Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

appriim

Patagônia Sozinha (Ushuaia , El Calafate, Puerto Natales e El Chaltén) – DEZEMBRO/2018 –JANEIRO/2019

Posts Recomendados



Em 17/02/2019 em 10:31, FlavioToc disse:

Continue a escrever, está muito bom. Vou esperar por mais.

Obrigada Flavio

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi, oii! voltei com mais um pouquinho da viagem. Espero que estejam gostando 😉

27/12 – EL CALAFATE – PUERTO NATALES   (ÔNIBUS)

Depois da emoção da passagem, chegou a hora de partir para Puerto Natales no Chile. A viagem até lá dura cerca de 5 horas. Leve seu travesseirinho e aproveite para descansar.

Dica da Ana: Sempre que tenho uma viagem de ônibus longa durante o dia, procuro sair na noite anterior, beber um pouco e ir dormir mais tarde. Se você tem problemas para acordar, não recomendo isso 😂😂 comigo funciona, vou a viagem inteira dormindo como um anjo.

No ônibus eles entregaram um formulário para a imigração no Chile. Você não pode entrar no pais com alimentos in natura, caso seja pego com esse tipo de produto, pode ser multado e também perder os alimentos. No formulário eles pedem pra você declarar se tem alimentos de origem animal ou vegetal, não sei como funciona, se eles analisam antes de autorizar a entrada no país. Enfim, se você estiver fazendo essa viagem de carro/motor home, é interessante pesquisar um pouco mais para não perder comida ou ter que pagar multa.

Quando carimbam o seu passaporte, eles te entregam um papel, GUARDE ESSE PAPEL, você vai precisar dele para sair. Não lembrode ninguém ter me instruído à guarda-lo, por sorte tinha jogado na minha pastinha junto com outros documentos.

Puerto Natales foi a cidade que menos pesquisei. Ela é bem direcionada para o turismo de aventura, vi várias lojas com artigos esportivos, as ruas são planas e é fácil de se locomover. Também vi lojas que alugam equipamentos (barracas, sacos de dormir e até botas) para você utilizar nos trekkings ou circuitos.

Mais ou menos 12h30 o motorista fez uma parada no centro antes de ir até a Rodoviária e eu desci ali mesmo, sem saber pra onde ir kkkk pedi algumas informações e fui até o hostel deixei a minha mochila e fui dar uma volta, procurei alguma casa de cambio e ver o oceano Pacífico.

20181227_124637.thumb.jpg.1a42d59fc80741d53f52675a3c3c8d46.jpg

Oceano Pacífico

20181227_131400.thumb.jpg.42441fc7108df1af0da6113b2b8f16e5.jpg

20181227_150825.thumb.jpg.4b5f4b8a32987ce00aef8ef1369cc50e.jpg

Pra quem não sabe, em muitas cidades da patagônia fazem a tal da siesta, nada mais é que um horário de almoço prolongado, cerca de 3 horas. Durante a minha volta para conhecer o centro de Puerto Natales eu encontrei algumas poucas almas andando pela cidade, a maioria das lojas estavam fechadas e eu só conseguia pensar: “O que eu tô fazendo aqui?” kkkkkkkkkk

Dentro da casa de cambio encontrei a Célia, uma brasileira de SP que também estava viajando sozinha, dali decidimos almoçar juntas. E na minha primeira refeição já pude sentir que o Chile era caro mesmo. Comi salmão com batata e bebi um suco, que me custaram singelos R$ 90,00.

Encontrei esse cachorro dentro da casa de cambio. Aliás, tem muito cachorro por lá. ficam soltos pelas ruas, mas a maioria está bem cuidado.

20181227_132035.thumb.jpg.dee1b3a8c14544dee725c8f1095fc71b.jpg

Depois de muito papo com a Célia, voltei para o hostel e fiz meu check-in. Um dos staffs do hostel era o Andrés, um colombiano que já morou no RJ e fala mais do que eu. Tomamos um café forte e saboroso (o café da argentina parece mais um “chafé”) enquanto ele me explicava sobre o Parque Torres del Paine e as opções de passeio.

Passei no mercado para comprar algumas comidinhas para os passeios do dia seguinte. Fiquei um pouco assustada ao me deparar com as prateleiras dos mercados vazias. Não tinha muitas opções de frutas, pouca carne e não encontrei ovos. Não sei ao certo dizer o motivo, se era pela alta temporada ou outra razão. Fui ao mercado e depois passei em outras 3 vendinhas para comprar tudo que precisava.

À noite fomos até o Baguales, é um barzinho bem legal, com música e estava cheio. Eles servem porções e possui uma variedade boa de chopes.

20181227_171248.thumb.jpg.df71cb60c56068619a5d9db23b100ef5.jpg

20181227_190548.thumb.jpg.294f7ea8ba587b91b3848acf40fa78de.jpg

20181227_203853.thumb.jpg.73c458150ef292427e278e6c31a2a4eb.jpg

Esse é o pãozinho de de lá kkkk achei estranho, tem assim redondinho e quadrado.

 

28/12 – PUERTO NATALES – FULL DAY TORRES DEL PAINE

Não tive muita sorte com o tempo nos dias que estava em Puerto Natales. Logo que cheguei estava chovendo bastante e a previsão para o dia seguinte não era muito diferente. A minha preferencia era tempo bom para fazer o trekking até Base de Torres, então neste dia preferi fazer o Full Day.

Dica de app: WINDY é um aplicativo de previsão do tempo, foi um piloto de avião que me indicou. Ele funciona bem e me surpreendeu com os acertos da previsão, mesmo no clima louco da patagônia. Possui várias ferramentas, direção dos ventos, ondas, etc., eu não entendo nada, olho o desenho da previsão e pronto kkkkk Ele foi fundamental pra decidir a ordem alguns passeios.

Bastante gente usa Puerto Natales como cidade-base para o Parque Torres del Paine, como porta de entrada para depois fazer um dos circuitos ou fazer bate-volta, que era o meu caso.

Comprei esse passeio diretamente no hostel por CLP 25.000,00. O ônibus passou para me buscar às 7h. Esse é um passeio de dia inteiro, lembro de retornar depois das 21hrs. Então não façam que nem eu, que sai na noite anterior e fui dormir às 4h kkkk O caminho até o Parque é de 2 horas.

O passeio funciona naquele esquema de para, desce todo mundo, fica um tempinho e volta para o ônibus. Se você estiver com mais pessoas, compensa alugar um carro e fazer o tour no seu tempo e com calma. Mas como estava sozinha, se tornaria muito caro.

Antes de entrar no Parque, paramos na Laguna Amarga, vimos alguns flamingos, tiramos fotos. O dia estava bem cinza e fechado. Depois nos dirigimos até a entrada do parque, onde é necessário desembolsar CLP 21.000. Esse ingresso é válido para 3 dias seguidos, basta você carimba-lo na entrada do dia seguinte.

20181228_100850.thumb.jpg.9222413f0b810d601b9f9bdf90d9301e.jpg

20181228_105211.thumb.jpg.d3875fb106a3d30386a70464c7e06c63.jpg

 

Logo após a entrada do parque, paramos em uma cachoeira muito bonita, não recordo o nome dela, mas deixo algumas fotos.

20181228_111838.thumb.jpg.e0a54e3e5630ef4dddc8d5bd5d65aeb6.jpg

20181228_112636.thumb.jpg.1143b8170d7d939f8696c84e1a254aae.jpg

20181228_110854.thumb.jpg.e6550dd72cb4ea2693937eacecf7b223.jpg

Um pouco de transito patagônico 😂 

Na próxima parada, o ônibus estacionou e fizemos uma caminhada de aproximadamente 25 minutos até a Cachoeira Salto Grande, um pouco mais à frente encontra-se o Mirados Los Cuernos. O lugar é incrível, rodeado por montanhas enormes, o tom da água é de cair o queixo, mesmo em um dia sem sol. Ficamos ali por um tempo. No caminho da volta haviam vários guanacos.

20181228_131238.thumb.jpg.63326525d55cdb1d951f7c280221297d.jpg

Cachoeira Salto Grande

20181228_131840.thumb.jpg.5dc311619803ab4244c1faf604eae567.jpg

20181228_132229.thumb.jpg.d0c746664f20f9575a0cd2b69ca57876.jpg20181228_134113.thumb.jpg.0c138f6354e787f06e02b37059c344a8.jpg

Guanacos

A parada para o almoço foi no Camping Pehoe. O local tinha um restaurante e também contava com algumas mesinhas na área externa para comer seus lanchinhos. A vista é surreal ❤️ achei um tronco de árvore, sentei e ali tive o melhor almoço da minha vida. Comi um simples sanduíche e uma maçã. Depois achei um jeito e deitar, fechei meus olhos e senti a energia e paz que aquele lugar transmite, é inexplicável.

20181228_140548.thumb.jpg.46cab5bbf99c192b6010900ca0be731e.jpg

20181228_142024.thumb.jpg.0d299a67452e0c6e40ce943f5d24e0d9.jpg

Ultimo ponto para conhecer no Parque era o Mirador Grey, para chegar até lá é preciso fazer uma caminhada leve, de mais ou menos 40 min. No mirador forma uma espécie de “prainha” com pedra e areias escuras, dá pra ouvir o barulho das mini ondas que se formam devido ao vento. É lindo, imenso!

20181228_160920.thumb.jpg.5f61673551f0ae4e2e3ad18d97895692.jpg

20181228_162155.thumb.jpg.a391d357558ae0a2950879a3ab7be56d.jpg

20181228_162206.thumb.jpg.e63cc5b2444d8cd8a8b50c905d5d294a.jpg

20181228_175242.thumb.jpg.44c1998516324428638bacdb195cac99.jpg

Torres del Paine é tudo isso que falam, mesmo que eu tenha visto só uma pontinha. Fiquei imaginando a quantidade de beleza e diversidade que esse lugar pode oferecer. Só aumentou a vontade de voltar e fazer um circuito e poder explorar mais esse paraíso na terra.

Até logo 😘

 

 

 

  • Gostei! 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 21/02/2019 em 17:27, SalgadoSJC disse:

obrigado por compartilhar o relato... e o valor total dessa brincadeira ? quanto foi $$$$? valeu

Oii

Eu gastei mais ou menos R$ 7.000,00 com tudo, passagem, hospedagens, passeios, ônibus, alimentação, etc. A minha passagem não foi das mais baratas, já que sai de Floripa. Acho que saiu uns R$ 2.300,00

Dá pra economizar mais se você não beber, cozinhar no hostel. Confesso que cozinhar só pra mim já rola uma preguiça, ainda mais depois de chegar morta das trilhas 😂

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por tqueel
      Conhecer Buenos Aires dá para fazer tudo com muita autonomia, cidade segura e com meios de transporte muito bons, para me movimentar na Argentina utilizei o app Moovit, ele é muito bom e mostra todas as linhas (metrô/ônibus) trocas de meios, etc. Tudo você faz com o mesmo cartão SUBTE, as tarifas variam e você pode deixar ele até 2 passagens negativas (se não me engano), pode ser utilizado por mais de uma pessoa tranquilamente também. 
      É uma cidade Noturna, então não adianta sair tão cedo assim, pois vai encontrar muita coisa fechada.
      Pouquíssimas pessoas em Buenos Aires terão paciência com estrangeiros, mas a cidade continua lindaaa!!
      Ps. O nome do meio de transporte eu chamo de metrô, mas o correto é SUBTE, mas é mais fácil o entendimento. 
      Chegamos a noite e nesse dia apenas fomos direto ao hotel, viemos de buquebus da Colônia del Sacramento, bem mais barato que de Montevideo, rsrs Muito rápido tbm.
      Quando chegamos a internet só funcionava antes de desembarcar, depois esqueça como pedir uber, aí tive que pagar caro em um transfer, mas foi o jeito, eles te mostram uma tabela e você pode pagar em seu cartão de crédito ou money.
      No dia seguinte saímos turistar, ficamos hospedadas no Koten Hotel, bem simples, barato pela região e com café da manhã, mas nada de luxo não, ficava uma quadra da plaza Itália, então muitos ônibus, estação de metrô e com muito comércio perto e não posse deixar de dizer o mais importante, uma Western Union bem pertinho!
      O dia era domingo e eu morrendo de medo de não ter casa de câmbio aberta, pois deixei para trocar direto na Argentina, mas esqueci que era domingo, para minha alegria e sorte a WU estava aberta, geralmente melhor cotação. 
      Pagamos o metrô na plaza Itália e descemos na Catedral, que é uma quadra da casa Rosada, para nossa alegria um dia lindo, ensolarado e aberta a parte da casa rosada (outro dia passamos e só estavam tirando foto de longe), peguei um mapa, pois o wifii das praças de BA diferente do Uruguai NÃO FUNCIONAM quase nunca...
      Encontramos uma feira e fomos passeando por ela, depois descobri que era a de San Telmo, grande variedade, barata!! Indo por ela que se encontra a escultura da Mafalda também, geralmente tem pessoas tirando foto, no domingo filas, rsrs
      Tiramos várias fotos na casa rosada e aproveitamos o sol que tinha no meio da praça, caminhamos até o Obelisco, lá é beeem organizado para foto, com fila, ninguém atrapalha ninguém, gostei disso!!
      Fomos almoçar em um restaurante mais barato, masss, aí tem uma questão SEMPRE confiram bem a contagem e o que vem cobrado, me cobraram café q nem tomamos, etc. Contestei óbvio, mas ainda assim foi em conta, 100 para duas pessoas com bebida. 
      Caminhamos um pouco mais, procurando wifii, fui em um kiosko e não me venderam chip, falaram que eu tinha que ir em uma loja, no fim, fomos no shopping e eu mesma cadastrei, tudo pelo face, bem rápido!
      Fomos no Starbucks, pegamos com Doce de Leite, claro! Ma-ra-vi-lho-so.
      Final de tarde no Porto Madeiro, bonito, cheio de restaurantes, um pouco mais caros...
      A noite fomos no Sullivans era open de Quilmes (Porteño ñ gosta de Quilmes em geral), mas para a brasileira foi ótimo, bebi algumas!! Hahahaha 350 pesos o open!
      Depois queríamos sair dançar, mas segunda é complicado... Iamos caminhar até a balada, nos pararam oferecendo para entrar no Brujas, é péssimo, não gostei, falaram que tocaria Kumbia (o mais próximo de sertanejo kkkk) não tocou, falamos com o cara que nos vendeu sobre isso e para nossa supresa!!! FOMOS EXPULSAS KKKKK não nos deixaram nem pedir uber. Um ponto de atenção é que o uber não está legalizado, então inclusive, nessa área tivemos que pedir mais distante, aeroporto dizem ser quase impossível, mas ir ao aeroporto bem tranquilo.
      No segundo dia passamos o dia no Caminito, pegamos se ñ me engano o 64, na plaza Itália e parou lá na frente, muito fácil e prático. Amei!
      Lá tem os pega turistas das fotos do Tango, caso queira sua foto negocia antes o valor...
      Adorei os artesanatos, realmente mais baratos ali, inclusive me arrependi de não ter comprado algumas coisas!!
      Para equilibrar e tentar economizar nesse dia almoçamos fast food, dei uma nota e aguardei o troco, acredita que a menina não iria me passar? Isso são situações chatas, mas que aqui no Brasil também ocorrem, então tranquilo...
      A noite fomos ao mercado, comemos uma empanada e um chocolate em um café e deitamos cedo, turistar cansa também. 
      No terceiro dia, esse quase morri, caminhamos MUIIITOOO, depois quando estávamos quase chegando lembramos que poderíamos ter pego ônibus/metrô kkkkk
      Fomos ao Rosedal de Pallermo, muito lindo, o lugar que mais me encantou, de verdade!! E ainda quando chegamos os trabalhadores nos entregaram rosas que estavam podando, achei linda a atitude e fiquei toda boba! Hahahahaha
      Depois disso fomos caminhando até a Floralis, tiramos umas fotos e descansamos, acerca dali tem a faculdade de derecho, aproveitamos e passamos no cemitério, mas como não faz muito nosso estilo de turismo, não quisemos ficar muito ali, rsrs na praça do cemitério tem aquelas cabines de telefone (igual de London) para fazer fotos.
      E não paramos por aí, hahahaha 
      Fomos na biblioteca El Ateneo, muito linda, tem um café no fundo, amei!!!
      Almoçamos, tipo jantar junto, pois era bem tarde... fast food novamente, rsrs
      E nesse dia nem pensar em levantar, estávamos MORTAS! Pois ainda caminhamos até o hotel, rsrs
      No último dia, fomos ao Jardim botânico, bem bonito, organizado...
      Fomos sentido casa Rosada novamente caminhamos mais (nesse dia q estava fechado os portões), fomos até o Obelisco e ali próximo almoçamos em um restaurante muito bom (precisávamos comida). 
      A tarde caminhamos na calle Florida, tem várias lojas, lembrancinhas, tudo que você imaginar na verdade, uma coisa que eu não podia deixar de passar antes de ir embora era o café Havanna, muito charmoso, gostoso, lógico que pedimos outro de doce de leite!
      A noite fomos no local onde minha amiga trabalha, cara, que lugar MASSA, o nome é BIERLIFE, você gosta de chopp artesanal? Tem que ir lá!! Várias torneiras de chopp de todos os tipos, você pode provar antes de pedir e tem o happy hour, voltamos umas 21 e foi bem tranquilo de SUBTE, até porque a cidade é noturna.
      No dia seguinte pedimos Uber para o aeroporto, foi metade do valor que seria de táxi, ou seja, vale muito a pena, como não está regulamentado, sempre sentar adelante e tratar como conhecido ao descer.
      Eu super retornaria, pois a cidade é bonita, limpa, fácil de se locomover e conhecer tudo por conta.
      Umas das coisas que mais queria conhecer era o zoo de Lujan, mas ir sozinha é complicado pelas fotos, mas o bom que tem ônibus que vai direto até lá e não precisa pagar o absurdo dos transfer, joga no moovit e já aparece!!
       








    • Por Gabi.Koen
      Olá, pessoal! Tudo bem?🥰

      Eu e meu marido nos casamos em abril deste ano e planejamos nossa lua de mel para janeiro de 2020, aproveitando uma baita promo de passagens para Uruguai e Chile.
      Mas… A escola onde meu marido dava aulas passou por uma remodelação e ele perdeu o emprego. Um baque em nossas organizações financeiras. Até pensamos em cancelar a viagem.
      Mas… Como eu também não estou feliz com meu trabalho atual, decidimos transformar esse susto em uma oportunidade: não usaremos as passagens de volta e seguiremos mochilando pela América do Sul até onde o destino permitir (e a grana também hehe).
      Chegaremos no Uruguai no dia 01/01/20 e ficamos em Montevidéu até dia 08/1. De lá, seguimos para Santiago do Chile.
      A partir daí, nossas datas serão totalmente flexíveis e estamos planejando ir para o Atacama no final de janeiro, de lá ir até o Salar de Uyuni, viajar pela Bolívia e chegar até ao Peru.
      Pretendemos tentar couchsurfing, worldpackers … Tanto para conhecer pessoas novas como para economizar (afinal, quanto mais economizarmos, mais longe conseguiremos chegar hehe)

      Enfim, resolvi postar aqui em busca de dicas, sugestões de roteiros, lugares imperdíveis, passeios, aventuras, amigos, dicas de hospedagem, de como economizar ao máximo e tudo mais!
      Alguém planejando alguma aventura parecida para estas datas?
    • Por Dimofski Antonio
      Boa noite meus amigos, estou começando a me organizar para uma expedição até Ushuaia, partindo de Bauru SP.
      Tenho um chevrolet tracker 2018 super confortável para estrada e boa dirigibilidade.
      Alguém que já fez uma viagem de longa distância com um carro desses ?
      Abraço e obrigado.
    • Por vagner xavier
      Olá pessoal, tudo bem?
      Em outubro estou indo para Ushuaia (02/10 até 12/10), gostaria de saber se vai ter alguém daqui por lá.
      Para podemos marca uma cerveja ou sair comer e conversar.
      Abraços


×
×
  • Criar Novo...