Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

ROTEIRO GUATEMALA-HONDURAS 2020


Posts Recomendados

  • Membros

@kurklucas @caueolive @kurklucas@Luelucessoal, brigadão pelas dicas. De verdade mesmo, agora no final do ano vou me organizar pra fazer esse roteiro e agradeço muito o tempo de cada um pra me ajudar. Espero voltar com um relato muito massa aqui no mochileiros.

Só uma coisa, quanto foi o gasto de vocês lá? Pra eu ter uma ideia

E lu, se poder complementar alguma coisa ai depois que você voltar haha??

Eu vou sair dia 05/02 de são Paulo e volto dia 25 

 

Link para o post

  • Respostas 22
  • Criado
  • Última resposta

Mais Ativos no Tópico

Mais Ativos no Tópico

Postagens Populares

Dia 11 - 15/02 FRS - La Ceiba a jornada Hoje foi um dia de viagem. Conseguimos quase o impossível chegar em la ceiba vindo de Guatemala no mesmo dia. Para isso resolvemos a nossa briga e pagamos

Dia 07 - 11/02 -  O shuttle "Chicken Bus" Acordamos as 7 tomamos café no nosso hostel em antigua e pegamos o Shuttle (van) para semuc champey (150 Qtz), geralmente leva 6-8 horas esse Shuttle, ma

@Gustavo Leonel sua ideia é desembarcar na Guatemala e voltar por Honduras? Talvez uma boa opção seja chegar em Flores, na Guatemala, perto de Tikal e ir descendo até Honduras pra finalizar a viagem e

Posted Images

  • Colaboradores
Em 15/12/2019 em 08:56, Gustavo Leonel disse:

Pessoal, brigadão pelas dicas. De verdade mesmo, agora no final do ano vou me organizar pra fazer esse roteiro e agradeço muito o tempo de cada um pra me ajudar. Espero voltar com um relato muito massa aqui no mochileiros

 

Fala Gustavo!

Se tiver precisando mais de dicas sobre a Guatemala, eu fiz um post de tudo que a gente fez por lá.

http://www.feriascontadas.com/nosso-roteiro-guatemala/

A minha dica principal é ver o nascer do sol do alto do templo IV de Tikal. É uma parada de outro mundo!!!! Coisa pra guardar pra vida toda!

 

Grande abraço e bom roteiro pra você!!!!

  • Gostei! 1
Link para o post
  • 2 semanas depois...
  • Membros

@Mari Moraes @kurklucas @caueolive 

Agradeço vocês de novo pelas dicas de hostel, itinerário e tudo mais. Vocês são feras. Realmente, acho que vamos estar muito cansados da viagem e ai peguei a dica do caue pra dar uma alterada no roteiro, o que vocês acham??

d1 05/02 GUA Cidade da  guatemala  -> Antigua - dormir lá
d2 06/02 ANTIGUA Antigua - passeio pela cidade + agendar  passeio para Acatenango
D3 07/02- ANTIGUA Subir Acatenango overnight
D4 08/02 - ANTIGUA descer o acatenango - pegar shuttle para Panajachel e ir para San Marcos
D5 09/02 - ATITLAN Dia em San Marcos + se quisermos conhecer outras vilas
D6 10/02 - ATITLAN Dia em San Marcos, ir para Panajachel pegar o shuttle das 16:00 pela adrenalinetours
D7 11/02 - FLORES Previsão de Chegada em Flores as 06:00 conhecer a cidade, e ver Sunset em Tikal
D8 12/02 - FLORES -> LANQUIN acordar cedo para shuttle para lanquin previsão de Chegada as 16:00 - 18:00 (chutando baixo, será que tá certo?)
D9 13/02 - LANQUIN Dia de Semuc Champey
D10 14/02 - LANQUIN Saída as 08:00 da Manhã para Rio Dulce + noite emm Rio Dulce (se tiver como seguir para El Florido direto bora, mas acho que nao vai dar, sabem se é possível?). Já ouvi dizer que de Copan Ruinas --> Lanquin Leva no máximo 12 horas
D11 15/02 - COPAN Saida para El Florido e em direção a Copan Ruínas (noite em Copan Ruínas se possível) ou tomara que cheguemos em Copan no Dia 14 já que dai adianta o dia 16 para cá
D12 16/02 - COPAN Dia em Copan ou Dia de Viagem para La Ceiba + ferry para Utila
D13 17/02 -UTILA Chegar em Utila + Dia de segurança pra tudo
D14 18/02 - UTILA Inicio D1 curso de mergulho
D15 19/02 - UTILA D2 dia de Mergulho
D16 20/02 - UTILA D3 de mergulho
D17 21/02 - UTILA D4 de Mergulho
D18 22/02 -  ROATAN Dia de segurança ou ja ir pra Roatan
D19 23/02 - ROATAN Roatan
D20 24/02 - ROATAN - CWB as 12:00 voltando pra curitiba

  • Gostei! 2
Link para o post
  • Membros

Fala @Gustavo Leonel acredito que você fez boas alterações no roteiro, já que o fator deslocamento influencia muito na Guatemala. O roteiro esta muito bom e espero que vocês se divirtam bastante por lá, afinal Guatemala e Honduras são países muito bonitos e com pessoas acolhedoras e simpáticas.

"Só uma coisa, quanto foi o gasto de vocês lá? Pra eu ter uma ideia" ... Ficou por volta de 1500$ os meus gastos por lá.

D8 12/02 - FLORES -> LANQUIN : Acho que a chegada vai ser por volta desse horário. Ao chegar em Lanquin vão ter vários homens com tuk-tuks ou picapes que levam os passageiros para os albergues/hotéis.

D10 14/02 - LANQUIN -> 'Rio Dulce' : Eu procurei por uma meio de transporte quando eu cheguei em Rio Dulce mas não achei por isso acabei passando uma noite na cidade e pegando o ônibus apenas no dia seguinte.

Quanto a Honduras, estive poucos dias por lá e apenas em Copan Ruínas - cheio de ruinas maias e muitas araras vermelhas - mas espero que vocês tenham um bom tempo no país, principalmente fazendo mergulhos.. conte como foi depois.

Abraços e façam uma boa viagem!

 

Olá @Lueluc que bom saber que sua viagem já está próxima, espero que as dicas tenham te ajudado e que tudo corra bem na sua viagem. Acredito que você irá se divertir e gostar muito da Guatemala, compartilha seu relato depois.

Abraços e faça uma boa viagem!

 

  • Gostei! 1
Link para o post
  • 1 mês depois...
  • Membros

Fala pessoal, voltei da trip. Foi animal demais, muito obrigado pelas dicas de todos e o apoio. Vou anexar uma planilha do excel aqui com os gastos diários da trip e algumas dicas que reuni.  A ideia depois é vir com roteiro detalhado dia a dia com fotos quando tiver mais tempo pro pessoal que ainda não desbravou esses lugares maravilhosos. O principal empecilho pra mim foi a locomoção como vocês já tinham dito, afinal é um dia inteiro viajando e às vezes você não acha mais opção para o horário, isso fez com que tivesse que tirar Copan do roteiro original, mas paciência. 

Obs: os gastos contabilizados são para duas pessoas, então basta dividir por 2

viagem.xlsx

  • Gostei! 1
Link para o post
  • Membros

Dia 01 - 05/02 - Chegada a Guatemala City 

Custo da passagem ida e volta R$ 2770 GRU-LIM-SJO-GUA

Chegamos as 17:00 (horário local), a imigração e a entrada no país foi muito tranquila. No aeroporto, várias empresas oferecem taxi, shuttles para os lugares, a maioria das pessoas vai para Antigua. O Shuttle para Antigua custou 12$ por pessoa, isso caso seja mais que 4 pessoas, o que não é difícil de conseguir. coincidiu com os preços que vi no relato de outros mochileiros. Saímos em horário de trânsito da Cidade da Guatemala então levamos umas 3 horas para chegar lá. Vi também que há opção dos chicken buses para lá que são mais baratos, porém já estava muito tarde. Chegando lá fizemos o check in no A Place to Stay Hostel (recomendo muitooo!), consegui fazer um cambio com o dono do hostel por 1$ - 7,50 Qtz e saímos para jantar no Pollo Campero (75 Qtz pros dois). Perto do Hostel tem a La Bodegona, um mercado bem grande onde dá pra fazer umas compras boas para cozinhar e comer no hostel mesmo.

 

Dia 2 - 06/02 - Passeio em Antigua
Após uma noite de sono restauradora, acordamos umas 7h30 para começar a conhecer Antigua. Tomamos café no hostel incluso hehe ( omelete e café ) e fomos pesquisando o que faríamos. Antigua é uma cidade pequeninha e histórica, estilo Tiradentes ou Morretes.. tem cerca de 45mil habitantes, já chegou a ser capital da Guatemala há séculos atrás, mas, por ser rodeada de vulcões (pelo menos 3 que vimos) e local de vários terremotos (no sec XVI acho, houveram 3 que foram destruindo a cidade), os políticos da época acharam melhor mudar a capital... Assim, após uns terremotos em 1770 a cidade começou a ser chamada de "Antiga Guatemala" ou Ciudad de Santiago de los Cabalerros de Guatemala e, com o passar do tempo, passou a ser apenas Antigua. A cidade  foi construída e restaurada com arquitetura espanhola barroca (bem parecido com a de Tiradentes e Morretes mesmo) e parece viver mais do turismo, tanto na cidade como nos vulcões que a rodeiam. Então hoje fomos mais andar pela cidade, que pode ser feita tranquilamente a pé em 1 dia. Passamos pela Plaza Centrale, Palacio dos Capitaines, Catedral, em direção ao Certo Della cruz (pequeno morrinho que dá pra ter uma vista da cidade, e por trás um vulcão - vista bem linda por sinal). Após, fomos descendo tranquilos pelas ruas e  trocamos nossos dólares em um banco, como recomendação do dono do hostel. O dono Raul nos ajudou a dar uma melhorada no nosso roteiro, e passou várias dicas. Os outros hóspedes que não vemos muito, são bem sossegados, sem festas.
Saímos então almoçar, e achamos um lugar barateza (Buho Café), com nachos e um prato tipo executivo (34qtz). Compramos um chip de celular Claro (100qtz) e adaptador de tomada para carregar (pagamos no mercado 3qtz, e tinha outra loja que quase compramos que seria 50qtz) Fomos depois para o Hotel casa San Domingo, recomendado pelo Raul do hostel, que é um hotel muito bonito, 5 estrelas, com restaurantes bons e diferentes museus dentro. Adorei conhecer o hotel, tinha uma parte de área comum que podíamos ficar, e para ver os museus tínhamos que pagar (48qtz/pessoa).  Dá pra sentir que o povo é bem simples, tem muitos indo atrás de turistas vender artesanatos, porém são muito simpáticos (recebemos vários buenos días e buenas tardes de pessoas aleatórias que só cruzavam na rua com a gente). Quanto a língua, eu realmente não consigo falar espanhol, só sai italiano quando tento algo, mas estamos conseguindo nos virar entendendo o que falam em espanhol e respondendo em inglês ou português. Fechamos o passeio de Acatenango por 250 Qtz cada um no hostel mesmo incluindo a refeição e os materiais para acampar. 

Dia 3 - 07/02 e 08/02- Acatenango

Acordamos tomamos café, arrumamos as coisas para subir (6 litros de água, jaquetas, lanches porque o que eles fornecem não dá para sustentar o tempo todo) e fomos de encontro a van. No caminho foram pegando outras pessoas que subiriam o vulcão com a gente. Primeiro, Peter um alemão de 50 anos, Maria uma outra alemã de 22 e Rio um cara da Estônia que não lembro o nome. Saímos às 9:00 do hostel passamos para pegar a pulseira de entrada que era 50 quetzales e primeira refeição um almoço (um burrito de arroz batata, feijão e frango). Chegamos e conhecemos nosso guia Misael, alugamos o bastão a 5 quetzales (recomendo) e iniciamos a jornada as 11:00. Chegaríamos a 3600 m de altitude até às 16 horas da tarde. Iniciamos de 2400. Estava bem quente e fomos subindo fazendo várias paradas de descanso. Cami e eu economizamos na água (até demais), paramos pro almoço após 1h e 30 de caminhada em terreno arenoso onde dava pra entrada do parque. Depois disso seguimos em frente, sempre com boas paradas de descanso. Estávamos indo num ritmo bom, o guia nos ofereceu um a mais de ir até perto do vulcão Fuego por 200 qtz cada pessoa, mas o grupo todo devia aceitar achamos muito pq o passeio todo foi 250 quetzales. Então seguimos e chegamos ao acampamento onde passaríamos a noite as 15:30. Era uma barraca com 5 sacos de dormir e uma outra para o guia, de lá nos podíamos ver, ouvir e sentir o gigante Fuego soltando lava. Muito lindo, tinha um monte de pessoa acampada lá e nos estávamos o mais longe possível do topo. Esqueci de contar o quanto fui grato por ter comprado minhas botas antes de viajar, emprestei o bastão para a Cami que estava sofrendo para subir com o tênis escorregadio dela. Depois começou a esfriar, acendemos fogueiras, tomamos chocolate quente para esquentar e jantamos macarrão. Eu estava bem confortável pois sou calorento, já a Cami tava com frio e se arrependeu de não trazer mais roupa (ps eles oferecem roupas para alugar luvas, gorros entre 10-20 qtz). Assistimos o vulcão a noite que era lindo demais e fomos descansar, porque acordaríamos as 4 da manhã para subir ao topo do vulcão e assistir mais de perto o vulcão fuego. Subimos 400 m pra chegar a altura máxima de 3900 foi aí que senti frio pra caralho, deixei a segunda pele na barraca e fui só com camiseta e jaqueta, estava frio pacas e era eu tirando sarro da Cami escorregando e ela tirando sarro de mim passando frio. A vista lá é linda demais, uma das coisas mais belas que já vi. O que levou 45-50 min pra subir descemos em 15 até a base e depois em 2 horas e meia até onde começamos há cerca de 24 horas. A van nos buscou com outro grupo muito maior que ia começar a subir e nos deixou no hostel, chegamos, tomamos um banho e já partimos para outro shuttle para San Marcos de Laguna no Lago Atitlan (80 Qtz também fechado no hostel). Como não passamos a noite no hostel, o Raul cedeu uma noite grátis para nós quando voltássemos do lago.

Obs: fechamos a maioria dos shuttles, passeios em hostels pelo aumento de confiança, em várias cidades tem agências de passeio, o Acatenango por exemplo, foi vendido aos alemães por 200 Qtz, mas tudo bem. 

Dia 04 - 08/02 e 09/02 - Atitlan

Saímos às 14:30 de Antigua e chegamos lá pelas 18:00 no nosso hostel aconchegante em San Marcos de la Laguna, chamado Buddy Bear hostel, ele fica bem perto de um famoso daqui que é o Hostel Del Lago. San Marcos é um dos vários vilarejos que cercam o lago atitlan, um dos mais famosos por sinal. Reza lenda que os espanhóis durante a colonização ao chegar a cá teriam dito terem encontrado o lago mais bonito do mundo e realmente ele é bem bonito. A vila tem cerca de 3000 habitantes que ainda falam a sua língua maia de origem, é pequena e uma rota muito procurada pelos turistas principalmente os que buscam se encontrar, alinhar chakras, conhecer a medicina natural maia, fazer aulas de yoga e tal tudo muito hippie. Tem muitos hippies mesmo hahaha. A gnt chegou e foi jantar num lugar chamado maloca que não era muito bom, foi 103 quetzales (50 reais) e nem tava tão gostoso. Demos um rolê pela vila que é muito bonita, cheia de desenhos na parede, restaurantes, agências e fomos dormir. Íamos acordar cedo pra ver o nascer do sol no pier, mas tava frio pacaramba 10 graus haha. Então acordamos e fomos no parque cultural ambiental cerro tzankujill, a entrada foi 15 quetzales, cerca de 7,50 reais o parque é cheio de viewpoints, locais de ritual maia e lugares pra pular do lago. Tem um trampolim de cerca de 12 metros pro lago, Camila e eu aventureiro que somos, pulamos hahaha.  Deu um pouco de medo mas vencemos, . Almoçamos num lugar indiano (samsara) que tava tendo aula de astronomia hahah e comemos comida vegetariana que tem um monte a cá, bem gostosa por sinal. De novo 100 qtz para os dois. Um passeio que queria ter feito aqui e me arrependi foi Chichicastenango, a grande feira e não ter visitado as outras vilas. Muitos mochileiros gringos passam 1 mês - 2 meses aprendendo sobre terapias, falar espanhol e conhecendo o lago todo.

Dia 06 - 10/02 - San Marcos de La Laguna

Então, acordamos as 7 horas, tentamos ver o sol nascer do hostel, mas tinha muitas árvores na frente, alguns hostels tem vistas melhores. O hostel del lago tem aulas de yoga as 07:00 com uma vista incrível. Fizemos uns alongamentos, a Cami fez yoga porque ela manja. Fomos procurar algo pra fazer antes de pegar o shuttle, mas só tinha yoga, uma dança doida com instrumentos hahaa..a gnt queria mesmo era fazer aula de culinária mas não daria mais tempo (aqui eu recomendo o restaurante Fe), no fim ficamos enrolando almoçamos num lugar vegano que a Cami adorou, eu tbm gostei. E depois fomos pegar nosso shuttle para antigua, fomos de tuk tuk até San Juan e depois de Shuttle para antigua, chegamos a cá às 17:30 (saímos às 13) e já compramos o ticket pro parque cultural maia de Tikal que vamos no dia 14 (você pode comprar em qualquer banco Banrural na Guatemala ou deixar por conta da agência/hostel), troquei mais uns 100 dólares, fizemos mercado.  E agora estamos a jantar num lugar romântico em antigua. Aqui era um convento que foi destruído pelos terremotos e depois restaurado, hoje é um restaurante, onde fica o arco.

 

arco.jpg

cerro.jpg

fuego.jpg

atitlan.jpg

  • Gostei! 2
Link para o post
  • Membros

 

Dia 07 - 11/02 -  O shuttle "Chicken Bus"

Acordamos as 7 tomamos café no nosso hostel em antigua e pegamos o Shuttle (van) para semuc champey (150 Qtz), geralmente leva 6-8 horas esse Shuttle, mas ele levou foi uma eternidade. Pelo menos ele tinha cabeceira hahah. Ele foi no sentido contrário para pegar umas pessoas que estavam vindo do lago e só aí foi quase 2 horas jogadas fora. Depois ele parou num restaurante meio que de propósito pra gnt comer e ficou mais uma hora fora. E se não bastasse quando estávamos há 20 min da cidade de lanquin, onde pegariamos a pickup pro nosso hostel, estava tendo um bloqueio na estrada devido a uma construção. Acabamos chegando às 20 horas, levou 12 horas pra chegarmos hahahha. Pra percorrer sei lá no máximo uns 200km..não bastasse mais essa, tínhamos que esperar outro grupo do nosso hostel chegar pra podermos vir todos juntos na mesma pickup em que viemos na caçamba, eles só chegaram as 21:00 horas hahahah. Eles eram gente boa, uns canadenses. Chegamos no hostel Pachamaya Eco Lodge as 22 que é bem roots, roots até demais. Não tem internet, tem muita aranha, barulho de mato. Algumas pessoas quando estão vindo de chicken bus acabam tendo que a passar a noite em Coban para depois ir a Lanquin/Semuc Champey. Alguns ficam em Lanquin e ai pagam o passeio para Semuc Champey. Nós optamos por ficar perto do parque, tem suas vantagens e desvantagens.

Dia 08 - 12/02 - Semuc Champey

 Acordamos as 07:00 da manhã, tomamos nosso café comprado no mercado pra economizar (apesar de ter uma placa no hostel dizendo pra não trazer comida de fora hehe). Geralmente as pessoas ficam hospedadas em lanquin (9 km) ou coban (67 km) da atração daqui que é semuc champey (" donde el rio passa por debajo da tierra"). Como estamos na selva, estamos a apenas 5 min a pé dessa belezura. Então fomos andando, pagamos 50 qtz cada pra entrar ao parque que foi uma das outras coisas bonitas que já vimos na vida. Chegamos lá antes da maioria das pessoas de Lanquin. De primeira, já subimos até o mirador uns 30 min de subida na montanha, pra termos uma vista linda do rio. Depois descemos até às piscinas naturais que o rio cria e vimos ele entrando debaixo da terra. Terminamos a visita e voltamos pra casa. Como o ingresso te dá direito ao dia todo de passeio, nós fomos pro hostel almoçamos nosso almoço de fora hahah e voltamos só com roupa de banho pra ficar mergulhando nas piscinas. Tinham vários peixinhos . Voltamos e ficamos relaxando no nosso hostel que também é lindo. Jantamos nachos no restaurante (45 qtz) e conversamos com uma americana que trabalha na expedia e com nossos amigos do Quebec. No dia seguinte, iriamos para flores

Dia 09 - 13/02 - Flores

Dia de viagem longa e demorada. O parque natural que fomos está tendo reforma no seu caminho então eles fecham a rua para as obras. Saímos às 7 da manhã do nosso hostel da selva e chegamos só as 18 horas na cidade de flores no estado de Peten. Flores é uma ilha, bem pequeninha e charmosa. Compramos o passeio pra tikal e um transporte para rio dulce, já nos preparando pra ir pra honduras. Passeamos pela cidade vimos um pouco de feirinha de artesanatos e é bem fresco aqui a noite. Acabamos emocionando demais nessa compra antecipada para Rio Dulce, tínhamos pressa para chegar a La Ceiba. Uma vez em Rio Dulce após Tikal, teriamos que esperar mais um dia para pegar outro ônibus para San Pedro Sula, também seria necessário uma noite em La Ceiba para esperar o ferry do dia seguinte para ilha. Nessa altura do campeonato já tinha desconsiderado a ida à Copan Ruínas. Teria sido melhor iniciado a viagem em Flores e descer o país sentido Antigua e ai ir para Copan e subir para as ilhas de Honduras.. Se fossêmos de Flores para Copan, atrasaria nossa chegada ao curso de mergulho que começava dia 16/02 pela manhã. Afinal teríamos que ir Para Rio Dulce e ai El Florido para travessar ou ir para Guatemala City e ai Chiquimula e El Florido, isso levaria cerca de 2 dias para dar certinho, contando o dia de visita a Copan e mais a novela que seria para chegar a San Pedro Sula - La Ceiba e ai as ilhas que tem ferry saindo no máximo 16:00. Quem sabe numa próxima quando for para El Salvador, sei la hahah. Você consegue achar em Flores várias agencias que fazem Flores para San Pedro Sula, se oferecerem mais longe que isso desconfie, porque já foge muita da ossada do país. Fizemos com a Mayan Travels Agency, depois da pesquisa de mercado (320-380 Qtz). Como já tínhamos comprado para Rio Dulce, o vendedor falou que os assentos já tinham sido pago e esse valor não poderia ser recuperado, mas como ele queria muito minha felicidade ¬¬, faria a 280 o trechoo FRS - SPS. Tiramos todas as duvidas, afinal são 2 bilhetes que são vendidos e aqui mora o perigo que as vezes algumas agências vendem só um e você tem que comprar o outro por conta (por isso é bom ver em hostels). Enfim, conseguimos pechinchar e pagamos 250 Qtz para San Pedro Sula.

Dia 10 - 14/02 - Tikal

Passeio em tikal (lugar de Las vozes).
Vamos lá. Descoberto em 1848, frente a expedição da América central atrás da seiva da árvore que produzia chicletes, Tikal é um dia maiores sítios arqueólogicos maias do mundo. Há várias deduções que esse local possa ter tido de 10 a 90 mil maias vivendo juntos. emigrados da área de altiplano guatemalteco (muito provavelmente devido a ameaça constante de terremotos), eles encontraram no século IV a.c as planícies do norte para se estabelecer, incluindo o México e belize que tbm vemos monumentos. Porém, as estruturas enormes datam de 200-850 dc, área do periodo clássico maia. Templos são locais de adoração e cultos eles tem a ponta no teto, enquanto as pirâmides são planas em cima e local de observação astronômica. A gnt contratou o passeio por 100 qtz com guia, mas você consegue achar por uns 90 a depender do horário. Os tickets pra entrar custam 150 qtz e se quiser ir no por ou nascer do sol é mais 100 qtz. Fomos ao nascer do sol, foi bom porque estava mais frio e deu pra ver mais animais, porém estava nublado e não vimos o sol nascer no templo 4 ( esses números se referem a ordem das expedições), o mais alto de todos. Templo da serpente de duas cabeças, tem 70 m de altura e era usado para rituais fúnebres e religiosos. Tiramos um cochilo lá em cima, afinal saímos do hostel 4:30 e depois descemos para passear. Vimos uma escultura de um rei maia, todo cheio de adornos e o desenho da face dele era diferente, eles achatavam as caras dos nobres para ficarem diferentes dos demais. Os maias tbm tem uma cruz, por mais que pareça igual ao espírito santo, ela quer dizer norte (azul - céu), sul (amarelo - terra fértil, milho que eles comiam bastante), leste (vermelho vida, nascer do sol e da vida) e oeste (preto onde se o sol se punha e a vida se encerrava pra poder reencarnar em uma outra forma) e ao centro (verde da natureza).
Pirâmides
Os maias tinham um calendário de 360 dias e + 5 que era só de festa e rituais e sacrifícios. O calendário tinha que ser preciso por causa das colheitas e da época que eles queimavam a terra para torna-la fértil. Então eles observavam da pirâmide o movimento do sol entre 3 templos e a cada um deles se passava 3 meses. Fenomenal!.
Depois passamos pela plaza mayor, o local mais lindo de todos. Lá tem as acropolis do norte  e do sul, onde moravam os nobres em suas camas de pedra revestidas de algodão.
Lá temos o templo I (do grande jaguar - do rei Hasaw Cha'an Kawil, onde o mesmo foi sepultado em 734 d.c, lá o que surpreendeu os historiadores não foi as várias pedras de jade ao redor do túmulo, mas a altura do homem de 1,80 totalmente diferente do povo maia que no máximo chega a 1,60. A explicação está na aliança entre maias e astecas para rota comercial, isso no século vii determinou uma das melhores épocas maias e tbm explica construção do templo II)
Templo II o templo das máscaras porque há várias faces lá, foi construído para morte da rainha, sim houve rainhas na época maia e na época que elas governaram que tiveram as maiores conquistas. Ela era esposa desse rei, simbolizando o matrimônio e a união dos povos. Lá eram feira muitas das cerimonias e sacrifícios, onde o xamã ficava lá em cima. Sim, tinha sacrifícios humanos, eles jogavam bola e o melhor era selecionado para o sacrifício😬😬. E o xamã para mostrar a todos que o Deus estava com eles batia palmas e acústica do lugar reverbera o eco, fazendo um barulho semelhante a um pássaro, o pássaro da guatemala o quetzal, ave sagrada para os maias, chamada de serpente de penas. Por causa dessa acustica que chamam tikal, lugar das vozes
O parque tem vários outros templos funerários e de rituais, complexos de pirâmides gêmeas que eles construíam para comemorar o fim do ciclo de 20 anos. Vimos também muitos pássaros,  macaquinhos, até um macaco que esqueci o nome agora que é o mamífero terrestre mais barulhento depois do elefante, usaram o barulho dele pro Jurassic park..voltamos pro hostel agora para decidir como faremos pra chegar a honduras.
Adendo:
O povo maia hoje são 22 povos diferentes cada local, principalmente no lago tem sua língua própria incomunicável com os demais. Algumas teorias sugerem que pela falta de recursos (os cara tinham até um sistema de encanamento com água filtrada, lá não havia nenhum lago próximo, mesmo assim tinha piscina, aquifero e o caralho), guerras constantes com outros povos e a superpopulação fez com que eles voltassem para o altiplano guatemalteco e deixassem essa cidade perdida para a selva proteger
Lembrando que tudo isso tava coberto e protegido pela selva cara, os cara começaram a escavar com máquinas pesadas e destruíram. Agora eles usam apenas as mãos e alguns utensílios, porém estão tendo outro problema que é preservar da erosão, os maias conseguiam tornar isso impermeável com umas plantas doidas lá.

jaguar.jpg

plaza mayor.jpg

semuc.jpg

semuc1.jpg

semuc2.jpg

  • Gostei! 3
Link para o post
  • Membros

Dia 11 - 15/02 FRS - La Ceiba a jornada

Hoje foi um dia de viagem. Conseguimos quase o impossível chegar em la ceiba vindo de Guatemala no mesmo dia. Para isso resolvemos a nossa briga e pagamos 250 em duas passagens de ônibus a primeira de Santa elena, flores (onde estávamos - o táxi pegou a gnt no hostel e levou pro terminal a uns 2 km) até a cidade cruces de Morales em izabal, perto de Rio Dulce. (Caso a pessoa esteja em rio Dulce pode pegar um ônibus para lá às 10:30, como não estávamos o nosso saiu às 06:30). A empresa era Maya oro e  Fuentes del norte no segundo ônibus, esse iria direto para San Pedro Sula (uma das cidades com a fama de mais violentas do mundo, mas a parte turística dela dizem que é linda e segura). Passamos a fronteira e tivermos que pagar uma taxa de imigração de 3 dólares que daí é bem mal convertida para quetzales ou lempiras, se não tiver dólar paga 30 quetzales ou 75 lempiras. Tem um monte de galerinha fazendo câmbio la, pegando 1 qtz p/ 3 lmp e 1 dólar pra 22 lmp. Bom tínhamos separado 40 para os dois, então troquei dolar. Fizemos uma amiga da Suiça no caminho, ela veio desde cruce de Morales com a gnt. Reservei o hostel que estamos hj ainda com a internet da Guatemala. Quando chegamos em San Pedro Sula as 15:30 tinha um monte de gente gritando la ceiba, la ceiba (essa é a cidade que precisa ir para pegarmos o barco para as ilhas). Estavamos numa vibe pechinceira, eles estavam pedindo 125-115 para nos levarem..usamos a amiga suíça e a Cami audaz ofereceu 90 lemp, eles falaram que fariam por 100. Tínhamos até aceitado, depois ele falou que faria por 90, só precisaríamos falar na empresa que iríamos parar na primeira cidade (Tela) que aí o bilete custava 90 mesmo e enganaria os donos (sim, motorista safado). Pegamos esse ônibus, ele é uma van, chamam de directo. Ele sai da rodoviária, mas não vai direto. O motorista tinha um comparsa que ficava tirando as pessoas do ponto de ônibus e oferecendo a carona pra elas. A galera aqui é meio porca joga garrafa, caixa pela janela do carro. Eles nos deixaram na entrada da cidade e tivemos que pegar um táxi ainda pro hostel. Tudo isso emprestando dinheiro pra suíça tbm que estava sem tutu. pechinchamos o taxi e economizamos mais 30 lempiras. Chegamos no hostel (Los Guacamayos) e ele é bem arrumadinho até, pagamos 20 dólares numa suite grande só pra nós dois. E aí fomos jantar na rua, acabamos em pizza, derrubaram refri na Suiça coitada. Ela tbm não conseguia sacar dinheiro em lugar nenhum. No fim ela quitou a dívida com a gente pagando nosso táxi pro Porto amanhã (50 Lempiras cada).

Dia 12 - 16/02 - Utila

Hoje começamos o curso de mergulho iei. Acordamos as 7 pegamos o táxi por 50 lempiras para o ferry e aí pegamos o ferry das 9 horas para a ilha de Utila (26$), pela famosa Utila Dream Ferry,. Uma ilha no meio do Caribe. Essa ilha é conhecida por suas festas e cursos de mergulho certificados internacionalmente entre os mais baratos do mundo entre 285-350 dólares com 5 dias de curso e hotel incluso, equipamentos e tudo mais. A ilha tbm já foi rota de piratas antigamente e a língua inglesa é muito presente no povo nativo, até falam que Robinson Crusoé ficou aqui, mas ele nem existiu o autor que sabia que aqui era uma rota de piratas. Bem chegamos, pegaram a gnt no cais e trouxeram pro nosso hotel mango inn onde ficaremos 5 dias, durante o curso. Fomos dar uma banda por aí e chegamos no nosso local de curso Utila dive center, é bem bonito e cheio de mergulhadores profissionais, outros querendo se tornar, alguns só querendo mergulhar e a gnt hahaah. Aqui agradeço a dica da @Mari Moraes, fechamos ainda no Brasil com eles e foi bom porque sabíamos quando ia começar e terminar, mas você pode tranquilamente andar pela ilha e escolher um centro de mergulho tem vários. Preenchemos um bando de papelada tirando a responsabilidade deles por tudo, colocando em nós multa caso estrague as parada. Tinha um com vários problemas de saúde que você tinha que falar se tem ou não, se você tivesse ia passar pela avaliação de um médico daqui por 15$. Eu sabia do meu problema do joelho e meus orto amigos me liberaram, então coloquei não hahaha. Depois disso nos deram um material didatico em inglês para lermos sobre equipamentos, regras na água e tal. Estou com o nariz meio congestionado, e uma das regras é não mergulhar resfriado ou com rinite, por causa da pressão e tal, bom se fosse assim não ia dar pra fazer o curso e já estou conseguindo respirar pelo nariz hahah. Ficamos vendo vídeos e respondendo um teste de revisão. Depois vimos como montar o equipamento em torno do tanque de oxigênio e tal é bem complexo. Liberados as 17, fizemos um mercadinho daqueles né cereal, pão e creme de amendoim. fomos jantar depois com nossa amiga suíça.

Dia 13 - 17/02 - Primeiro mergulho debaixo d' água - Relato da Cami

Começamos a mergulhar! Acordamos cedinho, 6h, para tentar terminar as leituras que não conseguimos ontem :s e tomar nosso cafezinho comprado no mercado (rrilas e pasta de amendoim 😋). Saímos meio atrasados do hostel, mas andando rapidinho (da uns 15min a pé) chegamos na hora. Estamos num grupo com 7 alunos (2 canadenses, um casal de americanos e um do Alaska), 2 profs e uns 5 estagiarios, todo mundo fala inglês nativo. Foi mais um videozinho, e depois fomos nadar normal, uns 200m podendo respirar a vontade e ficar boiando, mais para fazer um teste de sobrevivência na água. Nossos treinos, são no mar mesmo, mas por enquanto bem beira-mar, com um profundidade que deve dar uns 2.5-3m.  Depois disso, tivemos mais uma aulinha sobre o que iríamos treinar das habilidades. Fomos então pra água, e já comecei  usando o snorkel haha  e daí tínhamos que trocar para o regulator (o que usamos pra respirar em baixo da  água). Achei mais fácil que o snorkel, mas nao posso negar que deu uma afliçãozinha de descer embaixo da água, não respirar pelo nariz e só pela boca 😬😬 já no início eu fiquei perguntando se não era pra subir já, mas depois entendi que tínhamos que ficaria embaixo fazendo os exercícios.. sem lentes e sem óculos tava meio difícil de enxergar exatamente o que o treinador fazia ali na frente pra gente imitar, mas fui conseguindo, e tinha mais vários ajudantes e treinadores ali perto pra nos auxiliar. Treinamos "perder" o Reg do ar e colocar de novo, e deixar entrar agua dentro da máscara pra depois tirar.. tive que repetir umas 3x cada um, pq não lembrava direito o que tinha que fazer (tinham explicado na aulinha 🙈), mas foi. Nadamos com snorkel de novo até outro ponto (eu de novo com dificuldades kk) e depois trocamos para o Reg pra mergulhar de novo, ficar de cabeça pra baixo n'água e fazer outros exercícios. Nessa hora já tava todo mundo com fome, frio e cansados, gu tava até tremendo, eram quase 14h kk tínhamos pedido um prato do restaurante deles ali do lugar, apesar de não querermos pq não era dos mais baratos que vimos, pq tinham falado que era mto corrido o almoço e tal... Realmente, foi corrido e tinhamos que ter pedido mesmo, mas pegamos um wrap do dia que era suuuper apimentado, acho que uma das piores comidas que comemos na viagem 😢 ainda bem que pedimos só um pra dividir, então praticamente fomos engolindo a comida rápido, e deu tempo de ir num mercadinho ali na frente pegar umas bolachas pra comer depois e tirar o gosto da pimenta kk logo já tivemos um debriefing, uma conversa sobre o treino que tivemos, e já começaram a passar o que faríamos em seguida. Dessa vez levei as bolachinhas e quando começava a dar sono pegava uma pra não dormir e não ter problemas haha tínhamos que treinar tirar o snorkel debaixo d'água e colocá-lo de novo tirando a agua.. tive problemas de novo com isso, e uma auxiliar foi me ajudar no particular ali haha não tava conseguindo fechar bem o snorkel pra não voltar água nele. Mas depois dessa, fiquei melhor no treino e me diverti mais que no de manhã haha Treinamos ficar trocando o snorkel pelo Reg embaixo d'água, depois mergulhar e ficar na horizontal certinho , e treinamos nosso próprio bouyance (não sei como traduzir, é tipo capacidade de boiar): respirando bem fundo ficávamos menos densos e flutuávamos mais, ao expirar íamos descendo. O gu em algum momento aí teve câimbra de tanto ficar de joelho, mas conseguiram ajudar ele a se alongar. Treinamos também tirar a máscara e ficar 1 minuto sem ela embaixo da água, mas respirando com a boca pelo Reg.. outra coisa que deu uma aflição haha da MTA vontade de expirar pelo nariz, não dá pra enxergar nada, só queria colocar a máscara de novo haha saímos do treino, arrumamos e lavamos o material, sendo que já eram umas 18h e pouco quando saímos da escola. Gu tava morrendo de fome, e no caminho achamos um restaurantezinho local que tinha umas baleadas (tipo wrap) mto boas, saudáveis (com ovo e feijão) e baratexxx (ROCK BOTTOM CAFETERIA para quem interessar). Ficamos bem felizes de achar esse lugar haha depois fomos no mercado comprar umas bananas pra evitar caimbras e lanchinhos pra manter nossos cafézinhos de manhã. Voltamos pra hostel e agr só estudar de novo e descansar pra amanhã mais curso :) 

Dia 14 - 18/02 - Mais mergulho

Então hoje acordamos umas 6:30 demos uma lida no livro, tomamos nosso café hosteleiro dentro de um resort (tô enjoando das pasta de amendoim hahaha) e fomos pro curso. De manhã vimos os últimos vídeos que tínhamos que ver e depois almoçamos cedo no nosso lugar barato, almoçamos as balleadas e foi 55 lemp pros dois comerem..voltamos e fizemos treinamento com snorkel. A gnt tinha que mergulhar tipo pato e voltar sem se engasgar com a água no canudo (você preende a respiração e volta levantando a cabeça e soprando, se fizer direitinho sai sem ar mesmo). Depois nadamos em dupla de snorkel e se comunicando, eu gostei mas Cami não gostou muito hehehe. Depois disso tivemos um debriefing dos novos skills que teríamos que fazer. Tínhamos que montar todo o nosso aparelho, só que sem ngm falando, só julgando. A primeira vez fiz muito incompleto, depois melhorei mas esqueci. De abrir inteirinho o tanque de oxigênio. A gnt fez tudo que já aprendemos, testamos o equipamento,  vestimos a roupa, ajudamos um ao outro e aí nos checamos e entramos na água. Aprendemos a fazer hover (que é tipo estar na  água, sem sentir a gravidade como na lua, eu adorei, fiquei brincando de joken po com a monitora sentado como o budda hahah). Fizemos mais umas atividades como fornecer ar para o outro e passear por um tempo simulando como se tivesse como subindo pra superfície, ajudando o amiguinho com câimbra e arrumar o cilindro do oxigênio do amigo que estava caindo e aí saímos. Lavamos todo nosso material pra tirar a água salgada, e fizemos uma revisão dos 3 capítulos de hoje. Jantamos no mesmo lugar só que daí tacos hahaa e estamos em casa descanso porque amanhã vai ser prova e primeiro mergulho em mar aberto

Dia 15 - 19/02 - Open Water Dives

foi um dia da hora, mergulhamos em 12 m de profundidade. Foi muito louco. Como estamos em treinamento não podemos levar a Go pro nem tirar foto nem nada ainda, mas teremos mergulho do diversão. O dia começou cedo hoje às 7 horas, fomos mergulhar. Estamos ficando mais acostumados a arrumar nossos aparelhos e fazer o check list de tudo. Fizemos umas parada doidas hj tipo tiramos nosso colete dentro e debaixo da água, nosso cinto com peso, nadamos uns minutos sem máscara e colocamos de volta. Vimos um cavalo marinho hoje, eu vi a Cami acho que não. E depois fomos mergulhar de volta em 3 m uns dois minutinhos. E aí fomos almoçar no nosso lugar barato rapidinho e fomos pro alto mar. Foi muito legal, arrumamos as coisas no barco e fomos pra o primeiro mergulho até 10 m. fizemos coisas que já tínhamos feito em 3 m, mas a distância era maior e mais fundo. Então tínhamos que tomar cuidado com os ouvidos e sempre igualar as pressões. Um amigo não conseguiu e não mergulhou mais. Foi muito legal e aí subimos e fomos apara o segundo o mergulho e aí a gnt usou uma bússola pra se orientar e tbm temos um relógio de mergulhador, ele nos fala profundidade e nos ajuda a cronometrar os tempos de parada que temos que fazer, isso porque retemos nitrogênio enquanto descemos. E temos que ficar atentos..no segundo mergulho fomos a 12 m. A gnt queria ter certeza que era 12 então colocamos o relógio mais pra baixo, não sabíamos que não podíamos fazer isso, nosso instrutor era muito gente boa e só falou que não deveríamos ter feito, mas riu com a gente. Todo mergulho é orientado por cordas pela corrente e tal, fomos muito bem eu e a Cami, adoramos lá embaixo o recife, peixes e tudo mais, foi lindo. Simulamos resgate de parceiros câimbras, sinalizadores e tudo mais, fazendo tudo que tínhamos aprendido na água antes. E depois que voltamos, ganhamos nosso caderninho de registro de mergulhos e pegamos carona num barco para ver o sunset foi legal demais. Fomos eu, Cami, mais um colega e o instrutor, nos tornamos mais amigos e tomamos rum que era de graça hahaha. Coloquei funk pra tocar no barco, foi da hora hahaha

Dia 16 - 20/02 - Nos tornamos OPEN WATER DIVERS

começamos o dia as 7 da manhã, cafezinho de sempre compramos um Sucrilhos muito ruim hahaha. E aí fomos fazer os testes do módulo eu e Cami erramos 3/10 e tivemos que repetir sem estresse passamos e aí depois fizemos a prova final teorica tiramos 88 e 90. Depois aprendemos como se fazia para calcular o tempo que temos de mergulho restante baseado em quanto estamos acumulando de nitrogênio no nosso corpo. Tem uma tabela bem legal e aí fizemos uma prova e calculamos tipo várias situações tem uma calculadora irada pra isso e tbm gabaritados. Almoçamos rapidinho e voltamos pra ir em alto mar, tínhamos mais algumas habilidades pra aprender. Tirar o cinto com peso, tirar nosso colete em alto mar, fazer uma subida controlada de emergência em alto mar, tirar a máscara e nadar em alto mar, nadar com bussola, estamos ficando cada vez melhores. Tínhamos dois mergulhos pra fazer isso. E conseguimos acabar tudo em um só. Logo o outro foi pura diversão, vimos um monte de peixes, nadamos em cima do recife de corais, muito lindo. Esquecemos de falar que chegamos a profundidade de 17 m. Quando voltamos, nos tornamos mergulhadores de mar aberto. Podemos mergulhar em qualquer lugar do mundo até 18 metros. Show né. 

Dia 17 - 21/02 - FUN DIVES

O Utila dive center fornece para galera que ta fazendo curso snorkel, stand up, enquanto estamos fazendo o curso, mas é tanto tempo em aula que quase não tinha tempo pra isso. acordamos cedo pra nosso mergulho diversao. Foi muito legal, montamos nosso equipamento no barco, testamos e cada vez mais fica na memória. O primeiro mergulho 35 min de profundidade, chegamos até cerca de 15,6m vimos uns peixes muito legais. Tinha levado minha go pro, mas ainda bem que li que ela só vai até 10 m sem capa hahah. uma menina levou a capa daí tiramos foto com ela depois ela vai mandar pra gente. Vimos enguias, um monte de peixe . Estamos melhorando na nossa boiadagem hahaha. Cami levou lentes então ela enxergou bem hj coitada hahaha. Outro mergulho 45 min uns 16 metros, nadamos pelo recife de corais, muito bonito e muito legal mergulhar. Depois voltamos fizemos checkout e viemos pra outro hostel bem singelo só pra passar a noite, porque o ferry para Roatan só sai as 10:30.pensamos em passear pela ilha e por que não alugar uma bicicleta (MDS hahahah). Então alugamos duas por 4 dólares cerca de 3 horas, pechinchamos e fomos para a uma companhia de chocolate homemade que tem aqui .uns gringo que fugiram de tudo e vieram morar na ilha vender chocolate homemade. Tinha um monte de amostra grátis, adoramos e tomamos cerveja de gengibre e Frozen de chá de chocolate tava bom. Depois pegamos a bicicleta se embrenhamos no mato, mas depois saímos. A bicicleta da Cami tava muito ruim, travava a marcha. Queiramos ir pra praia de pumpkin pegamos um caminho pelo mato, mas achamos a estrada certa, demoramos mas chegamos. E aí demos uma volta e decidimos voltar pra ir pra outro lugar. Cara eu tava andando com a bike da Camila pq ela já tinha ficado puta com ela. Tinha meio que arrumado a marcha e ela tinha melhorado, mas na volta ela quebrou a correia hahahah. Fiquei muito puto. Tentei tentei arrumar mas não consegui com a mão preta de graxa eu e a cami, vim andando e empurrando e era uma distância muito longe. Até que um nativo de tuk tuk desceu pra me ajudar e me ofereceu uma rabeira, cara aquilo foi salvador. Conseguimos devolver a bicicleta a tempo e aí falamos pras mulheres, achamos que ela ia querer cobrar (minha experiência nas motos da Tailândia), mas ela queria nos devolver o dinheiro gasto, eu e a Cami não aceitamos e fomos passear mais chegamos em outra praia e eu precisava muito dar um tibum pra relaxar. Era bem bonitinha. 

utila 4.jpg

utila 5.jpg

utila.jpg

utila2.jpg

utila3.jpg

  • Gostei! 3
Link para o post
  • 1 mês depois...
  • Membros

@D FABIANO tenho 2 amigos que fizeram Guatemala, Honduras, Belize Costa Rica e Panama há alguns anos atrás

Ambos viajam bastante e até hoje falam que esses 2 primeiro países (honduras e guatemala) foram com certeza os mais perigosos que já estiveram, muitos trechos não conseguiam pegar ônibus devido o risco de assalto a turistas, muitas cidades do interior não tinha como sair a noite, um deles chegou a ser assaltado não lembro aonde

falam também que nunca viram igual a quantidade de criança sendo exploradas para trabalhar e oferecidas para a prostituição 

Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...