Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

  • Membros de Honra

- Artesanato é muito caro, nas lojas. Uma simples camiseta custa mais que o dobro do quem em Fortaleza

- Algumas moças vendem artigos de crochê, que elas próprias fazem (elas colocavam um peso na ponta da agulha muito engraçado que eu nunca tinha visto), em frente a Pousada do Norte, no ponto de chegada/partida das jardineiras. Os preços são muito bons, considerando-se o trabalho que dá para fazer aquelas peças. Elas tinham um chapéu que era ótimo, um fio de silicone mantinha a aba no lugar, sem precisar engomar e assim dava para dobrar o chapéu para guardá-lo, além de ter um cordão para amarrar e ajustar, tornando-o à prova de vento, até mesmo no passeio de buggy. Foi usado e comprovado pela Rosana, que disse que o chapéu não voou nem mesmo quando o buggy corria.

Link para o post

  • Respostas 642
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Pessoal,   Estou indo prá Fortaleza na próxima semana... até já conheço, inclusive, Jeri (apenas 2 dias).   Estou querendo ir prá DESCANSAR e pretendo ficar todos os meus 9 dias em Jeri... será mu

Fui pra Jeri de carro. É muito tranquilo ir com carro próprio até Jeri. Fui com 1.0 alugado. Tem asfalto até a praia do Preá. Do Preá até Jeri são uns 15 km de estrada de chão que beira a praia, com a

ola, irei passar o réveillon em Jeri, nunca viajei sozinha, primeira vez, mas ja vi outros comentários e dissera que e bom o lugar, bem movimentado. Estou indo dia 28/12. qualquer coisa podemos nos fa

Posted Images

  • Membros de Honra

- Tem várias opções, inclusive PFs e lanches para quem não quer gastar muito. Embora seja isolada, tem churrascarias e pizzarias para quem não quer comer peixe e frutos do mar

- Rest. Sabor da Terra, Jericoacoara. À la carte, local simples, mas agradável, comida muito boa, porção grande bem servida para 2 pessoas, custo médio, ótima relação custo-benefício.

- Rest. Pizza Banana, Jericoacoara. Local agradável, pizzas gostosas, custo médio, boa relação custo-benefício.

- Rest. Cata-Vento, Jericoacoara. À la carte, com opções de PFs. Local bem simples, tem cara de bar. Comida estava boa e gostosa, mas atraiu muita mosca, o que prejudicou a avaliação do local. Custo barato.

- Rest. Sítio Paraíso Lagoon, Jericoacoara. À la carte, local bem simples, à beira da lagoa. Pratos de custo médio, tamanho médio, servem 2 pessoas. O local estava infestado de mosca, a gente não sabia se abanava a comida ou se comia. Comemos camarão frito e vimos algumas bolotinhas pretas no prato, eram aquelas bolotinhas de farinha (da milanesa), que queimaram no processo de fritura, com exceção de uma que tinhas asinhas! Era uma mosca frita! Foi a última tentativa de comer em beira de praia, lagoa, etc. Decidimos que iríamos comer apenas algum petisco durante o dia e deixaríamos para jantar cedo na cidade.

Link para o post
  • Membros de Honra

- Hospedagem é mais cara, porém mais simples do que a encontrada em Fortaleza.

- Localização da hospedagem não é um grande problema, pois a vila é pequena e a maioria dos locais é bem próxima da praia.

- Pousada do Norte, R. das Dunas, 99, Vila de Jericoacoara, perto da Duna do Pôr-do-sol. Ficamos nessa pousada e conferimos que tem qualidade bem inferior ao Diogo, mas é boa, considerando-se a estrutura da Vila de Jeri e o que a gente pode esperar de um lugar mais rústico. Local bonito, varandas com sofás e redes. Café da manhã bom. Quarto confortável, ar condicionado, chuveiro elétrico. Tem uma piscina pequena. Situação ficou um pouco complicada c/ a chuva. Num dia q choveu muito, a área d café da manha, ficou toda molhada, cheia d vazamentos, foi meio caótico. Local não é preparado p/ dias d chuva. Ficamos no andar superior e não tivemos problema, mas algumas pessoas q estavam no térreo reclamaram de muito barulho por causa do piso d madeira.

Link para o post
  • Membros de Honra

- Duna do Pôr-do-sol, fica à esquerda da praia principal de Jeri, sempre tem um bocado de gente la em cima. Olhando de longe parece um formigueiro. La pelas 17h começa a procissão, todos saem em direção a duna, como formigas atraídas pelo açúcar. Embora você vá ver o por do sol na praia ou em qualquer outro lugar, suba a duna, pois a vista la de cima é incrível, para qualquer lado que você olhe a paisagem é muito bonita. Em épocas de muito vento, me disseram que é bom levar uma toalha ou canga para enrolar nas pernas, pois a areia bate.

- Pedra Furada, se a maré estiver baixa, geralmente até o início da tarde, pode-se ir caminhando pela praia, seguindo à direita, A paisagem é muito bonita, tem muitas pedras de formatos diferentes, incluindo uma “gruta”, é um rochedo com um grande buraco no meio. Em alguns locais, as pedras formam piscinas de águas límpidas onde é possível ver peixinhos. Porém se a maré estiver alta, deve-se subir uma pequena serra e, embora esse caminho seja mais cansativo, a vista lá de cima é muito bonita. Como essa caminhada é mais longa e tem pedras na serra, um tênis vai bem. Recomendo ir pela praia e voltar pela serra, pois os dois caminhos têm paisagens belíssimas. Guia é dispensável, caminho é fácil de ser seguido, não tem erro, basta ir sempre margeando a costa que você chega lá. Para quem não quer caminhar, parece que tem a opção de ir à cavalo ou charrete.

- Lagoa Paraíso ou Lagoa da Jijoca, é bonita, água bem transparente e tem trechos de cor diferente, acho que é devido a cor da areia e também devido a profundidade. Fui de jardineira, mas já estava no pacote. Disseram que opção mais em conta é pegar a jardineira que vai para Jijoca e dizer que quer ficar no Paraíso.

- Passeio de buggy para Nova Tatajuba. O passeio segue pela praia e a primeira parada é no Mangue Seco, onde eles oferecem o passeio Ecológico do Cavalo Marinho. Esse passeio é questionável. O local é bonito, um manguezal bem grande, de águas azuis, cheio de caranguejos vermelhos, mas quase sem nenhum cavalo-marinho. Eles vendem o passeio dizendo que se você não ver um cavalo-marinho, você não paga, mas se você pensa que vai ver um monte de cavalos-marinhos na água, esqueça. O cara fica procurando um cavalo-marinho e com muito custo acha um que ele põe numa espécie de cuia com um pouco de água e essa cuia passa de mão em mão para as pessoas tirarem fotos. Tiramos fotos rapidinho e depois soltamos os bichinhos, pois eles estavam meio caidinhos, estávamos com medo que morressem. Então achei uma judiação, não tem nada de ecológico, vale a pena para ver o mangue, que é muito bonito, mas não para ver os cavalos-marinhos. Depois prosseguimos de buggy até o Rio Guriú, onde fazemos a travessia de balsa. Em seguida passamos pela beira da praia, por um lugar repleto de árvores mortas, acho que é conhecido como “Cemitério”. Vamos em direção às dunas até chegar a Duna do Funil. É bem alta e lá embaixo tem uma área meio úmida e com umas gramíneas verdinhas. Essa área abriga uma lagoa depois da época de chuvas. Alguns praticam o esquibunda lá. Depois prosseguimos até um local onde a Dona Delmira conta a história de como Tatajuba foi soterrada pela areia, sendo por isso que a cidade agora é conhecida como Nova Tatajuba, pois foi reconstruída. Vimos algumas das ruínas da “velha” Tatajuba e depois passamos pela cidade, até chegar a Lagoa da Torta, onde paramos para um banho. A lagoa é bem grande e tem umas barracas servindo petiscos e refeições. Acho que o mais interessante são as paisagens encontradas no meio do caminho.

- Há quem contrate um bugueiro para fazer o passeio de Tatajuba, das lagoas e ainda dar uma passadinha na Pedra Furada, para ver em um 1 dia os principais atrativos do local.

Link para o post
  • Membros de Honra

- Lagoa Azul. Infelizmente não fui lá, pois um guia me disse que não valia a pena ir por causa da seca. Disseram que acesso para lá é mais difícil, não tem alternativa além de comprar o passeio que vai para lá

- Praia do Preá. Jangadas e pescadores fazem parte da paisagem. No caminho para a praia, uma das atrações é a Árvore da Preguiça, que se encontra deitada por causa dos ventos.

- Tem gente que emenda Jeri com Delta do Parnaíba, São Luiz e Lençóis Maranhenses

Link para o post
  • 1 mês depois...
  • Membros

Oi pessoal,

 

Tou viajando pra Fortaleza no dia 4, mi portugues e muito ruin, eu solo falo espanhol e ingles, por lo que acho que todas las dicas que encontre neste site me ajudaran muito... 4 pontos pra voces me ajuden:

 

1) Eu tenhia uma idea de pegar onnibus para Jeri no sabado 5 as 18hs, eu llego a aeroporto as 5 da manaha porem tenho casi un dia completo pra conhecer Fortaleza o Canoa, ...voces achan que no sabado vou directo pra Canoa y volto rapido pra pegar onnibus pra Jeri? o Creen que es melhor ir so pra fortaleza, conheciendo la cidade ate as 18?

 

2) Si alguien quiere se unir pra el viagem podriamos alugar un auto e ir pra Canoa, conhecer rapido y voltar pra Fortaleza, no da pra alugar um auto so pra mim....viajo solzinho desde Curitiba.....(tambem seria legal si conseguimos mais pessoas que chegan a Fortaleza en mi voo, alugar um transfer direito pra Jeri por 400 reais, acho que si somos 4 da un valor bom)

 

3) Si tengo que ficar en Fortaleza ate las 18 a onde posso deixar mis malas? o aeroporto de fortaleza tein guardavolumens confiable?.......

 

4) Na volta desde Jeri pra Fortaleza llegare perto das 22hs, meu voo sai 5am....achan que da pra hacer algo o voy direito pra aeroporto y trato dormir umas horas la.

 

Muito obrigado por su tempo y mais uma vez disculpem mi portugues!

 

abs,

::sos::

Link para o post
  • Membros

Olá!!!! Estarei em Jueri a partir do dia 17 de Setembro. Estou fechando essa semana.

Estarão por lá nesses dias???? Devo ficar uma semana no paraíso... preciso descansar!

Mas qdo li q vcs ficam por lá 3 dias, achei q estava exagerando... rsrsrs

Vcs acham muita coisa??? Mandem notícias se estiverem por lá nessa época.

 

Bjs, Dridri

Link para o post
  • Membros

Silnei, que maravilha esse resumo de JERI. Parabéns e OBRIGADA!

Estou indo pra lá em Setembro. E vc me ajudou muito com suas dicas.

 

Porém, tenho algumas dúvidas,q eum sabe vc consegue me ajudar mais ianda :lol:

 

Me indicaram uma pousada chamada Pedra Furada.

Mas pelo q estou vendo, pedra furada fica mais distante do centro... vc saberia dizer????

 

Outra coisa q estou curiosa... rola forró todas as noites???? Dá pra ir a pé????

 

Estou indo sozinha pra essa trip. Mas pelo visto vai uma galera a fim de interagir tbem, não é mesmo?

Não queria só encontrar casais em lua de mel e velinhos... NADA COCNTRA. Mas acho bacana curtir com uma galera a viagem.

 

Obrigada! Dridri

Link para o post
  • Membros de Honra

 

Mas pelo q estou vendo, pedra furada fica mais distante do centro...

 

 

jeri é uma aldeia com ums 10 a 15 quarteiroes ao todo... ja viu como é grande... da pra ir a pe molemole...

 

 

rola forró todas as noites???? Dá pra ir a pé????

 

 

iiiih... sei nao... acho que rola sim... mas so fica bom dia de sex e sab...

 

 

Dá pra ir a pé????

 

 

pra todo canto que vc quiser

 

 

Estou indo sozinha pra essa trip. Mas pelo visto vai uma galera a fim de interagir tbem, não é mesmo?

 

 

relax... é paz e amor...

 

 

Não queria só encontrar casais em lua de mel e velinhos...

 

 

kkk...

 

 

Mas acho bacana curtir com uma galera a viagem.

 

 

com certeza...

Link para o post
  • Silnei changed the title to Jericoacoara

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • Por cricascosta
      Fui conhecer a praia de Águas Belas, sobre a qual havia ouvido maravilhas. E não é para menos: o lugar é realmente lindo!
      Fui com duas amigas de carro a partir de Fortaleza. O percurso demorou cerca de 2h e havia estacionamento gratuito pertinho da praia, mas não é coberto (então o carro vira um forno debaixo do sol). Quando chegamos, começou a chover e pensei que o passeio estaria arruinado, mas o sol logo saiu e curtimos cada segundo. Alugamos um guarda-sol com mesa e cadeiras na areia e pedimos um peixe assado com macaxeira e baião para o almoço.
      O mar estava bem calmo, com temperatura agradável e havia piscinas naturais rasinhas para crianças e turistas que não sabem nadar (oi, tutupom?) poderem se divertir hahahah! Andando alguns minutos chegamos ao local onde o rio se encontra com o mar. Coisa mais linda! Aqui a correnteza era forte, mas deu pra curtir muito! Novamente, havia piscinas naturais rasinhas muito gostosas e nesta parte não havia muito movimento. Bom pra quem quer fugir um pouco da parte mais agitada (com barracas).

      Uma pena eu não ter tirado mais fotos para poder mostrar a beleza do local... 
      Infelizmente, os turistas não contribuem com a preservação do local e vimos latinhas de cerveja pela areia. Inclusive, largaram uma garrafa de refrigerante ao lado do nosso carro, assim do nada.
      Essa praia é tão bela quando o nome promete, talvez até mais. Fico com saudade só de lembrar. Vale muito a pena o passeio, especialmente se você puder ir de carro. O mar calmo e as piscinas naturais são perfeitos para pessoas como eu, que amam praia mas morrem de medo de mar brabo hahaha! E o trecho com o rio é um espetáculo à parte. Só tem que ter cuidado para correnteza não te levar embora.
      O que não gostei: o aluguel da mesa com guarda-sol custou a facada de R$ 50 e o almoço foi mais de R$ 120. Para piorar, o atendimento foi péssimo. O ideal é ir para a praia equipada com um guarda-sol e lanches para se ajeitar ali na areia por conta própria mesmo.
    • Por Francisco Aurélio Alves De Melo Filho
      Não sei para onde ir, mas vou. Estou buscando muito mais que experiências, vivências, aventuras, mas respostas e sentido para viver. Quem quiser me acompanhar, seja bem vindx.
       
      Conhece o Eduardo Marinho? O rolê é esse. Decidi algumas coisas na minha vida. Uma delas é: não quero ter patrão nem empregado, ter superior ou subordinado, não quero explorar nem ser explorado, oprimir nem ser oprimido, até porque o que quero é harmonia social, felicidade, liberdade, coisas que não tem a ver com essa lógica egoísta e mentirosa, pois ninguém é melhor que ninguém. Quero romper com esse sistema egoísta de vez. Não quero vencer quando uma vitória produz milhões de derrotados, tristeza, fome, miséria. Pra mim isso não é vitória. Em um mundo competitivo, a minha derrota é minha vitória. Eu não quero vencer, eu quero viver. Quero buscar trabalhar e participar na mudança constante do mundo de forma positiva, tendo como horizonte dias melhores. Analisando a nossa realidade atual, vejo que minha missão é gerar consciência, pois meu sonho é mudar este mundo, mas não posso fazer isso sozinho, e é por isso que essa é a missão, porque é necessário mudar as pessoas, pois elas mudam o mundo. Quando o povo tiver a consciência da realidade, da falcatrua de sociedade que vivemos na qual um punhado de gente explora o resto da população, sendo assim eles os causadores de nossas mazelas sociais, somente quando o povo tiver consciência de que para acabar com a exploração é necessário dizer "não" à exploração, simplesmente parar de ser explorado, aí sim teremos mudanças, pois o que nós queremos é ser feliz, paz, um mundo melhor, não este mundo. Só o povo consciente pode mudar sua vida, construir um novo caminho no qual não há pessoas abandonadas, onde há solidariedade, onde a vida é o que temos de mais importante e não o lucro dos multimilionários. É assim que quero participar da vida, da mudança constante.
       
      Quem quiser se juntar para ajudar, seja bem vindx.
    • Por ms.priscila
      Roteiro Jericoacoara (04 dias)
      Jericoacoara está situada a 317km de Fortaleza. Para chegar até lá, pode-se optar por alugar um carro, o que não é recomendável, já que você deverá deixar o veículo em Jijoca de Jericoacoara para, então, atravessar as dunas e chegar até a vila. O transporte mais utilizado, portanto, são os ônibus ou transfer.
      Em 2017, pagamos cerca de R$220,00 em um veículo 4×4 para 06 pessoas, ida e volta, a partir do aeroporto de Fortaleza. Esse foi o contato do nosso transfer: (88) 9979-0127.
      Em Jeri, 04 dias são suficientes para conhecer todas as belezas que a região oferece. Existem basicamente dois passeios de bugre. Um para o lado leste e outro para o lado oeste.
      O passeio do lado leste inclui a Pedra Furada, Árvore da Preguiça, Praia do Preá, Lagoa Azul e a famosa Lagoa do Paraíso. Este passeio se encerra no restaurante Nova Esperança, onde se pode almoçar e aproveitar o restante da tarde.
       
      Árvore da Preguiça

      O passeio do lado oeste inclui o Mangue Seco, onde se pode fazer um passeio de canoa para visualização de cavalos-marinhos (em 2017 pagava-se algo torno de R$20,00 por pessoa), travessia do bugre em um Catamarã em direção à velha Tatajuba, antiga vila soterrada pelas dunas, nova Tatajuba, Duna do Funil (onde se pode praticar esqui bunda) e, por fim, restaurante no Lago da Torta. Pagamos R$90,00 por esse passeio, por pessoa.
       
      Observação de Cavalos-Marinhos
       
      Lago da Torta
       

      Entretanto, para quem não quer pagar pelos dois passeios, pode-se optar por Tatajuba, que é um passeio de dia inteiro e, em outro dia, optar por um transporte público, ao custo de R$50 por pessoa, que te leva até o Alchymist Beach Club, um super restaurante, à beira da Lagoa do Paraíso. Esse passeio te permite aproveitar melhor a lagoa, em uma estrutura com espreguiçadeiras, redes e muito conforto.
       
      Alchymist Beach Club

      No mais, você pode acompanhar a procissão que sai todos os dias, às 16h, em direção à Pedra Furada, e o pôr do sol, na Duna do Pôr do Sol.
       
      Duna do Por-do-sol
       

      No meio do ano, o sol se põe dentro da Pedra Furada. Algo que se guarda para sempre na memória.
       
      Pedra Furada

      Então vamos ao roteiro:
      Dia 01: chegada e pôr do sol na duna
      Dia 02: passeio até Tatajuba
      Dia 03: tarde no Alchymist para aproveitar lagoa e pôr do sol na pedra furada
      Dia 04: praia e retorno à Fortaleza
      Hospedagem: prefira hospedar-se na Rua Principal ou na Rua do Forró, que são as ruas mais importantes e dão acesso ao centrinho de Jeri. Recomendo a Pousada Jeribeka e a Pousada Jericó, onde me hospedei nas duas oportunidades em que estive na vila.
    • Por Eloá Simões
      Alguém indo para O Maranhão e/ou Jeri em Novembro 2020? Preciso de algumas dicas tbem ☺️
    • Por Ricardo Bueno
      Oi pessoal, tudo bem? Somos um casal que ama viajar pelo Brasil e pelo mundo e compartilhamos tudo em nossas redes sociais.
      Estivemos em Jeri este ano e ficamos encantados com esse lugar. Vamos deixar aqui 2 vídeos que mostram como foi nosso rolê por lá. Demos dicas de onde ficar hospedado, onde comer e o que fazer na vila e nos arredores. Usamos o drone para fazer algumas imagens... Esperamos que gostem!
      Caso queriam tirar alguma dúvida sobre Jeri só escrever um comentário nos vídeos do Youtube (aproveitem e se inscrevam) ou nos escrever pelo Instagram: https://www.instagram.com/ossaboresdomundo/
      Obs: não exploramos muito o lado oeste, tem passeios de 4x4 ou buggy pra lá, se vocês tiverem tempo super recomendamos fazer. Não tivemos!
      Vídeo 1:
       
      Vídeo 2:
       

×
×
  • Criar Novo...