Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

even8008

Locomoção em Jericoacoara

Posts Recomendados

Pesquisando sobre Jeri, aparentemente lá só se locomove de Jardineira ou 4x4, e não tem uber ou coisa parecida. Mas a minha dúvida é sobre quando já está lá e quer ir para um ponto turístico, por exemplo. Como conhecer Jeri sem sair caro essa locomoção? Ou os pontos são tão perto, que não precisa se preocupar com isso?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

5 horas atrás, even8008 disse:

Pesquisando sobre Jeri, aparentemente lá só se locomove de Jardineira ou 4x4, e não tem uber ou coisa parecida. Mas a minha dúvida é sobre quando já está lá e quer ir para um ponto turístico, por exemplo. Como conhecer Jeri sem sair caro essa locomoção? Ou os pontos são tão perto, que não precisa se preocupar com isso?

lá tem opção comum para excursoes e ir por si só!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@even8008 parte das atrações dá para fazer a pé (pedra furada, duna, praias do entorno, farol) e parte só de bugue (lagoa azul, lagoa do Paraíso, mangue, tatajuba, preá). Os passeios de bugue são vendidos em qualquer esquina das ruas da vila. O bugue não é barato, por isso o ideal é ir em grupo de 4 pessoas para compartilhar ou encontrar pessoas lá para dividir.

Para chegar na vila de Jeri você vai até a cidade de Jijoca e lá pega uma jardineira coletiva que é a forma mais barata. Na vila não precisa estar de carro pois é pequena.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por Marcela Guimaraes
      EXPERIÊNCIA EM JERICOACOARA
      Vou fazer aqui um resumão da viagem😉. Começando pelo transfer. Existem duas formas de chegar até Jeri, uma é saindo de Fortaleza e a outra é saindo de Cruz, uma cidade que fica bem mais próxima de Jeri. Saindo de Fortaleza o translado dura em torno de 6 horas, são 5 horas de Fortaleza até Jijoca e mais uma hora de Jijoca até a Vila de Jeri. Saindo de Cruz o translado até a Vila de Jeri dura em torno de uma hora e meia. Só lembrando que Jericoacoara não tem aeroporto, é em Cruz o aeroporto mais próximo de Jeri.
      Chegando em Jijoca é cobrada uma taxa de turismo, o valor é de 5 reais por cada dia que você vai ficar na cidade. Bom, tem 3 opções de Passeios em Jeri, são os seguintes: Passeio do Lado Leste, Passeio do Lado Oeste e o Passeio de Barrinha. Esses passeios são feitos de buggy ou de Jardineira(Hilux). O Passeio do Lado Oeste inclui: Mangue Seco, Cavalo Marinho, Tirolesa, Tobogã e Lagoa da Tatajuba. O passeio do Lado Leste inclui: Pedra Furada, Árvore da Preguiça, Praia do Preá, Lagoa Azul e Lagoa do Paraíso. Vou agora um falar um pouco de cada um dos passeio👇👇👇.
      O Mangue Seco tem um cenário incrível, bem diferente, você não encontra um cenário como esse em nenhum outro lugar, dá pra colocar a criatividade pra funcionar e tirar várias fotos perfeitas📸. Pena que a parada é rápida de apenas 20 minutos, por isso tem que correr pra poder aproveitar bem. O passeio do cavalo marinho optamos por não fazer, pra fazer o passeio você tem que pagar R$ 15, além disso não é certeza encontrar os cavalos marinhos, tem a possibilidade de fazer o percurso sem encontrar nada.
      Pra quem gosta de aventura tem a tirolesa e o tobogã, os dois fazem parte do passeio do Lado Oeste. Pra você participar dessa brincadeira tem que pagar R$ 15. Pagando esse valor você tem direito a descer duas vezes na tirolesa ou duas descidas no tobogã. A última parada do passeio do Lado Oeste é na Lagoa da Tatajuba, lá você pode tirar aquela tradicional foto na rede📸. Além disso, em Tatajuba também tem passeio de canoa e de standup, quem optar por fazer esses passeios tem que pagar R$ 30 por 30 minutos.
      Na Tatajuba é o ponto de parada para o almoço. Sinceramente, não gostamos da comida, além de muito cara não tem qualidade nenhuma. O peixe mais barato lá é R$ 120, tem porções minúsculas de camarão ou de lagostas por R$ 100, tudo um absurdo. A dica é levar alguma coisa pra comer por lá e deixar pra almoçar quando voltar para Vila, é bem melhor.
      A Pedra Furada é o cartão postal de Jeri, o passeio até a Pedra pode ser feito de duas formas, uma delas é caminhando da Vila até o local que fica a Pedra, normalmente essa caminhada está inclusa no transfer das agências de turismo. A outra forma de ir até a Pedra Furada é no passeio do Lado Leste, onde o bugueiro deixa você em um ponto mais próximo da Pedra, o restante do trajeto tem que fazer caminhando, são mais ou menos uns 20 minutos de caminhada pra ir e mais 20 pra voltar, todo esse trajeto é feito pela praia. No trajeto da Pedra Furada que sai caminhando da Vila, o percurso é bem mais longo, são mais ou menos uns 40 minutos pra ir e mais 40 pra voltar. A caminha até a Pedra Furada é bem longa e cansativa, por isso é bom ir preparado e bem hidratado. Lá na Pedra você vai poder usar a criatividade para tirar fotos nas mais diversas poses📸, dá pra fazer muitas fotos legais.
      Na Árvore da Preguiça é feita uma paradinha rápida para poder tirar fotos. A árvore fica no meio do nada, é bem interessante. Dá pra tirar muitas fotos bacanas também📸. Outro ponto do passeio é a praia do Preá, nessa praia também a parada é rápida, apenas para algumas fotos📸. O Preá tem uma estrutura muito boa de restaurantes, por isso optamos por almoçar lá, pois os preços são bem mais em conta que na Lagoa do Paraíso.
      No período que fomos (no final de maio agora), as lagoas estavam muito cheias, devido as fortes chuvas do primeiro semestre, por isso não deu pra aproveitar muito, principalmente a Lagoa Azul, pois a água estava muito turva, não estava legal nem pra tomar banho e nem pra tirar fotos. Na Lagoa do Paraíso fomos no Alchymist. O Alchymist é o local mais badalado e mais procurado de Jeri, as pessoas costumam ir lá pra tirar aquela foto que vai arrasar no insta📸. A barraca tem uma estrutura extraordinária, coisa de outro mundo, é tudo muito lindo lá, parece coisa de cinema. Pena que dessa vez a Lagoa estava muito cheia, por causa das fortes chuvas que aconteceram no primeiro semestre, isso acabou comprometendo um pouco a beleza do lugar. Mas a vibe da Alchymist é surreal, é um ambiente muito agradável, com um dj tocando músicas bem animadas. A barraca fica na Lagoa do Paraíso, além dessa barraca tem várias outras opções, por isso, se você não quiser ir na Alchymist, é só pedir ao bugueiro para lhe levar em outra barraca. Os preços da barraca são bem elevados, por isso vá com seu bolso preparado💸💸💸.
      A Lagoa do Amâncio é um dos pontos em Jeri onde você pode encontrar água bemmmmm cristalina. Por incrível que pareça, essa Lagoa é formada por água das chuvas, e com o passar do tempo, conforme o período de chuvas vai passando a Lagoa vai sumindo. Atualmente a Lagoa do Amâncio é um dos poucos locais onde você pode encontrar água cristalina. Devido às chuvas intensas do primeiro semestre, as demais Lagoas estão muito cheias e com a água turva, por isso, na hora do passeio vale a pena priorizar e reservar mais tempo para Lagoa do Amâncio. Nós fomos na Lagoa do Amâncio quando fizemos o passeio do Lado Leste. Essa Lagoa não está inclusa no passeio do Lado Leste, mas pedimos o bugueiro para nos levar até lá, pois é caminho dos demais passeios. O guia gentilmente nos levou sem cobrar nenhum custo adicional. Tomem cuidado pois alguns bugueiros querem cobrar para fazer apenas o passeio da Lagoa do Amâncio.
      Em Jeri também a duna do pôr do sol, que é onde as pessoas se reúnem no final da tarde para apreciar um belo pôr do sol. Como tudo que é bom dura pouco😁😁😁, é bom chegar cedo na duna, por volta das 17 horas, pois o sol se põe muito rápido. Você não vai querer perder uma belezura dessas né?! Apesar da duna ficar lotada, não se preocupe, tem espaço pra todo mundo tirar aquela fotinha especia 📸. Esse é um cenário que vale a pena apreciar todos os dias que você estiver por lá, cada dia é um espetáculo diferente da natureza😉
      Um ponto de destaque de Jeri é a segurança, você pode andar a qualquer hora do dia ou da noite, é tudo muito seguro por lá. A Vila é bem pequena, os hotéis e pousadas que ficam dentro da Vila são todos bem localizados, não precisa se preocupar. A gastronomia de Jeri também é maravilhosa, tem opções para todos os gostos e bolsos, desde os tradicionais frutos do mar até massas, pizzas e tudo mais que você imaginar. Os restaurantes que mais gostamos foram o Na Casa Dela e o Dona Amélia,  nos dois a experiência foi incrível. Resumindo, Jeri é uma cidade incrível, tem uma energia muito boa, vale muita a pena conhecer😍😍😍. Quem tiver alguma dúvida é só deixar aqui nos comentários.😉
      No meu instagram tem dicas, fotos, vídeos e os preços dos principais passeios e restaurantes de Jeri. Quem quiser pode conferir minha viagem completa lá: www.instagram.com/turistainiciante
    • Por Marília Vicentini
      Oi pessoal,
       
      Estou querendo ir para a Chapada dos Veadeiros na primeira semana de Setembro! Alguém está planejando o mesmo e quer dividir os custos de carro e guia?
      Bjs
    • Por Alinny Miranda
      Iaeww Glrr, eu outra vez por aqui. O tema hoje é sobre uma viagem por algumas praias na região do Ceará. 
      Fortaleza x Jericoacoara x Praia da Baleia x Trilha pela praia do Mundaú x Fortaleza. Depois 4 dias e chegamos em Bogotá, mas essa já é outra historia  
      Voltei para Fortaleza depois de 7 meses de estrada, chegando na cidade não poderia buscar outro trabalho que não fosse um HOSTELLLL, hahahaha. Consegui um em Fortaleza mesmo, fiquei trabalhando com eles por 4 meses e por incrível que pareça no último dia de trabalho conheci a Cony, uma jovem viajante de 60 anos, ela me mostrou que para ser feliz nos só precisamos realmente querer. Nessa mesma noite conversamos sobre meus últimos dias em Fortaleza, viagens e muito mais, ela me falou que queria muito ir para Jericoacoara, e eu poucos dias antes sem nem imaginar que iria  há conheceria estava me programando para ir a Jeri, só que não queria ir sozinha. Entãoooooo Adivinhem o que aconteceuuuuuu!!   
      Perguntei; o você acha se vamos juntas, ela me respondeu: "SERIOOOOOOOOOOO!! Aiiii meu DEUSSSSS".
      Juro foi exatamente assim, estava muito emocionada por não começar sua viagem sozinha. 
      Então Parrrrtiuuuuuu JERI/CE 

      Como eu tinha pouco tempo em Fortaleza e saímos da cidade de ônibus tive a ideia de chamar minha mãe. Que ficou com a gente apenas 2 dias e voltou para Fortaleza de ônibus (Mami Nutella), que ela não leia isso. Porfiz Deus kkkkkkkkkk 
       
      Com ônibus por pessoa R$ 35 reais, saindo de Fortaleza e chegando a uma cidade chamada Preá/CE, localizada a 10km de Jeri. Sempre tem muitos carros indo para Jeri, então super tranquilo de conseguir carona. Resultando que em Preá pegamos carona até a vila de Jericoacoara, procuramos um camping, porque minha mãe ia ficar com a gente por 1 noite então com certeza não ia deixar minha mãe dormir em qualquer lugar ^-^  
      Mas a economia foi muito boa, porque um ônibus de Fortaleza para a Vila de Jericoacoara custa entre R$80.00 a R$100.00 dependendo da época que você vai. 
      1º Dia - Praia da vila e Mirante Pedra Furada
      No primeiro dia saimos para aproveitar a praia da vila, minha mãe estava cansada da viagem, então não queria ir muito longe. 

      Praia da Vila, Jericoacoara/Ce
      Tivemos a grande ideia de subir esse morro logo atrás, esse tem uma vista muita bonita da pedra furada.  
      Ficamos nessa praia praticamente todo o dia, o mar de águas tranquilas, é possível caminhar muito e não chega nem até a cintura, porém é necessário sempre muito cuidado com os períodos de maré, a noite saímos para ouvir um pouco de música, a noite em Jeri é realmente uma das melhores, tem música para todos os gostos desde o Rock ou Funk hahahaha, caipinha no preço e muita gente, voltamos ao camping e pronto primeiro dia finalizado com sucesso. Hora de agradecer e descansar. 
      2º Dia - Duna do Por do sol
      Na manhã do dia seguinte tomamos café e saimos novamente a praia, minha mãe já levou todas as coisas dela para a pequena rodoviária na Vila de Jeri e tiramos o dia para fotos, por do sol e boas gargalhadas. mi mama é linda de mais!!!!

       
      Pôr do sol nas dunas de Jeri, realmente não tem nada como essa vista. Vale muito apena, para mim é a melhor parte de Jeri é aproveitar esse entardecer.

      Praia da Duna, Jericoacoara/CE
      Nessa noite minha mãe voltou para casa de ônibus, Cony e eu continuamos nossa aventura. A partir dessa noite já nos tocava dormir na PRAÇA principal da vila, já estávamos preparadas psicologicamente para isso. kkkkkkkkkkkk 
      Chegamos na praça, colocamos os isolantes térmicos com nossos sacos de dormir, estávamos tão cansadas do dia que quando nos despertamos já havia sol, organizamos as mochilas e saímos com destino a Lagoa do Paraíso. 
      3º dia - Lagoa do Paraíso
      Uma longa estrada, com 2 caronas caronas para ir e uma para voltar, mas conseguimos!! Chegamos na tão esperada Lagoa. 

      Video_20190107214722562_by_videomaker.mp4


      Lagoa do Paraíso/CE
      Ao final do dia, já estavamos super cansadas e assim que chegamos a vila, direto para a "cama"; Antes só uma parada para a foto, pra não perder o costume sabe! kkkkkkk

      Vila de Jericoacoara/Ce
      No final do terceiro dia já haviamos conhecido tudo,Praia da vila, pôr do sol na duna, mirante da pedra furada e lagoa do paraíso, já estava na hora de ir embora. Então pensamos e decidimos que iamos voltar para Fortaleza logo na manhã, mas a volta seria de carona.
       
      4º / 5º Dia - Vila de Jericoacoara x Praia da Baleia 
      Bom, a gente realmente ia voltar para Fortaleza, mas o motorista passou tão perto da praia da Baleia que a gente pulou do caminhão e decidimos passar uma noite nessa praia, mas onde íamos dormir???? essa é uma cidade um pouco menos movimentada e como não tínhamos barraca estávamos muito expostas. Bom, mesmo assim!! não importa, vamosssss.. 
      Mas duas caronas e chegamos na praia, compramos comida em um mercadinho, na cidade tinha uma praça principal com uma igreja que fica bem em frente a descida para a praia, nos informamos onde estaria o melhor pôr do sol, nos falaram que deveriamos ir a uma subida de terra que fica logo atrás da igrejinha, o caminho começa bem, até com algumas casas durante a subida, depois um pouco mais íngreme e com uma areia muito fofa e muito difícil de subir, nos encontramos com umas galinhas que por ai andavam buscando comida, seguimos subindo até que chegamos ao topo e foi possível ter uma vista muito linda da cidade, antes que ficasse completamente escuro começamos a descer, com muito cuidado por conta da areia e quando chegamos à beira da praia, ainda de boca entre aberta pelo entardecer que presenciamos em cima do morro nos emociona ao ver a cor alaranjada que se que vinha do céu até a areia em baixo dos nossos pés. 
       

      Praia da Baléia - Entardecer
      haviamos deixado nossas coisas em uma barraca de praia, então voltamos pelas mochilas, cuando estavamos descendo encontramos com uma Sra que nos perguntou de onde eramos, Cony é colombiana, mas vive em Toulouse/França e a Sra se admirou com a coragem de Cony en viajar como mochileira e nos convidou a sua casa por essa noite, bom ficamos duas noites. 
      No dia seguinte aproveitamos para descansar, ajudar a Sra que cuidava muito bem do seu jardim  

       
      Glr pra não ficar super grande eu fazer a 2 parte... 6º Dia Caminhada de 12km da praia da Baleia para o Trairi.
      Até a mais!!!!
       
    • Por michele.caetano
      Utilizo há anos esse site para pesquisar roteiros de viagens, dicas, custos e, finalmente, venho aqui dar minha contribuição. Trata-se de um relato de uma viagem de um jovem casal apaixonado, em lua de mel, que teve de enfrentar uma cotação de R$ 4,50 a R$ 5,00. Que fase! Com muito planejamento e foco conseguimos fazer uma bela viagem de 23 dias na primavera européia ❤️. 
      Fizemos uma lista virtual de presentes, então boa parte dos passeios que fizemos ganhamos de presente dos nossos queridos amigos e familiares 🥰.
      Roteiro:
      Paris - 5 dias (26/04 - 01/05)
      Praga - 3 dias (01 - 04/05)
      Viena - 2 dias (04 - 06/05)
      Budapeste - 3 dias (06 - 09/05)
      Nápoles - 1 dia (09 - 10/05)
      Sorrento - 2 dias (10 - 12/05)
      Ilha de Capri - 1 dia (12 - 13/05)
      Maiori - 1 dia (13 - 14/05)
      Roma - 5 dias (14 - 19/05)
      Primeira dica: Sempre que pensar no número de dias que quer ficar num lugar acrescente mais 1, porque o dia que você chega e sai da cidade fica bastante comprometido com os deslocamentos. E às vezes algum imprevisto também pode "atrasar" seu roteiro, como um dia inteiro de chuva no dia que tinha planejado várias coisas ao ar livre. Nesse roteiro recomendaria acrescentar pelo menos mais 1 dia em Paris, Praga e Budapeste. E mais 1 em Capri se você estiver com dinheiro sobrando ou pegar um câmbio melhor, rs. 
      Segunda dica: A primavera européia nada tem a ver com a nossa! Pegamos bastante frio, especialmente em Paris e no Leste Europeu. Importante colocar na mala uma blusa e calça térmicas e um casaco mais quentinho. Nesse lugares eu saía normalmente com uma camisa de manga curta, blusa térmica (manga comprida), uma blusa mais grossa de manga comprida, casaco e cachecol. Ah, e calça térmica por baixo da calça jeans.
      Paris
      Hospedagem: Ficamos num apartamento ótimo em Montmartre pelo Airbnb, bem equipado, com uma vista incrível da Torre Eiffel e metrô em frente (estação Pigalle). Apesar de ouvir muita gente dizer que este é um bairro mais perigoso em Paris, tenho que discordar. Havia bastante movimento nessa rua até tarde, bem iluminado, farto comércio e restaurantes na região. Nos sentimos super seguros lá, inclusive à noite. Adorei! Valor da diária c/ taxas: € 114 (casal).
      Link: https://www.airbnb.com.br/rooms/882192?guests=1&adults=1&sl_alternate_dates_exclusion=true&source_impression_id=p3_1559085549_zGi%2BIA2ncnTDvdEE&check_in=&check_out=&children=0&infants=0
       
      Saindo do aeroporto Charles de Gaulle: Pegamos um trem (€ 10,30 p/ pessoa) até a estação Gare du Nord e de lá pegamos o metrô até a estação Pigalle.
      Transporte: Compramos o combo de 10 tickets de metrô por R$ 14,90. Vale a pena porque paga mais barato no valor unitário da passagem. No total compramos 30 tickets para os 5 dias.
       
      Gastos casal - 5 dias:
      Alimentação: €425 - média de €85/dia (contando mercado, restaurante, lanches etc)
      Atrações turísticas: €233 - média de €47/dia
      Transporte: €147 - média de €30/dia
      Paris é uma cidade bem cara. A gente comia no máximo 1 vez por dia em restaurante, almoço ou janta, e ainda assim gastamos bastante com alimentação. Pra economizar, vale a pena ir ao mercado caso tenha cozinha no seu ap. Queijos e vinhos são uma boa pedida. Compramos um ótimo vinho por menos de €5!
       
      Dia 1
      Chegamos antes do horário de check-in. Então, deixamos as malas no apartamento e fomos explorar as principais atrações do bairro:
      Muro Je t'aime, Sacré-Coeur e Place du Tertre
      Muro J t'aime

      Sacre Croeur

      Vista da Sacre Croeur
      Almoço: Na verdade foi um lanche. Comemos baguetes num quiosque que tinha no caminho pra Sacre Croeur: 2 baguetes e 1 coca - €12,30
      Seguimos para o Trocadero pra aproveitar que o dia ainda estava claro e bonito e ver a torre mais de pertinho. Lá comemos nosso primeiro crepe de rua parisiense (eu amo!) - €3,50 cada. Depois de curtirmos um pouco, caminhamos beirando o rio Sena e fomos até a Champs-Élysées e o Arco do Triunfo. Depois dessa bela caminhada voltamos pro ap pra tomar um  banho quentinho e sairmos para o nosso primeiro jantar romântico da viagem.

      Tracadero

      Trocadero

      Champs-Élysées

      Arco do Triunfo
       
      Jantar romântico (um dos presentes de casamento): Restaurante Bouillon pigalle - foi um achado porque jantar em Paris sem gastar uma fortuna é uma missão difícil e o restaurante ficava praticamente do lado do nosso apartamento. 2 entradas, 2 pratos principais, 1 sobremesa e uma jarra de vinho da casa saíram por 50 euros, incluindo uma pequena gorjeta. E não é um menu não, você escolhe seus pratos individualmente. Foi um ótimo custo-benefício! Recomendo a sopa de cebola de entrada e o profiterole de sobremesa. Os pratos principais estavam bons, mas nada que chamasse a atenção. Os parisienses também curtem o local, então é bom chegar cedo porque já começa a ter fila antes das 20h e eles não fazem reserva. 
      E pra finalizar uma foto da sacada do nosso apartamento com uma bela vista da Torre Eiffel. Era incrível acordar e dormir com essa vista!

       
       
       
    • Por WikiRota
      Olá Pessoal, tudo bem?
      Gostaríamos de sugerir a vocês o aplicativo WikiRota para auxiliar no planejamento da viagem.
      O que oferecemos:
      - Pedágios que estão no seu percurso, com a posição real no mapa
      - Distância a ser percorrida
      - Tempo da sua viagem
      - Possibilidade de calcular a viagem de ida e volta
      - Valor total da sua rota
      - Calcular a rota com até 21 destinos- Calcular a rota com até 21 destinos
      - Alterar a rota no próprio mapa
      - Incluir Custo Adicional no total calculado.

      O WikiRota está disponível para iOS e Android.
      Ah, temos também o nosso site que faz os mesmos cálculos que o app:
      https://www.wikirota.com
      Abs,
      Equipe WikiRota


×
×
  • Criar Novo...