Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

Bom, vou colaborar com nosso relato de viagem por dois países da América Central realizado entre fev e mar/19. Ressalto que a melhor época para visitar a região é de janeiro a abril para fugir das chuvas.

O custo total da viagem foi R$6000,00, sendo:

R$1500 (passagem São Paulo – San José) pela Avianca

R$ 500 (passagem San José – Cidade da Guatemala) pela Copa

R$ 600 (hospedagens em hostel)

R$ 500 (ônibus/shuttles na Guatemala)

R$ 400 (aluguel do carro) + R$150 combustível na Costa Rica (valor por pessoa em carro 4 pessoas)

+ demais custos com alimentação e passeios

 

Os roteiros foram os seguintes

Costa Rica 9 dias: todo o roteiro realizado com carro alugado (aprox. 50usd/dia)

Chegada em San José – Pq. Manuel Antonio – Cartago (vulcão Irazú) – Vulcão Poás – La Fortuna (Arenal + Rio Celeste) – Tamarindo (Playa Conchal e Hermosa)

 

Guatemala 9 dias: todos os deslocamentos realizados por ônibus/shuttle (possível comprar pelo site GuateGO), mas recomendo fechar com as agências locais que fica bem mais barato.

Chegada na Cidade da Guatemala – Antígua (vulcões Pacaya e Acatenango) – Panajachel (Lago Atitlán) – Lanquin (Semuc Champey) – Flores (Tikal)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Costa Rica

Um país bem americanizado que aceita dólar em quase todos os estabelecimentos e seu lema é Pura Vida.

O prato típico é chamado ‘casado’ e é muito parecido com o nosso PF haha (arroz, feijão, carne ou frango, salada, mandioquinha e banana assada)

 

A Costa Rica é um dos países mais caros da América e isso é muito perceptível quando se realiza uma viagem pela América Central.

O valor para acessar qualquer parque nacional está na faixa de 15 dólares (aprox. 60 reais) e os custos com alimentação são relativamente altos (principalmente em Tamarindo).

A nossa road trip pelo país foi realizada principalmente no centro e no norte do país. Seguem dias do que fazer e quanto tempo ficar em cada local:

Pq Manuel Antonio: Custa 15 dólares para acessar e possui diversa flora e fauna, além de praias lindas (lembram as praias de Ilha Grande RJ). É relativamente próxima de San José, mas não vale a pena fazer um bate-volta. Tempo recomendado: 1 ou 2 noites

Vulcão Irazú: Custa 15 dólares por pessoa + 2 dólares por veículo. Vale a pena fazer um passeio de bate-volta saindo de San José ou fazer em um dia de trânsito entre San José e La Fortuna. Recomendo ir bem cedo pois costuma formar uma neblina sobre a cratera na parte da tarde

Vulcão Poás: Custa 15 dólares por pessoa. Vale a pena fazer um passeio de bate-volta saindo de San José ou fazer em um dia de trânsito entre San José e La Fortuna. Verificar se houve alguma erupção recente e se o lago formado em sua cratera está visível para poder valer a pena a visita.

La Fortuna: Cidade que tem o Vulcão Arenal como cartão postal (que pode ser acessado por 15 dólares). Nós optamos por não entrar no parque, mas procurar algum ponto para observá-lo. Sugiro um passeio de barco pelo lago Arenal. Nas proximidades da cidade está a Cachoeira La Fortuna (com seu poço esverdeado) custa 18 dólares por pessoa e é possível se banhar. O ponto alto da região é o parque Tenório (que fica cerca de 1 hora de carro ao norte) e abriga o famoso Rio Celeste (o lugar mais bonito da Costa Rica em minha opinião). Custou 12 dólares por pessoa, mas não é possível se banhar no rio.

Tamarindo: Cidade muito badalada com muitos bares e restaurantes e que possui um pôr do sol sensacional (principalmente nas praias Avellana, Langosta e Tamarindo). Outras atrações famosas são Playa Conchal (30 min de ditância) e Playa Hermosa (1h15 de distânica).

 

Os pontos altos da viagem foram o Rio Celeste e a Playa Conchal.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Guatemala

País barato e com lugares muito diferentes. Recomendo demais conhecer este país lindo

 

Antígua: Cidade colonial (lembra um pouco Cartagena) e possui um centro histórico bem preservado. Vale um dia todo ou pelo menos meio período. Outro passeio obrigatório é a subida do vulcão Pacaya (tivemos muita sorte e conseguimos ver a lava do vulcão escorrendo), este passeio leva cerca de 6 horas para ser realizado.

Subida do vulcão Acatenango: em Antígua há diversas agências que realizam a subida do vulcão Acatenango para poder observar o vulcão Fuego em atividade. Realizamos a subida pela agência Wicho & Charlie que cobrou 400 Qs (aprox. 50 usd por pessoa) incluindo traslado até o ponto de início, guias, lanche, jantar preparado pelos guias, acampamento no alto do vulcão com barraca, cama e saco de dormir, empréstimo de agasalhos (luva, jaqueta, gorro, cachecol) e aluguel de mochila e demais itens. A subida leva em torno de 5 horas e é bem cansativa, mas todo o esforçado é recompensado com as explosões de lava que você poderá visualizar a olho nu, mas em distância segura, Foi uma das experiências mais incríveis que já vivi. A descida leva em torno de 2 horas.

Lago Atitlán; Lago lindo cercado por três vulcões e que possui diversos vilarejos ao seu redor. O vilarejo mais estruturado e mais próximo de Antígua é Panajachel. Usamos ele como base e utilizávamos barco para nos deslocar para os demais povoados. Visitamos os povoados de San Marcos, San Juan, San Pedro e Santiago. Cada um tem seu charme, mas os meus preferidos foram San Marcos e San Juan.

Lanquín: Cidade base para visitar Semuc Champey é bem simples e tem pouca estrtura. Optamos por nos hospedar no Portal El Champey que fica a 5 minutos a pé do parque. O local fica bem isolado (não tem água quente, nem internet e energia elétrica só das 18 às 23), mas vale super a pena essa experiência. E Semuc Champey é um dos lugares mais bonitos que já estive!. O acesso custa 50 Qs (aprox 25 reais)

Flores: Cidade bem charmosa que na verdade é uma ilha do Lago Petén. Possui diversas pousadas e restaurantes e um pôr do sol lindo com vista do lago. É a cidade base para visitar as ruínas maias de Tikal. Recomendo realizar o passeio que sai às 4h30 para evitar o calor forte (lá é muito quente) e para não estar lotado de turistas (a maioria sai de Flores por volta de 8:00 da manhã). Existe a possibilidade de assistir o sunrise ou o sunset em Tikal, porém é preciso pagar um valor maior. O acesso custa 150 Qs (aprox. 75 reais) e o transfer com guia custa 80 Qs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

mano que sonho, pode se dizer que tu curtiu mais a guatemala entao ? meu sonho sempre foi costa rica mas pesoal fala mesmo que é muito USA e sei la prefiro viagens meio LADO B por várias questões e inclusive financeiras hahaha... posso deixar costa rica pra mais tarde com mais grana.. valeu pelo relatomano que sonho, pode se dizer que tu curtiu mais a guatemala entao ? meu sonho sempre foi costa rica mas pesoal fala mesmo que é muito USA e sei la prefiro viagens meio LADO B por várias questões e inclusive financeiras hahaha... posso deixar costa rica pra mais tarde com mais grana.. valeu pelo relato

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Guatemala, é um dos meus sonhos, conhecer esse país. O que você me indicaria em conhecer ? Caso eu tenha apenas 10 dias ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 08/03/2019 em 16:37, SalgadoSJC disse:

mano que sonho, pode se dizer que tu curtiu mais a guatemala entao ? meu sonho sempre foi costa rica mas pesoal fala mesmo que é muito USA e sei la prefiro viagens meio LADO B por várias questões e inclusive financeiras hahaha... posso deixar costa rica pra mais tarde com mais grana.. valeu pelo relatomano que sonho, pode se dizer que tu curtiu mais a guatemala entao ? meu sonho sempre foi costa rica mas pesoal fala mesmo que é muito USA e sei la prefiro viagens meio LADO B por várias questões e inclusive financeiras hahaha... posso deixar costa rica pra mais tarde com mais grana.. valeu pelo relato

Exato, Guatemala é bem mais lado B. Eu curti bem mais!

Outro país lado B que quero ir é a Nicarágua.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 11/03/2019 em 08:47, joshilton disse:

Guatemala, é um dos meus sonhos, conhecer esse país. O que você me indicaria em conhecer ? Caso eu tenha apenas 10 dias ?

O meu roteiro na Guatemala foi de 9 dias e achei que ficou redondinho, pode se basear nele.

Acho que a subida do Acatenango, Semuc Champey e o Lago Atitlán foram os pontos altos da viagem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Entre para seguir isso  

  • Conteúdo Similar

    • Por Jadson Mello Santos
      Pessoal , moro em Salvador e estarei indo para Costa Rica em Março ano que vem , alguém sabe dizer quanto custa uma prancha de lomgboard em Jacó? 
      Prefiro ir de mochila , não quero alugar carro , fora o valor do carro , tem o valor do caução, prefiro pegar ônibus . Não sei como é o trânsito por lá. Outra coisa as despesas com taxas de transporte de prancha sairia muito caro e depois poderia vender a prancha lá mesmo. 
      Alguém poderia me dar uma dica ?
    • Por Jadson Mello Santos
      Boa tarde , 
      Tenho 2 dúvidas: 
      Vale a pena ir para Costa Rica como mochileiro e comprar a prancha de lomgboard lá e depois revende-la ? 
      Moro no Nordeste e estou querendo fazer um pacote turístico , mas achei que poderia usar meu dinheiro lá,  usufruindo de mais coisas lá , prefiro ficar em hostel e não em hotel caro e ainda por cima alugar carro com seguro caro . Acredito que pegando onibus , vou economizar bastante !  Quanto será que custa um lomgboard na Costa Rica usado ou novo ? Não sou marinheiro de primeira viagem , mas é sempre bom pesquisar já que o País é novo para mim . Já morei em alguns paises na Europa e sei como a banda toca por lá , mas América Central é como pisar em ovos para mim . Agradeço pelas dicas .
      Obs : o porque da ideia de comprar o lomgboard lá:  teria primeiro que comprar uma viagem trecho salvador - são Paulo,  não sei quanto seria a taxa desse percurso para a prancha , depois um percurso pagando 100 dólares de ida e volta da mesma , teria que alugar um carro,  fora o trabalhão que ia dar . A melhor coisa saltar do avião e pé na estrada .  Sabe dizer se lá tem aluguel de moto ? Seria também uma ótima pedida !
      Saudações,  
      Jadson Santos.
    • Por pqd91391
      Salve comunidade!!
      Vou passar 10 dias (Dezembro 2019) das minhas férias em algumas cidades da Costa Rica. Meu projeto é curtir a natureza fazendo trail running pelas diversas trilhas nos parques naturais que tem por lá. Principalmente, porque acredito que vivenciar a natureza de maneira intensa e através da prática de esportes nos ajuda a nos auto-conhecer e curtir o melhor da vida. Não tenho nenhum roteiro fechado ainda, mas tenho um esboço das corridas, trilhas e travessias que pretendo fazer. Se tiver alguém na área que curtiu a ideia, vamos conversar e se tudo der certo partir junto! Vai ser irado demais compartilhar essa experiência de vida.
      Valeuu!!
    • Por TZocas
      Olá a todos!
      Em Janeiro irei fazer um mochilão mas surgiu um problema! Soube agora que nessa época o Brasil fica completamente lotado de turistas e o tempo entre sítios aumenta muito.
      Tenho um mês para partir do Rio de Janeiro em destino do México. Queria passar pela Amazónia e entrar pela Colômbia. Alguém tem dicas de percursos?
      Ajudaria MUITO!!!!!!!!!
      Muito obrigada! 😊😊
    • Por Marcos A
      Passamos 6 dias na Costa Rica. Foi o nosso primeiro país na nossa viagem pela América Central em 2017. Deixamos muito por fazer, admito. A Costa Rica requer muito mais dias pra aproveitar cada atração desse país maravilhoso. Confere aí embaixo um  resumo do que fizemos nesse país incrível.
      San José
      Não ficamos nenhum dia inteiro em San José, capital da Costa Rica. Resolvemos usá-la como ponto de conexão entre outras localidades como o rio Pacuare, Puerto Viejo e o Parque Manuel Antônio.
      Como chegamos
      Voo de Montreal com escala na cidade do Panamá, tudo pela Copa Airlines. Do aeroporto, pegamos um ônibus comum que passava pelo centro de San José. O terminal de ônibus do aeroporto fica uns 20 metros logo após a saída do aeroporto. A empresa de ônibus mais famosa é a Tuasa. Os ônibus são vermelhos e tem um pequeno letreiro com o destino. Entretanto, sempre pergunte pro motorista se o destino final é realmente San José.
      Onde nos hospedamos
      Ficamos hospedados no Aldea Hostel San Jose, em um quarto compartilhado sem café da manhã inclusos. O banheiro não estava limpo e o hostel no geral era bem velho. Recomendo somente pela localização e preço acessível.
      Rio Pacuare
      Fechamos tudo com a agencia Exploradores Outdoors. Eles te pegam no hostel e levam para fazer o rafting. O truque aqui é pedir para ser deixado no final do passeio em outra cidade, como por exemplo, Puerto Viejo. Foi o que a gente fez. Pagamos cerca de 200 dólares para duas pessoas, com direito a transporte, café da manhã e almoço e, é claro, o próprio rafting. Leia mais

      Puerto Viejo
      Ficamos 4 dias em Puerto Viejo e achamos o suficiente. Para explorar o caribe costa-riquenho, existem duas opções: ficar em Cahuita ou Puerto Viejo. Cahuita é conhecida pelo sossego. Já Puerto Viejo, pelas festas, bares e a vida ativa. Resolvemos arriscar e nos hospedamos em Puerto Viejo. Não poderíamos ter acertado mais.

      A cidade é realmente bem movimentada, muitos restaurantes e bares e gente de todas as idades nas ruas. A cultura reggae é muito presente. Gostamos muito de lá! Além do que, Puerto Viejo fica bem localizado se você quiser usá-la como ponto de conexão para conhecer outros locais próximos como o Parque Nacional Cahuita e as praias mais ao sul.
      Como chegamos
      O transporte para Puerto Viejo já estava incluso no pacote de rafting pelo rio Pacuare. Sugiro fazer a mesma coisa, você ganha tempo e salva alguns dólares com isso.
      Onde nos hospedamos
      Ficamos hospedados no Hostel Pagalú. Esse hostel não aceita reserva. Pagamos 26 dólares por noite (o preço na alta temporada muda). Super calmo, bem localizado e bem arrumadinho. O café da manhã não era incluso, mas tinha uma cozinha onde a gente preparava o nosso café da manhã. Único problema era que não tinha ar-condicionado no quarto (lá faz muitoooo calor!).
      O que fizemos
      PLAYA COCLES, PLAYA CHIQUITA E PUNTA UVA
      As principais praias do caribe da Costa Rica. Pra mim a melhor foi Playa Uva. Ela é a mais distante das três, mas pra chegar nela, fomos parando em cada uma das praias intermediárias pra tirar fotos e apreciar a vista. Fizemos todo o percurso de bicicleta, que alugamos por 10 dólares em um hostel qualquer de Puerto Viejo.

      JAGUAR RESCUE CENTER
      Se você que deixar uma pequena mais importante contribuição pra ajudar o meio ambiente, sugiro dar uma passada no Jaguar Rescue Center. Você pode até trabalhar como voluntário, cuidando dos bichos e dos afazeres do centro. O local funciona como um santuário de reabilitação da fauna local. Todo o dinheiro arrecadado vai para o cuidado dos animais. A entrada é de 20 dólares por pessoa, mas pense como uma doação. Leia mais.

      PARQUE NACIONAL CAHUITA
      Ponto obrigatório se você vai à Costa Rica. É um daqueles lugares que reúnem tudo em um só local. Praia, mar, natureza, animais, floresta, trilhas, descanso, etc. Pagamos 5 dólares por pessoa para entrar (é facultativo). Fizemos um bate e volta de Puerto Viejo (30 minutos de ônibus cada trecho), todos com a empresa MEPE. 

      Aproveitamos o dia na Playa Branca, entre entrar no mar (que é bem quentinho e cor azul turquesa) e ficar na sombra vendo os animais (macacos, quatis, lagartos, etc.). No final, fizemos uma trilha, ou parte dela, pra fechar o passeio com chave de ouro. 
      Onde comemos
      Todos os restaurantes que visitamos foram escolhidos através do TripAdvisor. Eles são:
      Café Rico Sobre las Olas Madre Tierra Como en mi Casa Art Café Lidia's Place Bread & Chocolate Parque Nacional Manuel Antônio
      O menor parque nacional da Costa Rica, é também o mais visitado, e posso dizer, um dos mais lindos que visitamos. O Parque Nacional Manuel Antônio vai te surpreender em vários aspectos. Cada praia guarda suas próprias características, animais e plantas. A sua praia principal, Manuel Antônio, é perfeita para um banho de mar. Lá, você vai também poder fazer alguns esportes radicais, ver cachoeiras e desfrutar da natureza a todo minuto.

      Como chegamos
      Saímos de Puerto Viejo de manhãzinha com destino à San José. Usamos a companhia Mepe. A viagem durou cerca de 4 horas. Chegamos no terminal da empresa em San José e logo pegamos um táxi para o terminal da outra empresa, Tracopa, que nos levaria ao Parque Manuel Antônio. Novamente umas 4 horas de viagem. Todos os ônibus eram novos e super confortáveis.
      Onde nos hospedamos
      Ficamos hospedados no Hostel Plinio. Super recomendo esse lugar. Fica bem no meio entre Quepos e Manuel Antônio com parada de ônibus bem na porta. Pagamos uma bagatela por uma noite em uma suite super chique com café da manhã incluso, sem contar que os funcionários era super simpáticos e prestativos.
      Conclusão sobre a Costa Rica
      Definitivamente um país que vamos voltar um dia, nem que seja para passar uma semaninha ou quem sabe se aposentar. A Costa Rica nos surpreendeu muito. Possui uma excelente estrutura turística, é seguro, comida deliciosa e natureza por toda a parte. A Costa Rica deixou saudades!
       
      Quer ler mais sobre as nossas viagens? É só acessar o nosso site: www.feriascontadas.com
       


×
×
  • Criar Novo...