Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
WMFlores

Bota ou tênis? Europa maio/19

Posts Recomendados

Pessoal, boa tarde!

Estou realmente com duvidas no que comprar. Já olhei botas (principalmente Quechua) e tênis para uma viagem de 20 dias na Europa (Roma, Viena, Cracóvia, Praga e Berlin).

a Viagem será em 05/2019, e sei que em duas das cidade podem ocorrer chuvas e baixas temperaturas, mesmo na primavera.

 

Ai fico com a seguinte duvida, comprar uma bota (talvez impermeável) ou um tênis mais confortável para andar na cidade? Se puderem me enviar sugestões agradeço.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Existem botas impermeáveis ou não com conforto muito superior a muitos tênis. Se tem risco de chuva ou frio acho que valeria a pena investir em um calçado impermeável, seja tênis ou bota. Levaria ainda um segundo para alguma eventualidade e também para variar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@WMFlores na minha opiniao a bota é mais resistente e indicada pra todo tipo de viagem. Os modelos impermeáveis sao consideravelmente mais caras entao veja o custo x beneficio. Mesmo que vá viajar num periodo que pode chover as botas comuns nao molham o pé com qualquer agua, elas tem um material grosso que precisa que vc realmente molhe muito o pé pra começar a sentir os pés úmidos. Talvez uma bota impermeável seja mais indicada pra quem vai fazer trilhas e pode pegar grandes distancias na chuva ou até mesmo pra quem vai andar na neve. Como vc vai andar só na cidades, provavelmente nao vai ficar andando na rua de baixo de chuva como se estivesse de baixo do chuveiro, entao uma bota que nao seja impermeável já resolva o seu problema.

Optando pelo tenis ai sim qualquer aguinha no chao já molha seu pé. Se optar pela bota compre-a umas semanas antes da trip e já comece a utiliza-la para que vc se adapte a ela e nao  corra o risco de criar calos. E de toda forma leve um tenis q vc ja tenha, ai pode alterar entre a bota e o tenis em dias secos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se não for passeio para montanhas, a bota não é um requisito indispensável. Existem tênis impermeáveis ou botas de cano curto que são mais confortáveis para andar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 horas atrás, mariojr disse:

Se não for passeio para montanhas, a bota não é um requisito indispensável. Existem tênis impermeáveis ou botas de cano curto que são mais confortáveis para andar.

Concordo, existe um mito difundido de que bota é padrão para viagem, aos olhos de muitos. Se vc comprar uma bota que não é impermeável, sabendo que vai pegar chuva, meio que não vai adiantar muito, não?

E como vc falou, passeio em cidades, dá a entender que seu roteiro será mais urbano que natural, ou estou enganado? Se for o caso, acho difícil vc pegar chuva sem ter onde se abrigar.  

Mas se estiver em seus planos parques e lugares ao ar livre, sabendo que pode pegar precipitação, aí a história muda. Um calçado impermeável resolveria. Mas como foi falado, dois pares para situações distintas seria uma boa alternativa (bota impermeável + tênis esportivo de marca boa).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro WMFlores.

Como vai? Espero que bem.

Acho que posso dar uma sugestão. Acabei de voltar de 20 dias de viagem em família por Portugal, apenas conhecendo cidades, castelos e mosteiros. Andando muito por suas ruelas de pedra, muito escorregadias e íngremes. Antes de ir consultei a opinião das pessoas nesse fórum de qual bota comprar. 

Ao chegar em Lisboa a primeira coisa que eu fiz foi ir na Declathon e encontrei por 150 euros uma bota LOWA Renegade. Com o desconto do imposto ficou uns 137 euros. Bota maravilhosa que só a tirei do pé no Brasil. Não me deu uma bolha. Uma dica: caso o formato do seu pé seja largo como o meu esse é o seu calçado.

Outra sugestão: deixe para comprar o seu casaco de frio na Europa. Nós pegamos o período de saldos que começa depois do natal. Eu comprei no El Corte Inglês uma Jaqueta da North Face Thermoball por 119 euros, com o desconto de 10% da loja, mais o imposto, deve ter saído por uns 95 euros. Só usei ela durante toda da viagem, com uma camisa por baixo. Esquenta muito! Também comprei outra jaqueta impermeável bem mais leve da NF na mesma loja e ficou por volta de 80 euros, depois dos descontos.

Uma constatação dessa viagem: o "trekking urbano em família" é por mim considerado um esporte intenso... fisicamente! E que muitas vezes não é dado o seu valor...

Gostaria de uma dica da comunidade. Qual mochila eu deveria ter comprado (marca e trabalho), visando as atividades do "trekking urbano em família"? Eu levei nesse viagem uma que uso para trabalhar, quebrou o galho, mas não foi o ideal. Muitas vezes faltou espaço. Somos dois adultos e uma criança.

Abraço a todos.

Tenham um ótimo final de semana.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Por gabsml
      Olá gente, tudo bem?
       
      Farei uma viagem para Europa dia 21/02, e estou com algumas dúvidas gerais... assim, queria pedir a ajuda de vocês.
      Para vocês entenderem melhor o roteiro, farei uma mistura de work exchange com mochilão. Serão 40 dias no work exchange, com tudo incluso, então não terei gastos (ou se tiver, serão bem mínimos) e 24 dias de mochilão, de fato. O roteiro é: Amsterdam, Ootmarsum, Bruxelas, Bruges, Frankfurt, Praga, Český Krumlov e Berlim.
      A ideia é fazer grande parte dos trajetos de ônibus, mas o que não der ou não compensar, de trem.
      Primeira dúvida: geralmente falam que comprar as passagens de trem na hora ou com pouco tempo de antecedência custa bem mais caro... qual a experiência de vocês? Porque como serão 2 meses, fico com medo de dar algum problema no caminho, ter que mudar os planos e perder tudo que eu comprei com antecedência...
      A outra dúvida é quanto à bagagem: minha passagem me dá direito a bagagem de mão, apenas, sem mala despachada. Pelo que eu pesquiso e ouço todos falando, os limites são sempre de até 10kg pelas regras da ANAC. Porém, quando entro na página da British Airways para checar (https://www.britishairways.com/pt-pt/information/baggage-essentials/hand-baggage-allowances) eles colocam as dimensões da bagagem de cabine e da de mão, e falam que as duas podem ser até 23kg. E aí, eu fiquei confusa hahaha qual limite de bagagem que vale? O determinado pela ANAC ou pela cia aérea? É a primeira vez que eu viajarei de mochilão, então tô realmente perdida... minha mochila é a Escape 50l da Quechua, que está dentro das dimensões descritas. Não pretendo ultrapassar muito os 10kg, mas queria saber se eu tenho esse direito, assim fico mais livre para comprar algo durante a viagem :)
      E oooutra dúvida: o dinheiro que estou levando são 1000 euros para 24 dias de mochilão. Esse dinheiro dá? As hospedagens já estão reservadas e embutidas nesse valor, muitas estadias tem o café da manhã incluso, pretendo comprar comida no supermercado, enfim... só não sei ao certo quanto dará de transporte e passeios em geral. Deixem a opinião de vocês, please hahaha
      Agradeço desde já, gente!
      Bjs
    • Por supermandigo
      Bom dia pessoal,
      Sou novo aqui e estou com uma dúvida. Estou indo pra uma eurotrip curta de 9 dias. Saio dia 29/03 de campinas e chego em paris 30/03. O vôo de volta está marcado para 07/04.
      Estava pensando em conhecer Paris, Londres, Bruxelas e Amsterdam (tinha pensado em 2 dias por cidade). Vocês acham que é possível fazer isso ? Bruxelas não é primordial. Tinha pensado em excluir uma cidade pra conhecer alguma cidade alemã, mas ainda não decidi.
      Gostaria da opinião de vocês para um roteiro de 9 dias chegando e saindo por paris. 
      Agradeço a todos e grande abraço.
    • Por luana0campos
      A minha mochila é a quechua ESCAPE de 50L, de medidas 56x40x26 SEM A BOLSINHA DE CIMA. Levei a mochila bem cheia, só que toda amarrada com a própria amarração da mochila, tava pesando entre 8kg e 10kg (na volta, sempre vem mais pesada rs). Fui com a bolsinha de cima no ombro, e a mochila aparentando menor nas costas. Passei tranquilamente, sem ser parada pra medir na TAP, GOL, AZUL e LATAM. Cabe perfeitamente no compartimento superior. Na TAP, só no avião pequeno que ela foi despachada na hora mesmo que entrei na aeronave, sem custo algum. Na ryanair, eu paguei pra despachar, mas ela cabe nas medidas da passagem priority, que dá direito à 2 malas de cabine (que aí dá certo a mochila quechua inteira).
    • Por Andrea Zanini
      Na primeira semana de julho (01.07.2019) farei o caminho portugues (partindo do Porto) até Santigo de Compostela. 
      Gostaria de pedir dicas, informações, quais albergues vocês indicam.. 
      Também procuro companhia para o percurso.
       
       
       
    • Por jarsgirl
      Ola Pessoal,
       
      eu e uma amiga vamos fazer uma viagem de carro na espanha. Queremos sair de Pamplona e seguir pelo litoral, indo de San Sebastian ate Santiago de Compostela. 
       
      O total de horas, se fossemos de uma vez, seria 11 horas, mas queremos aproveitar as cidades e queria ajuda com os dias em casa. Sabemos que algumas da pra se fazer em poucas horas mas outras merecem mais. Se puderem me ajudar ficaria muito grata.
       
      Pamplona
      San Sebastian
      Zarautz
      Guernica
      Biscaya
      Bilbau
      Santander
      Gijon
      Ribadacela (ou Oviedo/Ponferrada, Lugo, Santiago tambem eh considerado)
      Lugo
      Santiago de Compostela

      Desde ja agradeco  



×