Ir para conte√ļdo
  • Cadastre-se
  • Fa√ßa parte da nossa comunidade!¬†

    Pe√ßa ajuda, compartilhe informa√ß√Ķes, ajude outros viajantes e¬†encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

JULIANA ROCHA

Ushuaia e Buenos Aires - Dez/2018 - Com beb√™ ūüĎ™

Posts Recomendados

Depois de ter feito relatos das duas √ļltimas viagens nossas, essa me senti na obriga√ß√£o de fazer, simplesmente porque √© muito bom voltar pra relembrar esses momentos t√£o especiais que √© conhecer esses¬†lugares incr√≠veis.¬†

 

O sonho de conhecer a Parag√īnia come√ßou logo ap√≥s a viagem para San Andres, em 2015, quando um amigo sugeriu esse destino para uma pr√≥xima viagem juntos. Eu n√£o conhecia nada sobre a Patag√īnia, mas a partir daquele momento comecei a pesquisar e ver as possibilidades.¬†

 

Em 2016, agendamos a viagem, reservamos os hotéis, onde incluía a visita a Ushuaia, El Calafate e El Chalten, no inverno. Mas antes de comprar as passagens recebemos a maravilhosa notícia da nossa gravidez. Cancelamos tudo. Mesmo assim, continuei sonhando e esperando o momento em meu filho pudesse crescer e chegar em uma idade em que fosse possível ir para lá. 

 

Nao aguentamos muito... ao¬†1 ano e 8 meses¬†nos¬†encorajamos e fomos para¬†Ushuaia com nossa malinha ūüėā

As passagens a√©reas compramos pelo Ao Mundo em uma promo√ß√£o dos Melhores Destinos, ficou R$ 1.800,00 com as taxas - Todos os trechos Aerolineas, n√£o tivemos nenhum problema com a Aerolineas, confesso que estava um pouco preocupada. O √ļnico alimento que oferecem a bordo √© um alfajor e pacotinho de castanhas ou frutas secas, e¬†algo para beber. Escolhemos a Aerolineas tamb√©m por causa dos hor√°rios dos voos, que tinha que ser o mais confort√°vel poss√≠vel por causa do nosso filho.¬†

02/12 - Ctba à BA

03/12 à 08/12 - Ushuaia (Pior horário de voo, saímos de BA as 4:35Am)

08/12 à 12/12 - BA 

 

O primeiro dia em BA foi uma conexão de 12 horas, onde pegamos um hotel, saímos do hotel as 3:00 Am. Chamamos táxi pelo Aysi. Um detalhe sobre os táxis de BA, sempre optem pelos que cobram pelo taxímetro, a diferença é gritante!

 

Tentamos¬†tirar dinheiro em v√°rios caixas eletr√īnicos, tanto no aeroporto quanto na cidade, e nenhum tinha dinheiro! Tivemos que trocar um pouco no aeroporto mesmo numa cota√ß√£o¬†de 1 real a¬†$ 8,70, p√©ssimo.¬†

 

Ficamos em um apartamento na Recoleta, mas não vou indicar aqui pois não recomendo. 

 

Todas as hospedagens ficamos em apartamentos, pois com bebê temos que evitar ao máximo sair para comer, ter espaço para ele brincar, e poder fazer as comidinhas dele... isso salvou muito nossa viagem, pois ele não ficou stressado nem cansado, e assim conseguimos fazer todos os passeios que tínhamos planejado. Por isso essa viagem foi planejada com o máximo de conforto, alugamos carro para todos os dias que estaríamos em Ushuaia, pegamos pelo Rent a Car e recomendo, pagamos um pouco mais de R$ 100,00 por dia para um xxx novinho. Quando chegamos no aeroporto eles estavam nos esperando já. 

 

Em Ushuaia ficamos em uma Cabana que sinceramente, tornou nossa estada na cidade mais especial, com uma vista incrível do canal de beagle, foi muito bom ficar as noites ali assistindo o anoitecer, que só acontecida depois das 23:00. Pegamos pelo Airbnb. Link: 

https://www.airbnb.com.br/rooms/19675985?location=Ushuaia%2C Terra do Fogo%2C Argentina&adults=1&guests=1&s=zF7bGwaU

 

No primeiro dia, chegamos, fomos na cabana deixar nossas bagagens e já fomos ao mercado fazer compras, procuramos algum restaurante pra almoçar e não achamos quase nada... comemos em casa mesmo. 

 

A tarde descansanos um pouco, pois tínhamos acordado as 2:00 am. E de tardinha saímos para comprar chip e conhecer um pouco a cidade. Depois fomos no Hard Rock Café, bem legal, mas a comida deixou a desejar.

 

Fomos pra casa e esperamos ver o canal de beagle de noite, mas n√£o aguentamos ūüėā Percebenos o quanto n√≥s e nossas prioridades mudaram¬†‚̧ԳŹ

 

 

 

 

 

 

 

 

 

724CAF3D-702D-41C5-86DC-6CD5496DE994.jpeg

634A74D9-ABF7-4263-9B2D-B11DDCA2C151.jpeg

6746AF3F-3F5D-4B7F-9589-82031564A230.jpeg

F710E77E-BED7-44EB-8EA0-54783FB71E31.jpeg

AEC5FB95-0537-4DAD-A090-510DD6FA41B7.jpeg

  • Gostei! 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou esperar ansiosamente pelo resto. √Č uma viagem que estamos pensando para 2019. Continuem assim e sejam muito felizes, falo porque somos um casal com 26 anos de casados. Fa√ßam tudo sempre juntos.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meu filho tá com 1 ano e 2 meses, já vai pra estrada nas férias também kkkk

Guento n√£o rs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em 17/12/2018 em 11:39, FlavioToc disse:

Vou esperar ansiosamente pelo resto. √Č uma viagem que estamos pensando para 2019. Continuem assim e sejam muito felizes, falo porque somos um casal com 26 anos de casados. Fa√ßam tudo sempre juntos.

 

 

Em 17/12/2018 em 11:39, FlavioToc disse:

Vou esperar ansiosamente pelo resto. √Č uma viagem que estamos pensando para 2019. Continuem assim e sejam muito felizes, falo porque somos um casal com 26 anos de casados. Fa√ßam tudo sempre juntos.

 

Nossa nem lembrava que tinha come√ßado esse relato! Rs.. vou terminar o quanto antes!! ūüôŹūüŹĽūüôŹūüŹĽ

  • Obrigad@! 1
  • Vou acompanhar! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Continuando.. ūüôą

 

No segundo dia sa√≠mos cedinho para o passeio da navega√ß√£o pelo canal, Est√Ęncia Harberton e pinguinera.¬†

 

Pegamos o passeio pelo Decolar, foi a metade do preço do que as agências estavam cobrando na época! E por incrível que pareça a agência contratada foi a Brasileiros em Ushuaia! 

 

Eles mandaram todos os tickets e orientação pelo e-mail, achei ótimo! 

 

Pegamos o catamar√£ e seguimos pelo canal, n√£o conseguia parar de pensar na hist√≥ria dos povos fueguinos que por ali viveram, de pensar como sobreviveram naquele lugar t√£o in√≥spito e ao mesmo tempo t√£o maravilhoso. Antes de ir li o livro 21 dias pelos Confins do mundo, do Henry Jenne, e foi perfeito porque amo saber tudo sobre os lugares que vou conhecer. √Č um livro sem muitas emo√ß√Ķes mas¬†de informa√ß√£o valiosa sobre a terra do fogo e dos seres que ali habitavam.

Meu filho olhava pela janela com admiração e curiosidade, e eu com o coração cheio de paixão por aquele lugar que tanto sonhei conhecer. 

 

Olhava as montanhas nevadas ao redor e sentia tanta gratid√£o ūüėä

 

O percurso foi como todos fazem por ali, primeiro a parada para ver as aves que se parecem com pinguins, os cormorones, depois a parada para ver os lobos marinhos. Seguimos viagem e chegamos no farol do fim do mundo, a réplica dele afinal.

 

Esse percurso leva algo de torno de 1 hora e depois disso segui viagem at√© chegar √† Est√Ęncia. O que n√£o sab√≠amos, pois ach√°vamos que ir√≠amos voltar e ir para a est√Ęncia de √īnibus (sei l√° de onde tiramos isso rs)¬†ūü§¶ūüŹľ‚Äć‚ôÄÔłŹ E isso fez com que n√£o me preparasse para um dia inteiro fora com o bebe!!! ūüė•ūüė•ūüė• n√£o levei roupa sobrando, n√£o levei muita comida, nem o canguru pra quando chegasse na pinguinera, nada! ¬†

 

Fiquei apavorada!!! Ainda pra ajudar come√ßou a chover quando fomos nos aproximando da Est√Ęncia, meu filho n√£o estava com roupa imperme√°vel, eu n√£o tinha nada para nos proteger da chuva! √Č claro, fomos sorteados para ser o primeiro grupo a visitar a pinguinera, enquanto o outro grupo iria almo√ßar, cheguei na Est√Ęncia quase chorando de desespero, s√≥ pensava que teria que desistir de ir na pinguinera. Ao chegar na¬†Est√Ęncia, pedimos para a guia para ver se algu√©m trocava com a gente, e algu√©m nos cedeu a vez ūüôŹūüŹĽūüôŹūüŹĽ

 Então fomos almoçar, e ficar abrigados enquanto a chuva passava. 

 

Quando terminamos o¬†almo√ßo a chuva deu uma tr√©gua e logo embarcamos para pinguinera. √Č um barco pequeno, mas abrigado do vento e chuva. O trajeto at√© a ilha dura cerca de 20 minutos.

 

O que dizer desse local? Você realmente sente que está no fim do mundo rs 

 

Ver o encontro do oceano pac√≠fico com o Atl√Ęntico, ver as¬†pequenas ilhas, as montanhas nevadas ao redor, tanta vida animal naquele para√≠so gelado ūü•į A√≠ n√£o sei explicar tanta emo√ß√£o que senti ūü•≥ūü•≥ūü•≥

 

Fiquei torcendo para ver baleias mas não tivemos essa sorte, só sei que fiquei calada, só observando, mal tirei fotos pq queria mesmo sentir minha presença naquele lugar! 

 

Chegamos na pinguinera e l√° estavam os personagens do discovery que tanto havia assistido ūüźß Que sil√™ncio divino, s√≥ o sons das pequenas ondas e canto dos pinguins. A praia √© formada por pequenas pedras, n√£o tem areia, nas margens as √°rvores patag√īnicas em decomposi√ß√£o por centenas de anos ca√≠das por todos os lados,¬†o que tornava a paisagem mais r√ļstica e¬†diferente. As √°rvores bandeira mais tortas em dire√ß√£o do vento¬†que vinha da Ant√°rtica.¬†

E o frio cortante¬†fazia nosso rosto queimar ūüėä

A guia a todo momento pedia silêncio absoluto, que andássemos devagar, sem nos aproximar muito dos pinguins. Não podia nos distanciar do grupo, nem chegar perto dos ninhos. 

 

At√© que, quando chegava o momento de entrarmos mais ao interior da ilha, acabou-se o¬†sil√™ncio absoluto ūüė≠ūüė≠ūüėį Meu filho come√ßou a chorar desesperadamente, eu n√£o conseguia acalmar ele, n√£o tinha onde eu ir, o barco n√£o fica na ilha, sei l√° onde ele vai rs! Eu n√£o sabia o que fazer, ele estava com sono, e com muito frio! Mas n√£o conseguia se ajeitar pra dormir, ele ficou por umas meia hora gritando sem parar. Pedi para a guia para ficar na praia mas ela disse que n√£o podia, tinha que seguir junto com o grupo, acho que isso √© uma medida para ningu√©m ficar longe dos olhos dos guias, pra n√£o correr o risco de ningu√©m encostar nos pinguins ou roubar um ovo, sei l√°! ūüėÜ comecei a andar as passarelas e cantando pra ele se acalmar, s√≥ sei que n√£o vi nada, fiquei t√£o preocupada com ele que n√£o escutei nenhuma palavra do que a guia disse sobre os pinguins. N√£o tirei foto, e quando fomos ver o pinguim rei, na outra parte da ilha, na costa lateral, via a chuva se aproximar novamente, o frio aumentou ¬†e ele tremia, que desespero ūüėĶ At√© que ele dormiu tadinho, dormiu no meu colo e eu fiquei mais uma hora com ele agarrado em mim. ¬†

 

Voltamos¬†para a Estancia, e n√£o fizemos o tour por la, ficamos em um caf√© pra ele dormir mais aconchegado. Fomos embora e ele s√≥ acordou em Ushuaia, como se nada tivesse acontecido ūüėāūüėā

 

O retorno para Ushuaia √© outro ponto a se destacar, passamos por tantos lugares inacredit√°veis, sinceramente essa natureza patag√īnica √© de tirar o f√īlego, as florestas com todas aquelas √°rvores ca√≠das √© algo muito pr√≥prio de l√°. Vimos cavalos selvagens por todos os lados, o pan de √≠ndio nas √°rvores em todo lugar, castoreiras, cabanas no meio da floresta, aii como eu amei ‚̧ԳŹ

 

Chegando em Ushuaia o nen√™ acordou ūü•į Fomos at√© o centro de informa√ß√Ķes ao turista, tiramos foto na placa do Fim do Mundo, fomos ao parquinho. Depois fomos ao mercado pra comprar nossa janta e¬†muito vinho ūüć∑ūüć∑ūüć∑.

Como falei alugamos carro e ent√£o passeamos por todos os lados da cidade, fica tudo mais f√°cil pra resolver essas coisas.

 

Bom, só um ponto aqui a considerar, esse passeio foi maravilhoso, apesar do sessão gritaria. Mas foi só pq não nos preparamos pra esse dia, se eu tivesse levado canguru, almocinho dele, mais cobertores, não teria acontecido isso. Foi estressante mas por um imprevisto. A ilha é muito frio mesmo, então tem que ir preparado, capas de chuva também, pq se chover lá não tem o de se abrigar, e temos que ficar lá até o passeio acabar e o barco voltar. 

 

Mas nossa, apesar de tudo, voltei t√£o feliz, t√£o grata, se for pra Ushuaia tem que considerar esse passeio, √© muito, mas muito especial. ‚̧ԳŹ

 

68AE41C1-C618-49F8-A3A8-2742E37CBDDE.jpeg

B237113E-8502-48E2-A4C6-8798F441A3E2.jpeg

73C18753-C03C-42B7-82F2-3B23CED68089.jpeg

8A9718BF-800A-490A-B412-B82DCB4F0047.jpeg

3C959EEC-45AA-4CF9-93CA-F75E1E5E9A3F.jpeg

2E4D8DE2-606A-49B2-B98B-8341A9273339.jpeg

885D9E11-8EC9-40D7-8BB2-86E4F79A0AC1.jpeg

18430581-8337-4131-A3C0-4EC9A71C5A5B.jpeg

7B7146D2-9B7E-4A26-9127-D74D5BBD91D2.jpeg

E3C97FA8-BFD1-41EA-88B9-3B716933DDBA.jpeg

BFD76D84-6CDA-42A8-852B-9B5DA045DC3C.jpeg

8042C5C2-3723-422F-8604-B5EB9021A6D8.jpeg

6751C130-EF90-4337-9744-8BC33213E590.jpeg

D577FB50-5C18-4172-BEDB-B3D83B114437.jpeg

0ECB38B6-1523-4D16-AA29-C0D8423DB9D7.jpeg

CB21C3EC-3D8D-4A89-A78D-7DAC0CC4AA9D.jpeg

174AA902-FA80-4F4F-B9B6-227F15D56993.jpeg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 12/05/2019 em 19:37, debalves disse:

Opa! T√ī aqui na torcida tamb√©m pra terminar o relato!

Antes tarde do que nunca rs!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 21/01/2019 em 15:31, pri banqueri disse:

Ola. Voce lembra quanto foi o chip? 

Quero comprar um pra utilizar a internet na rua se necess√°rio.

Oi não lembro! Mas foi bem baratinho, se não me engano o chip era gratuito, aí você colocava o crédito que queria. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Voc√™ colou conte√ļdo com formata√ß√£o.   Remover formata√ß√£o

  Apenas 75 emoticons no total s√£o permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conte√ļdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   N√£o √© poss√≠vel colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conte√ļdo Similar

    • Por manuela-beatriz.santos
      Alguém indo pro Ushuaia em agosto? Vou sozinha e gostaria de dicas de passeios que realmente valem a pena. Ficarei 7 dias
    • Por beatrizz
      Queridos mochileiros. 

      √Č com grande alegria que fa√ßo esse relato, pois ele se refere a um dos trekkings que eu mais desejava na vida: Torres del Paine.¬†
      A minha viagem ao Chile, foi exclusivamente para fazer o Circuito O (deveria ter reservado mais dias para ir a Cafalate e El Chaltén...) e mais dois dias de intervalo em Punta Arenas e Puerto Natales. 
      Em todos os relatos eu falo sobre a facilidade e aprendizado de se viajar sozinho. Mas essa foi minha primeira viagem fora do Brasil sozinha, e estou ainda meio sem palavras para conseguir expressar aqui o que significa. Eu não quero dizer que em alguns momentos realmente não possa se sentir sozinho, isso acontece. Mas eu posso dizer que em 90 % do tempo está cercado de pessoas muito abertas para conversar e trocar ideias. 
      Bom, a primeira coisa que precisa para fazer o Circuito O sem stress √© a organiza√ß√£o. Pois se pretende vir entre Dezembro e Fevereiro, √© alta temporada (bom tempo), e os campings e ref√ļgios ficam cheios. No Circuito O, quase todos os lugares em que voc√™ fica tem duas op√ß√Ķes para dormir: Camping (com sua pr√≥pria barraca, ou alugada) ou Ref√ļgio (cama quentinha para quando sentir que merece).¬†
      Coisas importantes:
      * Imprimir suas reservas,
      * Ter comida suficiente. 
      * Um bom saco de dormir e uma barraca com boa camada para chuva.
      * Uma bota que seja sua amiga.
      * Como eu estava sozinha, e tendo que levar todo o peso (cerca de 14 kg), eu optei por comprar algumas refei√ß√Ķes. Nos refugios'campings, eles fazem almoco-cafe-janta (sim, √© caro), mas depois de um dia de muitos kms isso vale ouro.¬†
      Aqui vai o meu roteiro em Torres Del Paine:
      1 dia: peguei um √īnibus em Puerto Natales as 07:15 para Torres del Paine (chegamos umas 09:45 na entrada principal). Na primeira portaria voc√™ precisa assistir um video sobre as normas do parque, mostrar seu ticket de entrada (ou comprar), √© melhor j√° comprar no site da CONAF e levar o comprovante. Recebe o mapa do parque, e pode pegar um tranfer (3.000 pesos) at√© o cientro de bien venida (sao 07 km voc√™ pode ir caminhando tamb√©m, eu fui de transfer porque nessa primeira parte n√£o tem nada de mais e voc√™ vai precisar de mais energia em outros dias, acredite). No transfer j√° √© poss√≠vel ver algumas montanhas.¬†
      Depois de tudo isso, iniciei os primeiros kms do circuito. Camping Serón. Nesse primeiro dia a vista das montanhas ainda é bem restrita, porem passa por florestas e rios com água cristalina. A cor é como se fosse um azul royal, lindo. O terreno em si é tranquilo. Como cheguei cedo no parque e logo comecei a travessia, eu não encontrei ninguém no caminho, tipo nem uma pessoa nos primeiros kms. Ai teve um misto de satisfação com preocupação haha. Mas logo aparecem alguns (poucos). 
      Nesse camping nao h√° ref√ļgios, quando cheguei era umas 14:00 ainda, normalmente os check in s{ao as 14:30. Come√ßou a chover e ventar um pouco quando estava arrumando minha barraca (chamam carpa aqui). Foi uma noite dif√≠cil pois choveu muito e fez frio (cerca de 5 graus).
      Nesse primeiro dia, eu passei muito frio, no outro dia as montanhas aparecerem branquinhas, nevou.
      2 dia: essa caminhada voc√™ j√° come√ßa a ficar mais perto das montanhas, chegando no ref√ļgio Dickson a vista √© fant√°stica. Fiquei em ref√ļgio, porque algo me disse que quando fui fazer a reserva, fiquei muito feliz pois chovia e estava uns 2 graus.
      3 dia:ida at√© los perros, nesse lugar que voc√™ come√ßa a sentir os ventos fortes. Nesse camping n√£o tem ref√ļgio , e s√≥ tem banho gelado! O camping fica do lado do rio e abaixo da montanha, tem como ser ruim isso?
      4 dia: foi o dia mais cansativo, porque precisamos passar pelo Paso John Garden, que √© uma montanha de gelo. √Č fantaaastico. Nesse dia tem que sair cedo tipo 6 da manh√£, porque no Paso o tempo muda muito e depois das 11 da manh√£ o pessoal fala que tem um tipo de chuva e vento que n√£o se pode passar, muito perigoso. At√© o topo do Paso demora umas 4 horas. E depois a descida mais 4. Eu fui direto ao camping Grey, ent√£o foi bem cansativo, mas todo o caminho √© maravilhoso. Nesse dia tem a vis√£o do glaciar.
      5 dia: indo para o camping paine grande, contato com a civiliza√ß√£o. Aqui voc√™ pode se dar ao luxo de uma comida diferente, tem v√°rias pessoas, que chegam aqui e ficam apenas para fazer a trilha at√© o mirador brit√Ęnico.
      6 dia: aqui você encontra muitas pessoas no caminho também, ida até o Francés, o Mirador Británico fica no caminho. Você pode deixar a mochila no Italiano e subir mais leve.
      7 dia: ida até o Central.
      8 dia: trilha base de las torres. A trilha em si é linda, muitos rios e pontes. Você passa pelo acampamento chileno e depois desse ponto a trilha fica mais pesada, porque ganha elevação muito rápido.
      Resumo :
      1. Cientro de bienvenida p/ Seron: 13 km, 4 horas.
      2. Seron p/ Dickson: 18 km, 6 horas.
      3. Dickson p/ los perros: 12 km, 4.5 horas.
      4. Los perros p/ Grey: 15 km, 11 horas.
      5. Grey p/ Paine grande : 11 km, 3.5 horas.
      6. Paine grande p/ Francés : 9.5km, 3,5 horas.
      7. Francés p/ Central : 15 km, 6,5 horas
      8. Central p/ ida e volta base das torres: 20 km, 7 horas
      Total de 114 km apx, considerando que essa dist√Ęncia distribu√≠da em 8 dias, n√£o √© nada de outro mundo. As trilhas s√£o suuper bem demarcadas, ent√£o mesmo se estiver sozinho n√£o vai se perder n√£o.
      Com certeza a Patag√īnia √© o lugar mais fant√°stico que j√° estive, porque a energia das montanhas e a conex√£o com a natureza √© algo que n√£o se consegue assim t√£o f√°cil.
      Em Punta Arenas cidade vizinha de Puerto Natales, você pode fazer um passeio com empresa especializada e chegar até a Ilha Magdalena e Marta, onde tem os pinguins e Lobos marinhos, é obrigatório pra quem passa por aqui.
      Depois de 3 dias de volta, ainda não consegui voltar, é como se eu ainda estivesse lá. Meu corpo e minha alma ficaram conectados as montanhas de Torres del Paine. 













       











       








    • Por renanlouzada
      Boa tarde, mochileiros. Decidi tentar compartilhar com os senhores um pouco da minha experiência nesse segundo "mochilão". 
      Tinha 15 dias de f√©rias para tirar e estava muito em d√ļvida sobre qual roteiro tra√ßar. Estava quase decidido a ir para a Costa Rica e Panam√°, quando no dia da compra, decidi por ir para a Patag√īnia. J√° tinha ido √† Argentina, mas n√£o ao sul. Conhecia apenas Buenos Aires. Pois bem, iniciou-se, ent√£o, em novembro/2017, o planejamento para essa viagem de fevereiro/2018.
      Fui com, √† √©poca, minha namorada, ent√£o algumas coisas sa√≠ram mais caras do que era esperado - optamos por quartos individuais e com banheiros privativos em todos os casos. Tive dificuldade em colher algumas informa√ß√Ķes, mas vou tentar repassar tudo da melhor forma aqui pra quem, por ocasi√£o, quiser fazer um roteiro similar e tiver as mesmas d√ļvidas.
      Nossa viagem começou dia 10/02, saindo de Vitória/ES para São Paulo.
      PS.: MUITAS FOTOS. 

      Nosso roteiro foi: 
      - Vitória x São Paulo (aéreo)
      - São Paulo x Buenos Aires x El Calafate (aéreo)
      - El Calafate x Puerto Natales (√īnibus)
      - Puerto Natales x Punta Arenas (√īnibus)
      - Punta Arenas x Ushuaia (√īnibus)
      - Ushuaia x Buenos Aires x São Paulo (aéreo)
      - São Paulo x Vitória. (aéreo)
      Custos de passagem: R$ 3100,00 para duas pessoas, aproximadamente. Saindo de Vitória, tomei uma decisão que não havia seguido nas viagens anteriores: preocupado com a minha namorada, fiz seguro de viagem para nós dois. R$ 125,00 cada.
      Detalharei a seguir.
      Chegamos em São Paulo, após voar pela AVIANCA, por volta das 21h. Pelo Booking, localizei um motel/hotel relativamente perto do aeroporto. Só não sabia que, apesar de perto, era mal localizado. O nome do estabelecimento era: VISON MOTEL. Para a proposta, pernoitar apenas uma vez até que não tive problema. Lugar relativamente tranquilo PRA DORMIR. Se não me engano, custou R$ 50,00 a pernoite para nós 02. Chegamos tranquilamente com Uber no local. Apesar de "próximo", estávamos cerca de 20 minutos do aeroporto. 


      Acima, umas fotos do quarto em si.
      11/02
      A luta, porém, foi para, na manhã do dia seguinte, conseguir ir para o aeroporto. Tentei por 05x chamar um Uber e todos cancelavam a corrida. O tempo passando e eu, como não conhecia nada ali, ja estava ficando desesperado com medo de perder o voo. Quando, na sexta tentativa, assim que o motorista aceitou eu liguei e expliquei que queria ir para o Aeroporto pegar um voo internacional. Assim, com 5 minutos ele chegou. E então me explicou a razão de ninguém aceitar a corrida: o local era periferia e, geralmente, dali as pessoas iam para o interior de favelas. Perigo de não conhecer a cidade onde vai se hospedar.. mas enfim. Tudo certo, embarcamos em voo pela LATAM para Buenos Aires, chegando por la aproximadamente as 10h. Descemos no Aeroparque. 
      Como eu j√° havia comprado o chip de internet EasySim4u, procuramos uma loja da Personal para comprar um chip para minha namorada, apenas para se comunicar via whatsapp, j√° que fotos e videos seriam enviados tudo pelo meu chip. Encontramos um por cerca de R$ 60,00. Funcionou por toda a viagem. Ps.: todos os valores ser√£o informados ao final, com uma planilha detalhada que fiz.
      Por fim, após algumas poucas horas de espera, embarcamos em outra aeronave da LATAM para, agora, com destino a El Calafate, nosso primeiro ponto de parada. 
      Chegamos nessa bela cidadezinha por volta das 16h local e dividimos um transfer com dois chineses (nunca vi tantos!!!!) até o centro da cidade, ficando mais precisamente no hotel TERRAZA COIRONES. Uma bela vista. Mas falo dele a seguir.
      Nao perdemos tempo: deixamos as coisas no quarto e partimos para o centro da cidade, onde conseguimos um transporte (gratuito. A cidade oferece!! Não paguem por isso!) até o Glaciarium.  Apesar de já um pouco tarde, conseguimos chegar a tempo. Não me interessou muito o museu, então fui apenas para o Bar de Gelo. Algo extraordinário e inimaginável, até então - como muitas outras coisas vistas. 



      Todo o bar √© feito de gelo, como puderam ver nas fotos. Temperatura varia entre -5 a -7¬ļc e, para permanecer pelos 30 minutos que permitem, √© necess√°ria a utiliza√ß√£o dessa roupa estranha que parece de astronauta.¬† √Č poss√≠vel desfrutar de alguns drinks feitos na hora, j√° inclusos no valor da entrada do bar.
      Finalizada a experiência, esperei por alguns minutos o transfer chegar para retornarmos à cidade. O Glaciarium fica uns 20 minutos do centrinho. E a vista, pelo lado de fora, já estava me empolgando. Muito bonito o visual.



      Finalizada a ida ao Glaciarium, voltamos ao centro e conseguimos dar uma caminhada pela cidade, visitando alguns r√°pidos pontos. Demos uma volta (sem comprar nada) no ‚ÄúPaseo de Artesanos‚ÄĚ e ‚ÄúLa Aldea de los Gnomos‚ÄĚ. H√° algumas coisas legais, at√© vale a pena comprar. Mas como tinha acabado de chegar, n√£o estava disposto a comprar nada at√© ent√£o.


      Por fim, fui para uma cervejaria artesanal que pesquisei antes, a fim de comer e, claro, tomar um gelo. O nome do local é LA ZORRA TAPROOM. Recomendo. O preço não é dos mais baratos, mas não espanta. Um lanche foi suficiente para cada um, além de uns dois chopps. Na foto, inclusive, o relógio já marcava 21h40. E o sol tava ali, firme e forte

       
      Dia 12/02
      No segundo dia, acordamos cedo e tomamos café no próprio hotel, partindo em seguida junto ao transfer para o passeio no Perito Moreno. Antes de andar na geleira, contudo, foi feita a visita ao Parque Nacional Los Glaciares, onde, a partir das passarelas existentes, se vê e observa a geleira, que em alguns momentos se rompe e te permite ter uma das vistas mais belas possíveis. O barulho, quando acontece, parece um trovão. Difícil explicar. Hehe.




      Dali, partimos para um porto onde entramos numa embarca√ß√£o rumo √† base do Perito Moreno, onde come√ßar√≠amos a caminhada pelas geleiras. Aqui vai uma observa√ß√£o: existem dois tipos de passeios que se podem fazer: o Mini Trekking, que tem dura√ß√£o aproximada de 1h30min, e o Big Ice, que dura pouco mais e ‚Äúentra‚ÄĚ nas cavernas de gelo. Por√©m, isso tamb√©m depende do dia, pois a geleira se modifica sempre e, √†s vezes, pagar√£o mais pra fazer o Big Ice e n√£o ter√° tanta coisa diferente. Eu fiz o Mini Trekking e, pessoalmente, sa√≠ bem satisfeito. As empresas de turismo, pelo que me constou, revendem o pacote da empresa ‚ÄúHielo y Aventura‚ÄĚ. Eu comprei direto dela, o pre√ßo √© tabelado ent√£o √© tudo a mesma coisa.






      Por fim, ap√≥s o passeio de dia todo (necess√°rio um dia somente pra isso), retornamos √† cidade. Fomos ao hotel, tomamos um banho e, depois, fomos jantar. Ainda tinha sol: escurecia em quase todos os pontos da patag√īnia pr√≥ximo das 22h.¬†
      Lembra que falei lá no começo do seguro de viagem pra minha namorada? Então.. saindo do hotel, consegui a proeza de torcer o pé na escada. O pior não foi nem a torção, foi o barulho como se tivesse quebrando algo. Com sangue quente, fui mesmo assim pra rua e fomos jantar num restaurante chamado El Ovejero. Comi, bebi, andei mais e, por volta das 22h30m, retornamos pro hotel. Aí, sim: DOR. Tomei banho, deitei na cama e começou uma dor intensa no pé. Inchou demais, quase dobrou de tamanho.
      Tentei aguentar por uma hora a base de uns remédios que levamos e gelo, mas estava impossível. Fomos até o hospital local e, graças ao seguro de viagem (!!), fomos atendidos e liberados (cerca de 1h20m entre atendimento, medicação e liberação). Compensou um pouco, pois a consulta e os medicamentos ficariam em cerca de R$ 180 reais. Economizei R$ 55,00, no caso.. enfim. Fui pro hotel já com a dor tranquilizada e o inchaço diminuindo. O desespero seria pelo que viria mais à frente.
    • Por mandcampos
      Alguém pretende ir para Ushuaia + el calafaste em Setembro desde ano?
      Alguém que já foi pode me passar dicas, de passeios, do que levar, como economizar, quanto dinheiro devo levar, etc.
      Obrigada


×
×
  • Criar Novo...