Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Leticiacsu

Saindo de Canoa Quebrada em direção a Natal de ônibus

Posts Recomendados

Boa tarde galera,

Estou de Partida para Fortaleza dia 3 de Janeiro e logo em seguida irei para Canoa Quebrada por uns 2 dias. O problema é que não estou decidida sobre o que fazer depois e nem como ir em direção a Natal, já que farei tudo isso de ônibus. Minha viagem termina em Maragogi depois de Natal. Aceito dicas e conselhos 😉 Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post

Jericoacoara é um bom destino para conhecer apesar de ser o oposto de Canoa quebrada mas por ser no Ceará acredito que seja bem interessante dá uma passada por lá, tem alguns bate e volta que é em torno de 100,00 💲e dá pra conhecer tudo de lá 😎😉

Compartilhar este post


Link para o post

- São Miguel do Gostoso (novo point do RN, só da gente bonita lá)

- Natal que já está no roteiro

- Pipa

- João Pessoa

- Olinda / Recife

- Porto de Galinhas

 

Tudo vai depender do seu tempo e dinheiro... Linhas de ônibus de uma cidade até a outra é tranquilo

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

  • Conteúdo Similar

    • Por mcm
      Feriado de 7 de Setembro + promoção para Fortaleza = não recusar. Eram 3 dias, e algumas áreas ainda estavam por explorar. Ubajara era uma delas, Canoa Quebrada era outra. Desde que fomos a Jericoacoara pelo litoral que fiquei na memória que voltaria a Mundaú. No fim das contas, elegemos Canoa Quebrada para o feriado relax de 3 dias.
      Chegamos em Fortaleza na quinta de noite, apenas para dormir num hotel econômico e partir logo cedo na manhã seguinte. A estrada para Canoa Quebrada está muito boa para os padrões nacionais. E com muitos radares, dentro dos padrões nacionais. Pegamos algum trânsito no caminho (saída de feriado!), mas fomos numa boa. 
      No planejamento eu identifiquei um lugar um pouco antes de Canoa que era encontro de rio com mar. Adoro locais com foz de rio, e esse parecia valer a pena conhecer. Trata-se de Fortim. Foi nossa primeira parada. Chegamos com a maré ainda baixa, mas já crescendo. Curtimos o resto da manhã e o começo da tarde naquele cantinho bacana. Fomos caminhando até perto da foz, passamos por uma pousada isolada à beira-rio, perto do mar, dedicada a esportes de vento. Bem bacana. Local ótimo para quem pratica. Antes de seguirmos para Canoa, ainda entramos mais na cidade para conhecer o Pontal de Maceió, onde já é praia de mar. Apenas conferimos, não era ideia ficar lá.
       
      Chegamos em Canoa, largamos o carro na pousada (e só pegamos para ir embora) e fomos conhecer... as falésias! Descemos para a praia, vimos as várias e sucessivas barracas de praia instaladas num patamar mais elevado para “sobreviver” à maré alta. A maré estava alta. 
      Vimos no alto uma passarela que, presumo, enseja um belo visual da área. Mas... está interditada. Visivelmente deteriorada. Enfim, aquele Brasil de sempre.
      Curtimos o logo de Canoa Quebrada na falésia (tem outro num ponto mais distante) praticamente sozinhos (um raro momento naquele feriado!) e fomos curtir o pôr do sol no Restaurante O Nain, que foi nosso ponto de fim de tarde, em todas as tardes. Das melhores lembranças que tenho desse feriado é o visual do gramado e o mar ao fundo com cervejinha ou água de côco no Restaurante O Nain.
      Voltamos, piscinamos um pouco, e fomos jantar e bater perna no centrinho, a famosa Broadway. É bem bacana, com diversas opções de restaurantes, lojinhas, bares, showzinhos, etc.
       

      Dia seguinte foi dia do tradicional passeio de buggy. Fomos andando até o centrinho, pouco antes da Broadway tem o ponto dos buggys. Preço e roteiro são tabelados, então nos descolamos de ficar pesquisando. Passeio para Ponta Grossa custa 350 por buggy. Eu queria esticar até a Praia Redonda, mas não rolava por causa da maré. Ok, então. O passeio dura pouco, umas 3 ou 4 horas, e proporciona belíssimos visuais. Extraordinários mesmo. Pelo caminho vc vê falésias (claro!), para na Garganta do Diabo (onde tem uma fonte de água, mas o que mais curti lá foi o visual), apenas passa pela Lagoa do Mato, passa num mirante estonteante, e segue até Ponta Grossa. Lá há uma parada geral dos buggys, e é onde vc pode curtir o mar (rola um snorkel), ou tentar subir as dunas. Depois de um tempo lá, é hora de voltar.
       
      De tarde ficamos de relax na praia, vendo a maré engolir a areia e a área dos banhistas. Tinha a dica da barraca Lazy, mas tava lotada. Ficamos onde havia lugar, até que o mar chegou e acabou com a festa. Galera sobe para as barracas, que ficam lotadas (era feriado!) com a maré alta.  Nós fomos para o nosso O Nain, novamente curtir aquela vibe de fim de tarde com visual, paz e cerveja.
      Nesse dia ainda fomos curtir um voo de parapente (270 para 2 pessoas), que curtimos demais. Eu não voava em algo parecido havia 20 anos (tinha voado de asa delta algumas vezes). Maior paz, maior tranquilidade. E maior visual. Recomendo muito. É outra coisa que levarei na memória durante muito tempo, espero.
      Ainda deu tempo de curtir o por do sol na duna, delicioso programa tradicional de fim de tarde por lá (vá a pé!).
      De resto, seguimos o roteiro Broadway, piscina, Broadway de novo. Tava mais cheio nesse dia.
      No último dia, fomos fazer uma caminhada pela praia seguindo para leste. Passamos pelo outro logo de Canoa Quebrada. Ainda fui até a praia seguinte, Majorlândia, depois voltei. É um longo trajeto, acho que de 1h, entre uma praia habitada e outra. Galera voltou antes e estacionou numa barraca de praia mais tranquila, um pouco distante do burburinho. Curtimos a praia na maré baixa e novamente ficamos curtindo a maré crescendo e tomando a areia. Galera de kyte, de surf. 
      De tarde batemos nosso ponto no O Nain (lembrei-me do Bar Utopia, de Luang Prabang, achei a vibe semelhante). Só no relax com o mar à frente. E o gramado mega aconchegante de lá.
      Voltamos para Fortaleza de noite. Pernoitaríamos perto do aeroporto para embarcar de madrugada de volta ao Rio – dia seguinte já era novamente dia de trabalho!
      E assim foi mais um feriado desbravando algum canto do Brasil.

      [Todas as fotos são do Instagram da Katia]
       
    • Por dhiancs
      Olá pessoal, em MArço 2010 fizemos como roteiro Canoa Quebrada ao sul de Fortaleza, Fortaleza e região e finalizando em Jericoacoara. Chegamos no aeroporto de fortaleza e fomo direto para o terminal rodoviário pegar um busão para Cano Quebrada.
       
      Dica principal: Se for viajar por conta, pague apenas uma diária e depois procure outras pousadas. Você consegue achar preço bem melhores no local. Paguei diáriade 80,00 casal em Jericoacoara e encontrei no local diárias por 30,00, fortaleza (50,00 casal na Beira Mar), Canoa Quebrada (60,00 casal).
       
       
      1º Parada - Canoa Quebrada (Município de Aracati), 160 km da capital. É um vilarejo pequeno, conhecido e quente (água, ar). Tem apenas uma praia central e um passeio de buggy (120,00 pct) pela região da cidade, dunas e símbolo da cidade.
      É melhor vc ficar por lá uns 3 dias, ao invés de fazer o passeio de 01 dia q sai de fortaleza (valor: 40,00 cada).





       
      2º Parada -Fortaleza. Referente aos passeios (praias e paisagens), vc pode ficar uns 7 dias. Se não for fazer os passeios oferecidos pelas agências, 3 dias está ótimo para ficar na capital. Só existe uma praia boa para banho (Praia do Futuro), onde está localizada um bar/quiosque gigante, com shows, piscinas, etc.
      Passeios:
      Morro Branco (falésias)/Praia das fontes- aprox.130 km da capital. valor: 35,00 p/ pessoa. Opcional o passeio de buggy (35,00 cada), faça-o, para viagem não ficar chata!
       
      Lagoinha - não fomos, mas o pessoal fala bem! (40,00 pessoa).
      Mundáu - Se não for maré baixa, irá ser um passeio sem sal!! Tem um passeio opcional pelo Rio Mundaú (30,00 cada), não faça!!! Mas, vc pode alugar um quadriciclo nolocal por 30,00 (30min) e passear pela praia.
       
      Cumbuco - não fomos, parecer ser igual aos outros passeios (vc pagará a viagem até lá e depois terá que pagar o buggy para aproveitar a região).
       
      Beach park - Muito bom!! se vc gosta de toboágua vá pelos menos 2 dias (um radical e um para ficar curtindo as pisicnas). Valor individual: 105,00 / 149,00 (3 dias)
       
      Canoa Quebrada (passeio de 01 dia - 40,00 pessoa) - acho melhor ficar uns 2 dias por lá, mas se não der, é um passeio melhor que mundáu ou cumbuco!!









       
       
      3º Parada - Jericoacora (6 horas de busão) - Bom demais!!
      Ficar no mínimo 4 dias. Um pequeno vilarejo que pertence ao município chamado Jijoca de Jericoacora, onde vc só chega de 4x4 ou jardineira (Mentira..rss..Tem pesssoas que conseguiram chegar de carro popular!!!). Vc sairá de fortaleza até Jijoca e pegará a jardineira até Jericoacoara. Não tem asfalto na cidade somente areia e mais areia.
       
      Atrações:
      Duna do por-do-sol (ao lado da praia principal do vilarejo, 10min caminhada);
       
      Pedra furada - caminhada pela praia - aprox.60 min,vc irá passar por alguns obstáculos de pedras; ir somente na maré baixa, de manhâ. Ou caminhada por trilha aberta, mais fácil. - aprox. 30min.
       
      Tatajuba (buggy) - 200,00, pode dividir em 4 pessoas. Passeio de 5 horas com parada na árvore da priguiça e lagoa de tatajuba.
       
      Lagoas(buggy) - valor idem acima. Passeios na Lagoa azul e Lagora do paraíso. o preço da refeição na lagoa do paraíso é um pouco salgado para uma porção de arroz, tomate e uns pedaços de peixe..rssss (aprox. 60,0).
       
      Os 2 passeios acima podem ser feitos de quadriciclo (2 pessoas), se você tiver tempo e dinheiro faça-os..é bom d+!!!!!! E o caminho realizado é diferente dos passeios de buggy.
      Detalhe: Existem camionetes que levam para as lagoas por 15,00 reais.
      É isso..espero ter ajudado com estas dicas e uma boa viagem para quen vai para estes lugares maravilhosos!!!
       
       
       






















    • Por ines monteiro
      Acho canoa quebrada um lugar muito interesante e mistico tem tudo o que precisa um mochileiro.
    • Por Andréa Bordin
      Pessoal
      Vou deixar de ser passiva e só consumir informações do site para também contribuir com essa comunidade que tanto me ajudou com informações nessa em outras viagens
      O destino da vez foi o Ceará. Sou do sul, já viajei por alguns paises, mas vergonhosamente não conhecia nada do nordeste..
       
      A escolha pelo Ceará veio do imaginario que tinha das dunas e coqueiros, um cenário que não existe aqui no litoral sul. Como tinha poucos dias e queria conhecer mais lugares, optei por ficar 1 dia em Fortaleza, 2 em Canoa e 5 em Jeri. Estive em duvida se iria para Canoa ou não, já que isso demandaria mais tempo na estrada. Optei por ir e não me arrependi, pois em termos de belezas naturais, gostei mais de Canoa. As falesias de areia vermelha e o vento constante são incriveis!
       
      Em Fortaleza fiquei um dia na casa de um host do Couch Surfing (http://www.couchsurfing.org), que me provou mais uma vez ser um projeto de troca de hospitalidade maravilhoso. Em plena madrugada do dia 25 de dezembro meu host e sua namorada me pegaram no aeroporto e passaram o dia comigo me mostrando várias coisas legais de Fortaleza. Os pontos altos foram a praia do Futuro e o Centro Cultural Dragão do Mar, além do vento constate e dos nossos papos, claro
       
      No dia seguinte parti para Canoa. Combinei um transfer de Fortaleza para Canoa, saindo as nove da manhã pela empresa Cooptema, que parece ser uma cooperativa de vans que faz esse trajeto. Essa combinação aconteceu através de uma série de emails e telefonemas (foram vários..) porque eu queria ter certeza que eles me pegariam no local e hora marcado, visto que já tinha ouvido falar da falta de responsabilidade de algumas empresas/motoristas que fazem esse tipo de serviço no Ceará.
      Bom, advinha o que aconteceu? Uma hora antes do combinado, o motorista me ligou avisando que o carro tinha dado problema e que ele só poderia me pegar a tarde!! Sendo uma cooperativa eu expliquei que esperava outro tipo de solução, ou seja, outro carro/van para me levar a Canoa. Tratei com o sr. Romildo e com o Rafael e esses srs. não solucionaram o meu problema. Tive que ir para rodoviaria e pegar o ônibus de só sairia as 13:30. Cheguei em Canoa no final da tarde e perdi uma tarde de passeios.
       
      Me restou o dia seguinte, que foi muito bem aproveitado, por causa do auxilio do namorado de uma menina que também conheci pelo Couch Surfing. Ele trabalha com turismo lá em Canoa e foi por causa dele que consegui agendar vários passeios em um único dia. O nome dele é Reginaldo, eu recomendo! Também recomendo o passeio de buggy, o voo de parapente (por causa do vento forte e constante, o parapente decola de qq lugar!) , o passeio de jangada....
       
      No dia 28 bem cedo parti para Fortaleza, agora de ônibus mesmo, e cheguei na rodoviária em tempo para pegar o transfer para Jericoacoara. Esse transfer foi combinado aqui pelo site Mochileiros com umas meninas de SP e dessa vez deu tudo certo. Chegamos em Jeri perto das quatro da tarde (sim, o trajeto é longo e o motorista não ultrapassa os 80 km).
       
      Bom, Jeri é tudo aquilo que falam, mas vou deixar outras impressões que não tinha lido: as coisas não são caras lá! Isso me surpreendeu bastante pois todos falavam: "prepara o teu bolso". Caipirinhas por 8 reais, almoço no Clube dos Ventos por 15 reais, jantar em um restaurante charmoso por 30, não está carro né?
      Em relação aos passeios, fui esperando muito das lagoas e me decepcionei, elas estavam bem vazias e não eram nem de perto parecidas com o que eu tinha visto nas fotos. Em compensação o por do sol na duna é show, é uma experiencia única, assim como descer correndo a duna
      Em Jeri, recomendo passar o dia no Clube dos Ventos, que é um club que aluga prachas de kite e wind surf e tem uma infra-estrutura muito boa para passar o dia. As cadeiras são concorridas, mas sempre dá para encontrar um espacinho para estender a canga e passar o dia ali vendo gente bonita e sendo atendida por garçons super gente boa. Ninguem te pressiona para consumir e os itens não são caros (como comentei antes, um almoço com salada e peixe bem farto sai em torno de 15 reais).
      Recomendo também a peixaria ao lado do café Tortuga, onde tu pode escolher o peixe e ele e´assado na hora. Uma delicia de lugar, bem simples, mas com uma comida saborosa. Além disso, tem vários locais com PF´s de 10 reais bem saborosos! A dica de restaurante charmoso é o Na Casa Dela.
       
      Vou acabar o meu relato, recomendando um serviço de transfer que me surpreendeu bastante! A estória é a seguinte: Tratei um transfer de Jeri para Fortaleza porque as passagens de ônibus da Fretcar para o dia 02 a noite tinha acabado (comprem a passagem de volta logo que cheguem!). Como tinha que estar no aeroporto as 9:30 da manhã do dia 03, teria que sair de madrugada de Jeri ou no dia anterior (mas isso me faria ter que dormir em Fortaleza = tempo + gastos). Achar um transfer que saisse de madrugada era muito dificil, mas lembrei do Everardo, que tinha nos levado para o passeio nas lagoas e tinha comentado que teria que pegar um pessoal no aeroporto de Fortaleza no dia 03 de manhã cedo. Liguei para ele, que disse que me levaria de madrugada para Fortaleza pois já tinha essa viagem agendada. A minha surpresa foi que a tal viagem dele foi cancelada no dia anterior, mas mesmo assim ele manteve sua palavra e me levou de Jeri para Fortaleza as três da manhã. E ele fez isso pelo mesmo preço combinado anteriormente (preço da sua gasolinha -150,00 reais). Por isso gostaria de retribuir a forma que ele honrou sua palavra deixando seu telefone de contato: 088 96538582. Se precisarem de guia para os passeios e/ou transfer liguem para o Everardo pois o serviço é de primeira!!
       
      Bom gente, espero ter ajudado alguém com esse relato longo
       
      Abraço
    • Por becah
      Olá pessoal, eu sempre utilizei muito as dicas desse site para me auxiliar em minhas viagens e resolvi contribuir um pouco.
      Eu sou apaixonada por Jericoacoara, já fui inumeras vezes, mas vou relatar minha última ida que foi em dezembro2012/janeiro2013.
      Eu moro em Manaus, e sempre pego o mesmo voo pra Fortaleza que parte 00:30 e chega em fortaleza às 05:00, nessa viagem fomos eu , minha mãe e meu primo de 11 anos que é como se fosse irmão. Mas terão algumas fotos com a minha irmã de 14 anos que nos acompanhou na penúltima viagem no carnaval de 2012 e talvez das minhas idas anteriores.
       
      Vamos ao relato.
       
      Dia 1
       
      Chegamos em Fortaleza às 5 e pouco, fizemos o de sempre, tomamos café e fomos ao meet point, um espaço dentro do aeroporto destinado àqueles que aguardam seus transfers ou sua carona, aguardar pelo ônibus da fret car, ressalto que eu sempre vou com essa empresa, primeiro por que é a viagem mais confortável x barata, e eu sempre compro as passagens antecipadamente por email.
      O ônibus chegou por volta das 08:30 e depois de 04:30 chegamos em jijoca para fazer a transferência para a jardineira que nos leva até Jericoacoara ( essa é a parte predileta da minha mãe, ela simplesmente ama essas jardineiras). Chegamos em Jeri por voltas das 16:00 e fizemos como sempre: deixamos as malas na pousada e fomos almoçar no restaurante Sabor da Terra que fica bem em frente ao ponto de descida da jardineira, lá a comida é divina, abundante e barata!! Sempre pedimos prato para 2 pessoas e comemos 3 e ainda sobra.
      Retornamos para a pousada, ah, eu sempre fico na pousada do mauricio que é a mesma que a casa alice, fica a menos de 100m da praia e não é cara, cerca de R$80.00 quarto duplo e R$120.00 triplo com café da manhã delicioso.
      Trocamos de roupa e fomos assistir ao pôr do sol na duna, e como sempre foi maravilhoso. Retornamos à pousada, descansamos um pouco e de noite saímos para comer pizza na pizzaria banana que fica bem ao lado da praçinha ( Jeri é bem pequena e só há uma praça) depois pousada e cama.




×
×
  • Criar Novo...