seu noivo.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×