Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Posts Recomendados


Super engraçado seu jeito de contar, continue! Antes que vc se esqueça de tudo kkkkkkkk.

Eu sempre juro que vou escrever tudo assim que chegar de viagem pra lembrar dos detalhes mas na prática acabo terminando um relato dias antes de partir pra próxima aventura rs

 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

CAPITULO 1 – Dia da Partida

06/01/2019 - 4hs – Madrugada de Sábado para Domingo.

Trabalhei até o meio dia no sábado e fui pra casa correndo. Correndo que eu digo é de moto. Cabeça tava ponto de ter um piripaque.

Acho que estou com ansiedade. Dizem que sou calmo demais, mas hoje é pré-viagem, então me dei ao luxo de estar no 220v.

O título desse capítulo tá errado, deveria ser 05/01/2019 – Sábado ... agora já foi.

A arrumação das malas já estavam em andamento fazia dias, mas todas estavam abertas ainda com um caminhão de coisas para guardar.

A sala de casa parecia bazar beneficente. Jesuis, como tudo aquilo iria caber no Bartolomeu ?

Imagina o corre-corre;

-Cadê a Manteiga de Cacau ?

-Já separou os Documentos ?

-Corre no mercadinho pegar uns petiscos pra comer na estrada!!

-Pra que esse Para-Quedas ?

A noitinha,bem cansados, fomos comer um lanche perto de casa, afinal fazer comida e sujar a casa toda, cansados como estávamos, não seria uma opção inteligente. E eu precisava dormir cedo, pois os planos era sair as 4h da madrugada.

Na lanchonete vieram nossos amigos parceiros da viagem ao Uruguai e Rio de Janeiro. Queriam Despedir de nós.

Nós queríamos que eles fossem conosco na viagem, mas nossas férias não bateram.

Não enrolamos muito, despedimos e partimos pra casa, pois ainda precisava levar a Pipoca na casa de outros amigos que iriam cuidar dela. Já eram umas 9 da noite.

Esqueci de mencionar , temos um cathiôro.

Cadelinha, na verdade. Ela é preta, o nome Pipoca é ironia mesmo.

Ela tem mais ou menos 1 ano de idade, é da raça SRD, ou seja, o mais puro sangue Vira-Latas. Adotamos em uma Ong de Cachorros abandonados. (FAÇAM ISSO, NÃO COMPREM CACHORROS, EXISTEM UMA LEGIÃO DE CACHORROS PRECISANDO DE UM LAR, E VIRA-LATAS SÃO MUITO MAIS AMOROSOS)

Ela é muito especial, pois ela sorri mostrando todos aqueles dentes brancos quando chegamos em casa e corre pulando igual cabrito. Sem contar a alegria que trouxe a todos em casa, principalmente para os filhos. Há, ela também tem 100% de aproveitamento em destruição Total de jardins. Dá perca total mesmo em qualquer tipo de grama, flores, etc... Acho que ela tem alguma mistura com tatu ou algum trauma com vegetação. Fica enlouquecida por um Ovo cozido, arrasta um Bonde se for preciso. Se pego uma panelinha que temos para encher de água, ela já imagina ser para cozinhar ovo e fica doidinha.

-Vocês são loucos – diziam os amigos que iriam hospedá-la. - Tanta promoção de passagens e de Resorts por aí All Inclusive, e vocês inventam de ir de carro praquele fim de mundo ?? E ainda vão levar as crianças ? Vão fazer o que lá ? 

- Vamos comer areia do deserto, dizem que é muito nutritivo. – deu vontade de falar, mas não falei.

Eles só fazem viagem ‘EU SOU RICAAA, RIIIICAAAA’ e tem um cachorrinho todo fru-fru, daqueles que vive em pet-shops tomando banho com sais aromáticos, e chega em casa com lacinho na cabeça parecendo uma palmeira. Ele é bonitinho e engraçadinho. Mas faz xixi até no próprio pote de ração. Acho que a Pipoca vai ensinar ele a ser um cachorro raíz.

Depois vou excluir esse trecho acima, OK? vai que eles descobrem... então leiam rápido.

Bom, voltando ao assunto da viagem, que imagino ser o que interessa a vocês, né ? Quem quer saber de Vira Latas que adora Ovo cozido e cavuca buracos negros em jardins ? Quando coloquei a Pipoca no carro, ela por algum motivo desceu do banco e ficou cheirando o tapete do carro. Olhei com a lanterna do celular pra ver se tinha algo caído lá.

Dai, quando a luz iluminou o Extintor eu quase infartei.

-PutaMerda, o extintor. Será que tá vencido ?? - Pensei alto.

-Claro Leandro, você acha que vai ter Sorte o tempo todo ?? - disse o grilo falante.

E tava mesmo, a mais de 6 meses. AFFFF, tarde da noite a poucas horas de sair pra viagem e o Besta aqui esqueceu de checar antes aquela bola de Mortadela. Como não é mais exigido extintor nos carros, a gente acaba deixando de lado.

Quando cheguei com a pipoca na casa dos amigos, já fui perguntando se ele tinha extintor no carro, e se tava na validade.

Pelo espanto deles, eu devia estar com cara de Gasparzinho. E me lembro que estava bem tenso o momento.

Mas ele tinha um extintor, e ESTAVA na validade.

-Chupa, grilo.

Só que o formato do cilindro era diferente, não encaixava no suporte do meu. Bom, o jeito seria deixar ele solto embaixo do banco mesmo, o que daria uma margem enorme para aquele policial corrupto que dizem ter aos montes na Argentina cobrarem seu cafezinho. Lá é obrigatório o Extintor. Se eu fosse parado por algum policial, o jeito seria rezar, comer e amar.

Deixei a Pipoca, uma bandeja com 30 Ovos, avisei que grama de jardim eu não dou garantia, e voltei para casa semi-aliviado com um extintor na validade mas que ficava pra lá e pra cá solto debaixo do banco do motorista.

Enquanto isso a Josi fechava as malas em casa, e quando cheguei, abarrotamos o Bartolomeu com toda a mudança, tomei um banho quente e deitei. Quase 11 da noite. As crianças já estavam dormindo profundamente.

Acordamos as 3hs da manhã. Bom, eu já estava acordado desde as 11 da noite quando deitei.

Sempre que tenho algo importante no dia seguinte, já sei que terei dificuldade para dormir.

Ainda mais uma viagem desse naipe. Rolando de um lado pro outro, devo ter dado apenas alguns leves cochilos.

Tudo passava pela minha cabeça, estradas, policiais corruptos, preço da gasolina no Chile, mal de altitude, se o Bartolomeu aguentaria as cordilheiras, as crianças não vão querer comer as comidas de lá …

Levantamos e tomei aquele banho gelado. Pois quando você precisa acordar, ai o sono chega. É uma merda. Eu sabia que na estrada o sono viria sem freio e desgovernado. Acho que só pela minha cara de Zumbi, mesmo sem eu falar nada, a Josi fez um café tão forte que parecia óleo de motor.

Luzes apagadas, casa fechada, respiração acelerada, partimos.

Finalmente!

  • Gostei! 1
  • kkkkkkk 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Leandro Freire Tudo na vida tem a 1 vez,para mim a 1 vez em Chile foi definitiva,pois fiquei por 8 anos,mas para você,só tenho que te dar parabéns pela viagem e dizer que estou acompanhando e morrendo de rir.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

  • Conteúdo Similar

    • Por NatalieM
      Olás,
      Estou indo para Atacama + Salar de Uyuni no começo de novembro. Já tenho um fleece da Columbia como esse https://www.columbiasportswear.com.br/jaqueta-fast-trekt-ii-full-zip-fleece-22/p e a segunda pele. Agora estou na duvida se compro um corta vento leve apenas para usar por cima desse fleece ou se preciso comprar algum casaco mais grosso como aqueles com enchimento de nylon. Alguém que já foi nessa época pode me dar alguma dica?
       
      Obrigada 😃
       
       
       
    • Por Thiago Guido
      _______________________________ D E T A L H A M E N T O _________________________________________
       
      Foram 10 dias de viagem cruzando o Chaco Argentino, a Cordilheira dos Andes, Salinas Grandes de Jujuy e o Deserto do Atacama, o mais árido do mundo.
      CUSTO TOTAL: R$1.800,00 (mil e oitocentos reais)
       
      ________________________________________________________________________________________________
       
      ROTEIRO

       
      ________________________________________________________________________________________________
       
      HOSPEDAGENS
      1º dia: NADA - Barraca no Posto em Foz do Iguaçu
      2º dia: 400 pesos ARG - Hostel Catedral em Corrientes
      3º dia: NADA - Barraca no Posto YPF em Taco Pozo
      4º dia: 350 pesos ARG- Hostel Don Tomáz em Purmamarca
      5º dia: 15.000 pesos CHI - Hostel Mirador em San Pedro de Atacama
      6º dia: 6.500 pesos CHI - Hostel Pampaloja em Antofagasta
      7º dia: 150 pesos ARG - Barraca no Camping La Reliquia em Purmamarca
      8º dia: 400 pesos ARG - Hostel Catedral em Corrientes
      9º dia: 28 reais - Hostel Beija Flor em Foz do Iguaçu
       
      ________________________________________________________________________________________________

      ALIMENTAÇÃO
      Nessa viagem levamos diversas coisas e praticamente não comemos "na rua". Na nossa lista de comida tinha Arroz, Feijão, Atum, Salada Seleta, Salame, Macarrões, etc, etc, etc. Levei o fogareiro e nem terminamos a primeira lata de butano. Em todo Hostel tem uma cozinha.
      Segue uma lista detalhada:
      - Arroz
      - Feijão
      - Atum
      - Salame
      - Salsicha
      - Salada
      - Macarrões variados
      - Barras de Cereais
      - Bolinhos de Chocolate
      - Nescau
      - ClubSocial
       

       
      ____________________________________________________________________________________________
      COMBUSTÍVEL E PEDÁGIO
      Infelizmente não registrei os abastecimentos portanto não sei quanto gastei com isso. Uma única vez consegui fazer a média e estava em 30km/L, porém um valor nada confiável... Lá os frentistas não abastecem até onde você quer. Eles decidem qual é o máximo e ai de você de falar alguma coisa. KKKKK. Alguns colocam até a "redinha", outros até quase vazar. O que posso dizer é que o preço médio na Argentina é de 48,9 pesos argentinos o litro e no Chile paguei 774 pesos Chilenos na 93 octanas e 817 pesos chilenos na 95 octanas. No Chile ainda tem pedágio, 900 pesos pra ir e 900 pra voltar à Antofagasta. No Brasil quase 130 reais apenas de pedágio.
       
      Acho que é isso. Qualquer coisa é só perguntar que eu respondo se souber.
       
      ______________________________________________________________________________________________
       
      Mais vídeos de Viagens, Passeios, Cursos, Dicas, Acessórios e outras coisas mais:
      https://www.youtube.com/thiagoguido
       
      Outros detalhamentos:
      https://www.facebook.com/guidaodemoto/
    • Por Julio Bona
      Fala ai galera
      Em jun/19 vou seguir pelo meu primeiro mochilão e ainda estou em busca de dicas. Fiz um roteiro inicial mas gostaria de receber algumas orientações de quantidade de dias ficar, pontos para conhecer, o que não vale a pena a visita... O roteiro é basicamente o seguinte:
      - Inicio do mochilão com chegada à noite em Santiago, 2 noites e 1 dia;
      - Atacama, 3 dias e 3 noites;
      - Tour de 3 dias e 2 noites pelo Salar de Uyuni;
      - 1 noite de deslocamento entre Uyuni e La Paz (ônibus);
      - La Paz, 2 dias e 2 noites (DownHill e Chacaltaya);
      - Copacabana (Isla del Sol) em 2 dias e 1 noite;
      - 1 noite de deslocamento entre Copacabana e Cusco (ônibus);
      - 1 dia e 1 noite pelo centro de Cusco;
      -  Passeio de 1 dia pelo Vale Sagrado até Ollantaytombo e ida para Água Callientes à noite;
      - 1 dia em Machu Picchu e WaynaPicchu e retorno para Cusco à noite;
      - Ida para Lima (avião) e tour por Lima;
      - Paracas 1 dia;
      - Huacachina e retorno para Lima;
      - Volta ao BR.
      E ai, onde dá para melhorar ou otimizar essa Trip?
      Algum Hostel para indicar nessas cidades?
      Valeu, obrigado!
       
    • Por deiselourenco
      Apresentando...
      Quando a gente começa a viajar, seu corpo e sua mente vão querendo cada vez mais, é como uma droga viciante mesmo. No começo, a maioria das pessoas, eu acho, vai realizando aquele sonho que geralmente tem a ver com lugares do nosso cotidiano, que a gente vê muito na TV, nos filmes, nas músicas etc. tipo Estados Unidos e Europa. Comigo não foi diferente. Conheci esses lugares, mas aí eu fiquei com vontade de mais e mais, eaí a África começou a invadir meus pensamentos e eu só conseguia pensar em ir pra lá.
      Entretanto, por vários motivos, entre eles (principalmente) o acovardamento em ir sozinha, eu fui adiando. Já viajei sozinha várias vezes, mas na África eu não queria ir somente no roteiro tradicional: Cape Town, Joanesburgo, Safari… queria mais, e quantos países vizinhos por ali eu conseguisse ir. Por isso, viajar sozinha estava sendo um grande entrave, pois teria que alugar carro e fazer muitos trajetos sozinha, fiquei com medo do perrengue.
      Então… como a vida dá voltas, apareceu uma amiga que também queria pra ir África. Mas pro roteiro tradicional. Aos poucos fui introduzindo a beleza da Namíbia e logo ela já estava convencida a conhecer o deserto. E pra fechar o grupo (ou não), meu primo também resolveu ir. Todo mundo conseguiu conciliar as férias, a vontade de ir pra África por um ou outro motivo e resolvemos. Compramos as passagens pela Latam, ida e volta por Joanesburgo por R$ 2.027,47 com taxas, saindo de Brasília. Pausa para dizer o básico, assim que você comprar a sua passagem desligue todos os alertas de decolar.com, googleflights, viajanet ou outro que você tiver feito. Eu esqueci, e uma semana depois a mesma passagem, na mesma data, no mesmo trajeto estava R$ 300 mais barata. Enfim, bateu aquele remorso básico que poderia ter sido evitado pela simples ignorância de não ter nem ficado sabendo que a passagem estava R$ 1.700. Como dizia o sábio: santa ignorância!
      Mas beleza, passagem comprada, todo mundo me olhando um pouco torto, porque eu queria coisa demais na viagem, começaram os planejamentos e as conversas. Geralmente a gente deixa pra falar como as pessoas eram maravilhosas ou não no final, mas já vou falar logo aqui que o grupo foi sensacional, muita cumplicidade, foi muito fácil resolver tudo já que todo mundo abria mão de alguma coisa pela vontade do outro, abrir mão de algo que eu queria ver não foi tão difícil, na verdade nem me lembro mais do que abri mão, pq a viagem e a cias foram maravilhosas. Então resumindo, quem somos nós: Deise (essa que humildemente vos relata essa viagem), Gabi (minha amiga), FH (meu primo), LC (namorado da Gabi, mas só resolveu ir depois).
      Fiquei meio que encarregada de fazer o roteiro, acho que me beneficiei nessa parte, pois ia colocando o que eu queria, mas ao mesmo tempo, ia tentando encaixar o que os outros queria também, sendo bem democrática. Tipo, não faço questão de vinícola, mas um deles queria abrir mão do tubarão pela vinícola, como não colocar. Então ficamos sem tubarão, mas com vinícola e foi ótimo, todo mundo satisfeito (eu acho rsrs).
      Quanto mais eu pesquisava e procurava roteiros, via que a maioria (90%) só fazia o chamado roteiro tradicional, que é aquele do começo do texto: Cape Town, Joanesburgo, Safari. Estava difícil achar informações sobre a Namíbia, Zimbábue, Zâmbia, Botsuana, não que a gente fosse nesses países, mas eu queria ver os relatos pra ver as possibilidades. Principalmente o deslocamento entre esses países, parecia ser bem complicado fazer por terra se você não fosse fazer algum safari de no mínimo 7 dias. E não tínhamos tempo pra fazer safári de 7 dias. Daí também que surgiu a ideia de fazer esse relato, a princípio eu não faria o relato, mas acho que pode ser útil pra quem busca informações e principalmente opiniões sobre lugares fora do roteiro tradicional.
      Então continuei a busca por relatos e catando algumas informações picadas aqui e ali, montei um roteiro, que pelo visto não foi o melhor, pois toda vez que conversávamos com alguém na viagem sobre o nosso trajeto a pessoa ria. Várias vezes eles comentavam tipo: - nossa, não faz muito sentido, ou: - uau vocês fizeram um belo zigue-zague aí ein. Bom, eu prefiro culpar a falta de informações do que a minha falta de habilidade em fazer planejamento, mesmo que muito provavelmente tenha sido o segundo motivo.
      Antes de finalizar o roteiro, ainda incluímos Victoria Falls pelo lado do Zimbábue.
      Pra vocês terem uma idéia, o roteiro final foi esse, quase não tem vai e volta, SQN.
       

      roteiro.mp4 Como chegamos nesse primor de deslocamento: simplesmente não tem como ou eu não achei outra maneira de chegar no deserto da Namíbia saindo da África do Sul que não seja de Safári, é claro que você pode alugar carro e rodar até lá, mas pensa na perda de tempo. E os tours são todos bem caros e de 6 dias no mínimo. Então, achamos (eu) melhor ir de avião até a capital da Namíbia: Windhoek, já que de lá saem vários tours para o deserto. E o deserto era a nossa principal razão de ter escolhido a Namíbia. Existem outros passeios bem famosos por lá, como o Parque Etosha, Walvis Bay etc. Mas o nosso foco era o deserto. Então fomos pra Windhoek e já saímos do Brasil com o passeio comprado pela agência Detour Africa, mas quem realmente fez o passeio foi a Wild Dogs (ótima por sinal), a Detour parece ser apenas uma intermediadora, tipo uma agência de turismo. Ops, peraí, já estou entrando realmente no relato, deixa essa parte pra depois.
      Então beleza, chegaríamos pela África do Sul, porque não teve jeito, a passagem do Brasil chegava e saía por ela, mas já teríamos o primeiro trecho de avião por fora, para a Namíbia. Aí depois, numa reunião com o grupo da viagem, já que o Zimbábue foi escolhido de última hora, deixamos ele para os últimos dias, então a África do Sul ficou no meio da viagem. Ou seja:
      07/03 Brasília -- São Paulo -- Joanesburgo
      08/03 São Paulo -- Joanesburgo
      09/03 Joanesburgo
      10/03 Joanesburgo
      11/03 Joanesburgo -- Windhoek
      12/03 Windhoek - Sossusvlei
      13/03 Sossusvlei
      14/03 Sossusvlei -- Windhoek
      15/03 Windhoek -- Cape Town
      16/03 Cape Town
      17/03 Cape Town
      18/03 Cape Town
      19/03 Cape Town
      20/03 Cape Town
      21/03 Cape Town -- Joanesburgo -- Victoria Falls
      22/03 Victoria Falls
      23/03 Victoria Falls -- Joanesburgo
      24/03 Joanesburgo -- São Paulo -- Brasília
      Aí sim, roteiro fechado, vamos para o relato. Durante o relato não vou me ater aos valores mas vou colocar um orçamento detalhado ao final, com valor das passagens, hospedagem, passeios etc. Foram 17 dias no total. Nota dramática: 17 dias inesquecíveis.
      Relato dia-a-dia
      Já faz alguns dias que voltei, e quase um mês do começo da viagem. Foram dias bem intensos e corridos então não vou lembrar com muitos detalhes de tudo que fizemos, mas vou fazer o melhor possível aqui.
      A seguir...
       
    • Por Alinemira
      Oi galera!!!!! Vou fazer um mochilao de 15 dias em setembro começando por Santiago, depois Atacama, uyuni, La Paz, Puno, Cusco e machu picchu. 
      Estou querendo levar meu bebê de 1 ano e 2 meses. 
      Vcs me indicam? Tenho medo do frio e da altitude...
      Obrigada.


×
×
  • Criar Novo...