Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

ricardo.barros

1 semana em Madri - Abr/19 (Relato + Fotos + Preços)

Posts Recomendados


Fui um mês depois que você,mas meu roteiro foi diferente,pois não suporto museu de arte e estádios,a não ser que seja São Januário.

Mas o Atlético de Madrid tinha ganho uma taça europeia naquela semana e o Wanda Metropolitano inaugurado recentemente.Fui lá,fica na ultima estação de 1 linha de metro.Falando nele,o valor pago varia de acordo com o número de estações que vai passar.E A máquina conta essas estações e te dá o valor.

Agora estou por aqui de novo,fim de semana vou a Córdoba e,depois,a Granada.Estava cheio de expectativa,lendo sua recomendação só aumentou.Lá fecham na hora da siesta?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bom!!! Seu relato caiu como uma luva. Comecei agora montar um roteiro hoje e estava com dificuldade de achar experiencias mais econômicas, meu estilo de viagem. Vou ter 10 dias e já vou utilizar seu roteiro como base. Adoro museus etc e vou tentar fazer os mesmos passos. Parabéns pela viagem e obrigado por compartilhar. Boas trips!!!! 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Saudações!
Muito obrigado pelo seu relato. Estou indo em agosto e suas dicas me ajudaram bastante. 
Um heavy abraço!

Ps.: já que você curte Metal, conheça meu programa de rádio.
www.rockdissidente.blogspot.com/
 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por Tadeu Pereira
      Salve Salve Mochileiros! 
      Segue o relato do mochilão realizado no Sudeste da Ásia em 2018 batizado de The Spice Boys and the Girl.
       
      1º Dia: Partida - 04/11/18 - 19h05min - São Paulo x Madrid - Empresa AirChina - R$3.680,00
           Partimos do Aeroporto de Guarulhos - GRU em São Paulo por volta das 19:30 do dia 04 de Novembro de 2018, fizemos um check-in tranquilo com a empresa AirChina e embarcamos para nossas primeiras 9 horas de vôo até Madrid na Espanha onde fizemos conexão. O vôo foi bem tranquilo, até conseguimos dormir, porém a comida do avião não é das melhores mas acabei comendo assim mesmo e já começava ali a sentir o cheiro e o gosto da Ásia hahahahah. Chegamos em Madrid na Espanha por volta das 5:00am e fizemos uma conexão de 3 horas, deu tempo de dar uma volta no Free Shop, banheiro, comer alguma coisa (caríssima), fazer os procedimentos burocráticos e embarcar novamente pois teríamos a China ainda pela frente.
       
       
      2º Dia: Partida - 04/11/18 - 8h15min - Madrid x Pequim - Empresa AirChina
           Chegamos em Pequim ainda de madrugada com uma temperatura de 7º, quem se deu bem foi quem ficou com as cobertinhas que a empresa AirChina empresta para as pessoas no avião, pois não esperávamos passar tanto frio no aeroporto da China como passamos naquela conexão rss. Assim que descemos do avião caminhamos um longo caminho até os terminais eletrônicos onde se inicia os procedimentos burocráticos de conexão da China. Finalizamos depois de alguns minutos os procedimentos e dormimos um pouco em bancos do aeroporto sendo acordados e presenteados por um lindo nascer do sol no Aeroporto de Beijing. Procedimentos concluídos no Aeroporto de Beijing partimos para o nosso tão desejado e esperado destino final daquela cansativa viagem de aproximadamente 23 horas, a capital da Tailândia, a grandiosa Banguecoque.  
       
      3º Dia: Chegada - 06/11/18 - 15h15min - Pequim x Banguecoque - Tailândia (Taxi 1.000baht, Chip 600baht, Hostel 340baht)
           Chegamos por volta das 15:00 pelo horário local, fizemos os procedimentos de imigração, primeiro o health control depois na fila de imigração, carimbamos nossos passaportes, pegamos nossas mochilas e pronto, lá estávamos livres para explorar Banguecoque. Trocamos $100,00 dólares  no aeroporto com um câmbio de $1,00 dólar = 31,60 baht, depois compramos um chip para o telefone por 600 baht com 6 Gigas por um período de 30 dias e chamamos um Graab, como se fosse o Uber no Brasil, onde pegamos na parte superior do Aeroporto Internacional Suvarnabhumi por 400 baht em torno de R$40,00 reais que nos levou em 30 minutos até o nosso hostel, o The Mixx Hostel. Ficamos hospedados na rua Ram Buttri que fica do lado da rua mais famosa de Banguecoque, a Kaoh San Road onde rola a grande noite da cidade, uma ótima opção para mochileiros. Muita comida típica e exótica boa e barata, cervejas baratas, diversos bares, baladas, artistas de rua, drogas, sexo e tudo que uma bela noite de Banguecoque pode te oferecer pra se divertir. Vale a pena conferir! Na hospedagem pagamos por dois dias 340 baht, ficamos em um quarto com quatro camas/beliche, ar condicionado, banheiro compartilhado e café da manhã incluso, o hostel é simples mas atende as necessidades com uma ótima localização.
       

           Conhecemos alguns templos na capital, alguns fomos a pé mesmo pois são muito próximos um do outro. Wat Pho (Buda reclinado), Wat Saket (Monte dourado) e Wat Arun (Templo do amanhecer). A cidade é bem frenética mas andar a pé pelas suas ruas foi uma bela escolha. caminhamos muito por essas ruas, muito das vezes sem um rumo certo, mas logo nos achávamos pelo google maps. A cada esquina que se vira na Tailândia você vê uma foto do rei. Embora o já tenha falecido, o povo Thai tem muito respeito pelo rei Bhumibol Adulyadej que morreu em Outubro de 2016 com 88 anos de idade após 70 anos no poder que hoje tem como rei o seu filho Maha Vajiralongkorn.       
            
           
           
        


        

       

           A culinária asiática é muito exótica, a cada comida que você experimenta é uma surpresa de sabores. Experimentei o famoso prato típico de rua tailandesa Pad Thai, uma espécie de macarrão de arroz frito com frutos do mar ou carne de porco ou de frango, acompanhado de castanhas com pimenta que custa em média 100 Baths e se encontra em todo lugar da Tailândia, experimentei também o Thai Mango Sticky Rice, uma sobremesa tradicional tailandesa feita de arroz glutinoso, manga fresca e leite de coco, ambos baratos e deliciosos, mas existem uma infinidades de comidas para serem saboreadas na Tailândia.   
       
        
           Ficamos 3 dias na capital Banguecoque e além de conhecer templos tentamos entrar na rotina das pessoas locais. No terceiro dia para chegar em um templo tivemos que pegar um transporte público BTS Skytrain no rio Chao Phraya. Passamos por alguns pontos e depois retornamos até chegar no templo Wat Arun. As passagens são muito baratas, pagamos por volta de 80 Baths tanto ida quanto volta, então vale muito mais a pena o tour por conta e ainda tivemos uma vista maravilhosa totalmente diferente da cidade vista pelo rio.  

       
                Ficamos no templo Wat Arun até fechar por volta das 19:00pm, depois fomos de barco pelo rio Chao Phraya até o porto que da acesso ao grande mercado Asiatique, um maravilhoso complexo de lojas e restaurantes, um verdadeiro shopping ao céu aberto localizado às margens do rio Chao Phraya situado nas antigas docas de uma empresa que realizava comércio na região portuária no século passado. Em função da sua localização e história, seu layout é temático e apresenta uma decoração especial com tema inspirado no reinado do Rei Chulalongkorn (1868-1910) e na atividade marítima. Ficamos umas boas horas comendo, bebendo e curtindo o local, depois pegamos um táxi por 200 Baht para o hostel pois no outro dia logo de manhã tínhamos o nosso vôo para as belas praias da Tailândia. 
       

            Assim que chegamos no hostel deixamos reservado nosso táxi para o aeroporto Don Mueang - DMK por 400 baht pois sairíamos bem cedo para o aeroporto. Acordamos por volta das 5:00am da manhã e o táxi já estava nos esperando na porta do hostel no horário combinado, após 30 minutos chegamos no aeroporto. Partiu praias... 

       
      6º Dia: Praia - 09/11/18 - 7h25min - Banguecoque x Krabi x Ao Nang - Empresa Air Asia - R$148,00 (((((Continua no próximo post)))))
       
       
      Facebook: https://www.facebook.com/tadeuasp
      Instagram: https://www.instagram.com/tadeuasp/
       
       
       

       
    • Por Valeria Barbosa
      Olá mochileiros!
      Estava fazendo o meu relato em tópicos, mas agora que já cheguei em casa, chegou a hora de contar tudo de uma vez, enquanto ainda está fresco na memória.
      O inicio do Relato e da viagem, foi em Roma, e lá mesmo fiz meu primeiro post sobre esta viagem.
      Segue o link para quem desejar começar do começo rs
      https://www.mochileiros.com/topic/84446-roma-3-dias-3-pessoas-fotos-preços-e-itinerário
      Resumindo o inicio da viagem - Voo saindo de Florianópolis com escala em Guarulhos e chegando em Roma, Imigração foi uma piada - tanta preparação pra nada.
      Média de troca de euro foi 4,50, Comprei as passagens com MaxMilhas, Alugamos AirBnb. 
      Monumentos maravilhosos, a cada esquina uma nova maravilha que nem estava na lista. Comida gostosa e farta, museus lindos!
      No relato acima tem, é claro, muito mais detalhes, com fotos e gastos que tivemos por lá.
       
      Saindo de Roma, foi a vez de irmos a Santorini, na Grécia. 
       
      Dia 13/04
      Voo marcado para 12h45, a partir do aeroporto de Fiumicino. Atrasou um pouco, e o voo em si demorou 1h45. Adicionando 1 hora a mais pelo fuso horario de Santorini, chegamos no aeroporto de Thera por volta de 16h15. Ficamos no hotel San Giorgio, que acima de 2 diárias oferecia transfer grátis de e para o aeroporto.
      Chegamos lá e o encanto foi imediato. Quarto recém reformado, cheiroso e super confortável!

       
      Deixamos as malas e saímos pra comer em um restaurante próximo (aliás, tudo é proximo, Thera é super pequena e tudo é de fácil acesso) chamado Greek Bites. Super delicioso, comida regional, maravilhosa!

      Passamos no mercado e compramos algumas coisas para o café, além de água, que não é potável na ilha. [agua 0,50 ; croissant 1 ; suco 1,50, snacks 1]
      Passeamos um pouco pelo centro (uma rua rs) e voltamos pro hotel para um merecido descanso.
       
      Dia 14/04
      Acordamos cedo e fomos para o terminal de onibus.
      Vi em muitos relatos e sites que é indispensável alugar carro quando vier para Santorini; e discordo completamente. Não era viavel alugar carro pois ficariamos apenas 2 dias e não dirigimos, mas mesmo que esse não fosse o caso, achei suuper tranquilo andar de onibus. O terminal é bem localizado, onibus de viagem limpos e baratos. [1,80 a 2,40 dependendo do destino]
      Segue fotos dos horarios de onibus, não tem muitos, mas são precisos. 

       
      Nosso destino nesse dia foi a maravilhosa Oia. Como saimos cedo, ainda estava bem vazio, e conseguimos aproveitar bem o lugar, sem multidões.

       

      Voltamos para Thera e almoçamos no restaurante Pelican Kipos.
      A decoração e ambiente encantam logo de primeira, e a comida fecha a experiencia com chave de ouro.
      Descansamos um pouco depois do almoço e no fim da tarde seguimos para uma igrejinha próxima, chamada Virgin Mary Church, pra ver o tão falado por do sol.
      Bom, não tem o que falar.. As fotos dizem tudo.

       



       
      Na volta, jantamos em uma lanchonete meio vintage, chamada D’s Burgers. Super gostoso e um ótimo atendimento! [Burger 6, Fritas 4, Refri 2]
       
      Dia 15/04
      Café da manhã no Our Corner, no centro de Thera [waffle 10, sanduiche 6]
      De lá fomos até o terminal pegar um onibus para Perissa, a famosa praia de areia preta. Lá almoçamos e bebemos em um barzinho também chamado de Corner - Food and Drinks.
      O sol abriu e nos deu uma manhã maravilhosa de presente.

      No fim da tarde saimos pra ver a caldeira pela ultima vez, porém com o céu nublado não conseguimos aproveitar o por do sol novamente.
      Jantamos no Lucky’s Souvlakis, bem bom e barato, ótimo pra aproveitar a cozinha local.
       
      Dia 16/04
      De manhã tomamos café em uma lanchonete próxima, chamada Crepe House. Também gostoso, porém demoradinho.
      De lá, voltamos pro hotel pra fazer o checkout e pegar novamente o transfer de volta pro aeroporto.
      E assim acabou nossa mágica viagem a Santorini, curta porém inesquecível.
       
      Links
      Hotel - https://bit.ly/2Jgv117
       
      Preços para 3 dias, 3 pessoas
      Voo Roma - Santorini - 269 euros
      Hotel - 196 euros
      Almoço Greek Bites - 40 euros
      Mercado - 50 euros
      Onibus - 25 euros
      Pelican Kipos - 50 euros
      D's Burgers - 30 euros
      Our Corner - 30 euros
      Corner Food Perissa - 60 euros
      Lucky's Souvlakis - 30 euros
       
      Impressões e Dicas
      Sempre levem um casaco. O tempo foi completamente imprevisivel, mudando em questão de 1 hora, mas o vento era sempre constante.
      Cidade super calma, bem rural, estilo praia. Todas as lojas e supermercado ficam em apenas uma rua principal, tudo fácil de achar.
      Transito tranquilo, porém ninguém usa capacete, principalmente quem aluga quadriciclo rs
      Os pratos vinham sempre bem fartos, e sempre pedíamos pra dividir e provar de tudo.
       
      Continua em Atenas..
    • Por brunozech
      Boa tarde,
      Vou para a Europa em Agosto ( saindo de SP dia 16/08) e gostaria de dicas sobre alguns lugares pra visitar e a quantidade de dias para cada local. A viagem será de 22 dias no total, e as cidades que pretendo visitar são: Dubrovnik, Hvar, Zagreb, Budapeste, Praga, Munique, Ibiza, Barcelona. 
      O que recomendam na Áustria? 
      Quais sugestões?
      Valeu galera!
    • Por Valeria Barbosa
      Olá pessoal!
      Mais uma viagem que faço (segunda por enquanto) e chegou a hora de mais um relato aqui pro site.
      A viagem ainda está acontecendo, e Roma foi a primeira parada, então se tiverem dúvidas, é só avisar que respondo o que puder e souber.
      Preços e Links no fim do post  
       
      - Preparativos
      Planejamento e Orçamento começaram 9 meses antes, compras principais feitas na Black Friday de 2018 para viajar em Abril 2019.
      4 trocas de dinheiro feitas, com a média de 4,50 pelo euro e 5,00 pela libra.
      Todas as passagens foram compradas separadamente, internas pesquisadas pelo Skyscanner, ida e volta compradas no MaxMilhas.
      AirBnb Caio Mario ao lado do Vaticano, super recomendo!! 
       
      - Dia 9/4
      Dia 1 começou com voo Florianopolis - Guarulhos, parada para comer Subway no aeroporto e depois 12 horas até Fiumicino (apenas 12 horinhas - que sufoco rs). 
      Voo tranquilo, jantar servido 1 hora depois da decolagem e cafe servido 1 hora antes do pouso. Razoável, mas né, comida de avião.
       
      - Dia 10/4
      Chegando no aeroporto em Roma, seguimos as placas, pegamos um trem até o proximo terminal, e chegamos na imigração. Fomos os 3 para o guichê, entreguei todos os passaportes juntos, já tirei a pastinha com os documentos da bolsa, e ai.. Ele carimbou todos os passaportes sem nem nos olhar. Fiquei super aliviada, mas devo admitir que levemente frustrada.. Tanto medo e estudo pra nada rs.
      Ia comprar passagens para o trem Leonardo da Vinci até o centro, mas quando fui comprar (no centro de turistas, na área de trens) a atendente recomendou uma van, que deixava na porta de casa e iria sair mais barato. Adquirimos o serviço e foi bem rápido, recomendo. Inclusive voltamos ao aeroporto usando o mesmo serviço.
      Primeiro almoço foi no Tommi’s Burger Joint, Pareceu pequeno mas foi bem satisfatório.
      Depois caminhamos até Castelo St Angelo, Lindo, porém cheio de vendedores, então fique esperto com os pertences.


      Na volta, passamos na sorveteria Old Bridge, Delicioso!! Recomendo os sabores Bacio, Zabaione e Pistache.
      Já a janta do primeiro dia foi no Restaurante Spaghetti, não poderia recomendar mais! Parecia pequeno, mas encheu muito! Nao vou mentir, depois de um tempo o sal começou a pegar, mas estava tão, mas tão gostoso, que nem nos importamos. Isso sem falar no atendimento maravilhoso! [Refri 3 euros, Coqueteis 7 euros, Spaghetti 10 euros, Tiramisu 5 euros]
      Passamos no mercado - Carrefour e Simply Market, pegamos algumas coisas pros próximos dias [Pão 1,19 ; Cerveja 1,80 ; Agua 0,55 ; Iogurte 0,69 ; Pratos Prontos 2,50]
       
      - Dia 11/4
      Metrô até a estação Manzoni e de lá andamos até o Coliseu. Maravilhoso, como podem imaginar.
      Esse dia foi bem cheio, vimos muitas coisas, todas muito próximas, então segue a lista, com as favoritas marcadas (não que alguma tenha sido ruim):
      Piazza Venezia, Almoço no Scholars Louge, Panteão, Piazza Navona, Templo de Adriano, Fontana di Trevi, Piazza di Spagna, Piazza del Popolo. 
       
      Voltamos pra casa de metrô, parando para um gelato no Fatamorgana Prati, e foi bom, mas não ótimo. [Copo ou Cone 3 sabores, 3,50]



       
       - Dia 12/04
      Finalmente dia de explorar o Vaticano e seus arredores. Compramos o ingresso para o museu com antecedência, pelo site Get your Guide, com direito a pular a fila, que estava insana.
      Museu maravilhoso, grande e diverso, terminando na Capela Sistina. Linda, como dá pra imaginar.
      Fomos almoçar no Trattoria Massa, na rua do lado. Comida gostosa e atendimento bem legal. [Pizza Prosciutto 9, Spaghetti Carbonara 9, Batatas Assadas 7]

      Esse não tinha Televisão em casa  
       



      Como me senti dentro do museu! 
       

       
      Fim do Passeio terminando em Basilica de São Pedro. Exploramos a praça antes de decidir encarar a fila para entrar na Basilica. Muitos vendedores tentando nos empurrar tours, colocando medo e avisando que a fila era de 3 horas. 40 minutos depois, estavamos lá dentro. Lindo, lindo, lindo!


      Não podiamos deixar de comprar mais um gelato, e de lá fomos pra casa. Assim fechamos o dia, descansando e arrumando as malas pro próximo voo no dia seguinte.

       
      Até mais, nos vemos em Santorini!!
       
      - Links
      http://www.airportshuttlexpress.com
      https://www.airbnb.com.br/rooms/24530095
       
      - Preços para 3 dias, 3 pessoas
      Ida - 3300 reais
      AirBnb - 1058 reais
      Almoço Aeroporto - 70 reais
      Van de Transfer - 40 euros
      Almoço Tommi - 36 euros
      Sorvete Old Bridge - 9 euros
      Carrefour - 50 euros
      Jantar Spaghetti - 60 euros com gorjeta
      6 passagens de metrô - 9 euros
      Almoço Scholars Lounge - 50 euros
      Sorvete Fatamorgana - 8 euros
      Trattoria Massa - 48 euros
      Sorvete Old Bridge - 9 euros
      Passeio Vaticano - 63 euros
      Transfer Aeroporto - 40 euros
       
      - Impressoes e Sentimentos
      Amamos nosso airbnb, bem localizado, limpinho e cheiroso.
      Muitos vendedores tentando nos empurrar ingressos e tours nas ruas.
      Muuitos turistas! Não sei como os locais conseguem viver o dia a dia. Especialmente asiáticos e brasileiros.
      As pessoas fumam muito, em todo lugar.
      O transito é meio doido e perigoso, pessoas atravessam as ruas sem cuidado nenhum.
      O centro é uma maravilha de explorar a pé, tudo perto e a cada esquina um novo monumento que nem estava na lista.
    • Por Damarens Santos
      Olááááá queridos viajantes e mochileiros.😁
       
      Não iria escrever pois existem diversos relatos de viagem para este destino, maaaaaaaaaaas, fui encorajada e intimada a relatar os meus 25 dias para o famoso Bolívia, Chile e Peru tudo via terrestre (hehe), sim, sim, de BUSES, de terminal a terminal ou de rodoviária a rodoviária 🎒🚍
       
      Não tenho planilha lindas e elaboradas pois a principio eu e mais dois parceiros aqui no grupo iriamos ir de carro, faltando 5 dias da data de partida um deles não pode ir, então eu resolvi ir sozinha, pois bem, o Roberto (de Pernambuco) que iria conosco de carro resolveu ir tbm, então ele pegou um avião de Recife para Campinas e iniciamos a viagem juntos.
       
      Vai ser um relato básico com valores e dicas para quem ira fazer o mesmo percurso.
      Saímos sem roteiro pronto, sabíamos por onde iriamos passar e iriamos decidir os dias e hospedagem no próprio local, arriscado né? Mas não, tudo sobre controle do destino 🕰️💝
       
      Bora!
      31/10 (Campinas/Corumbá)
      Saída de Campinas/SP (interior de SP) destino capital as 09:45 da manhã - Cometa Trans. R$35,20. Descemos em um ponto estratégico para ganhar tempo e pagamos R$5,65 cada (R$ 11,30 total) em um UBER até a Barra Funda.
      Na barra funda pegamos um ônibus extra disponível pela Andorinhas (DICA: verifique antes de existem ônibus extras, os bus para Corumbá só saem de noite, este ao meio dia foi um achado) o custo foi de R$321,86 com saída as 11:15 com chegada as 11:00 (+1 dia).
      Compramos lanches pois havíamos saído bem cedo, (como todos sabem, comida em rodoviárias é bem cara ) comprei um café da manha na casa do pão de queijo R$ 20,00. Na estrada paramos para almoçar, comi um salgado R$ 12,00.
       
      TRANSPORTE: R$ 362,71
      COMIDA: R$ 32,00
      TOTAL DO DIA R$ 394,71
       BOLÍVIA
      01/11 (Corumbá/SantaCruz)
      Chegamos em Corumbá as 11:00 fomos ao banco (caixa) pois eu precisava sacar o restante do moneimonei (devido as mudanças de planos da viagem) chegando la conhecemos o Ezequiel, um brasileiro que mora na Bolívia e nos ajudou com algumas informações e nos levou para a fronteira por R$ 30,00 *-* (normalmente os taxista cobram 50 temer nesta corrida). Fizemos a saída/entrada nos países e cambiamos um pequeno valor para os gastos iniciais.
      Câmbio (penúltima lojinha do lado esquerdo, loja verde, é da irmã do Ezequiel ) R$ 600 x 1,79 = 1.074,00 bs.
      Pegamos um táxi para Puerto Quijaro onde fica a rodoviária por 5 bolivianos cada (o Ezequiel quebrou mais essa, não se assustem, lá eles cobram por pessoas e não por corrida). 
      Compramos as passagens para Santa Crus de La Sierra com a empresa Huracan (o Ezequiel nos ajudou nessa tbm, disse que era a mais barata, realmente, vimos em outros lugares por 120, 130 bs. Essa agencia fica do lado esquerdo, é a ultima "portinha"), com partida as 19:30. Ou seja, passamos o dia dentro da rodoviária pois ali na região não tem nada pra se fazer... alias dizem que tem um "shopping" perto, mas eu não quis ir shopping eu vou aqui no brasil né kkkk
      Saída do ônibus para Santa Cruz as 19:30 e chegamos as 5:45 ( não se assustem em chegar 2 horas antes do horário informado, isso é normal).
       
      BOLIVIANOS: 150 BS > (R$83,80)
      TRANSPORTE 105 BS
      ALIMENTAÇÃO 33 BS
      OUTROS 12 BS
       
      REAL/TRANSPORTE E CAMBIO: R$615,00
       
      SALDO DA VIAGEM: R$ 1.093,51
       
      02/11(SantaCruz/Sucre)
       
      Chegando lá aguardamos abrir as agencias para passagens para Sucre, encontramos por 100 bs com partida as 17:00, já que iriamos passar o dia lá guardamos as mochilas em um guarda volume( bem na entrada, no lado esquerdo) 10 bs o dia todo e fomos conhecer cidade, pegamos informações no ponto turístico da mesma e fomos de ônibus circular para a Plaza de Armas por apenas 2 bs. Conhecemos a praça, fomos em um mercadinho por perto para comprar lanches para a viagem, encontramos cambistas ao redor da praça com uma cotação melhor que na fronteira (R$1,00 = 1,82 BS) troquei mais 250 temer para completar com o que já tinha, almoçamos em um restaurante (decente  kkkk) que encontramos pegamos uma super promoção de 10 bs por arroz, batata frita e frango J pegamos o buses e retornamos ao terminal.  Embarcamos para Sucre as 17:00.
      BOLIVIANOS: 208,80 BS > (R$116,65)
      TRANSPORTE 106 BS
      ALIMENTAÇÃO 83,80 BS
      OUTROS 19 BS
       
      REAL/CAMBIO: R$250,00
       
      SALDO DA VIAGEM: R$ 1.460,16
       
      03/11 (Sucre/Potosi/Uyuni)
      Chegamos em Sucre as 04:00 (bem antes do informado como sempre), saímos pela esquerda e ja nos deparamos com as vans para Potosí. Logo de cara estavam cobrando 40 bs, chorei, recusei, me fiz de desentendida e saiu por 30 kkkkkk (como já havia visto em relatos, segui a risca as dicas) depois que lotou a van 05:30, partimos para o destino. Chegamos as 08:00 no meio do nada kkkk, sim, ele parou em uma rua onde não havia terminal então perguntamos onde era a saída para Uyuni e fomos andando (é “perto” porem com a altitude e os mochilão foi longe e cansativo, peguem um taxi!). A saída é de 15 em 15 minutos e tem o valor e 30 bs, pegamos o bus as 09:15 com chegada as 13:00, o ônibus  é estilo os nossos circulares daqui, simples.
      Chegando no Uyuni cotamos o valor do passeio logo de cara e encontramos a Claritos Tuor com quem fechamos o passeio com transfer para San Pedro por 700 bs (incluso: 2 dias de hostel, transfer para San Pedro, 2 cafés da manhã, 2 almoços e 1 jantar), a principio tudo ok... maaaaaaaaaaaaaas, nem tudo é flores.
      Fomos para o hostel na mesma cidade onde iriamos passar a primeira noite, como chegamos cedo, o primeiro passeio (salar + cemitério de trens) ia ser no mesmo dia, no caso as 16:00. Tomamos banho e nos avisaram (as 14:45) que sairíamos as 15:00, saímos as pressas sem comer nada, sem nos preparamos mas fomos.
       1º surpresa: deparamos-nos com um carro normal, um guia e um casal de bolivianos... fomos para o cemitério de trens, depois para o salar... Cada um por si, o casal tirando fotos engraçadas e românticas e eu e o Roberto lá olhando, tirando foto, contemplando o local. Sem fotos com dinossauros L, sem foto de perspectiva, sem galera, sem nada! E eu? E EU PASSANDO MTT MAL POR CONTA DA ALTITUDE KKKKK. Ok, primeiro passeio não foi como eu havia esperado, mas para compensar o guia nos levou em uma parte que estava alagada para ver o pôr do sol  ❤️ baita presente já que eu nem esperava esse fenômeno nesta data.
       Voltamos, para o hostel as 19:30 na cidade msm, eu cai na cama passando mal e apaguei, enquanto isso o pessoal foi jantar.
       
      BOLIVIANOS: 785,50 BS > (R$472,28)
      TRANSPORTE 60 BS
      ALIMENTAÇÃO 15 BS
      PASSEIO/OUTROS 710,50 BS
       
      SALDO DA VIAGEM: R$ 1.932,44
       
      04/11 (Uyuni)
      Acordamos, tomamos o café  no hostel, arrumamos os mochilões e saímos para o local combinado as 10:00, ficamos aguardando chegar o pessoal que ira no carro 4x4 conosco.... saímos as 11:00 paramos para o almoço as 13:30.
      2° surpresa: Não fomos ao Isla Incahuasi, devido ao atraso na saída.
      3º surpresa: Chegamos na laguna colorada no pôr do sol, o que nos impossibilitou ver sua cor com nitidez. SIM, PAGUEI 150 BS NA ENTRADA DO PARQUE PARA NÃO VE-LA COM CLARESA. (l)
      4º surpresa: Não ficamos no hotel de sal.
      Eu já estava PUTA da vida, estava um frio do ca$#¨&@, já tinha broxado por ter planejado tanto esse momento e não ter sido como eu esperava que eu queria pegar minha mochila e voltar para o Brasil. Mas resolvi ser good vibes e ignorar TODO O DESCONTENTAMENTO E DECEPÇÃO.
      Mal desci do carro para “ver” a laguna colorada (já que não dava pra ver a cor da água e estava um frio/vento absurdo) entrei no hostel deitei e dormi, estava passando mal, não quis comer, não quis socializar (ESTAVA MTT PUTA MESMO).
       
      BOLIVIANOS: 150 BS > (R$82,42)
      PASSEIO/OUTROS 150 BS
       
      SALDO DA VIAGEM: R$ 2.014,86
       
      05/11(Uyuni/SanPedro)
      Acordamos, tomamos o café as 04:00 e saímos para a o deserto/fronteira as 04:30. Chegamos na fronteira as 09:30 saímos as 10:46 para San Pedro (tive que pagar a propina de 15 bs na fronteira) me fiz de louca mas não teve jeito. –‘   
      ** eu estava com o passaporte e tive que pagar a propina, já meu amigo Roberto estava apenas com o RG e não precisou pagar’’
      BOLIVIANOS: 15 BS > (R$8,24)
      OUTROS 15 BS
       
      SALDO DA VIAGEM: R$ 2.029,86
       
       
       


×
×
  • Criar Novo...