Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Posts Recomendados

5 Dias em Alter do Chão. Como economizar o máximo possível. Outubro de 2018

Chegando ao aeroporto de Santarém, fui diretamente ao lado que fica a parada do ônibus que leva até o centro da cidade. O ideal, é ficar 2 paradas após a estrada que liga a Santarém a Alter do Chão, pois de meia em meia hora, passa um desses ônibus que leva até a Vila de Alter.
Pode também ir até o centro da cidade e pegar o busão até a Vila, porém é uma imensa perca de tempo.
Se gasta aproximadamente 5 reais nas 2 passagens de ônibus, (Aeroporto a entrada da estrada a Vila e o outro ônibus da entrada até a Vila).
Em Alter do Chão, já na Vila, já deve ter feito a reserva da pousada, hotel, hostel ou quarto, reserve pelo AIRBNB, é muito mais barato e se tem muitas dicas das pessoas que do local me deram.
1 dia, foi a chegada na Vila, fui direto para a Praia, atravessei de canoa, paguei 1 real, pois dividi com  mais 3 pessoas a travessia. Tomei uma cerveja para melhor contemplar aquele espetáculo inacreditável que estava vendo, Alter é simplesmente FANTÁSTICO, lindo mesmo. Após degustar a cerveja, fui dar um mergulho, naquela água azul esverdeada. Estava morna, é isso mesmo, a água é morna, gostosa e não dá vontade de sair nem para comer, e olha que eu estava varado de fome.
Lá pelas 15 hora, a fome apertou e pedi para o garçom trazer 1/4 de tambaqui, (pensa em um peixe saboroso), e mais 1 cerveja. paguei 20 reais pelo almoço (1/4 de tambaqui, arroz, feijão, farofa, molho + a cerveja). No jantar, a atendente da pousada, me falou que era para ir no CAT, no final da rua e lá tinha sopa por um bom preço, eu diria, excelente peço, 10 reais com direito a 3 ovos, não dei conta de comer tudo, era muita comida, provavelmente para 2 ou 3 pessoas.
2 dia, fui a praia e lá tinha um passeio para outra praia, Ponta de Pedras, em um barco regional, 25 reais por pessoa com direito a uns lanches que dão a cada 15 a 20 minutos, comi muito, que na hora do almoço, (não incluso), não estava com fome, e no retorno, paramos para apreciar um belíssimo por do sol em outra praia, Ponta do Cururu. O jantar foi o mesmo do dia anterior
3 dia, fui a Ponta do Cururu, pois tinha achado muito linda e queria passar o dia lá, não tem onde comprar nada, tem de levar de Alter do Chão. Como dividi com mais 5 pessoas o valor do passeio, 15 reais para cada, levamos refri, cerveja, bolachas e frangos assados, foi diversão maravilhosa, pois as pessoas que foram em outras lanchas ou barcos, se juntaram a nós e todos comeram e beberam de tudo, pois todos levaram comidas e bebidas, era como se fossemos conhecidos a longos tempos.
4 dia. fui a Pindobal, o grupo do dia anterior, todos juntos em lanchas, 4 lanchas se não me fala a memória, só que em Pindobal, já na cidade de Belterra, tem uma boa infra estrutura, não como de Alter do Chão, porém tem o que comer e beber, como também pousadas. Diversão garantida.
5 dia, fiquei em alter mesmo, queria ficar naquela água abençoada pelos deuses, passeio horas e horas, até me lembrar que o voo saia pela tarde

Gasto total, sem as passagens: 600 reais, tinha levado 2 mil. O segredo foi dividir TUDO, tem pessoas indo e vindo ao mesmo lugar que você quer ir.
Se você não dividir com outras pessoas, os passeios ou a travessia a ilha, vais gastar muito mais.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×