Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

brunozech

Leste europeu (Croácia, Hungria, República Tcheca) + Austria, Alemanha e Espanha (Ibiza e Barcelona) - 22 dias

Posts Recomendados

Boa tarde,

Vou para a Europa em Agosto ( saindo de SP dia 16/08) e gostaria de dicas sobre alguns lugares pra visitar e a quantidade de dias para cada local. A viagem será de 22 dias no total, e as cidades que pretendo visitar são: Dubrovnik, Hvar, Zagreb, Budapeste, Praga, Munique, Ibiza, Barcelona. 

O que recomendam na Áustria? 

Quais sugestões?

Valeu galera!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quanto tempo em cada local depende dos seus interesses em cada um destes locais, mas pessoalmente, para que a viagem não vire uma correria insana do começo ao fim, eu recomendaria o seguinte:

- 1 dia perdido na chegada, não se consegue fazer muita coisa neste dia
- 3 dias Dubrovnik
- 3 dias em Hvar, metade de um deste dias para ir de barco de Dubrovnik até Hvar. 
- 1 dia de deslocamento entre Hvar e Zagreb, leva praticamente um dia inteiro para ir até Zagreb se for contar o tempo do barco até Split e depois o ônibus até Zagreb 
- 1 dia em Zagreb, na verdade pessoalmente eu nem incluiria Zagreb, mas como não tem outra forma de sair de Hvar e chegar em Budapeste sem ser passando por Zagreb, fique 1 dia na cidade.
- 1 dia de Deslocamento entre Zagreb e Budapeste
- 3 dias em Budapeste
- 3 dias em Praga (viajar de ônibus a noite toda para economizar tempo ou então incluir um dia extra para o deslocamento Budapeste x praga se não quiser viajar de ônibus a noite toda) 
- 1 dia de deslocamento entre Praga e Munich
- 3 dias em Munich (1 dia de bate-volta a Neuschwanstein)
- 1 dia de Deslocamento até Ibiza/Barcelona de avião (acho que não há voo direto de Munich para ibiza que não custe uma fortuna, então tem que fazer conexão em algum lugar e isto vai lhe consumir praticamente um dia inteiro)
-  2 dias em Ibiza
- 1 dia de deslocamento Ibiza para Barcelona
- 3 dias em Barcelona

Pelas minhas contas, já deu 27 dias, mas você só tem 22 dias e ainda está pensando em incluir Austria? E olha que a minha sugestão de roteiro já seria um roteiro meio corrido, sem quase nada de folga, a maioria das pessoas até falaria que está corrido demais!

e tem outro detalhe, você não comentou por qual cidade o seu voo chega na Europa e por qual cidade você vai voltar, dependendo por onde você chegar, tem que incluir um dia adicional gasto para você chegar em Dubrovnik, e na volta é a mesma história, dependendo de onde saia o seu voo de volta, você tem que incluir um outro dia de viagem perdido só para ir até esta cidade pegar o seu voo de volta ao Brasil

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@poiuy obrigado pelas dicas. Dps de ler sua resposta, mudei um pouco o roteiro para ficar menos corrido. Farei uns trechos de avião também. 

Vou fazer Dubrovnik, Hvar, Praga, Munique, Ibiza, (Valencia) e Barcelona. 

A única dúvida é ficar ou não em Valencia. 

Valeu mesmo pelas dicas!

Abraço 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nesta nova versão eu teria especial atenção ao deslocamento entre Hvar e Praga, é um potencial ponto de problema ou de custo elevado.

Você vai ter que primeiro pegar o barco até Split, para então pegar um avião para Praga, pois é longe demais para se ir por terra.

O problema neste caso é que não há voos low-cost, e o único voo existente costuma ser meio caro, e não permite nem mesmo bagagem de mão gratuita, o limite de tamanho e peso máximo permitidos na bagagem de mão gratuita é bem pequeno, o que  geralmente força você a pagar extra para despachar bagagem, o que por sua vez aumenta ainda mais o custo...

E no trecho entre Munich e ibiza é a mesma história, é outro ponto potencial para custos elevados com passagens.

Não sei como está o seu orçamento para esta viagem, mas pessoalmente eu já separaria uns 200 euros para cada um destes trechos, para não ter surpresas desagradáveis na hora de comprar as passagens, e descobrir que vai ficar muito mais caro que o previsto e acabar comprometendo Ibiza, que é outro local que costuma ter um custo de vida elevadíssimo durante o verão europeu...

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por pehhenrique
      Fala, pessoal! Então, pretendo fazer uma eurotrip pela França, Inglaterra, Alemanha, Áustria, Italia e Países baixos. 
      A viagem é durante umas 2 semanas e meia. Estava olhando um post e vi uma pessoa metendo o pau no Eurail Global Pass, falando que era jogar dinheiro fora, que isso e aquilo, etc.
      Então surgiu minha duvida, qual seria mais vantajoso? O Eurail Global Pass ou ir de Bus?
      Agradeço quem puder ajudar. 😀
    • Por michele.caetano
      Utilizo há anos esse site para pesquisar roteiros de viagens, dicas, custos e, finalmente, venho aqui dar minha contribuição. Trata-se de um relato de uma viagem de um jovem casal apaixonado, em lua de mel, que teve de enfrentar uma cotação de R$ 4,50 a R$ 5,00. Que fase! Com muito planejamento e foco conseguimos fazer uma bela viagem de 23 dias na primavera européia ❤️. 
      Fizemos uma lista virtual de presentes, então boa parte dos passeios que fizemos ganhamos de presente dos nossos queridos amigos e familiares 🥰.
      Roteiro:
      Paris - 5 dias (26/04 - 01/05)
      Praga - 3 dias (01 - 04/05)
      Viena - 2 dias (04 - 06/05)
      Budapeste - 3 dias (06 - 09/05)
      Nápoles - 1 dia (09 - 10/05)
      Sorrento - 2 dias (10 - 12/05)
      Ilha de Capri - 1 dia (12 - 13/05)
      Maiori - 1 dia (13 - 14/05)
      Roma - 5 dias (14 - 19/05)
      Primeira dica: Sempre que pensar no número de dias que quer ficar num lugar acrescente mais 1, porque o dia que você chega e sai da cidade fica bastante comprometido com os deslocamentos. E às vezes algum imprevisto também pode "atrasar" seu roteiro, como um dia inteiro de chuva no dia que tinha planejado várias coisas ao ar livre. Nesse roteiro recomendaria acrescentar pelo menos mais 1 dia em Paris, Praga e Budapeste. E mais 1 em Capri se você estiver com dinheiro sobrando ou pegar um câmbio melhor, rs. 
      Segunda dica: A primavera européia nada tem a ver com a nossa! Pegamos bastante frio, especialmente em Paris e no Leste Europeu. Importante colocar na mala uma blusa e calça térmicas e um casaco mais quentinho. Nesse lugares eu saía normalmente com uma camisa de manga curta, blusa térmica (manga comprida), uma blusa mais grossa de manga comprida, casaco e cachecol. Ah, e calça térmica por baixo da calça jeans.
      Paris
      Hospedagem: Ficamos num apartamento ótimo em Montmartre pelo Airbnb, bem equipado, com uma vista incrível da Torre Eiffel e metrô em frente (estação Pigalle). Apesar de ouvir muita gente dizer que este é um bairro mais perigoso em Paris, tenho que discordar. Havia bastante movimento nessa rua até tarde, bem iluminado, farto comércio e restaurantes na região. Nos sentimos super seguros lá, inclusive à noite. Adorei! Valor da diária c/ taxas: € 114 (casal).
      Link: https://www.airbnb.com.br/rooms/882192?guests=1&adults=1&sl_alternate_dates_exclusion=true&source_impression_id=p3_1559085549_zGi%2BIA2ncnTDvdEE&check_in=&check_out=&children=0&infants=0
       
      Saindo do aeroporto Charles de Gaulle: Pegamos um trem (€ 10,30 p/ pessoa) até a estação Gare du Nord e de lá pegamos o metrô até a estação Pigalle.
      Transporte: Compramos o combo de 10 tickets de metrô por R$ 14,90. Vale a pena porque paga mais barato no valor unitário da passagem. No total compramos 30 tickets para os 5 dias.
       
      Gastos casal - 5 dias:
      Alimentação: €425 - média de €85/dia (contando mercado, restaurante, lanches etc)
      Atrações turísticas: €233 - média de €47/dia
      Transporte: €147 - média de €30/dia
      Paris é uma cidade bem cara. A gente comia no máximo 1 vez por dia em restaurante, almoço ou janta, e ainda assim gastamos bastante com alimentação. Pra economizar, vale a pena ir ao mercado caso tenha cozinha no seu ap. Queijos e vinhos são uma boa pedida. Compramos um ótimo vinho por menos de €5!
       
      Dia 1
      Chegamos antes do horário de check-in. Então, deixamos as malas no apartamento e fomos explorar as principais atrações do bairro:
      Muro Je t'aime, Sacré-Coeur e Place du Tertre
      Muro J t'aime

      Sacre Croeur

      Vista da Sacre Croeur
      Almoço: Na verdade foi um lanche. Comemos baguetes num quiosque que tinha no caminho pra Sacre Croeur: 2 baguetes e 1 coca - €12,30
      Seguimos para o Trocadero pra aproveitar que o dia ainda estava claro e bonito e ver a torre mais de pertinho. Lá comemos nosso primeiro crepe de rua parisiense (eu amo!) - €3,50 cada. Depois de curtirmos um pouco, caminhamos beirando o rio Sena e fomos até a Champs-Élysées e o Arco do Triunfo. Depois dessa bela caminhada voltamos pro ap pra tomar um  banho quentinho e sairmos para o nosso primeiro jantar romântico da viagem.

      Tracadero

      Trocadero

      Champs-Élysées

      Arco do Triunfo
       
      Jantar romântico (um dos presentes de casamento): Restaurante Bouillon pigalle - foi um achado porque jantar em Paris sem gastar uma fortuna é uma missão difícil e o restaurante ficava praticamente do lado do nosso apartamento. 2 entradas, 2 pratos principais, 1 sobremesa e uma jarra de vinho da casa saíram por 50 euros, incluindo uma pequena gorjeta. E não é um menu não, você escolhe seus pratos individualmente. Foi um ótimo custo-benefício! Recomendo a sopa de cebola de entrada e o profiterole de sobremesa. Os pratos principais estavam bons, mas nada que chamasse a atenção. Os parisienses também curtem o local, então é bom chegar cedo porque já começa a ter fila antes das 20h e eles não fazem reserva. 
      E pra finalizar uma foto da sacada do nosso apartamento com uma bela vista da Torre Eiffel. Era incrível acordar e dormir com essa vista!

       
       
       


×
×
  • Criar Novo...