Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Posts Recomendados

O horizonte chileno, com suas montanhas nevadas em todo o redor que fazem da cidade um vale, é tão balsâmico quanto o mar. É um cenário um tanto inacreditável, ver-se numa metrópole enquanto os olhos alcançam picos cobertos de neve em meio ao sol.

Fizemos essa viagem em setembro de 2018. Começamos em Santiago, visitamos Valparaíso e seguimos para o San Pedro do Atacama (farei os posts das cidades separadamente).

Ficamos 3 dias na capital e foi suficiente. Nos hospedamos em Providência, bairro cheio de bares e restaurantes, com uma vida noturna bem ativa e de fácil acesso para todo lugar. Ali também fica o shopping Pátio Bellavista, um shopping aberto, pequeno e charmosinho.

492210829_Santiago-vistaCerro.thumb.jpg.3c2b0f36d7d728b6f5ab22f8f76bf49e.jpg

 

IMG_7067.thumb.jpg.417fba4d32c3a904b337cf8a3e81a949.jpg

 

Cerro San Cristóbal

Santiago pede a ida a um lugar alto para entender a cidade-vale. Das duas opções que a cidade oferece, uma é algo super urbanóide, chamado Sky Costanera, uma espécie de Empire State chileno, o prédio mais alto da América Latina. A outra é um teleférico em meio a natureza que leva até o Cerro San Cristóbal. É claro que escolhemos a que o homem portou-se de maneira um pouco menos troglodita com o mundo.

O Cerro San Cristóbal, lá no topo da cidade, poderia ter menos pessoas, mas a vista vale o passeio. Nos impressionou ver uma camada de névoa ao longe e saber que é poluição. É triste e sem nexo ver o homem construir locais e acessos a pontos altos numa tentativa de apreciar o horizonte e seguir produzindo carros e ônibus e fábricas para tornar todo esse trabalho vão.

Subimos de teleférico e descemos de funicular. Há a opção de subir e descer a pé, para quem curte uma escalada.

Endereço: Pio Nono, 450 - Bellavista

Site: http://www.parquemet.cl

Horário de funcionamento

Funicular: de segunda a terça, das 14h30 às 19h30; quarta a sexta das 12h30 às 19h30; sábado e domingo, das 10h30 às 19h30.

Teleférico: de segunda a terça, das 14h30 às 19h30; quarta a sexta, das 12h30 às 19h30; sábado e domingo das 10h30 às 19h30.

1473536745_Santiago-vista.thumb.jpg.af560b7ad5f8f12a5fdd1c093850b92e.jpg

 

flores.thumb.JPG.c3b7bd781e5d465d3a9b3d92749c16e8.JPG

 

Lastarria

Lastarria é o bairro charmoso da cidade. Ruazinhas pequenas, cafés, restaurantes, o Centro Cultural Gabriela Mistral - primeira poeta chilena a receber um Prêmio Nobel e alguém de quem os chilenos sentem imenso orgulho. Vale uma visita para ver o que está rolando na programação ou para tomar um café e um solzinho no pátio interno. 

Ali perto também tem sorvetes maravilhosos. A paleta de pistache é de outro mundo. Você encontra no Empório La Rosa, que fica nas esquina da Calle Merced com o Parque Forestal, outro lugar imperdível para caminhar, brisar ou fazer um picnic. 

Emporio La Rosa - Calle Merced, 291

IMG_7061.thumb.JPG.87e07c532c19b8028990a2ff19a3bb55.JPG

 

lastarria.thumb.JPG.258997243b8cd85f383bd892ced44e11.JPG

 

La Chascona

La Chascona é o xodó de Santiago, e não poderia não ser. A casa que Pablo Neruda construiu para encontrar-se com Matilde, por um período sua amante e depois sua mulher até a morte, é toda pensada para ser parte da natureza que a rodeia, fazendo do lugar uma espécie de ninho de amor.

Chascona significa descabelada, e era assim que ele chamava sua Matilde. A casa é quase um clichê do romantismo poético, com as iniciais M e P espalhadas nas janelas de ferro de todos os cômodos. O amor chega a ser palpável ali.

Colecionadores de arte e grandes amantes dos encontros, Pablo e Matilde moldaram uma casa que permitia a delicadeza de receber diferentes amigos em ambientes destintos e em todos eles, muitas referências ao mar. 

A casa foi brutalmente invadida e inundada no golpe militar que levou Pinochet ao poder e Salvador Allende ao suicídio - o que entendo ser a morte acelerada de Neruda, que sofria de um câncer há anos e, ao saber da cruel invasão, foi para o hospital e morreu dias depois, de tristeza e desgosto.

Matilde, que foi uma mulher forte e importante e figura essencial nas causas de direitos humanos, lutando com Neruda contra a ditadura chilena, fez questão de velar o marido ali, no meio daquele vandalismo descomunal. Transformou as 3 casas de Neruda em uma fundação, abrindo-as ao público e levando o poeta para perto das pessoas.

Os dois estão enterrados juntos numa delas, Isla Negra, de frente para o mar.

Endereço

Fernando Márquez de la Plata 0192, Barrio Bellavista, Providencia, Santiago.

Fone: +56-2-2777 87 41 / +56-2-2737 87 12

Site: [email protected]

Horário de Funcionamento

• Março a dezembro: terça a domingo de 10:00 a 18:00 hrs.

• Janeiro e fevereiro: terça a domingo de 10:00 a 19:00 hrs.

• Segunda - fechado.

Valores

• Entrada geral: $7.000 (Siete mil pesos) por pessoa.

• Entrada preferencial: $2.500 para estudantes e chilenos maiores de 60 anos.

*Os estudantes estrangeiros devem apresentar a Credencial Estudantil Internacional

 

725453769_IMG_71602.thumb.JPG.77f916093139aa87ad70d552a70cd865.JPG

 

IMG_7118.thumb.JPG.aa65248296ffe3c4f4002bf4a8d1149d.JPG

 

IMG_7127.thumb.JPG.e3f91cec33a94209d89d32c1d3644da4.JPG

 

IMG_7128.thumb.JPG.f090a389a8b3542d3caccfc133b52a12.JPG

 

IMG_7144.thumb.JPG.0494405b70079cb299f73d078b979f13.JPG

 

IMG_7119.thumb.JPG.301b5cc3b3a7cdcb9ac20fba49a11a5d.JPG

 

 

O que não recomendamos:

- A ida ao mercado municipal para comer o famoso King Crab é uma furada. O lugar é super turístico, meio sujo e a iguaria é fortunosa, quase 500 reais o prato e convenhamos, apesar de imenso, é um caranguejo. 

- Sky Costanera, o prédio mais alto da América do Sul. Uma torre imensa e espelhada, plantada no meio da cidade, totalmente comercial e com a vista de toda a metrópole. Não subimos. Nosso estilo de viagem não é tão urbano assim. 

***

 

 

https://www.instagram.com/trip_se_/

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não esteve nem em metade dos pontos turísticos da cidade,que há anos falo aqui.

Buin Zoo,Tren de Vino,Museu dos Direitos Humanos,Museu Interactivo Mirador,Museu da Cidade,átio Arauco,vinicolas e muito mais.

Volte um dia e conheça mais,eu também só conhecia o básico,vim morar aqui,e descobri tudo isso que há.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.


  • Conteúdo Similar

    • Por VoandoAltoFH
      Pessoal,
      Vou fazer um relato detalhado do Mochilão que fiz no comecinho deste ano, mas que lembrei só agora de postar aqui neste site.
      O legal de tudo isso é que registrei em videos, então estará bem fácil entender o passo a passo da viagem.
      Foram no total 32 dias de viagem e gastei R$ 13.560,00 para 2 pessoas, incluindo TUDO (hospedagem, comida, passagem aérea, passagem de ônibus, seguro viagem, passeios, transporte, taxi, mercado, etc)!!! Considerando que a cotação do dólar na época beiravam os R$ 3,85 posso dizer que em moeda americana saiu por US$ 3.522,00.
      Ressalto que se dividir o valor por pessoa, acabou saindo então por R$ 6.780,00 ou US$ 1.761,00 por pessoa aproximadamente. 
      Então, acredito que saiu bem barato e aproveitei muito a viagem.
      Todos os episódios estão registrados no meu canal do Youtube, mas postarei um pouco mais detalhado aqui, já que o conteúdo é escrito.
      Mas quem tiver curiosidades, poderá assistir por lá.
       
      Canal Voando Alto
       
      Abs!
    • Por VoandoAltoFH
      Assista em Video no Youtube - Atacama
       
      Vou comentar sobre a minha viagem em San Pedro de Atacama e seus perrengues.
      Pra ser direto ao ponto, tive prejuízo nessa viagem porque não consegui aproveitar quase nada, tampouco realizar os passeios, já que choveu em todos os dias que estive na cidade.
      O mais importante de tudo, evite vir no verão, entre os meses de Dezembro à Março, pois são épocas de chuvas, mais conhecido como "Inverno Altiplânico". Por mais que o local seja deserto, no verão ele chove muito, a ponto de alagar toda a cidade.
      Consequentemente as estradas e as pontes ficam destruídas ou alagadas, os parques e os passeios ficam fechados. No pior dos casos você não consegue nem sair da cidade, porque todos os acessos estão fechados e os ônibus não chegam ao local.
      Isso eu digo também para as pessoas que irão fazer o trajeto do Chile até o Peru, ou vice-versa, entre as cidade de Arica e Tacna, já que as chuvas afetam também essa região, então as estradas ficam fechadas. Isso farei um outro video mais detalhado.
      Ademais algumas agências de turismo acabam cobrando o dobro do preço, pois alguns de seus veículos são movidos com tração nas 4 rodas. Nesse quesito eu recomendo para que não alimente esse tipo de empresa aproveitadora.
      Então a pior coisa é você visitar nesse período que comentei, você pode acabar jogando o tempo e o dinheiro no lixo. Por conta das chuvas, ocorrem vários blecautes, com isso você ficam sem eletricidade e internet.
      Os restaurantes na cidade são caríssimos, então se estiver num hostel com cozinha, aproveite ao máximo para ir ao mercado e preparar a sua própria comida para poder economizar.
      O período mínimo de estadia na cidade seriam de 5 dias, para realizar com aperto os passeios oferecidos. Lembrando que 1 dia você vai gastar para se acostumar com a altitude, também para pesquisar e fechar os passeios com as agências de turismo. 
      Caso queira um prazo um pouco mais folgado e tranquilo, recomendo 7 dias ou 1 semana. Se for incluir o passeio ao Salar de Uyuni (Bolivia), terá que acrescentar de 3 a 4 dias a mais na viagem.
      Se o clima não estiver muito legal, ao invés de fechar o pacote todo, feche de 2 em 2 passeios e assim conseguir algum desconto. Terá menos dor de cabeça na hora de ser reembolsado.
      Tenha em mente que irá gastar só nos passeios em torno de 120.000 a 200.000 pesos chilenos, que dá em torno de R$ 700,00 a R$ 1.200,00 por pessoa. Estou falando de tours (passeios) principais.
      Ao incluir o Salar de Uyuni, os valores superam os R$ 2.000,00.

      * Dicas
      1. Evite vir para San Pedro de Atacama no verão entre os meses de Dezembro à Março, por conta das chuvas que impossibilitam os passeios. Prefira o Outono ou Primavera.
      2. Já efetue o câmbio de moedas, se possível em Santiago, pois as cotações em San Pedro de Atacama é bem desfavorável.
      3. Quando for negociar os passeios, negocie ou pague em pesos chilenos, pois em dólares acaba meio que perdendo um pouco na conversão dos valores.
      4. Sempre pense em alternativas como por exemplo ir para Bolivia e visitar o Salar de Uyuni. Os veículos que realizam esse passeio são 4x4 (tração nas quatro rodas).
      5. Antes de vir para a cidade, veja a previsão do tempo para os próximos 5 a 10 dias.
      6. Reserve no mínimo 1 a 2 dias de hospedam, não o período todo, para o caso de ter que alterar os planos tipo sair da cidade ou mudar de hostel.
      7. Evite fechar todos os passeios e pagá-los antecipadamente, pois dependendo das condições climáticas, terá dor de cabeça para ser reembolsado. 
      8. Escolha hostel que esteja mais próximo ao centro da cidade, ou seja, da Praza San Pedro de Atacama ou dos Caracoles.
      9. Tenha roupas para o frio e calor. Há uma grande variação de temperaturas, inclusive valores negativos.

      * Média de preço dos passeios (em peso chileno): Nome do Passeio / Horas / Valor do Passeios / Valor da entrada / Total.
      Valle de la Luna (meio período): 15.000 / 3.000 = Total: 18.000 pesos
      Termas Puritama (meio período): 15.000 / 15.000 = Total: 30.000 pesos
      Geysers del Tatio (meio período manhã, incluso café da manhã): 30.000 / 10.000 = Total: 40.000 pesos
      Laguna Cejar (meio período tarde): 18.000 / 17.000 = Total: 35.000 pesos
      Lagunas Altiplânicas (meio período manhã, incluso café da manhã): 28.000 / 5.500 = Total: 33.500 pesos
      Valle del Arcoiris (meio período manhã, incluso lanche): 25.000 / 3.000 = Total: 28.000 pesos
      Salar de Tara (integral, incluso café e almoço): 50.000 pesos
      Stargazing ou Tour astronômico (noite ou madrugada, alguns oferecem lanches): 20.000 pesos
      Mirador de Piedras Rojas (integral, incluso café e almoço): 50.000 / 5.500 = Total: 55.500 pesos
      Pukará de Quitor: 3.000 pesos
      * Bolivia
      Salar de Uyuni (3 dias, com hospedagem e alimentação): 130.000 pesos chilenos / 250 pesos boliviano (entrada)
      Salar de Uyuni (4 dias, com hospedagem e alimentação): 150.000 pesos chilenos / 250 pesos boliviano (entrada)

      Obs: Não tenho agência ou qualquer patrocínio, apenas peguei as cotações de 3 a 4 agências locais e inseri os valores para simples consulta.
    • Por VoandoAltoFH
      Assista em Video no Youtube - Cajon del Maipo
       
      Se estiver no inverno, recomendo visitar o Valle Nevado e aproveitar para esquiar nos resorts de ski. 
      Um outro passeio que recomendo, que é o tema deste video, seria o pacote para Cajón del Maipo, que inclua a visita ao próprio Cajón, as termas Valle de Colina, a represa, o Embalse El Yeso e no final ter um piquenique de vinho.
      Posso dizer que o valor do pacote está caro mesmo, mas valeu cada centavo. 
      Atualmente está custando em torno de 40.000 a 45.000 pesos chilenos. Em torno de US$ 60,00 ou R$ 230,00 por pessoa.
      Se estiver em 2 ou mais pessoas, sempre negocie um desconto, pois eles sempre dão. 
      Eles farão uma primeira parada na cidade San José del Maipo para que as pessoas possam tomar um café na manhã ou passar no banheiro. 
      Os lanches são muito mas muito caros. Eles estavam cobrando o combo com 1 empanada, 1 café e 1 garrafinha de água por apenas 5.000 pesos chilenos, que é em torno de R$ 30,00. 
      Eu tive que comer senão você ía passar mal dentro do carro, evite viajar de barriga vazia. 
      Recomendo que 1 dia antes, vá ao mercado, prepare o seu lanche ou um sanduiche, pra comer pela manhã e a tarde no almoço. Leve água, pelo menos 1 litro pra cada pessoa. 
      No mirante do Cajón del Maipo terá de 10 a 15 minutos para tirar fotos.
      Esqueci de comentar, o tour leva o dia inteiro, eles saem bem cedo, por volta das 06:00 da manhã e retornam às 19:00 da noite.
      Quase 99% das pessoas visitam este local, são brasileiros. 
      Além do turismo, a cidade tem como principal atividade economica, a mineração não metálica, exploração de minas de pedras. 
      Como é região montanhosa, recomento sempre vir bem agasalhado.
      Se tiver incluso a visita aos termas, será necessário levar roupa de banho e tolha.
      No caminho vocês verão algumas casas próximo às montanhas, que são refúgio para aqueles que visitam ou fazem trilhas na montanha, para que não morram congelados. Já que há uma grande variação de temperatura no local, chegando aos valores negativos.

      * Termas Valle da Colina
      Seria uma fonte de águas termais, com vários minerais que auxiliam na cura de algumas doenças de pele, bem como os 
      seus efeitos relaxantes. Ótimo para a pele, tanto é que vi algumas pessoas passando no rosto.
      As termas contam com 6 piscinas de vários tamanhos, variando a temperatura da água do morno para mais quentes, podendo chegar aos 50 graus Celsius na mais quente e alta do local.
      A infraestrutura do local é meio precária, os banheiros deixam a desejar e o chuveiro sai somente água fria. 
      O guia estará dando em torno de 1 hora a 1:30 para que possa desfrutar das termas, tempo mais do que suficiente para curtir o ambiente.
      Há também uma área para camping, conforme as imagens.

      * Embalse El Yeso
      Após o passeio nas termas, estamos indo à represa, o Embalse El Yeso. Ao lado o temos Rio Volcán.
      Ao lado vocês poderão verificar ao lado que tem uma montanha que praticamente se partiu ao meio, isso foi por conta de um dos grande terremotos que ocorreram no Chile. Principalmente o 
      terremoto de Las Melosas de 1958, que alcançou uma magnitude de 7 graus na escala Richter.
      Segundo o guia, o Chile é o número 2 no ranking de países com mais terremotos no mundo. Isso é assustador.
      Graças a Deus, durante a minha viagem, não senti nenhum tremor de terremoto.
      Chegamos agora na represa, Embalse El Yeso. Seria um reservatório de água doce, com capacidade de 250 milhões de metros cúbicos, com 8 km de extensão e 55 metros de profundidade, que abastece a cidade de Santiago e suas proximidades e essa obra foi concluído em 1964 .
      Geralmente as águas mudam de cor, neste caso está azul, em outras épocas ficam esverdeadas. 
      Se for no inverno, as montanhas ficam brancas, cobertos de neve. 
      Mas não é recomendado visitar durante o inverno, já que as estradas ficam escorregadias e bem perigosas. Além de não poder curtir bem os passeios, já que alguns trajetos o seu sapato vai 
      ficar todo encharcado.
      No geral é recomedado a visita durantes os meses de Outubro a Maio.

      * Piquenique
      Após isso, restará a última etapa do passeio que é o piquenique com vinho, geralmente ocorrerá em torno das 3 ou 4 horas da tarde.
      Este é o local para o piquenique com montanhas e em cima temos geleiras. É claro que por conta do aquecimento global, é praticamente que raro ver as geleiras no topo das montanhas, uma pena.
      Aí está o nosso guia preparando para o piquenique. Estará servido alguns salgados, frios, queijos com sucos e um bom vinho.

      * Itens para se levar no passeio
      - Agasalho, por conta da enorme variação de temperatura
      - 1 garrafa de água de 1 litro
      - Lanche ou sanduíche pro café da manhã e almoço
      - Biscoito pra matar a fome durante o trajeto
      - Roupa de banho
      - Toalha
      - Chinelo

      * Turismo "Miky" - Migguel 
      Celular/Whatsapp: +56 9 7257-2004
      E-Mail: [email protected]
      Instagram: migguel.azocar


×
×
  • Criar Novo...